PT não terá liberdade na 1ª secretaria da Câmara

Do Blog do Magno

O deputado Beto Mansur (PRB-SP) não acredita que o PT, que reivindica a primeira-secretaria da Câmara na eleição de fevereiro, terá condição de fazer pirotecnia caso o partido conquiste o cargo, responsável pelos recursos da Câmara.

“O PT não vai fazer nada que o presidente da Câmara não queira”, afirma Mansur, atual primeiro-secretário. O PT tenta a vaga como moeda de troca para apoiar a candidatura à reeleição do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ).

Maia, que enfrenta batalha jurídica para viabilizar a candidatura a reeleição, foi eleito em julho do ano passado para um mandato-tampão, após a queda do deputado presidiário Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

A Constituição Federal veda a reeleição na mesma Legislatura, mas aliados de Maia defendem que ele foi eleito para um mandato temporário, motivo pelo qual a regra não se aplicaria no seu caso.

A primeira-secretaria é responsável por um Orçamento de R$ 5,2 bilhões por ano.

Natural do Rio de Janeiro, é jornalista formado pela Favip. Desde 1990 é repórter do Jornal VANGUARDA, onde atua na editoria de política. Já foi correspondente do Jornal do Commercio, Jornal do Brasil, Folha de S. Paulo e Portal Terra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.