ABENC-PE amplia discussão sobre saneamento básico com profissionais do interior

Reunião ABENC

Engenheiros, arquitetos e estudantes do interior de Pernambuco lotaram a sala de monitoramento do Centro Administrativo da Prefeitura de Caruaru, na manhã desta sexta-feira (1º), onde foi discutida a “Universalização dos Serviços de Esgotamento Sanitário no Estado”. O evento foi promovido pela Associação Brasileira de Engenheiros Civis de Pernambuco (ABENC-PE) e contou com apoio do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Pernambuco (Crea-PE). A abertura foi prestigiada pelo prefeito, José Queiroz, e o vice-prefeito, Jorge Gomes.

O presidente da ABENC-PE, Stênio Cuentro, pontuou a importância deste
assunto diante da necessidade de combate as arboviroses, principalmente.  O
trabalho em andamento na Região Metropolitana do Recife (RMR) foi destacado
por Ricardo Barretto, diretor de negócios da Companhia Pernambucana de
Saneamento e Abastecimento (Compesa). Nyadja Menezes, gerente regional da
Compesa, também esteve presente juntamente com Marconi de Azevedo, diretor
regional do interior.

Bruno Lagos, vice-presidente da ABENC-PE e também secretário de
infraestrutura de Caruaru, apresentou obras de saneamento em andamento,
além de planos e programas da prefeitura para este setor.

Pedro Leão, presidente da Odebrecht Ambiental que é responsável pela
captação, distribuição de água e coleta e tratamento de esgoto no Recife e
em mais de 180 cidades brasileiras, apontou como funciona a parceria entre
a Compesa e a empresa.

Por fim, palestrantes e participantes puderam esclarecer pontos do que foi
exposto e a mediação do debate foi realizada pelo professor da Universidade
Federal de Pernambuco (UFPE), Paulo Tadeu Ribeiro de Gusmão.

Natural do Rio de Janeiro, é jornalista formado pela Favip. Desde 1990 é repórter do Jornal VANGUARDA, onde atua na editoria de política. Já foi correspondente do Jornal do Commercio, Jornal do Brasil, Folha de S. Paulo e Portal Terra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.