Câmara destaca atuação política de Paulo Cavalcanti

O governador Paulo Câmara participou, ontem, na Assembleia Legislativa de Pernambuco, da sessão solene em homenagem ao centenário do nascimento de Paulo Cavalcanti – a reunião foi proposta pelo líder do governo, Waldemar Borges (PSB). Câmara classificou o homenageado da noite como um verdadeiro “humanista, que não aceitava injustiças”; além de um “político habilidoso”.

“São muitas facetas; qualquer uma delas seria suficiente para justificar uma homenagem. Mas, neste plenário histórico, onde por duas legislaturas Cavalcanti representou o povo pernambucano e defendeu com firmeza e elegância seus ideais, queria destacar a dimensão política do nosso homenageado”, discursou Paulo Câmara.

De acordo com o governador, “foi através da política que o homenageado deu corpo e unidade” à sua luta. “O advogado, o servidor público, o intelectual, o humanista, o líder e todas suas outras facetas convergiram para formar um político exemplar. Que atuou dentro e fora do parlamento, como histórico militante do Partido Comunista Brasileiro”, afirmou Câmara.

Paulo Cavalcanti, que faleceu há 20 anos, atuou na criação e na manutenção da Frente Popular que elegeu Pelópidas Silveira prefeito do Recife e, posteriormente, nas campanhas de Miguel Arraes, tanto para prefeito da capital quanto para governador. “Na sua trajetória política, Cavalcanti conseguiu uma coisa rara para quem viveu mergulhado no confronto das ideias, nos embates das tribunas e nas disputas eleitorais: teve a admiração dos aliados e o respeito dos adversários”, argumentou Paulo Câmara.

Natural do Rio de Janeiro, é jornalista formado pela Favip. Desde 1990 é repórter do Jornal VANGUARDA, onde atua na editoria de política. Já foi correspondente do Jornal do Commercio, Jornal do Brasil, Folha de S. Paulo e Portal Terra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.