Enem 2017 será aplicado para mais de 371 mil pessoas em Pernambuco

Nos dias 5 e 12 de novembro, o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2017 será aplicado no estado de Pernambuco para 371.615 participantes. O número é 5,5% do total de 6.731.203 inscritos. As provas serão aplicadas pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) em 79 municípios, um a mais que no ano passado, apesar do número de participantes ser 16,9% menor. No Enem 2016, o estado teve 447.320 participantes. A queda no número de inscrições é consequência do Enem ter deixado de certificar o Ensino Médio, tarefa que voltou ao Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja).

Perfil – Em Pernambuco, 21,3% dos participantes são pagantes; 60,3% foram isentos do pagamento da taxa de inscrição em função da Lei ou do Decreto; e 18,5% obtiveram a gratuidade automática por estarem concluindo o Ensino Médio na rede pública em 2017. Em relação à situação de ensino; 67,5% já concluiu o Ensino Médio; 21,8% é concluinte este ano; e 10,1% concluirá após 2017 (treineiros). Do total de participantes em Pernambuco, 59% são mulheres e 41% são homens.

Atendimentos – Foram aprovados 1.623 atendimentos especializados em Pernambuco. A maioria dos casos é de deficiência física, baixa visão e déficit de atenção. Serão usados 3.111 recursos de acessibilidade, sendo 98 videoprovas traduzidas em Libras, novidade desta edição. Também serão 731 atendimentos específicos, 45% para lactantes. O estado teve 20 solicitações aprovadas para atendimento pelo nome social, 12 delas na capital.

Participantes por faixa etária

Menor que 16 – 9.906
Igual a 16 – 25.284
Igual a 17 – 49.546
Igual a 18 – 47.779
Igual a 19 – 36.757
Igual a 20 – 28.901
De 21 a 30 – 119.326
De 31 a 59 – 53.469
Maior ou igual a 60 – 647

Confira o total de inscritos por município de aplicação

Paulo Câmara assinou ordem de serviço para oncologia do Hospital Mestre Vitalino

IMG_2841

Na manhã da terça-feira (31), durante visita a cidade de Caruaru, o governador de Pernambuco, Paulo Câmara, esteve no Hospital Mestre Vitalino onde assinou a ordem de serviço para início das obras do bloco de oncologia da unidade. Por volta das 11h30, Câmara chegou ao HMV acompanhado de comitiva, e realizou uma visita guiada pelo diretor da unidade, Marcelo Cavalcanti ; e o Dr. Gil Brasileiro, presidente da Organização Social do Tricentenário.

Na oportunidade, o governador conheceu a sala de Bioimagem, que possui um dos equipamentos mais modernos de toda região; a UTI Cardiológica, e seguiu para o 2º andar, onde realizou o ato de assinatura da ordem de serviço. Em seguida, Câmara fez memória a imagem de Eduardo Campos ao passar pela placa de inauguração do HMV onde consta uma homenagem ao ex-governador de Pernambuco.

“Hoje é mais um dia que marca a história deste hospital e que traz esperança ao povo desta região. A assinatura da ordem de serviço da oncologia garante ao HMV estar entre os hospitais mais completos em serviços de alta complexidade no Estado” ressalta o diretor da unidade, Dr. Marcelo Cavalcanti. Ao término da visitação, Paulo Câmara participou de um coffee break com demais autoridades presentes e, em seguida, concedeu entrevista a toda a imprensa que o aguardava na recepção principal da unidade.

SETOR DE ONCOLOGIA – O novo espaço contará com 36 leitos e realizará cirurgias oncológicas, além da aplicação de quimioterapia nos pacientes. Para a construção e aquisição dos equipamentos serão investidos R$ 1,4 milhão. O Centro será referência para a população da II Macrorregional de Saúde, que engloba 53 municípios do Agreste Pernambucano.

Prefeitura de Belo Jardim credencia hospital e amplia oferta de serviços

IMG_20171031_143124

A Prefeitura de Belo Jardim irá ampliar a oferta de cirurgias eletivas e emergenciais na rede de saúde municipal, por meio de um credenciamento com um hospital privado. A oferta de cirurgias será ampliada de 50 para 120 por mês. O contrato que define as condições da parceira com o Hospital Santa Fé foi assinado na terça-feira (31).

