Paulo Câmara destaca que não faltarão apoio e recursos para o combate à violência

PMS

Reafirmando o compromisso do Governo de Pernambuco com a segurança pública, o governador Paulo Câmara destacou, nesta terça-feira (11.04), o apoio irrestrito ao desenvolvimento das ações da Polícia Militar, durante cerimônia de Passagem de Comando das Unidades e Diretorias Operacionais da PM. “Nunca estive tão confiante, como governador de Pernambuco, a enfrentar esse problema e ao mesmo tempo em buscar meios de resolução. Quero dizer aos nossos comandantes que contem com o nosso apoio. Mas, ao mesmo tempo, saibam que nós vamos estar permanentemente cobrando resultados, buscando alternativas e meios de termos um Pernambuco mais seguro. Que possa honrar as tradições de segurança pública que nós já tivemos e temos o dever de fornecer para a população pernambucana”, salientou.

O secretário de Defesa Social, Ângelo Gioia, garantiu que o Governo não tem medido esforços com o propósito de assegurar os recursos que venham a refletir em uma maior segurança para os pernambucanos. “O governador Paulo Câmara não têm medido esforços para fornecer materiais humanos e operacionais com objetivo de proporcionar uma maior segurança para população de Pernambuco. Então, devemos avançar muito. O governador, em verdade, resgata valores ideais”.

O comandante da Polícia Militar do Estado de Pernambuco, coronel Vanildo Maranhão, explica que mudanças são naturais e têm o objetivo principal de otimizar a ação da PM. “Nós fechamos um ciclo, mudanças são necessárias e naturais na cúpula da corporação. Inicialmente, nós fizemos a mudança na parte administrativa, hoje nós estamos fechando um ciclo com a diretoria e os comandantes. Cada área da nossa corporação se completa. O governador está imbuído e irá nos prover, com capacidade técnica e liderança, meios para a resposta contra a violência vir o mais rápido possível”, frisou.

Foram empossados na cerimônia o tenente coronel Clodoaldo José, da função de CMT da 4ª CIPM; o tenente coronel André Luiz, da função de CMT da 2ª CIPM; o tenente coronel José Roberto, da função de CMT da 1ª CIPM; o tenente coronel Gilson Cantidiano, da função de CMT do 7º BPM; o tenente coronel Marcos Evangelista, da função de CMT da 5ª CIPM; o tenente coronel Robson Cordeiro, da função de CMT da 3ª CIPM; o tenente coronel Edvaldo Francisco, da função de CMT do 21º BPM; o tenente coronel Ely Lira, da função de CMT do 15º BPM; o tenente coronel Silvestre Dantas, da função de CMT do 16º BPM; o tenente coronel Sérgio Cabral, da função de CMT do 1º BPM; o tenente coronel Marcos Ramalho, da função de CMT do 17º BPM; o tenente coronel André Ângelo, da função de CMT do 6º BPM; o tenente coronel Manoel Renan, da função de CMT do 11º BPM; o tenente coronel Erivaldo Raimundo, da função de CMT do 12º BPM; o tenente coronel Carlos Ferraz, da função de CMT do 18º BPM; o tenente coronel Jaime de Lima, da função de CMT do 20º BPM; o tenente coronel Wolney Alexandre, da função de CMT da CIPOMA; o tenente coronel Josemar Diniz, da função de CMT da BPRv; o tenente coronel Herlício Marmede, da função de CMT da BPGd; o tenente coronel Leonardo Cosme, da função de CMT da RPMon; o tenente coronel Idelfonso Queiroga, da função de CMT da BPRp; o tenente coronel Edvaldo Cézar, da função de CMT da BPCHOQUE.

Acompanharam a solenidade o secretário de Planejamento e Gestão, Marcio Stefanni; o secretário executivo de Segurança Institucional da Casa Militar, Coronel Felipe Oliveira; o secretário executivo de Defesa Social delegado, João Luís; o sub-comandante da Polícia Militar, coronel André Cavalcanti; e o coronel Adalberto Freire, Chefe do Estado Maior.

