Brava completa 15 anos e amplia comunicação web

Especializada em comunicação corporativa, gerenciamento de crises de reputação e produção de conteúdos, a Brava Comunicação, de Pernambuco, completa 15 anos de estrada este mês de maio. A poucos dias do aniversário, a agência já está em clima de comemoração com o anúncio do Prêmio Top Mega Brasil de Comunicação Corporativa 2016, figurando, pela segunda vez consecutiva, na lista das cinco melhores agências corporativas do Nordeste. O título é fruto do resultado de uma votação espontânea que possibilitou o voto de mais de 52 mil nomes, gerando mais de 100 mil indicações, entre jornalistas, professores, profissionais de agências de comunicação e autônomos, além de executivos de comunicação corporativa e áreas afins. Entre as novidades que já estão em andamento está a ampliação do braço digital da empresa, agora tratado como um segmento integrado à Brava, através da nova Valiant Comunicação.

A Brava tem sede no Recife, mas possui atuação regional, através de parceiros que partilham dos mesmos princípios. A empresa tem uma presença forte em cidades fora da Região Metropolitana do Recife, especialmente nas cidades de Caruaru e Petrolina, as maiores do interior de Pernambuco, o que torna o trabalho muito mais abrangente. Entre os clientes atuais estão o Grupo Pão de Açúcar, Brasil Kirin, Rede d´Or, Shopping Boa Vista, Polo Caruaru, River Shopping Petrolina,

“Em um país onde 70% das pequenas e médias empresas* fecham as portas antes de completar quatro anos de atividades, temos o maior orgulho por chegar até aqui e fôlego para crescer, com ou sem crise”, diz a empresária Ana lima, diretora da Brava. A equipe da agência se completa com profissionais de marketing, jornalistas, publicitários, designers e pensadores, acima de tudo. Conectados o tempo inteiro, em todo lugar, o staff da empresa é um dos grandes orgulhos de Ana Cristina Lima.

A Brava tem uma cultura de que o resultado de toda a equipe junta será sempre melhor do que o resultado somado de cada um, individualmente. Por isso, o grupo se vale do espírito colaborativo em todas as atividades. A preservação de um bom clima de trabalho, segundo Ana Cristina, deve sempre prevalecer sobre as quizilas pessoais, que todos têm, o que significa também que todos se apoiam e se fortalecem com as experiências (pessoais e profissionais) uns dos outros. “A Brava é uma empresa pequena, mas todos os que aqui trabalham são muito grandes e acho que isso é o que torna o nosso dia a dia animado”.

Pedro Augusto é jornalista e repórter do Jornal VANGUARDA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.