Conselho de Segurança Cidadã é implantado no Bairro de Santa Rosa

O Santa Rosa foi o primeiro bairro de Caruaru a ser implantado ​o ​Conselho de Segurança Cidadã dos bairros e da zona rural – CONSEC. ​Na noite de ontem, estiveram presentes a prefeita Raquel Lyra, o vice-prefeito Rodrigo Pinheiro, representante​s​da Polícia Militar​ e outras entidades, ​ ​v​ereadores​,​ juntamente com ​toda comunidade do Bairro. “É a primeira vez que vejo a prefeitura vim para a comunidade ouvir nossos problemas e procurar soluciona-los com os próprios moradores envolvidos. Estamos nos sentindo importante no trabalho de ​prevenção a violência e vamos nos empenhar” relata ​.

Foram votados pela comunidade, à composição do conselho e através dessa mesa diretora, os problemas daquele bairro serão apresentados ao ​”C​omitê​ Juntos Pela Segurança”​, que também será responsável pela implementação e monitoramento do Plano Municipal Juntos pela Segurança, em consonância com as ações e atribuições constitucionais dos diversos órgãos da esfera do poder público federal e estadual, que atuam na preservação da ordem pública, trazendo, assim, resultados positivos na prevenção à violência em Caruaru.

“Esse é um trabalho que não se faz sozinho, temos que saber a importância de cada pessoa e cada órgão na prevenção da violência na nossa cidade. Temos que criar estratégias de um proteger o outro e trabalhar articulado o poder público, policias, quem faz trabalho social, a escola e a sociedade​, para então poder modificar essa realidade de quem vive numa cidade tão boa” enfatiza a prefeita Raquel Lyra.

 

Central treina com novidades e time começa a ganhar corpo para série D

O elenco do Central vai ganhando forma para a disputa do Campeonato Brasileiro da Série D. Além dos já apresentados – goleiro Marcelo Bonan, zagueiro Fábio Silva, e o volante Agenor -, mais quatro jogadores contratados, junto a parceria com o Las Vegas United, treinaram sob os olhares do técnico Álvaro Gaia.

O volante Marquinhos Vinícius, os meias Dodô e Harison e o goleiro Richard já integraram o grupo da patativa, que vem se preparando no CT Ninho do Gavião. Desses, apenas Dodô não vinha atuando pelo Las Vegas United. O jogador foi contratado junto ao XV de Piracicaba, por quem disputou o Campeonato Paulista da Série A2.

“Nosso objetivo é treinar forte e preparar a equipe da melhor maneira possível para a Série D. Temos algumas situações internas para resolver, mas seguiremos trabalhando para conquistar o acesso”, disse Álvaro Gaia.

Com os reforços já confirmados, o Central chega a 17 jogadores contratados para a Série D, além daquelas que permaneceram após o bom trabalho realizado no Campeonato Pernambucano.

AMISTOSO INTERNACIONAL - Enquanto se prepara para a disputa da Série D, o Central fará seu primeiro teste para o segundo semestre no dia 14 de maio, às 16h, no Estádio do Lacerdão, onde fará o amistoso internacional contra o Las Vegas United.

O jogo é muito aguardado por todos de Caruaru, que poderão aproveitar um pouco mais do seu time de coração, além de ver no campo jogadores como Amaral, Flávio Conceição, Marcos Assunção e Sérgio, todos ex-Palmeiras, além de Araújo, atacante do Las Vegas United, e ex-Goiás.

Ministério da Saúde lança mês de vacinação dos povos indígenas

O Ministério da Saúde lança neste sábado (06) o Mês de Vacinação dos Povos Indígenas (MVPI) 2017. A ação se estenderá até o dia 21 de maio e tem como objetivo reforçar a imunização dessas populações, alcançando aldeias, áreas de difícil acesso e com baixa cobertura vacinal. Serão ofertadas 180 mil doses de vacina contra diversas doenças, como hepatite B, paralisia infantil, difteria, tétano, coqueluche, meningite, influenza, caxumba, febre amarela, HPV entre outras. Para realizar a mobilização, que acontece em lugares de difícil acesso, o Ministério da Saúde está investindo mais de R$ 4,5 milhões, incluindo despesas com logística, transporte e imunobiológicos.