Juiz vai à Câmara debater instalação de nova comarca em Caruaru

O Poder Legislativo de Caruaru recebeu o Juiz José Tadeu dos Passos, diretor do Fórum de Caruaru, para debater a realização de uma audiência pública, que irá discutir a implantação de uma nova comarca na cidade.

A solicitação da instalação da terceira entrância em Caruaru – que já possui duas – foi feita pelo vereador Leonardo Chaves (PDT). Além dele, estiveram presentes na reunião, o presidente da casa vereador Lula Tôrres (PDT), o vereador Presbítero Andrey Gouveia (PRP) e o consultor jurídico da Câmara, Bruno Martins.

Com uma nova comarca, Caruaru se iguala a metrópoles e cidades capitais como Recife, por exemplo. De acordo com o vereador Leonardo Chaves, a chegada de uma nova entrância dará agilidade nos julgamentos e permitirá que bons juízes permaneçam na cidade, sem precisar migrar para as capitais em busca da continuação da carreira.

“Esta é uma reivindicação antiga, mas muito importante. Protocolamos dois pedidos de informação e dois ofícios, e, além de uma nova comarca, também estamos solicitando um novo juizado especial da fazenda pública, que atualmente só existe em Recife” destaca.

Leonardo Chaves destaca que uma audiência pública deverá ser marcada em breve para que o assunto seja debatido.

“Iremos mobilizar toda a sociedade, juízes, promotores, segmentos sociais e autoridades políticas para debater esse assunto, que irá beneficiar toda Caruaru e deverá ser um marco na nossa história” afirma o vereador.

Para o juiz José Tadeu dos Passos, esta pauta é de extrema relevância e deverá atingir toda a cidade positivamente.

“Debater este assunto em uma audiência pública é importante, pois a criação de uma nova comarca envolve toda a sociedade e assim, ganharemos mais agilidade no julgamento de processos, além da melhoria dos serviços oferecidos pelas varas que só será possível com a realização desta solicitação”.

Oposição lamenta morte de jovem e cobra rigor nas investigações

A Bancada de Oposição na Assembleia Legislativa de Pernambuco lamenta o falecimento do jovem Edvaldo Alves, de 19 anos, vítima de disparo feito por policiais durante protesto na cidade de Itambé, Zona da Mata Norte do Estado, contra o crescimento da violência na região.

Os parlamentares da bancada cobram ainda celeridade nas investigações sobre a atuação da polícia naquele dia, além de esclarecimentos sobre os motivos que levaram à demora no socorro à vítima e rigor na apuração e punição à autoridade policial que deu a ordem, assim como para o policial que efetuou o disparo.

É importante ainda registrar a responsabilidade do Estado, da Secretaria de Defesa Social e do Comando da Polícia Militar por enviar para o atendimento ao chamado policias sem o preparo técnico necessário nem equipamentos adequados para a ocorrência em questão, uma manifestação da população.

Além do caso envolvendo o jovem Edvaldo Alves, e guardadas as devidas proporções, a Oposição lamenta que o uso da força contra manifestações populares estejam se tornando corriqueiras no estado de Pernambuco. São exemplos dessa postura a apreensão de fantasias da troça carnavalesca Empatando Tua Vista, durante o Carnaval, e a retirada de faixas e cartazes fixados pela população da cidade de Santa Cruz do Capibaribe, com cobranças ao Governo, durante agenda do governador Paulo Câmara no município, no último fim de semana.

CCI Agrestina vivencia o real sentido da Páscoa com programação religiosa

culto

Muito além de coelhinho e ovos de chocolate, a Páscoa representa a data da ressurreição de Jesus e sua vitória sobre a morte. Pessoas de diversas crenças em todo o mundo aproveitam o período da páscoa para celebrar um tempo de renovação, simbolizado pela passagem da morte para a vida. Pensando nisso o Centro de Convivência do Idoso de Agrestina (CCI) iniciou na tarde de ontem (10), uma programação religiosa de tema “Vivenciando o real sentido da páscoa”.