De acordo com o secretário de Saúde, Dr. Silvano Galvão, a medida irá diminuir as filas de espera por procedimentos. “Nós sabemos que a saúde precisa de um reforço. Temos melhorado o nosso hospital, que continuará funcionando da mesma maneira, mas, agora, teremos o apoio de um segundo hospital equipado e preparado para receber a demanda de pacientes vindos do SUS”, explica.

O prefeito Hélio dos Terrenos, idealizador da iniciativa, acredita que a população carente será a mais beneficiada. “Apesar do nosso esforço, o Hospital Júlio Alves de Lira não consegue atender toda a demanda do nosso município. Pensamos em uma forma de melhorar o atendimento da população. Procurei o departamento jurídico para buscar formas legais de conseguir uma parceria com a rede privada. Estamos dando um passo gigante para melhorar a saúde dos belo-jardinenses”, explica.

O Hospital Santa Fé estará apto para receber pacientes que serão encaminhados pelo hospital municipal. “A unidade de saúde do município fará a triagem inicial e nos encaminhará o paciente. Aqui, teremos condições de oferecer cirurgias eletivas, emergenciais, cesáreas e internamentos na clínica médica, conforme a demanda. Os pacientes vindos do SUS terão o mesmo atendimento que os nossos particulares”, explica.

A parceria detalha que os pacientes da rede pública terão direito ao mesmo tratamento oferecido aos que fazem os procedimentos particulares. “Os quartos serão os mesmos. Nada será diferente. A população terá um serviço melhor, voltado a atender quem mais precisa. Estou muito feliz em poder anunciar essa medida”, completa o prefeito.

Inscrições abertas para 1ª turma do curso de Líder Coach em Limoeiro

Líder Coach - Limoeiro

A Unidade Mata Norte do Sebrae em Pernambuco está com inscrições abertas para a primeira turma do curso de Líder Coach de Limoeiro. A capacitação acontece nos dias 06, 20, 27 de novembro e 4 de dezembro e tem o objetivo de aumentar a capacidade de liderança dos participantes, estimulando as competências e a melhoria da performance do grupo de liderados, utilizando técnicas e ferramentas de Coaching. As inscrições podem ser feitas por telefone ou no site do Sebrae.

O curso é dividido em quatro workshops. Nas duas primeiras capacitações serão abordados os conceitos de liderança e cultura organizacional, além de ferramentas de coach. Já nos outros dois workshops, serão exploradas as relações de poder e um debate sobre estratégias de liderança de alta performance, sob a perspectiva do líder coach.

A estratégia de abordagem do curso apoia-se no desenvolvimento de habilidades e no uso de ferramentas que possibilitam participar diretamente do desenvolvimento individual dos colaboradores de sua equipe. Durante o curso, os participantes ainda disporão de quatro sessões de coaching individual, para trabalhar as particularidades de cada líder.

De acordo com os organizadores, os workshops já realizados trouxeram vários benefícios para outras cidades, como o desenvolvimento de uma liderança e grupo de trabalho sólido. Em Limoeiro a expectativa é de levar um novo olhar para os empresários e comerciantes da região, visando a melhoria do desempenho dos seus empreendimentos por meio de uma boa liderança.

Serviço:
Curso Líder Coach
Local: A definir
Data: 06, 20 e 27 de novembro; e 4 de dezembro
Horário: 13h às 21h
Investimento: R$ 800
Inscrições: (81) 99154.5700 (Dayanne) ou www.loja.pe.sebrae.com.br

“Projeto que regulamenta apps de transporte privado individual não traz benefícios ao consumidor”, afirma presidente da camara-e.net

O Senado Federal deve votar nesta terça-feira projeto de lei que regulamenta os serviços de transporte individual privado no país. De autoria do deputado federal Carlos Zarattini (PT/SP), o PL 28/2017, pode pôr fim a aplicativos como Uber, Cabify, 99Pop e LadyDriver, pois determina a utilização de placas vermelhas pelos carros e autorização específica do poder público municipal para a prestação do serviço, as mesmas exigências feitas aos taxistas.

