Aliados reclamam da “República dos sem mandato”

Do G1

Atentos ao noticiário sobre os cotados a ocupar cargos num eventual novo governo, aliados do vice-presidente Michel Temer na Câmara já começaram a reclamar de candidatos a ministro que não têm mandato no parlamento. Eles apelidaram, inclusive, a possível gestão Temer de “República dos sem mandato”.

Entre os nomes cotados nos últimos dias nos jornais, estão Geddel Vieira Lima para a Secretaria de Governo; Eliseu Padilha para a Casa Civil; Moreira Franco para a Infreestrutura; e Henrique Meirelles para o Ministério da Fazenda. Todos são ex-ministros de governos petistas.

Apesar de eles não terem atualmente mandato, outros nomes, como os senadores José Serra (PSDB-SP) e Romero Jucá (PMDB-RR), também aparecem na lista de ministeriáveis.

Se sentindo excluídos de negociações, os parlamentares foram favoráveis ao impeachment da presidente Dilma Rousseff na Câmara dos Deputados, aprovado no plenário com 367 votos.

É comum a composição de governos com parlamentares que se afastam do mandato para assumir uma pasta, mas também por aliados próximos do presidente que estejam sem mandato.

Natural do Rio de Janeiro, é jornalista formado pela Favip. Desde 1990 é repórter do Jornal VANGUARDA, onde atua na editoria de política. Já foi correspondente do Jornal do Commercio, Jornal do Brasil, Folha de S. Paulo e Portal Terra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.