Lula vai desistir de ser candidato, aposta Carlos Lupi

Folha de S.Paulo

O presidente nacional do PDT, Carlos Lupi diz duvidar do lançamento da candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva nas próximas eleições. Segundo Lupi, Lula “não quererá se expor após as denúncias” de que é alvo. Para o presidente do PDT, Lula apresenta a candidatura como “autodefesa no processo da Justiça” e como “palco para se defender”.

Ex-ministro de Dilma Rousseff e defensor da candidatura de Ciro Gomes (PDT) a presidente, Lupi afirmou nesta segunda-feira (2) que não acredita que o petista tenha seus direitos políticos cassados em decorrência da Operação Lava Jato, até porque “esses processos na Justiça demoram”. Mas, na sua opinião, o próprio Lula não se lançará para a disputa. Segundo Lupi, “depois de toda essa exposição, a liderança do Lula nas pesquisas é um milagre que ele não vai jogar fora”.

“Lula não ganha nada com isso. Ele já está na história como o maior presidente do Brasil no campo social. Ele vai destruir isso a troco de quê?”

Ao comentar a afirmação do ex-prefeito de São Bernardo do Campo Luiz Marinho (PT) de que a chance de aliança petista com Ciro Gomes é “quase zero”, Lupi diz que a candidatura de seu partido hoje é “a mais viável” entre partidos de centro-esquerda e que espera contar com o PT. Em 2017, Lupi buscará um vice para Ciro na região Sudeste. Sem isso, diz, a campanha do PDT seria inviável. Um dos nomes cobiçados para vice de Ciro é o do ex-prefeito de Belo Horizonte Márcio Lacerda, do PSB.

Lupi aposta na realização de eleições presidenciais ainda em 2017, como fruto de um grande acordo nacional. Mas duvida da possibilidade de o presidente Michel Temer liderar essa articulação. “Como presidente do Brasil, Temer continua presidente da Câmara. Cheio de jantares e salamaleques. Vai tentar um malabarismo de circo para levar o mandato até o final. Mas não vai conseguir.”

Para Lupi, esse acordo acontecerá independentemente do desejo de Temer. O pedetista diz que o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso “alimenta o sonho de ser o maestro de uma transição, mas falta-lhe a batuta”. Sobre a hipótese de Fernando Henrique convidar Lula para um diálogo, ironiza: “FHC propor isso é o mesmo que o diabo propor a Deus que ache o clima do inferno melhor que do céu”.

Natural do Rio de Janeiro, é jornalista formado pela Favip. Desde 1990 é repórter do Jornal VANGUARDA, onde atua na editoria de política. Já foi correspondente do Jornal do Commercio, Jornal do Brasil, Folha de S. Paulo e Portal Terra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.