Graduada chega a Caruaru com cachaça diferenciada

cachaça

Nesta reta final do mês de junho, muitas turmas se reúnem para reencontros e aproveitar os festejos que estão presentes durante os 30 dias do mês. Seja num show, num polo de animação ou até mesmo em casa reunido com amigos a festa não para. Onde tem amigos reunidos, familiares e festejos tem sempre uma bebida para aquecer o tempo que frio que toma conta de Caruaru nesta época do ano. Entre as mais pedidas, está a cachaça.

Aproveitando o momento, a Cachaça Graduada chega a Capital do Agreste para apresentar o seu sabor leve, quase sem acidez, com cheiro e sabor de cana pura. A Graduada foi relançada no mercado para fazer parte desses momentos de descontração. Sua fabricação foi iniciada no ano de 1967, de modo artesanal, pelos primos João Sobrinho e Olegário Leal. Apesar do caráter artesanal era destilada em alambiques de características superiores, com todo o rigor e requinte de uma cachaça. A cachaça Graduada assim produzida permaneceu no mercado por 10 anos e no final do ano de 1977, teve as suas atividades industriais e comerciais encerradas.  38 anos depois, os filhos de João Sobrinho e Olegário Leal, resolvem reviver suas memórias afetivas e resgatar toda àquela experiência vivida por seus pais, relançando a cachaça Graduada numa versão de uma cachaça de qualidade superior.

A novidade está sendo apresentada com ações promocionais durante o mês de junho em Caruaru e Bezerros. A iguaria mineira está oferecendo ações de degustação gratuita da cachaça.

Campanha – Para apresentar a Graduada pelos olhos do seu embaixador Petrucio Amorim – que além de garoto propaganda da marca é um apreciador do produto – a Agência Comunicação criou um spot que mostra de um jeito descontraído o poeta cantador encantado com a cachaça. Na peça, após a degustação, o Poeta cria e recita um poema inspirado no produto. O dedilhado do violão despreocupado passa um certo improviso e espontaneidade e o áudio sugere que a confraternização onde a bebida está sendo servida é uma fazenda, por conta do som de pássaros. No final, o slogan “Graduada, a cachaça com gosto de Brasil”, que conta com a chancela da aprovação de Petrucio Amorim, resume a bebida: ainda que tenha um alto teor alcoólico, é leve e evidencia o cheiro e o gosto da cana-de-açúcar e não do álcool, o diferencial dessa cachaça artesanal.

 

 

 

Pedro Augusto é jornalista e repórter do Jornal VANGUARDA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.