ARTIGO — O que esperar do mercado de trabalho em 2018?

Por Marcelo Olivieri

O ano está acabando e junto com ele estamos deixando para trás um período de grande instabilidade política e econômica. Ao menos é o que desejamos! A expectativa é que 2018 seja um ano de recuperação da economia, afinal, o mercado já demonstra alguns sinais positivos. A inflação desacelerou e, com juros mais baixos, alguns setores voltaram a investir e a contratar. Como sabemos, as contratações estão naturalmente ligadas a esses indicadores econômicos.

Se a coisa vai bem e as perspectivas são boas, as empresas contratam, mas se o mercado está desestabilizado, o medo faz com que a demanda de contratação fique reprimida. Foi exatamente isso que vimos acontecer em 2017. O cenário de incerteza freou muitos setores e, mesmo precisando de alguns profissionais, muitos investimentos em contratação não foram aprovados.

Com a retomada de crescimento, as contratações devem esquentar bastante, em especial nos mercados de tecnologia e serviços, afinal esses setores se mantiveram aquecidos mesmo com a crise. Eles são uma tendência global, portanto, a demanda tende a aumentar de maneira mais independente da nossa economia.

A queda do desemprego e o aumento da renda familiar são uma injeção direta no setor de bens de consumo, que também já demonstra bons índices de melhora. Esse é um mercado que investe muito na contratação da cadeia de marketing e vendas quando a economia está bem. Trata-se de um setor alimentado por um círculo virtuoso. Quanto menor o desemprego, maior a renda familiar e maior o consumo. Por fim, para a nossa alegria e do país, mais contratações!

Na indústria, os mercados automotivos e de óleo e gás sofreram muito com a crise dos últimos anos. Com a retomada econômica e um novo ânimo para esses setores, podemos experimentar um aumento significativo nas contratações. Isso porque esses mercados tem uma cadeia longa de produção. Eles injetam dinheiro desde o fabricante da matéria prima, aos produtores do meio da cadeia, até o produto final acabado. São muitos níveis e empresas que se alimentam mutuamente. O que representa muitos cargos e cadeiras vagas para serem preenchidos.

Para fazer o mercado de recrutamento e seleção decolar dentro dessas perspectivas é necessário equilibrar a balança entre quem contrata e os profissionais disponíveis. Uma vez que as empresas iniciem os processos seletivos é fundamental que os candidatos estejam preparados para assumir os novos postos de trabalho. Caso contrário, as empresas irão disputar agressivamente por aqueles que são muito bons, e ao invés de novas oportunidades serem criadas, podemos vivenciar um inflacionamento desnecessário dos salários.

Apesar do otimismo e de bons índices apontando para um horizonte mais claro, sempre vale a ressalva de que o cenário político e econômico no Brasil é um castelo de cartas. As empresas calculam movimentos cuidadosamente, mas ao menor sinal de ventania tudo pode se abalar. Torcemos sempre pelo melhor!

Marcelo Olivieri é formado em Psicologia e possui MBA em Gestão Estratégica. Com mais de 10 anos de experiência no recrutamento especializado nas áreas de marketing e vendas, Olivieri é diretor da Trend.

Fóruns de Olinda e Jaboatão dos Guararapes recebem feiras de produtos orgânicos

Pensando em contribuir com a qualidade de vida e o bem-estar dos servidores e da população em geral, o Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) promove feiras orgânicas nas comarcas de Olinda e Jaboatão dos Guararapes, Região Metropolitana do Recife (RMR). A periodicidade das feiras, nos fóruns das duas cidades, será semanal a exemplo do que já é feito no Recife.

Nesta quarta-feira (6/12), será realizada, na área externa do Fórum de Olinda, feira agroecológica com exposição e venda de frutas, verduras e hortaliças orgânicas; produtos fitoterápicos, in natura e beneficiados; além de objetos de arte e brinquedos em materiais reciclados. A exposição acontece no Fórum Lourenço José Ribeiro, localizado na avenida Pan Nordestina, s/n, bairro de Salgadinho – Vila Popular, em Olinda. O horário de realização é das 11h às 15h.

Na comarca de Jaboatão dos Guararapes, a feira agroecológica será realizada na quinta-feira (7/12), das 7h às 11h, no Fórum Desembargador Henrique Capitulino, BR-101 Sul, Km 80, bairro de Prazeres. Os produtos são comercializados diretamente com os produtores agrícolas, que possuem certificação do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e foram indicados pelo Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA).

Mais – No Recife, as feiras acontecem duas vezes por semana. Às terças, é realizada no estacionamento da Secretaria da fazenda (Sefaz), próximo ao Palácio da Justiça e ao Edifício Paula Baptista, no bairro de Santo Antônio, das 10h às 15h. Às quintas, na área externa do Fórum Desembargador Rodolfo Aureliano, Ilha Joana Bezerra, próximo à AACD, também no mesmo horário.

