Guarda Municipal inicia formação em Gravatá

O comando da Guarda Municipal de Gravatá passará por uma capacitação que irá contemplar todos os agentes. O curso, que terá duas modalidades entre aulas presenciais e a distância, inicia nesta segunda-feira (29), e segue até dezembro. Na manhã desta sexta-feira (26), a aula inaugural foi realizada no auditório do Instituto Nossa Senhora de Lourdes (Salesianas), na Avenida Joaquim Didier, no Centro.

Na ocasião, além do gestor de Gravatá, Mário Cavalcanti, também estiveram presentes o Gerente de Articulação e Integração Institucional e Comunitária da Secretaria Estadual de Defesa Social (SDS), Manoel Caetano, a comandante da Guarda Municipal de Gravatá (GM), Luciana Barbosa, secretários municipais e representantes da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros.

“Sabemos que esse é um pleito da categoria e, com o apoio do Governo do Estado, conseguimos colocar em prática e fazer acontecer. Agradecemos à Secretaria Estadual de Defesa Social que, durante a ação, vai oferta um curso de formação com qualidade proporcionando condições para a Guarda Municipal realizar o trabalho com segurança e ainda mais qualidade”, destacou, Cavalcanti.

No encontro, uma palestra foi apresentada aos agentes da Guarda Municipal. Ministrada pelo subdiretor da Diretoria Integrada do Interior 1 (DINTER 1), coronel Flávio Morais, foi abordada a importância da interação e integração entre a Polícia Militar e Guarda Municipal. “A nossa sociedade exige cada vez mais um profissional preparado e, por esse motivo, é preciso qualificar o profissional que está lidando diretamente com a sociedade. Ficamos muito felizes em saber que a Guarda Municipal e a Prefeitura de Gravatá têm essa preocupação para melhor oferecer o serviço à população”, disse.

A comandante da GM, Luciana Barbosa, explicou detalhes da formação para os agentes da Guarda Municipal. “O nosso comando será dividido em três turmas de 25 pessoas. Na formação, iremos abordar os temas, Guarda Comunitária e cidadania, fundamentos jurídicos da GM, primeiros socorros, Sistema Único de Segurança Pública e Violência e Segurança Pública”, explicou.

Para o subinspetor da GM, Wanderson Bezerra, essa formação e uma conquista para a categoria. “É de grande valor a formação para nós agentes da Guarda Municipal, pois é algo que o comando desejava desde a fundação”, destacou.

A Guarda Municipal de Gravatá foi fundada em dezembro de 2008 e, hoje, conta com um efetivo de 76 agentes que trabalham na função de segurança patrimonial e na educação no trânsito.

Natural do Rio de Janeiro, é jornalista formado pela Favip. Desde 1990 é repórter do Jornal VANGUARDA, onde atua na editoria de política. Já foi correspondente do Jornal do Commercio, Jornal do Brasil, Folha de S. Paulo e Portal Terra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.