A cerimônia de abertura ocorrerá concomitantemente ao lançamento do 15º Mês de Vacinação das Américas, evento coordenado pela Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) em diversos países da América Latina. Para este ano, o local escolhido foi a Aldeia Linha 9 Amaral, localizada no DSEI Vilhena, município de Cacoal (RO), no Brasil. Está confirmada a participação das lideranças indígenas das etnias Suruí, Cinta-Larga e Rikbatsa, além do secretário Especial de Saúde Indígena, Marco Toccolini, corpo técnico da Secretaria de Vigilância em Saúde, o oficial de família, gênero e curso de vida, da OPAS/OMS, Bernardino Vitoy.

Os 34 Distritos Sanitários Especiais Indígenas (DSEIs) do país receberão uma força-tarefa, com a missão de imunizar 114 mil indígenas aldeados em todas as regiões do país, abrangendo 82 Polos Base, 1.012 aldeias e 138 etnias. O Mês de Vacinação dos Povos Indígenas é uma ação organizada anualmente pela Secretaria Especial de Saúde Indígena, que visa fortalecer a vigilância epidemiológica das doenças imunopreveníveis nas aldeias e intensificar atividades de rotina para completar esquemas de vacinação.

Mais de 3 mil profissionais já estão envolvidos na ação e mais da metade (50,5%) são Agentes Indígenas de Saúde (AIS) e de Saneamento (AISAN). Também compõem a equipe médicos, enfermeiros, auxiliares de enfermagem, cirurgiões dentistas e auxiliares de saúde bucal, que integram as Equipes Multidisciplinares de Saúde Indígena (EMSI). A logística dessa vacinação é diferenciada, levando em consideração as especificidades dessa população e as necessidades de transporte das equipes e insumos até as aldeias, seja por carro, barco, helicóptero ou avião.

Para realizar a mobilização em lugares distantes dos grandes centros e muitas vezes isolados, o Ministério da Saúde está investindo mais de R$ 4,5 milhões, incluindo despesas com logística, transporte e imunobiológicos. O Mês de Vacinação dos Povos Indígenas teve início em 2005 e faz parte da Semana de Vacinação nas Américas, liderada pela OPAS. No Brasil, a ação acontece no mesmo período da campanha de vacinação contra a gripe, realizada nos meses de abril e maio.

IMUNIZAÇÃO – A vacinação indígena é uma ação universal, tendo em vista que abrange toda a população e está disponível em todos os DSEIs. Sua operacionalização nas áreas de difícil acesso é complexa, não apenas devido a fatores como diversidade cultural e dispersão geográfica, mas também à necessidade de acondicionamento, conservação e transporte, em condições especiais, dos imunobiológicos. Com duração de um mês, a ação ofertará doses de vacinas contra infecções bacterianas graves que fazem parte do Calendário Nacional de Vacinação dos Povos Indígenas.

A ideia é intensificar a imunização da população mais vulnerável, como crianças de até quatro anos, mulheres em idade fértil e idosos, que vivem em áreas de difícil acesso e onde há baixa cobertura vacinal. Os Distritos Sanitários Especiais Indígenas também definirão quais as áreas prioritárias de suas regiões. Além da imunização, os DSEIs aproveitarão a oportunidade para realizar várias atividades durante a ação, estre elas: avaliação nutricional, atendimento odontológico, testes rápidos de HIV/Hepatites/Sífilis, consultas de pré-natal e exames laboratoriais e clínicos, aplicação de vitamina A, palestras educativas, entre outras coisas.