As missas e rodas de orações que vinham acontecendo com o público do CCI desde o período da quaresma, culminaram neste evento. Segundo a Coordenadora do CCI, Erika Michele, muitos idosos frequentam as igrejas por amor e tradição, por isso o objetivo de desmistificar e levar a verdadeira mensagem do sentido da Páscoa, “Eu me sinto muito bem em poder proporcionar isto, as vezes eles chegam aqui com problemas de casa e precisam de uma palavra de conforto, aqui, nós cuidamos do corpo e também do lado espiritual” relatou.

Pensando na diversidade de crenças, o CCI preparou na tarde de ontem um culto ecumênico com a presença do cantor Marquinho do Vale e do Presbítero Cali, da Igreja Vale da Benção, e para hoje (11) a palavra trazida pelo Padre Pedro, para que a mensagem alcance a todos sem distinção. A programação acontece das 14h às 16:30h.

O Vivenciando o real Sentido da Páscoa é uma realização do Centro de Convivência do Idoso (CCI) de Agrestina em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Social e Juventude.

Obras sobre convivência social e violência ganham reformulações

Desde criança, aprendemos a dividir os brinquedos com os irmãos ou amigos, a não sermos preconceituosos, a não agredir alguém seja verbal ou fisicamente, e etc. Essas e outras regras comuns são imprescindíveis para um bom convívio social. Nesse sentido, a Editora Moderna lança novas edições de duas obras das escritoras Maria Lúcia de Arruda Aranha e Maria Helena Pires Martins que ajudarão crianças e adolescentes a refletirem sobre questões de cidadania.

No livro Entre a Espada e a Palavra – violência ou diálogo, Maria Lúcia de Arruda Aranha explica os tipos de violência, ressaltando que algumas delas não são tão explícitas e por isso, supõem uma conscientização maior dos indivíduos. O nome da obra faz alusão às formas de solução geralmente dadas aos conflitos humanos: a força física e o diálogo.

De forma didática, a escritora esclarece assuntos como agressões contra mulher, cyberbullying, terrorismo, xenofobia, racismo, genocídio, violência contra os animais, contra a natureza, entre outros. Também discorre em questões como direitos humanos, gêneros, segurança pública, diferença entre discriminação e preconceito, e outros assuntos vinculados ao tema do título. Após a constatação de tantas expressões de violência que atingem a sociedade, o livro convida os leitores a uma reflexão sobre o desejo de paz, e propõe que todos estejam atentos à maneira como convivemos em família, no trabalho, nas relações sociais e politicas com a natureza.

Preço: R$ 46,00

Em Eu e os Outros – as regras da convivência, Maria Helena Pires Martins usa da palavra, do diálogo, do argumento e razão para ensinar, de forma didática, porque existem regras que regulamentam as relações entre familiares, colegas de trabalho e até mesmo estranhos. Essas normas estão presentes no dia a dia, mas nem sempre sabemos quem as criou, por que foram elaboradas e se são realmente necessárias.

Com base em quatro tipos de regras que orientam nossa conduta na sociedade – a boa educação, proteção, organização e regras morais – a autora expõe, problematiza e exemplifica aspectos significativos da moral moderna. É entendendo e sabendo lidar com as normas que aprendemos a ter respeito pelos outros e por nós mesmos.

Preço: R$ 42,00

Recheados de ilustrações, as obras são ideais para o uso em sala de aula e fazem parte da série Aprendendo a Com-Viver que estão sendo reformulados, com novo projeto gráfico e capa. São dez títulos que estimulam as discussões sobre ética e cidadania, tão importantes para a educação de valores.

Sobre as autoras

Maria Helena Pires Martins é doutora e livre-docente em Artes pela Escola de Comunicação e Artes da Universidade de São Paulo (USP).

Maria Lúcia de Arruda Aranha graduou-se em Filosofia na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP).

Governo Federal anuncia o Brasil + Turismo, pacote de medidas para desenvolver o setor no país

O ministro do Turismo, Marx Beltrão, anunciou nesta terça-feira (11.04), em Brasília, o Brasil + Turismo, um pacote de medidas para fortalecer o setor no Brasil. As ações têm como finalidade trazer soluções técnicas para gargalos históricos, aumentar o número de turistas nacionais e estrangeiros, contribuir para melhorar destinos nacionais, proporcionar o desenvolvimento regional e gerar emprego e renda. O anúncio foi feito no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, com a presença de autoridades do setor.

