Ministério faz vídeo-documentário sobre sucesso do “Mais Médicos”

unnamed (11)

Uma equipe ligada à comunicação do Ministério da Saúde está em Caruaru desde o início desta semana conhecendo a experiência exitosa do Mais Médicos. O programa possibilitou uma expressiva expansão no atendimento à população. De 64 mil consultas realizadas, em 2010, o número saltou para 189 mil, em 2014, lado a lado coma expansão da rede de saúde básica. A visita do MS  resultará na confecção de um vídeo-documentário que será exibido na página online do Ministério e poderá ser divulgado em rede de televisão aberta. O prefeito José Queiroz foi entrevistado na manhã desta quarta-feira, no gabinete, quando expôs sobre a rede municipal de saúde de Caruaru como um resultado mais que bem sucedido do trabalho do Sistema Único de Saúde.

Os jornalistas já entrevistaram nesta última terça-feira (20) o coordenador do curso de medicina da UFPE, Rodrigo Cariri, e conheceram as unidades de saúde do Murici, Novo Mundo e Morada Nova. Nesta quarta (21), eles conversaram também com a Secretária de Saúde, Aparecida Souza.

O documentário não se limitará em apresentar o programa Mais Médicos, mas também abordará a importância da implantação do curso de medicina no interior de Pernambuco e o “Movimento Nascer Bem em Caruaru”, desenvolvido pela Prefeitura de Caruaru em parceria com a UFPE e dezenas de instituições sociais e educativas. O Movimento objetiva estimular a prática do parto normal e os resultados já se mostram positivos, onde revelou o aumento em mais de 50% de partos normais em um ano de execução do projeto.

Para o prefeito José Queiroz, é importante que outros Estados e municípios possam conhecem as políticas aplicadas na saúde de Caruaru. “Nossa rede de saúde atende vários outros municípios, por isso nosso investimento precisa ser constante. A chegada do Mais Médicos e a reforma e construção de novas unidades de saúde fizeram de Caruaru uma cidade referência. Além disso, com a implantação do Movimento Nascer Bem, a cidade alcança excelentes índices de satisfação das gestantes. Sabemos que precisamos avançar, e nossas parcerias somam positivamente a esse nosso progresso”, explica Queiroz.

Pedro Augusto é jornalista e repórter do Jornal VANGUARDA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.