Impeachment: Cristovam muda e já pede novas eleições

Em Fortaleza, onde participou de um debate com professores nesta quinta-feira (26), o senador Cristovam Buarque (PPS-DF) deu sinais de que pode mudar seu voto na apreciação final do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff, cuja expectativa é de que aconteça até o final de agosto próximo.

O senador voltou a afirmar ser favorável a eleições gerais antecipadas. “Só as urnas podem unir os brasileiros novamente”. Cristovam espera que “o bom senso de Dilma e de Temer os faça aceitar essa ideia”.

O senador ouviu de quatro espectadoras um pedido para que ele vote contra a deposição de Dilma. Ele respondeu que apenas votou pela admissibilidade do processo, e que não tinha ainda posição tomada sobre o impeachment.

Cristovam afirmou ainda que não vai se deixar levar por “pressão”. “Não votarei por causa de pressões ou simplesmente pensando em votos, mas conforme minhas convicções e pensando em primeiro lugar no Brasil”.

De acordo com o jornal Diário do Nordeste, contudo, ele não conseguiu proferir a palestra para a qual estava inscrito por causa do protesto de manifestantes contrários ao impeachment.

Se Cristovam Buarque mudar seu voto, a presidente Dilma Rousseff precisará de apenas mais um voto no Senado para reverter a situação e voltar ao poder.

Natural do Rio de Janeiro, é jornalista formado pela Favip. Desde 1990 é repórter do Jornal VANGUARDA, onde atua na editoria de política. Já foi correspondente do Jornal do Commercio, Jornal do Brasil, Folha de S. Paulo e Portal Terra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.