Caruaru realizará 1ª Conferência Municipal de Direitos Humanos

A Prefeitura de Caruaru, através da Secretaria da Mulher e de Direitos Humanos, realizará neste final de semana a 1ª Conferência Municipal de Direitos Humanos. O encontro entre estudiosos acerca do assunto acontecerá nos dias 13 e 14 de novembro, nas dependências do curso de Medicina da UFPE (Campus Agreste), e na Universidade de Pernambuco (UPE) – Campus Caruaru, ambos localizados no Polo Comercial, sempre no horário das 8h às 17h.

De acordo com a programação, na sexta-feira, 13, no Auditório do Curso de Medicina da UFPE, a partir das 8h, os interessados em participar da conferência poderão efetuar o credenciamento. Às 9h será feita a leitura do regimento.

Após a composição da mesa de abertura, a coordenadora do Programa de Pós Graduação em Direitos Humanos da UFPE, professora Virgínia Leal, levantará o tema central do encontro: “Direitos Humanos para todas e todos: democracia, justiça e igualdade”. O segundo painel, intitulado “Cidades seguras“, será abordado pela integrante do ActionAind, Ingrid Farias. O ActionAind é um movimento global de pessoas que trabalham juntas para promover os direitos humanos e superar a pobreza.

No período da tarde, a partir das 14h, haverá apresentação dos resumos selecionados (lista na fanpage do Gabinete Digital de Caruaru: www.facebook.com/gabinetedigitalcaruaru). Por meio da explanação dos cerca de 60 trabalhos, os participantes de cada eixo terão oportunidade de debater sobre os seguintes temas: Participação Política e Controle Social; Educação em Direitos Humanos; Enfrentamento da violência motivada por diferenças de gênero, raça ou etnia, idade, orientação sexual, identidade de gênero e situação de vulnerabilidade e enfrentamento ao extermínio da juventude negra; Desenvolvimento e Direitos Humanos; Direito à Informação e à Comunicação e, por fim, Memória, Verdade e Justiça. Ao todo, 107 resumos foram recebidos e analisados, de acordo com a temática por profissionais da academia.

Dando continuidade ao evento, no sábado, 14, às 9h, organizações sociais farão relatos entorno de suas experiências de acordo com cada um dos seis eixos. O segundo horário do dia será voltado para a aprovação das propostas que irão compor o 1º Plano Municipal de Direitos Humanos de Caruaru. Após o termino dessa etapa será realizada a eleição para escolha da delegação que representará o município na III Conferência Estadual de Direitos Humanos, programada para acontecer nos dias 17 e 18 de dezembro, no Recife.

Para a gerente de direitos humanos do município, Liana Queiroz, a realização da 1ª Conferência Municipal de Direitos Humanos de Caruaru irá consolidar as políticas desenvolvidas pela Prefeitura Municipal. “Nos dois dias de encontro teremos a oportunidade de avaliar e elaborar políticas públicas de direitos humanos em áreas estratégicas e também para aqueles e aquelas historicamente vulnerabilizados e vulnerabilizadas”.

Pedro Augusto é jornalista e repórter do Jornal VANGUARDA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.