 

Vereador Fagner comemora participação dos protetores na 1ª Audiência Pública de Proteção Animal

A Câmara de Vereadores de Caruaru realizou na manhã desta sexta-feira (05), Audiência Pública, onde foi discutido o bem estar e o respeito a vida dos animais do nosso município. A audiência, que foi proposta pelo vereador Fagner Fernandes reuniu protetores da causa animal, sociedade civil, poder executivo e legislativo, atendendo ao requerimento nº 748/2017.

Para o vereador Fagner Fernandes, a presença dos protetores e simpatizante na reunião mostra que os animais não estão sós, eles têm pessoas que lutam por políticas públicas e respeito a vida deles. “É de suma importância à união de todos na luta para que nossos animais tenham uma vida digna. As pessoas devem enxergar os animais como seres que sentem dor, fome e frio, igualmente aos humanos”, destacou o vereador.

Durante a audiência, a professora e ativista da causa animal Ana Maria Barros proferiu palestra acerca dos direitos dos animais. “A declaração de Direitos Humanos de 1978 trata sobre o direito dos animais. No documento consta que todo animal deve ser respeitado e ter o direito de viver e cresce com dignidade”, lembrou a professora. A advogada e presidente da Comissão de Direitos dos Animais da OAB Michele Queiroz fez explanação sobre a responsabilidade dos tutores. Ainda no decorrer do evento o advogado e integrante também da Comissão de Direito dos Animais da OAB Gilmar Pimenta, ministrou palestra relacionada as responsabilidade do poder público com os animais.

O encontro contou com a presença do secretário executivo da Secretaria de Serviços Públicos Ítalo Henrique, da veterinária da Gerência de Proteção Animal Jackeline dos Santos, com a secretária de saúde Ana Maria Albuquerque e do Capitão Leandro Nunes do 4º Batalhão de Polícia Militar. Também estiveram presentes integrantes dos grupos de proteção animal Unidos pelos peludos e Coração de patas, além da protetora Roberta Fontes, representando Ednilda Fernandes, presidente da União em Defesa e Respeito à Vida Animal(Uderva).

Ao final da audiência, todos foram surpreendidos com a apresentação da Ambulância SOS Animal, se trata de um veículo, adquirido pelo vereador Fagner Fernandes para transportar cães e gatos feridos ou acometidos por algum tipo de doença de média complexidade e levá-los para alguma unidade de saúde veterinária. O serviço funcionará de segunda a sexta-feira, das 8h às 13h e será voltado para animais de rua e comunitários. Na oportunidade, Fagner também lançou o site www.fagnerfernandes.com, canal que estreitará o relacionamento do edil com a população.

Reforma da Previdência: relator diz que não fará alterações em texto-base

O relator da reforma da Previdência na Câmara, deputado Arthur Maia (PPS-BA), disse hoje (5) à Agência Brasil que não há mais nenhuma chance de ele fazer alterações no relatório apresentado à comissão especial. O texto-base do projeto substitutivo elaborado por Maia com mudanças em relação à proposta original de emenda à Constituição (PEC 287/16), encaminhada pelo governo para alterar os critérios de acesso ao benefício da aposentadoria, foi aprovado na quarta-feira (3).

Apesar do atraso no trabalho da comissão especial causado pela invasão do plenário pelos agentes penitenciários, Maia negou qualquer possibilidade de reinclusão da categoria no texto principal ou de qualquer tipo de alteração até terça-feira (9), quando está prevista a próxima reunião da comissão. “Não tenho mais nenhum poder sobre isso, quem deve decidir sobre isso agora é o plenário”. A expectativa de Maia é que o processo de votação seja todo concluído no dia 9, com a manutenção do teor principal de seu texto.

