Licitação vai melhorar transporte de ônibus em Caruaru, diz prefeitura

As empresas de ônibus de Caruaru terão que continuar a renovação da frota, ampliar a oferta de linhas e implantar a integração na forma de bilhete único. É o que está determinado na licitação do transporte público realizada pela prefeitura, seguindo recomendações do TCE (Tribunal de Contas do Estado) e do Ministério Público de Pernambuco.

As empresas vencedoras, Coletivo, Tabosa e Capital do Agreste, terão ainda outras obrigações como implantar padronização visual, operar com o sistema de bilhetagem eletrônica, promover o videomonitoramento, a telemetria e o controle da oferta por GPS. Todas as cláusulas do processo foram definidas pela prefeitura e serão fiscalizadas pela Destra.

O processo é composto de etapas, com prazos determinados pelo edital de licitação e pela Destra. Nos próximos dias, será anunciada a assinatura do contrato que vai oficializar o compromisso das empresas, na condição de concessionárias do serviço de transporte público municipal.

Para a prefeitura, as medidas determinadas pela licitação “fortalecerão a gestão pública”. Segundo a administração municipal, será possível “controlar de forma automatizada e eficaz a operação de bilhetagem eletrônica e a qualidade dos serviços, fazendo com que a população tenha um sistema de transporte mais moderno e satisfatório”.

Natural do Rio de Janeiro, é jornalista formado pela Favip. Desde 1990 é repórter do Jornal VANGUARDA, onde atua na editoria de política. Já foi correspondente do Jornal do Commercio, Jornal do Brasil, Folha de S. Paulo e Portal Terra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.