Para Leonardo Palhares, presidente da Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico (camara-e.net), o projeto enquadra o transporte oferecido nessa modalidade como uma atividade de natureza pública, a ser regulamentada pelo poder público municipal ou distrital (no caso do DF), e protege setores prestadores de serviços afetados com o avanço dos aplicativos. “Nenhum benefício será gerado ao consumidor, que terá seu direito de escolha prejudicado com a inevitável redução de oferta”, diz Palhares. “O intervencionismo externo sobre a livre iniciativa prejudica o setor e fere a Constituição”.

O autor do projeto apresentou o texto na Câmara Federal atendendo demanda dos taxistas, que consideram os serviços por aplicativos uma concorrência desleal, uma vez que esses motoristas não estão submetidos às mesmas regras que eles: concessão de licença, fiscalização, impostos e treinamento. Outra alegação dos taxistas que pesou na decisão do deputado foi de que esses serviços afetavam a renda média, com queda de até 70%. No entanto, o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade, órgão federal que zela pela livre concorrência), não houve redução do número de corridas de táxi nas cidades onde esses aplicativos funcionam. Ao contrário: ampliou o mercado ao reduzir o preço do transporte e aumentar a disponibilidade.

Palhares observa que o princípio da livre iniciativa é o alicerce da ordem econômica, que estabelece que toda pessoa é livre para realizar qualquer negócio e/ou exercer qualquer profissão nos limites da legislação em vigor. E os aplicativos de transporte privado individual se transformaram em fonte de renda para milhares de brasileiros afetados pelo desemprego e pela dificuldade de recolocação no mercado. Juntos, Uber, Cabify, 99Pop e LadyDriver têm no país mais de 1 milhão de motoristas cadastrados. A aprovação do PL pelo Senado estará, na realidade, tirando novamente o emprego de 1 milhão de pessoas.

“A limitação pretendida pelo Projeto de Lei configura um grave retrocesso, pois, na prática, estatiza a atividade, cria dificuldades na prestação de serviços e promove práticas regressistas ao desenvolvimento robusto e incessante do setor e da própria economia”.

Ministro se reúne com superintendentes regionais para falar sobre reforma trabalhista

O ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, junto com uma equipe técnica do Ministério do Trabalho, tirou dúvidas e esclareceu pontos importantes sobre a nova lei trabalhista que passa a vigorar em novembro. O encontro via teleconferência foi na sede da Dataprev, em Brasília, e nas unidades nos estados.

Durante o encontro, os superintendentes questionaram e esclareceram pontos como trabalho intermitente e regime de tempo parcial; parcelamento de férias; prevalência da negociação coletiva, trabalho remoto ou tele trabalho, entre outros que inovam as regras trabalhistas sem tirar direitos adquiridos pelos trabalhadores.

De acordo com o ministro, a nova legislação trabalhista está ancorada em três pilares: segurança jurídica, consolidação de direitos e geração de empregos. “Só a expectativa da reforma trabalhista no mercado já trouxe resultados efetivos no retorno dos empregos formais. Há sete meses consecutivos, estamos registrando saldos positivos de empregos com carteira assinada. Bem diferentes de anos anteriores que perdíamos aproximadamente 100 mil postos de trabalho todos os meses”, observou o ministro.

Nogueira afirmou ainda que não haverá retrocesso nas garantias de direitos para nenhum trabalhador, sobretudo, mulheres gestantes, lactantes e jovens aprendizes. “O novo texto legal é uma ferramenta de inclusão. A realidade do mundo do trabalho atual é que mais de 60 milhões de trabalhadores estão à margem da lei. Como órgão regulador, o governo precisa atuar de forma responsável para combater à informalidade, o trabalho degradante e o trabalho escravo e qualquer risco à dignidade do trabalhador. Bem como, ter um olhar especial para o empresário que cuida do seu negócio, assume riscos e gera renda. Ele precisa de segurança jurídica nessa relação comercial”, afirmou.