Durante a reunião destinada à votação do parecer, na quarta-feira, Maia fez ajustes no relatório final. Entre as alterações de última hora, o relator chegou a incluir os agentes penitenciários no grupo de servidores com direito à aposentadoria com limite de idade reduzido. Algumas horas depois, Maia recuou e retirou os agentes do texto. Ele reiterou à Agência Brasil que a decisão ocorreu exclusivamente por pressão dos parlamentares.

Manifestação

Maia defendeu que os responsáveis pela invasão sejam penalizados. “O que aconteceu foi um ato criminoso que tem que ser punido no rigor da lei.”
O texto de Maia só poderá ser alterado a partir de agora se os destaques – sugestões de mudanças apresentadas pelos parlamentares da comissão – forem aprovados. Na última reunião, as bancadas registraram 13 requerimentos de destaques.

Deste total, apenas um deve ser aprovado pela comissão, o que trata da mudança do fórum de decisão judicial das questões relativas à aposentadoria por invalidez, que deve permanecer na esfera federal nos estados. Os outros destaques devem ser rejeitados, inclusive o que trata da inclusão dos agentes penitenciários na aposentadoria especial.

Comissão especial

Desde fevereiro, quando foi criada, a comissão especial da reforma da Previdência ouviu 70 especialistas e representantes de diferentes órgãos e entidades em audiências públicas e seminários. Nas últimas semanas, a comissão fez cinco sessões deliberativas, entre elas, a que aprovou o texto principal do projeto apresentado pelo relator Arthur Maia.

A próxima reunião, do dia 9, deve ser a última. Depois da conclusão do voto dos destaques, se ocorrer alterações, os membros do colegiado finalizarão o texto que seguirá para o plenário, onde o texto, segundo Maia, pode voltar a ser alterado por meio da apresentação de emendas e destaques.

O texto aprovado pela comissão deve ser publicado no Diário Oficial da Câmara logo após o encerramento dos trabalhos na terça. A partir daí, é contado o prazo de, pelo menos, duas sessões para que o projeto seja encaminhado ao plenário, o que deve ocorrer na semana do dia 15.

Sobre a previsão da data de votação no plenário, o relator resumiu que a definição do cronograma de tramitação da PEC de agora em diante é atribuição do presidente da Câmara, o deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ). Ontem (4), o líder do governo na Câmara, Aguinaldo Ribeiro (PP-PB), disse que, antes de ser colocado em votação no plenário, o texto aprovado pela comissão especial deve ser mais discutido entre os deputados, processo que pode levar algumas semanas.

A intenção da base aliada do governo é evitar que dúvidas em relação ao teor da proposta possam tirar a convicção dos parlamentares e, assim, colocar em risco a aprovação da PEC.

Dupla é detida com moto adulterada em Caruaru

unnamed

Dois homens, de 24 e 25 anos, que estavam em uma motocicleta adulterada foram detidos pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) na noite da última quinta-feira (04), em Caruaru, no Agreste. A dupla não portava a documentação pessoal nem o Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV).

Agentes do Grupo de Patrulhamento Tático da PRF realizavam uma ação de policiamento na BR 104, quando abordaram a motocicleta ocupada por dois homens. Ao solicitar a documentação pessoal e do veículo, eles informaram que não portavam nenhum documento.

Em seguida, a equipe realizou uma verificação minuciosa nos caracteres identificadores do veículo e constatou diversas adulterações. O condutor informou que havia adquirido o veículo em uma feira de automóveis de Caruaru pelo valor de R$ 2.800,00.

A dupla foi detida e encaminhada junto com o veículo à delegacia de Polícia Civil local, para a continuidade dos procedimentos legais.

Secretaria de Educação apoia Seminário Estadual da EJA

unnamed

Acontece neste momento, no auditório da Faculdade Maurício de Nassau, o Seminário Estadual da EJA – Educação de Jovens e Adultos. O evento, que tem o apoio da Secretaria de Educação, visa discutir a política de Educação na perspectiva da qualidade baseada no acesso e na permanência dos estudantes da EJA, dentro da escola.