“Essas ações são resultado de muito diálogo para entender as necessidades do setor. Precisamos criar condições para que os empresários invistam no país. O Brasil + Turismo vem para corrigir uma miopia histórica e fazer com que o turismo seja visto como protagonista na geração de emprego e renda. Chegou a hora e a vez do turismo”, disse Marx Beltrão.

O presidente da Organização Mundial do Turismo (OMT), Taleb Rifai, destacou em seu discurso o legado dos megaeventos sediados recentemente pelo Brasil e reforçou a importância de o país atrair mais turistas estrangeiros. “Eu parabenizo o ministro Marx Beltrão por lançar um pacote dessa magnitude e desejo muito sucesso. Esta é a quinta vez que venho ao Brasil e a primeira que venho a Brasília, uma cidade incrível. Ontem visitei os principais pontos turísticos, aprendi sobre as belezas e Oscar Niemeyer, o que me fez muito feliz. Mas também fiquei triste porque eu queria que milhares de pessoas de todo o mundo estivessem aqui comigo. Quando fecho os olhos e penso no Brasil, eu penso no estilo de viver e na alegria. É a vez do Brasil!”

O conjunto de medidas anunciadas pelo MTur reúne sugestões de integrantes da cadeia produtiva do turismo nacional e de entidades internacionais, como a Organização Mundial do Turismo (braço da ONU para o setor) e o Conselho Mundial de Turismo e Viagem (WTTC).

Dentre as ações, está a abertura de todo capital das empresas aéreas brasileiras ao investimento internacional. “Com a abertura para o capital estrangeiro, nosso objetivo é aumentar a competitividade entre as empresas e, consequentemente, reduzindo preços e oferecendo mais rotas e mais destinos. E essa iniciativa conta com apoio da população. Um estudo recente do MTur mostrou que 73% dos brasileiros é a favor de ter mais empresas aéreas operando no território nacional”, revelou o ministro do Turismo.

O Brasil + Turismo é também uma resposta do governo ao apelo da população brasileira sobre o melhor aproveitamento de nosso potencial turístico. Pesquisa encomendada pelo Ministério do Turismo, perguntou a 2002 brasileiros – entre 17 e 23 de março – qual a avaliação sobre o turismo no país. A amostra é representativa da população brasileira. Como resultado, 86% dos entrevistados disseram que os principais benefícios do Turismo são impulsionar a economia e gerar empregos e negócios, e mais de 80% indicam que o país tem potencial para explorar o turismo como uma alavanca para a economia. Porém, 60% dos brasileiros avaliam que aproveitamos pouco esse patrimônio.

A ideia, a partir do Brasil + Turismo, é mudar o cenário e saltar de 6,5 milhões de turistas estrangeiros no país por ano (dado de 2016) para 12 milhões em 2022. A estimativa é de que a receita com os visitantes passe dos US$ 6 bilhões anuais para US$ 19 bilhões. Outro impacto esperado é a inserção de 40 milhões de brasileiros no mercado consumidor de viagens. Atualmente, menos da metade da população viaja todos os anos (cerca de 60 milhões).

A criação de quase 6 milhões de empregos é outra das consequências esperadas como resultado do Brasil + Turismo. Em âmbito mundial, o setor responde por um em cada 11 empregos (9%) de acordo com a OMT. No Brasil, o turismo emprega direta e indiretamente 7 milhões de pessoas.

Medidas para impulsionar o turismo no Brasil:

Emissão de Vistos Eletrônicos
O Ministério do Turismo propôs ao Ministério de Relações Exteriores a implantação do visto eletrônico para países estratégicos. Até o fim de 2017, a ideia é que a medida passe a valer para turistas de EUA, Canadá, Austrália e Japão, que são grandes emissores de turistas internacionais com alto poder aquisitivo. A concessão de vistos eletrônicos transforma todo o período de solicitação, pagamento de taxas, análise, concessão e emissão de visto num processo de apenas 48 horas. Tudo pode ser feito via web ou por um aplicativo, sem burocracia.

