Governo Dilma tem 62% de reprovação, revela Datafolha

Do Zero Hora

Em meio à crise econômica e escândalos envolvendo a Petrobras, a presidente Dilma Rousseff viu o índice de reprovação do seu governo aumentar 18 pontos em relação a fevereiro. Publicada pelo jornal Folha de São Paulo, a pesquisa Datafolha mostra que 62% dos brasileiros consideram a gestão de Dilma ruim ou péssima.

Este índice é o mais alto de um presidente desde setembro de 1992, véspera do impeachment de Fernando Collor de Mello, quando a reprovação chegou a 68%.

As maiores taxas de rejeição foram registradas no Centro-Oeste e Sudeste, com 75% e 66%, respectivamente. Também em cidades com mais de 200 mil habitantes, com 66%. Entre pessoas com escolaridade média, 66%, e entrevistados com renda mensal familiar de dois a cinco salários mínimos, com 66%.

A taxa de aprovação também mudou. Apenas 13% dos entrevistados consideram a gestão boa ou ótima, índice mais baixo desde o começo do primeiro mandato de Dilma.

Foi na região Norte que a aprovação foi mais alta, com 21%. Já no Nordeste, onde a presidente teve uma expressiva votação na campanha de reeleição em 2014, a taxa de aprovação ficou em 16%.

O levantamento foi realizado entre a segunda e a terça-feira e ouviu 2.842 pessoas. A pesquisa tem margem de erro de dois pontos percentuais.

Natural do Rio de Janeiro, é jornalista formado pela Favip. Desde 1990 é repórter do Jornal VANGUARDA, onde atua na editoria de política. Já foi correspondente do Jornal do Commercio, Jornal do Brasil, Folha de S. Paulo e Portal Terra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.