Alto do Moura ganhará dois grandes empreendimentos imobiliários

joze

Já estão sendo construídos, no bairro Alto do Moura, 2404 imóveis no Residencial Luiz Bezerra Tôrres e outros 1488 do Residencial que ganhou o nome do bairro. O projeto de ambos os empreendimentos já inclui edificações destinadas para o funcionamento de escola, um Centro de Referência em Assistência Social (Cras), Centro Comunitário, uma Unidade Básica de Saúde (UBS), quadra poliesportiva, área destinada ao comércio e equipamentos de lazer.

Dada a importância desse conjunto de casas para a cidade, o prefeito José Queiroz tem acompanhado de perto o andamento dessa obra e, na manhã de hoje (11), ele esteve com o secretário de infraestrutura, Bruno Lagos, conferindo os serviços que seguem em ritmo acelerado. “Aqui teremos mais de 3800 famílias beneficiadas pelo Programa Minha Casa Minha Vida. Podemos dizer que teremos um novo Alto do Moura. Em média, 10 mil pessoas deverão residir nesse residencial. Vivemos numa Caruaru, que mesmo em tempos de crise, não para de crescer”, comentou Queiroz com o secretário Bruno.

Queiroz fez questão de ver a obra da escola dessa cidade que está sendo construída dentro do Alto do Moura. Paredes já foram levantadas. “Serão 20 salas, um auditório e todo resto estrutural de uma grande escola. Já temos a Mestre Vitalino, que foi reformada e ampliada no ano passado, e num futuro bem próximo ganharemos mais duas escolas neste bairro”, enfatizou.

Nenhum município da Região Metropolitana conseguiu a contratação de um empreendimento com esse quantitativo de habitações. “Isso reflete o empenho do prefeito, José Queiroz, junto ao Governo Federal para proporcionar moradia digna e de qualidade para população”, havia pontuado o superintendente regional da Caixa Econômica Federal, Denis Matias, quando houve a apresentação do projeto no início deste ano.

E é a segunda vez que o município é beneficiado com o Programa Federal. A Secretaria de Ação Social vem realizando as inscrições das famílias desde abril deste ano. No Conjunto Habitacional Luiz Bezerra Tôrres as unidades serão sobrepostas em 290 blocos residenciais, com oito casas. Além de 26 outros blocos residenciais com quatro unidades habitacionais. Cada residência é composta de sala, dois quartos, banheiros e área de serviço, num total de 39,36m². O Residencial Alto do Moura, localizado às margens da BR-232, será uma unidade habitacional do tipo apartamento (térreo + três pavimentos), distribuídas em 93 blocos de 16 residências cada. Todos terão 43,68m² de área privativa, compostas por dois quartos, circulação, sala, sanitário, cozinha e área de serviço.

Cerca de mil funcionários estão trabalhando só no Residencial Luiz Bezerra Tôrres e quase metade deles são de outras cidades. “Aqui tem emprego”, disse Valdir Silva de Catende/PE. “Esses empreendimentos movimentam a economia da cidade, geram empregos e isso é de suma importância no momento financeiro que o país vive. Caruaru continua crescendo e nós vivemos a crise com trabalho”, finalizou Queiroz.

Pedro Augusto é jornalista e repórter do Jornal VANGUARDA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.