/**/

Rota do Mar novamente eleita como uma das melhores empresas

Consolidada entre as maiores indústrias de confecções do Norte/Nordeste, a Rota do Mar ficou entre as dez melhores empresa no Great Place to Work Pernambuco 2017. O resultado da pesquisa, que mede a excelência no ambiente de trabalho foi anunciado na noite desta segunda-feira (30), no Fiordes Buffet, no bairro de Santo Amaro, no Recife. Ao todo, 30 companhias figuraram na lista das melhores para trabalhar em Pernambuco.

A conquista foi comemorada pelo diretor presidente da empresa, Arnaldo Xavier, que recebeu a premiação em nome da empresa e ofereceu a conquista a toda a equipe. “Para nós é importante receber essa avaliação de um instituto tão importante em todo mundo como o Great Place to Work, assim como também ter o aval dos nossos próprios colaboradores, já que eles participam diretamente da pesquisa do clima na nossa empresa. É, ainda, o reconhecimento externo das nossas práticas, uma forma de refletirmos sobre o que estamos fazendo e aperfeiçoarmos cada vez mais os nossos processos e programas internos para que os nossos colaboradores passem a contar cada vez mais com um ambiente de trabalho com qualidade e bem-estar”, declarou.

A Rota do Mar já havia emplacado uma das primeiras colocações no Great Place to Work Pernambuco em 2014 e em 2013. Também esteve entre as melhores em 2015. Em 2014, a Rota do Mar também se destacou no Great Place to Work América Latina (GPTW LatAm).

A companhia – Criada há 20 anos pelos empresários Arnaldo Xavier e Marta Ramos, a Rota do Mar é a maior indústria de confecções de Pernambuco e está entre as referências do Nordeste. Sediada em Santa Cruz do Capibaribe, no Agreste do estado, a empresa tem sete fábricas, quatro com sede no coração do polo de confecções do Agreste Pernambucano, Santa Cruz do Capibaribe, uma em Brejo da Madre de Deus e duas em Santa Maria do Cambucá.

Atualmente, as peças da marca chegam a todo o Brasil através de uma rede de revendedores que mantém contato estreito com a Rota do Mar e pela loja virtual, que pode ser acessada no www.rotadomar.com.br. A grife produz mais de 1 milhão de peças por ano nos estilos casual, surf, street wear e esportes de aventura. A marca também apoia atletas, eventos culturais, campeonatos de surf, entre outros eventos esportivos, mostrando que não é apenas no estilo que transmite as boas vibrações que estão em seu DNA.

MEC libera R$ 1,47 bilhão para o Fies e contempla mais de 1 milhão de estudantes

O Ministério da Educação liberou na segunda-feira, 30, R$ 1,47 bilhão para o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Os recursos serão repassados para o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), autarquia que atua como agente operador do programa, e destinados à recompra de certificados do Tesouro Nacional pertencentes às entidades mantenedoras de instituições de ensino superior com adesão ao Fies. A verba contempla cerca de 1,2 milhão de alunos.

O FNDE efetua o pagamento dos encargos educacionais às mantenedoras de instituições de ensino. Esses encargos se referem às operações de financiamento realizadas por meio de repasses de títulos da dívida pública, os Certificados Financeiros do Tesouro – Série E (CFT-E), que são utilizados prioritariamente para a quitação de tributos fisco-previdenciários.

“O Fies é uma das ações estruturantes do MEC para o acesso da população à educação superior”, observa o coordenador-geral de finanças da Subsecretaria de Planejamento e Orçamento do MEC, Waslei José da Silva. “Com essa liberação financeira, mantemos a regularidade dos pagamentos dessa ação que atende, anualmente, centenas de milhares de estudantes brasileiros por meio da oferta de financiamento de cursos em instituições privadas.”

V Geres trata de prevenção ao câncer com aula de zumba para servidoras

“Saúde é o que interessa, o resto não tem pressa!” – Este era o bordão de um personagem da Escolinha do Professor Raimundo, que incentivava as atividades físicas e outros hábitos saudáveis para se viver bem. Os anos passaram, mas o recado ainda é o mesmo.

