São João rendeu R$ 250 milhões para o turismo de Pernambuco

O São João, além de ser uma das festas populares mais tradicionais de Pernambuco, tem contribuído para a economia do Estado. Neste ano, a receita turística do evento foi de R$ 250 milhões, um aumento de 39% em relação ao ano passado, quando R$ 179 milhões foram deixados pelo público. Os dados, divulgados hoje, fazem parte da pesquisa realizada pela Empetur (Empresa de Turismo de Pernambuco) nos municípios de Arcoverde, Carpina, Caruaru, Gravatá, Pesqueira e Petrolina.

O fluxo de visitantes, que engloba o número de turistas e excursionistas (visitantes que não pernoitam nem residem no entorno do local visitado), também registrou crescimento. No total, 648 mil pessoas visitaram Pernambuco, o que representa um aumento de 8,89% comparado a 2012, quando foram registrados 595 mil visitantes. A taxa de ocupação hoteleira ficou em torno de 81%, mas os principais polos registraram ocupações superiores a 90%: Arcoverde (100%), Carpina (100%), Caruaru (97%), Limoeiro (95%) e Gravatá (94%).

Os visitantes estavam dispostos a gastar mais dinheiro neste São João. O gasto médio diário ficou em torno de R$ 118,99, o que representa um aumento de 9,6% em relação a 2012, quando os visitantes gastaram por dia R$ 109,10. A pesquisa avaliou também a satisfação do público: 88% aprovaram os festejos juninos, 96% manifestaram interesse em participar novamente do São João de Pernambuco e 97% recomendariam a festa para amigos e parentes.

Natural do Rio de Janeiro, é jornalista formado pela Favip. Desde 1990 é repórter do Jornal VANGUARDA, onde atua na editoria de política. Já foi correspondente do Jornal do Commercio, Jornal do Brasil, Folha de S. Paulo e Portal Terra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.