FBC defende prudência com despesas públicas

Em Brasília, durante encontro com prefeitos pernambucanos que foram eleitos no primeiro turno, o senador Fernando Bezerra Coelho (PSB) alertou os novos gestores sobre o cuidado que devem ter com os gastos públicos. “É imprescindível que as finanças e as despesas sejam organizadas porque o primeiro ano de gestão municipal deverá ser de prudência”, observou.

Ao todo, dez novos prefeitos estiveram no gabinete do parlamentar: do PSB, Joãozinho (Limoeiro), Marcello Maranhão (Ribeirão), Tácio Pontes (Parnamirim) e Geomarco (Dormentes); do PSD, Rose Cléa Máximo (Mirandiba) e Professor Licinio (Belém do São Francisco); do PSDB, Edson Vieira (Santa Cruz do Capibaribe) e Joãozinho Tenório (São Joaquim do Monte); além dos prefeitos eleitos de Camaragibe, Demostenes Meira (PTB), e de Lagoa Grande, Vilmar Cappellaro (PMDB).

Todos demonstraram preocupação sobre as perspectivas políticas e econômicas para os próximos meses. Mesmo com o receio geral, Fernando Bezerra demonstrou otimismo. “Eu acredito em um cenário mais positivo para o país. O governo federal tem demonstrado empenho em ajudar os estados e municípios a superarem esta crise econômica, que deve dar sinais de efetiva melhora no início do próximo ano”, destacou o senador, que é vice-líder do governo.

Na conversa com os novos prefeitos, o socialista informou que as emendas orçamentárias apresentadas por ele estarão focadas nas áreas da Saúde e das Cidades, além de reforçar a receita da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf).

Natural do Rio de Janeiro, é jornalista formado pela Favip. Desde 1990 é repórter do Jornal VANGUARDA, onde atua na editoria de política. Já foi correspondente do Jornal do Commercio, Jornal do Brasil, Folha de S. Paulo e Portal Terra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.