Acidentes com caminhão representam quase um terço das ocorrências nas rodovias

Foto  (4)

Um levantamento realizado pela Polícia Rodoviária Federal aponta que os acidentes envolvendo caminhões representam 31,6% dos acidentes nas rodovias federais de Pernambuco. Em 2014, foi registrado um total de 7.406 acidentes, sendo 2.340 com os veículos de grande porte. A falta de manutenção dos veículos e a imprudência de alguns motoristas são fatores que contribuem para o número de ocorrências no estado.

Na última segunda-feira(03), duas pessoas morreram, após um bitrem que transportava pedras de gesso sair da pista e cair de uma ponte, na BR 116, em Salgueiro, no Sertão pernambucano. O motorista, de 39 anos, e a passageira, de 40 anos, não resistiram aos ferimentos e faleceram no local.

Com o objetivo de levar mais segurança aos usuários do sistema rodoviário, a PRF vem intensificando este tipo de fiscalização em todo o estado. Esse esforço já registrou uma redução de 18% no número de acidentes com caminhão, comparando-se 2014 e 2015. No primeiro semestre do ano passado, foram registrados 1.214 acidentes com veículos de grande porte, enquanto no mesmo período deste ano foram verificadas 994 ocorrências.

Entre as principais irregularidades constatadas, estão a má conservação dos veículos, a falta de equipamentos obrigatórios e documentação, a ausência de faixas refletivas e sinalização em desacordo com a lei, dentre outros. Outro problema encontrado pela PRF é o excesso de peso transportado pelos caminhões. Em Pernambuco, cerca de duas mil toneladas de excesso já foram registradas, em especial nas rodovias que cortam a Região Metropolitana do Recife.

Pedro Augusto é jornalista e repórter do Jornal VANGUARDA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.