Acordo entre PSB e PDT para eleição em Caruaru abre guerra intestina e implode o PDT no Recife

isabela-de-roldão

Do Blog de Jamildo

O que há em comum entre as cadeiras de prefeito no Recife e em Caruaru?

O acordo entre o PSB de Paulo Câmara e o PDT de José Queiroz.

Sem alarde, a luta política pelo controle da executiva municipal do PDT em Recife está cada dia mais pesada, em Brasília inclusive.

De acordo com informações de bastidores, o deputado Silvio Costa está trabalhando para que a vereadora Isabela de Roldão permaneça como presidente municipal da legenda e que o PDT não vá para a coligação de Geraldo Júlio, do PSB. Ele opera nos bastidores para ampliar o leque de apoios ao filho, deputado estadual Silvio Costa, um dos pré-candidatos a prefeito do Recife.

Neste trabalho de bastidor, Silvio Costa já teria até conversado com Ciro Gomes, Cid Gomes, Manoel Dias, Giovanni Queiroz e o presidente Carlos Lupi, argumentando que a vereadora Isabella de Roldão, que faz oposição ao prefeito Geraldo Júlio, não poderia passar pelo constrangimento de ter que disputar a reeleição de vereadora como dissidente na chapa do atual prefeito. Acaba nesta sexta-feira a janela de infidelidade, para troca de partidos.

A própria vereadora já disse publicamente que o PDT do Recife não pode ser usado como moeda de troca pela família Queiroz, prefeito José Queiroz e deputado federal Wolney Queiroz, da base aliada de Dilma.

O deputado Federal Wolney Queiroz esteve reunido com o presidente Carlos Lupi, tendo levado para a reunião o governador Paulo Câmara e o prefeito Geraldo Júlio.

De acordo com informações de bastidores, Lupi estaria muito chateado com o deputado Wolney Queiroz porque em Caruaru o candidato a prefeito Jorge Gomes, apoiado por eles, não é do PDT e sim do PSB, hoje na oposição a Dilma.

Nas articulações, Wolney Queiroz e o governador prometeram ao presidente Lupi colocar o deputado federal Cadoca no PDT.

O governador Paulo Câmara e o prefeito Geraldo Júlio teriam se comprometido com o Lupi a fazer uma chapinha no PDT para facilitar a reeleição da vereadora Isabella de Roldão.

No sentido contrário, o deputado Silvio Costa estaria se articulando com o Governo Federal para também colocar deputados no PDT, mas em função dos episódios de ontem envolvendo o Governo Federal as articulações teriam sido suspensas.

Silvio Costa nesta luta teria o apoio da maioria dos deputados federais do PDT, inclusive, os deputados também estariam chateados com a desfiliação do ex-deputado federal Paulo Ruben Santiago, que gozava de um bom trânsito na bancada federal.

Os deputados argumentam ainda que, durante os 30 anos do José Queiroz à frente do PDT, esse partido nunca elegeu pelo menos dois deputados federais. Eles defendem uma oxigenação imediata do PDT em Pernambuco.

Nas últimas horas, o deputado Wolney Queiroz está exigindo do presidente Carlos Lupi que declare apoio, de hoje até a próxima sexta-feira, para a reeleição de Geraldo Júlio.

Por outro lado, na segunda-feira passada, o governador Paulo Câmara teria convidado o ex-deputado Ciro Gomes para uma reunião no Campo das Princesas e o deputado Silvio Costa, amigo pessoal de Ciro Gomes, teria pedido a ele para suspender a reunião.

De fato, não aconteceu a referida reunião.

A briga vai longe.

“O PSB é página virada”, foi o comentário dos aliados de Raquel Lyra, preterida, junto com seu pai, João Lyra, pelos socialistas, com a escolha palaciana em torno de Jorge Gomes, indicado por José Queiroz, na aliança com os socialistas.

Pedro Augusto é jornalista e repórter do Jornal VANGUARDA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.