Crea tem linha de financiamento para energias alternativas

Parceiro da Fimmepe Mecânica Nordeste – Feira da Indústria Mecânica, Metalúrgica e de Material Elétrico de Pernambuco, o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Pernambuco (Crea-PE) está com uma linha especial de financiamento para geração de energias alternativas. Algumas dessas alternativas estiveram em exposição na Ilha da Inovação, espaço que apresentou projetos de eficiência energética e reutilização de água. Esta edição da Fimmepe – Mecânica Nordeste aconteceu junto com a Forind Nordeste – Feira de Fornecedores Industriais, e com a Movimat Nordeste – Feira Internacional de Intralogística, de 20 a 23 de outubro.

A linha de crédito está disponível através Caixa de Assistência dos Profissionais do Crea (Mútua), e o valor máximo é de cerca de R$ 60 mil com mais 30% do valor adquirido para custos com implantação do sistema. “Já estamos com o primeiro projeto dessa parceria encaminhado. Um engenheiro da cidade de Salgueiro, no Sertão, vai instalar um sistema de geração de energia solar na casa dele. Mas muitos outros associados da Mútua estão interessados, pois os juros da linha de financiamento são muito baixos”, diz Gilton Medeiros, da Insole, uma das empresas parceiras do projeto do Crea.

A Insole também integrou a Ilha da Inovação da Fimmepe Mecânica Nordeste, espaço onde foram apresentados projetos para eficiência energética e reutilização de água, tema da Fimmepe Mecânica Nordeste este ano. Entre os destaques estavam alternativas para a geração de energia eólica e solar.

A ideia de criar a linha de crédito especial foi do presidente do Crea de Pernambuco, Evandro Carvalho. “A iniciativa surgiu quando resolvemos utilizar sistemas de energias alternativas na sede do prédio da entidade e na inspetoria de Petrolina. Agora, essa possibilidade está disponível para cerca de 1,3 milhão profissionais cadastrados no Sistema Confea/Crea e Mútua”, explica. De acordo com Evandro Carvalho, até o final deste ano a sede do Crea, em Recife, já deve estar utilizando energia solar. A inspetoria de Petrolina deve receber o benefício no próximo ano.

Além da exposição de produtos e serviços, a Fimmepe Mecânica Nordeste contou com uma vasta programação de capacitação e atualização, que incluiu seminários, palestras e workshops. A feira é realizada pelo Sindicato das Indústrias Mecânicas, Metalúrgicas e de Material Elétrico de Pernambuco (Simmepe), com organização da Reed Exhibitions Alcantara Machado. Os setores que estiveram presentes são: energia renovável, máquinas e equipamentos, elétrica e eletrônica, segurança e EPI, transporte e logística.Mais informações podem ser obtidas nos sites: www.mecanicanordeste.com.br.

 

Pedro Augusto é jornalista e repórter do Jornal VANGUARDA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.