Pernambuco é prioridade para Lula e Dilma, afirma Humberto

A presidenta Dilma Rousseff e o ex-presidente Lula elegeram Pernambuco como um dos principais palcos do país na disputa eleitoral deste ano. Os dois chegam juntos ao Recife no próximo dia 13 para o primeiro gesto da força que pretendem imprimir às eleições no Estado.

O líder do PT no Senado, Humberto Costa, que tem trabalhado nas articulações políticas entre a cúpula do partido e as lideranças locais, afirma que a estratégia é dar à presidenta uma expressiva vitória em Pernambuco na corrida pela reeleição e vencer a disputa estadual com a chapa majoritária encabeçada pelo senador Armando Monteiro (PTB).

“Temos em Pernambuco um dos candidatos a presidente da República com expressão política, que é o ex-governador Eduardo Campos (PSB). Por isso, é importante que Dilma tenha uma excelente votação no Estado. É importante, também, que possamos dar uma grande vitória a Armando Monteiro e ao deputado federal João Paulo (PT) para o Governo e o Senado, respectivamente”, explicou.

Ao desembarcar no próximo dia 13 na Base Aérea do Recife, Dilma estará pisando pela terceira vez, em menos de dois meses, em Pernambuco. A presidenta cumprirá uma intensa agenda administrativa e, ao lado de Lula, participará de compromissos políticos para reforçar os nomes de Armando e João Paulo como os únicos majoritários no Estado apoiados pelas duas maiores lideranças políticas do Brasil.

“Essa priorização foi estabelecida pelo PT nacional, mas também por Lula e por Dilma. Essa será uma entre as várias visitas de ambos que vão acontecer a Pernambuco”, assegurou Humberto Costa.

Lula e Dilma ficarão em Pernambuco até o sábado, dia 14. Recente pesquisa Ibope apontou que Armando Monteiro lidera a sucessão estadual com 43% dos votos contra 8% de Paulo Câmara (PSB), que é indicado por Eduardo. Na disputa pelo Senado, João Paulo soma 40% contra 18% do seu adversário, Fernando Bezerra Coelho (PSB).

Quando o eleitor é informado de que Armando e João Paulo são apoiados por Lula e Dilma, as pesquisas apontam que os dois disparam para 53% das intenções de voto. Câmara e Bezerra Coelho, com o suporte do ex-governador Eduardo Campos, chegam a 21% e 22%, respectivamente, segundo o Ibope.

Natural do Rio de Janeiro, é jornalista formado pela Favip. Desde 1990 é repórter do Jornal VANGUARDA, onde atua na editoria de política. Já foi correspondente do Jornal do Commercio, Jornal do Brasil, Folha de S. Paulo e Portal Terra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.