Ampliação da conectividade aérea
Alteração do Código Brasileiro de Aeronáutica para permitir a abertura de 100% do capital das empresas aéreas brasileiras ao investimento estrangeiro. O objetivo é aumentar a competitividade, o número de voos e de turistas viajando dentro do país, além de ampliar a malha aérea regional para possibilitar o deslocamento de mais visitantes nacionais e internacionais.

Modernização do modelo de gestão da Embratur
Mudança da natureza jurídica de autarquia para Serviço Social Autônomo e do nome da instituição, que será alterado para Embratur – Agência Brasileira de Promoção do Turismo. Com a alteração da natureza, a Agência poderá atuar de forma mais competitiva no mercado turístico internacional; receber recursos privados para o desenvolvimento de projetos de interesses comuns, com reduzida burocracia; modernizar a gestão de pessoal; e manter estrutura física e quadro de pessoal no exterior.

Para o financiamento da nova Embratur, será destinado um percentual da arrecadação bruta dos concursos de prognósticos e loterias federais e similares cuja realização estiver sujeita a autorização federal, deduzindo-se este valor do montante destinado aos prêmios. Além desses recursos, podem constituir receitas da Embratur recursos transferidos de dotações consignadas nos Orçamento Fiscal e da Seguridade Social.

Modernização da Lei Geral do Turismo (LGT)
Envio ao Congresso Nacional, em regime de urgência, de 118 proposta de alterações na Lei Geral do Turismo. O objetivo é adequar a legislação brasileira à dinâmica atual da atividade turística, com desburocratização dos processos e maior integração com a iniciativa privada.

Melhor aproveitamento de áreas da União
Entrega ao Ministério do Turismo das áreas de domínio da União localizadas em locais com potencial para o desenvolvimento do turismo, para fins de gestão, regularização e concessão.

Qualificação profissional
Intensificação dos programas e parcerias para qualificação profissional de jovens e adultos para melhor atendimento aos turistas. São três iniciativas de qualificação dentro do Brasil + Turismo: a primeira, presencial e voltada para jovens do ensino médio (10 mil vagas através de parceria com o Ministério da Educação – MedioTec); a segunda, online voltada para profissionais da linha de frente ao atendimento ao turista; e a terceira iniciativa envolve qualificação internacional. O MTur irá selecionar 120 alunos de cursos técnicos e de graduação de instituições públicas e privadas para três meses de treinamento no Reino Unido.

Atualização do Mapa do Turismo Brasileiro
Atualização a cada dois anos do Mapa para que os municípios se organizem e que os recursos federais sejam direcionados para as regiões realmente vocacionadas ao Turismo. Na última atualização (2016), o país passou de 3.345 municípios turísticos (2013) para 2.175 em 291 regiões turísticas.

Fortalecimento dos órgãos estaduais de turismo
Repasse de R$ 5,4 milhões para os Órgãos Estaduais de Turismo, objetivando a estruturação das regiões turísticas do Mapa Brasileiro do Turismo. Os recursos serão destinados para elaboração de projetos executivos, planos de desenvolvimento integrado do Turismo Sustentável e de Marketing; entre outros.

Parceria com a ANTT
Intensificação da fiscalização do transporte turístico nas rodovias brasileiras, por meio de cooperação técnica com a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT). A ideia é que o órgão utilize suas rotinas de fiscalização para verificar se os prestadores de transporte turístico estão devidamente cadastrados no Cadastur, do Ministério do Turismo.

Parques Temáticos
Adequação do conceito de parques temáticos dentro da Lei Geral do Turismo e nos decretos e portarias relacionados. Com a mudança, as receitas decorrentes da prestação de qualquer serviço do parque poderão ser abrangidas pelo regime de incidência cumulativa da Contribuição para o PIS/Pasep e da Cofins.

