Silvio Costa pede coerência da bancada de PE na Câmara

Do Blog da Folha

O deputado e vice-líder do Governo na Câmara, Silvio Costa (PSC), cobrou posicionamento de alguns partidos da bancada de parlamentares de Pernambuco sobre a Operação Lava Jato. Segundo ele, alguns membros de legendas como DEM, PSDB, PSB, PMDB e PPS usam de dois pesos e duas medidas em relação às denúncias do esquema de corrupção.

Silvio Costa também pediu uma posição mais clara do PSB em relação ao discurso da bancada estadual. Segundo ele, o grupo de parlamentares é incoerente ao criticar a presidente Dilma Rousseff (PT) e ser aliado ao Partido Socialista Brasileiro. O argumento do social-cristão é reforçado pelas notícias envolvendo atores políticos de Pernambuco na própria Operação Lava Jato.

Confira a nota na íntegra:

“A maioria dos deputados federais pernambucanos do DEM, PSDB, PSB, PMDB e do PPS quase todos os dias vai a Tribuna da Câmara Federal e à imprensa brasileira criticar, de forma muito dura, a Presidente Dilma e o ex-presidente Lula. Não consigo entender esta ética seletiva dos senhores parlamentares.

Esta semana, mais uma vez, tivemos notícias gravíssimas da operação Lava-Jato envolvendo atores relevantes da política pernambucana. E mais uma vez, semelhante à operação Fair-Play também ocorrida em nosso estado, eles silenciaram.

Tenho repetido em todas as minhas falas que todos os envolvidos na Lava-Jato sejam punidos, independente da sua filiação partidária.

Em função das novas denúncias, cobro publicamente uma posição mais contundente e esclarecedora do PSB e lamento um silencio ensurdecedor dos parlamentares pernambucanos que, em Brasília são ferrenhos opositores ao governo da presidente Dilma e em Pernambuco são afáveis aliados do PSB.

Não acredito na incoerência.

SILVIO COSTA
Deputado Federal PSC/PE”

Natural do Rio de Janeiro, é jornalista formado pela Favip. Desde 1990 é repórter do Jornal VANGUARDA, onde atua na editoria de política. Já foi correspondente do Jornal do Commercio, Jornal do Brasil, Folha de S. Paulo e Portal Terra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.