​Cobertura de saneamento será ampliada em Pernambuco

Os municípios de Timbaúba, na Mata Norte, e Arcoverde, no Sertão do Moxotó, serão contemplados com obras de esgotamento sanitário. Nesta quarta-feira (14), o Governo do Estado, a Caixa Econômica Federal e a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) firmaram um Termo de Compromisso para garantir o repasse de R$ 191 milhões para a execução de obras de ampliação e implantação de sistemas nas duas cidades. A assinatura do termo, ocorrida no Palácio do Campo das Princesas, autoriza a Compesa a fazer a licitação para dar início às obras. A expectativa é que esse processo seja finalizado em até quatro meses.

Em Timbaúba, haverá a ampliação do SES já existente. A Compesa fará a implantação de 128 quilômetros de ramais de calçada, 60 quilômetros de rede coletora, 10 quilômetros de emissários, 20 estações elevatórias e uma Estação de Tratamento de Esgoto (ETE). Ao todo, deverão ser investidos R$ 99,3 milhões beneficiando 68 mil habitantes.

Já em Arcoverde, a Compesa dará início à implantação da segunda etapa do SES da cidade. Serão investidos R$ 92 milhões para atender 62 mil pessoas. As obras devem contemplar a instalação de 114 quilômetros de rede coletora, 12,5 quilômetros de emissários e cinco estações elevatórias. Também será feita uma estação elevatória de recirculação do lodo proveniente do esgoto.

Para o presidente da Compesa, Roberto Tavares, as duas obras são fundamentais para a saúde e o meio ambiente das duas cidades. “Quando investimos em esgoto, estamos cuidando da saúde, da qualidade de vida das pessoas. É sempre uma equação que vale a pena”, ressaltou. Tavares informou que a Compesa irá conversar com a população dos dois municípios para avisar sobre as obras e pedir a compreensão por eventuais transtornos.

O governador Paulo Câmara enfatizou que, em pleno século XXI, a questão do saneamento já deveria ser um problema solucionado, mas ainda é um desafio nacional. Apesar da crise financeira e econômica que atinge todo o país, Pernambuco está se empenhando para continuar tocando projetos relevantes, como esse de saneamento. “Teremos a oportunidade de avançar muito em Arcoverde, chegando quase à totalidade das residências com saneamento básico, assim como em Timbaúba. E, ao mesmo tempo, trabalhar junto com a Compesa, em parceria com a Caixa Econômica, para fazermos com que o saneamento básico seja uma realidade em todos os nossos municípios e distritos”, pontuou o governador.

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Thiago Norões, endossou as palavras do governador, ressaltando que Pernambuco está trabalhando para viabilizar novos projetos que visam a melhoria das condições de vida da população. O vice-presidente de Governo da Caixa Econômica Federal, Paulo Galli, elogiou a visão estratégica de Paulo Câmara em buscar alternativas para viabilizar obras de esgotamento sanitário para Pernambuco.

“Pernambuco tem participação efetiva na Caixa e a intenção da entidade é continuar investindo para o desenvolvimento do estado”, declarou. Também estiveram presentes os prefeitos de Timbaúba, Júlio Rodrigues, e de Arcoverde, Madalena Brito, e o superintendente Regional da Caixa, Paulo Neres. Os dois prefeitos agradeceram ao Governo, à Caixa e à Compesa pela parceria que está viabilizando as obras, que consideraram de grande relevância para os seus municípios. “Saneamento é uma obra que não aparece, mas que tem grande alcance social e de saúde para a população”, disse Madalena Brito.

Pedro Augusto é jornalista e repórter do Jornal VANGUARDA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.