Durante o encontro, haverá uma palestra com o tema “O currículo da EJA na atual conjuntura pública e econômica”.

O seminário conta com a participação de representantes de vários municípios pernambucanos e tem a previsão de ser encerrado às 13h.

Vendas no Nordeste encolhem 3% em março ante queda de 4% em fevereiro

Assim como no Nordeste, o mercado varejista continua a se recuperar em todo o Brasil, especialmente nas compras online, de acordo com o relatório SpendingPulse publicado pela Mastercard este mês. Enquanto o volume de vendas totais no varejo brasileiro caiu 1,6% em relação a março do ano anterior, o e-commerce registrou crescimento de 36,2% em todo o País.

Setores como supermercados, artigos farmacêuticos, material de construção, e artigos de uso pessoal e doméstico cresceram acima do indicador de vendas. No entanto, setores como móveis, eletrodomésticos, vestuário, e combustíveis apresentaram resultado abaixo do crescimento do indicador de vendas no varejo. O relatório também mostra queda de 2,0% nas vendas totais no primeiro trimestre de 2017 em relação ao último trimestre de 2016, quando registrou baixa de 4,6%.

Segundo o SpendingPulse, no primeiro trimestre de 2017 o e-commerce fechou com alta de 25,9% comparado ao mesmo período de 2016. O desempenho dos setores de eletrônicos e de móveis foi superior à média do e-commerce, ao passo que vestuário, hobby & livrarias, e artigos farmacêuticos ficaram abaixo.

Sobre o desempenho nas regiões brasileiras em março de 2017: Sul e Sudeste apresentaram as menores quedas (-0,9%) e (-0,5%), respectivamente, enquanto Norte (-3,3%), Nordeste (-3,0%) e Centro Oeste (-4,1%) ficaram abaixo do registrado pelo varejo, no comparativo com o mesmo período do ano anterior.

“Embora o ambiente econômico demonstre desafios, especialmente em função da atual taxa de desemprego e deterioração da massa salarial, esperamos uma melhora gradativa no comércio varejista, especialmente no e-commerce”, afirma Kamalesh Rao, Diretor de Pesquisa Econômica da Mastercard Advisors.

Conselho de Segurança Cidadã é implantado no Bairro de Santa Rosa

unnamed

O Santa Rosa foi o primeiro bairro de Caruaru a ser implantado ​o ​Conselho de Segurança Cidadã dos bairros e da zona rural – CONSEC. ​Na noite de ontem, estiveram presentes a prefeita Raquel Lyra, o vice-prefeito Rodrigo Pinheiro, representante​s​da Polícia Militar​ e outras entidades, ​ ​v​ereadores​,​ juntamente com ​toda comunidade do Bairro. “É a primeira vez que vejo a prefeitura vim para a comunidade ouvir nossos problemas e procurar soluciona-los com os próprios moradores envolvidos. Estamos nos sentindo importante no trabalho de ​prevenção a violência e vamos nos empenhar” relata.
​​
Foram votados pela comunidade, à composição do conselho e através dessa mesa diretora, os problemas daquele bairro serão apresentados ao ​”C​omitê​ Juntos Pela Segurança”​, que também será responsável pela implementação e monitoramento do Plano Municipal Juntos pela Segurança, em consonância com as ações e atribuições constitucionais dos diversos órgãos da esfera do poder público federal e estadual, que atuam na preservação da ordem pública, trazendo, assim, resultados positivos na prevenção à violência em Caruaru.

“Esse é um trabalho que não se faz sozinho, temos que saber a importância de cada pessoa e cada órgão na prevenção da violência na nossa cidade. Temos que criar estratégias de um proteger o outro e trabalhar articulado o poder público, policias, quem faz trabalho social, a escola e a sociedade​, para então poder modificar essa realidade de quem vive numa cidade tão boa” enfatiza a prefeita Raquel Lyra.