Empresa líder em soluções para empregabilidade chega ao Brasil

A Symplicity(www.symplicity.com), empresa norte-americana especialista em soluções para empregabilidade, inicia suas atividades no Brasil. A companhia entra no país “pelas mãos” do Grupo A Educação (www.grupoa.com.br), uma holding de soluções educacionais, que também representa a Blackboard no Brasil (tecnologia para educação), e que criou a SAGAH (soluções educacionais integradas).

A Symplicity traz ao mercado uma plataforma que une empregadores em potencial, com estudantes em busca de uma oportunidade, cujo principal diferencial é a geração de indicadores relevantes de empregabilidade. “O momento é crítico para o mercado educacional brasileiro, dominado por instituições privadas que, em meio à crise gerada pela redução do FIES, se viram obrigadas a entrar numa disputa acirrada para atrair e reter os estudantes. Com essas informações geradas pela plataforma a instituição de ensino se destaca, pois se aproxima mais dos seus alunos e os fideliza, além de o ajudar a entrar no mercado de trabalho e/ou a encontrar uma oportunidade onde ele possa ter um salário melhor”, afirma Bruno Weiblen, diretor comercial do Grupo A.

Outra vantagem, é que as estatísticas geradas pela plataforma ajudam a instituição a adaptar sua matriz curricular para atender àquilo que o mercado realmente procura. “Geralmente a universidade se pauta pelas diretrizes nacionais do Ministério da Educação (MEC), e pelos indicadores que ele divulga: performance do aluno em testes como o ENADE, e qualificação docente. Falta para ela, dados concretos que mostrem se ela está no caminho certo quando o assunto é formar estudantes para o mercado de trabalho, o que, na verdade, é o objetivo principal do seu negócio. Nos EUA utilizar estatísticas de empregabilidade já é uma prática comum, inclusive para instituição conseguir se habilitar para o crédito estudantil governamental. E queremos trazer esse benefício também para o mercado brasileiro”, enfatiza o diretor.

A Symplicity oferece uma solução em nuvem e tem fácil integração com portais acadêmicos e ambientes virtuais de aprendizagem. Com o objetivo de apoiar o estudante na gestão da sua carreira, orientar com questões comportamentais que podem ajudar no desempenho como profissional, a companhia tem o potencial de alavancar os índices de empregabilidade no meio acadêmico. Líder de mercado nos EUA, onde começou sua atuação em 1997, a empresa atende mais de 1.200 IES, entre elas, a Harvard, Columbia University, UCLA, London Business School, INSEAD, Northwestern University e New York University, em que aproxima mais de 40 milhões de estudantes e empresas.

Sobre a Simplicity

Fundada em 1997, com sede em Arlington, VA, a Symplicity vende soluções de tecnologia para, aproximadamente, 1.200 instituições de ensino e ajuda a gerenciar todos os aspectos da relação entre estudante, instituições de ensino e empresas no que tange à gestão de carreira. A empresa conta com mais de 400 mil empregadores ativos que utilizam sua solução para alavancar a principal rede profissional de Ensino Superior e recrutar alunos e ex-alunos em início de carreira. Conheça mais sobre a Simplicity no site: www.symplicity.com

Maior número de veículos disponibilizados para leilão pelo Detran

A Secretaria Estadual das Cidades (SECID) está disponibilizando 499 veículos no 5º Leilão do DETRAN-PE de 2017. É o maior número de veículos oferecidos na história dos leilões promovidos pelo Orgão. O evento acontece na quinta-feira dia 13 de abril a partir das 9h da manhã no pátio da empresa Coliseum, localizada em Vitória de Santo Antão, às margens da Rodovia Luiz Gonzaga, BR 232.

Os interessados podem fazer a visita prévia dos lotes nos dias 11 e 12 de abril, das 9 às 16h. O Código de Trânsito Brasileiro (CTB) determina que o veículo removido, e não reclamado por seu proprietário dentro do prazo de sessenta dias, seja levado a leilão.

O Edital, contendo as informações gerais sobre o leilão, a exemplo das normas, documentação exigida e taxas de administração a serem pagas pelos arrematantes, pode ser acessado no site do DETRAN:www.detran.pe.gov.br.
O dinheiro arrecadado no leilão é usado para pagar as dívidas dos veículos apreendidos. Quitados os débitos, o resíduo restante – caso haja – volta para o proprietário anterior do veículo.