Nesta manhã de segunda feira (30), a V Gerência Regional de Saúde, em Garanhuns, através do Núcleo de Atenção à Saúde, realizou uma Manhã Fitness para suas servidoras, como parte da programação de encerramento da Campanha Mundial Outubro Rosa, ressaltando assim a importância da prevenção através de atividades físicas para o combate ao câncer de Mama e de Colo do Útero.

Com oito meses de gravidez, a professora fitness da Academia Duo, Viviane Félix, colocou mais de 20 participantes para dançar zumba e transpirar, em uma atividade divertida e saudável, que contou com representantes de outros municípios, a exemplo de Iati e Lajedo.

Depois da atividade, salada de frutas fresquinhas e água para refrescar as atletas do dia.

André de Paula comenta parceria com municípios

ANDRE DE PAULA

Em participação ao programa Cidade em Foco (Rede Agreste de Rádio), comandado pelo radialista Alberes Xavier, o deputado federal pernambucano André de Paula (PSD) esteve comentando a última semana movimentada na Capital Federal, onde na Câmara Federal foi rejeitado o prosseguimento da segunda denúncia apresentada pela Procuradoria Geral da República contra o presidente Michel Temer (PMDB).

Ao comentar a rejeição da segunda denúncia da PGR contra o presidente Michel Temer e os ministros Eliseu Padilha e Moreira Franco, o deputado afirmou, “O que é mais preocupante, é o custo disso, ou seja, o presidente foi para o corpo a corpo, voltou a fazer promessas que comprometem o futuro do seu governo, não apenas de liberação de emendas e cargos, mas agora com algumas coisas mais graves. Por exemplo, todo mundo comenta as mudanças profundas que ocorreram na proposta dos REFIS (Programa Especial de Regularização Tributária), onde o governo abriu mão de muitos recursos que poderiam entrar no seu caixa”.

O deputado disse não compreender como se justifica os votos favoráveis a rejeição da denúncia. “O jogo é pesado, é um jogo pelo poder. Eu diria que é mais do que pelo poder, porque os ministros Moreira Franco, Padilha e o próprio presidente Temer, tem um mundo de denúncias contra eles, e com a autorização da investigação, eles perderiam o foro privilegiado. O meu voto foi, como na primeira votação, pela investigação do presidente (…). Eu não sei como é que alguém justifica um voto que não seja pela autorização dessas investigações. Eu fico perplexo com isso”, declarou.

Parcerias – Na oportunidade o parlamentar esteve comentando recentes visitas de prefeitos e lideranças políticas a Brasília. “A gente tem a melhor boa vontade, obviamente eu gostaria de atender a todos, mas isso é impossível. A gente tem que estabelecer algumas prioridades, e essas prioridades precisam respeita a confiança que o povo teve no nosso mandato, então não há como não priorizar os municípios que eu represento (…). A gente vai fazendo todos os esforços, para apoiar de todas as formas, não apenas no Orçamento da União, mas também nas atividades que ocorrem ao longo do ano. A gente tenta da melhor forma ser solidário e parceiro dos municípios”, ratificou.

Duplicação BR 104 – Nesta terça-feira (31) ocorrerá a assinatura da ordem de serviço para a Duplicação da BR-104 entre Pão de Açúcar e Toritama, e o deputado confirmou presença na agenda. “Eu vejo isso com muita alegria (…). Vamos a região e convocamos todas as lideranças políticas que tem veiculação ao governador para estarem presentes, prestigiarem e testemunharem esse momento em que ele autoriza a conclusão da obra. Isso vem de encontro a um sonho, a uma expectativa de toda uma região. Isso fortalece a economia, facilita o transporte e valoriza do ponto de vista da capacidade de desenvolvimento da região”, destacou.

Para André de Paula a obra representará um marco para a região. “A gente está muito perto de comemorar a conclusão de uma obra que eu digo que é daquelas obras tão importante para a região. A gente vai marcar do ponto de vista de crescimento econômico a região em dois momentos, antes e depois dessa duplicação, antes e depois dessa melhoria nessa estrada”, afirmou.