Miguel Coelho assume presidência do PSB de Petrolina prometendo unidade

asasasasa

Deputado disse que uma das suas prioridades é ampliar o quadro de filiados no município (Foto: João Bita)

O Partido Socialista Brasileiro tem uma nova coordenação em Petrolina. O deputado estadual Miguel Coelho foi escolhido para presidir a Executiva do PSB na capital do São Francisco. O processo foi definido pelo diretório estadual da sigla e será oficializado nesta terça-feira (28) pelo TRE.

O novo presidente assume com duas metas prioritárias: unidade e fortalecimento do partido que atualmente conta com quatro deputados e um senador oriundos de Petrolina. “A comissão provisória estava desativada desde o ano passado e agora podemos organizar uma nova fase no partido. Queremos ouvir as principais lideranças do PSB, os deputados Gonzaga Patriota, Lucas Ramos, Fernando Filho, além do senador Fernando Bezerra e nossos vereadores. Com isso, vamos fortalecer nosso partido de maneira conjunta em busca de novas conquistas para Petrolina”, destaca Miguel.

Maior liderança política no Estado, o governador Paulo Câmara demonstrou esperança no futuro do PSB em Petrolina com a ascensão da nova coordenação. “A gente tem confiança que o novo presidente Miguel Coelho vai conduzir da melhor maneira e levará o PSB a ficar muito forte para as eleições municipais”, disse o governador durante uma agenda em Petrolina domingo passado (26).

Atualmente, a executiva do PSB de Petrolina funciona como uma comissão provisória. A transformação do colegiado em um diretório municipal é outra medida que será discutida e adotada nos próximos meses segundo o novo presidente. “Petrolina hoje é uma das maiores cidades do Nordeste e precisamos acelerar esse processo de formação do diretório municipal do PSB.”

A ampliação do quadro de filiados na capital do São Francisco e o estreitamento do partido com os movimentos sociais são outras metas que Miguel pretende consolidar. “Hoje, o PSB de Petrolina tem mais de dez movimentos sociais. Agora é o momento de chamar esses grupos, os filiados, as lideranças para estruturar um partido justo e com a representatividade de todas as forças de nossa cidade.”

Natural do Rio de Janeiro, é jornalista formado pela Favip. Desde 1990 é repórter do Jornal VANGUARDA, onde atua na editoria de política. Já foi correspondente do Jornal do Commercio, Jornal do Brasil, Folha de S. Paulo e Portal Terra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.