O Diretor Presidente do DETRAN-PE, Charles Ribeiro, explica que o arrematante deverá requerer e pagar pela expedição da 2º via do Certificado de Registro do Veículo (CRV). “Cabe a ele também arcar com o valor dos serviços de Baixa do Gravame dentre outras taxas como a de Licenciamento, a de transferência do veículo e a taxa de Emplacamento”.

Deputada quer projeto “Florestar” na Escola Técnica de Caruaru

Os alunos da recém inaugurada Escola Técnica Estadual Fernando Lyra podem ser os pioneiros na implantação do Projeto Florestar, em Caruaru. A deputada Laura Gomes já encaminhou, no último dia 5, por ofício, pedido ao diretor de Articulação e Meio Ambiente da Compesa, Aldo Santos, para a inclusão dos alunos da ETE na recente iniciativa da empresa na área ambiental. O objetivo é ampliar o número de áreas verdes na cidade e formar viveiristas multiplicadores, que aprenderão todo o manejo de sementes, produção de mudas e cultivo de árvores que podem se desenvolver nas zonas rural e urbana do Município.

Laura Gomes vai cuidar pessoalmente da articulação entre a Compesa e a Secretaria Estadual de Educação para implantar o projeto como uma atividade extracurricular, que certamente terá a adesão animada dos jovens alunos da ETE.

“Caruaru, uma cidade carente de verde e de adequada arborização, só tem a ganhar com esta iniciativa feliz da Compesa, sob a condução de Aldo Santos, um entusiasta das causas ambientais. Vamos em frente com a certeza de contar com o alunado, os professores e funcionários administrativos da Escola Técnica. Sinal verde para o sucesso”, observou a deputada.

O projeto pode capacitar mais de 100 alunos como viveiristas e multiplicadores. A qualificação consiste em três etapas, começando com a teoria, passando pelas aulas práticas até chegar ao mutirão de arborização. Para Laura Gomes, conhecer as mudas, plantar e acompanhar o crescimento “é uma tarefa de criação do vegetal, e um modo de desenvolver o amor pela vida, no sentido amplo. Isso é tudo de que precisamos nesses tempos críticos e violentos. É um caminho para todos, jovens e adultos”, finalizou.

Dia “L” da Campanha Lava Pés acontece nesta quarta, 11

A Prefeitura de Caruaru, através Secretaria de Saúde, promove nesta quarta-feira (11), o dia “L” da Campanha Lava Pés que acontece no Marco Zero, das 7h30 às 13h. A ação tem o objetivo de alertar e orientar pessoas que têm diabetes a terem cuidados especiais com os pés, evitando, dessa forma, possíveis amputações.

O evento tem parceria com a Diocese de Caruaru, curso de medicina da Universidade Federal de Pernambuco, alunos dos cursos de saúde da ASCES e UNIFAVIP, além de profissionais da área. E contará com a presença da secretária de Saúde, Ana Albuquerque.

“Nas unidades de saúde da família toda a população tem acesso a esses serviços, mas durante a semana santa, intensificamos esses atendimentos a fim de compreender e aconselhar os usuários que necessitam de um cuidado especial, que é o caso dos diabéticos.”, destaca Michelly Vieira, coordenadora da Campanha.

Os alunos do curso de medicina farão a avaliação dos pés de diabéticos e orientarão sobre o autocuidado com os membros inferiores, para que sejam evitadas futuras amputações. De acordo com Marcos Pedrosa, médico e professor da UFPE, em uma forma de simbolismo, tendo em vista que estamos na semana santa, os alunos lavarão os pés das pessoas em um gesto de humildade e de cuidado com o outro.

Serviços ofertados durante a Campanha Lava pés:

- Avaliação antropométrica

- Avaliação e orientação nutricional

- Rastreamento de diabetes

- Rastreamento de hipertensão

- Avaliação do pé diabético e Promoção do autocuidado com os pés

- Orientação em saúde bucal

- Orientação sobre medicamentos