Maceió sedia encontro de ministros do Turismo do Mercosul

O ministro do Turismo, Marx Beltrão, coordena, nesta quinta-feira (7), a XIX Reunião de ministros do Turismo do Mercosul. O encontro será realizado no Jatiúca Hotel & Resort e será aberto apenas para profissionais de imagem, às 9h. Às 14h, os ministros farão um balanço aberto à imprensa, gestores públicos de turismo e trade sobre os temas discutidos. Na ocasião será lançado o novo Fungetur, uma linha de crédito com recursos da Pasta, prazos e taxas de juros diferenciadas para fomentar a economia do setor. Na sequência os ministros atenderão à imprensa.

SERVIÇO – XIX Reunião de ministros do Turismo do Mercosul

Horário: 9h

Endereço: Av. Álvaro Otacílio, 5500 – Jatiúca

‘Do Barro à Vida’ em exposição no Espaço Galeria – Caruaru Shopping

Com o intuito de fomentar a arte para os frequentadores do Caruaru Shopping, além de possibilitar um espaço para que os artistas exponham seus trabalhos, mais uma exposição entra em cartaz no Espaço Galeria – Caruaru Shopping. Desta vez, peças de dois artistas caruaruenses estarão à disposição do público.

Batizada de “Do Barro à Vida” os trabalhos de Moacir Severino e Adriano Lucindo estarão ocupando o espaço. O primeiro deles é natural do Alto do Moura. As peças, feitas em barro, retratam passagens da cultura nordestina. Já Adriano, traz peças confeccionadas a partir da utilização de materiais reciclados.

A exposição dos dois artistas fica em cartaz até o dia 11 de dezembro. Para os interessados em apreciar as obras, basta se basear no horário de funcionamento do Caruaru Shopping: de segunda a sábado, das 10h às 22h e no domingo, das 11h às 21h. Lembrando que não é cobrado nenhum valor para visitar a exposição.

Brasil e Bolívia assinam acordos nas áreas de defesa e transporte

Agência Brasil

Durante visita oficial, nesta terça-feira (5), do presidente da Bolívia, Evo Morales, ao presidente Michel Temer, representantes dos dois países assinaram acordos para combate ao crime organizado e também na área de transporte.

Na área de segurança, foi assinado um acordo de cooperação policial para prevenção e combate ao crime organizado transnacional e qualquer outra manifestação criminosa. O objetivo é estabelecer cooperação policial para prevenir e combater também crimes como terrorismo, tráfico de pessoas, de entorpecentes e de armas de fogo, roubo de veículos, lavagem de dinheiro, crimes cibernéticos e delitos comuns de fronteira.

Foi assinado também um memorando sobre o corredor ferroviário bioceânico de integração, com o objetivo de criar condições para ampliar o tráfego ferroviário entre o Brasil e a Bolívia.

Antes da assinatura dos acordos, Temer e Morales reuniram-se com ministros do Brasil e da Bolívia. Do Palácio do Planalto, os presidentes e as comitivas seguiram até o Palácio do Itamaraty, sede do Ministério de Relações Exteriores (MRE), para almoço oferecido em homenagem a Morales.

De acordo com o MRE, a visita de Morales tem ainda o objetivo de fortalecer a coordenação bilateral em temas como energia, desenvolvimento fronteiriço, integração da infraestrutura física, temas migratórios e consulares, comércio e investimentos.

O presidente boliviano vem ao Brasil também com interesses comerciais relacionados à venda de gás natural. A Bolívia quer expandir seus parceiros comerciais de gás e vender o excedente de produto que não está sendo consumido atualmente pela Petrobras, comprador do gás boliviano. A intenção já havido sido manifestada pelo país vizinho, no início do ano.

Atualmente, o Brasil é o maior parceiro comercial da Bolívia. É também o principal mercado de destino das exportações bolivianas (19%). Em 2016, o intercâmbio bilateral alcançou US$ 2,8 bilhões. A pauta de exportações brasileiras para a Bolívia é diversificada e composta principalmente de manufaturados.

PIB do agronegócio deve fechar ano em queda, mas com boa perspectiva para 2018

Agência Brasil

O Produto Interno Bruto (PIB) do agronegócio deve fechar 2017 com queda de 2% em relação ao ano passado, segundo dados apresentados hoje (5) pela Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA). Até agosto, segundo a entidade, a queda acumulada no setor era de 2,6%, mas deve apresentar uma leve melhora nos dados dos últimos meses do ano.

Apesar da retração, a participação do PIB do setor na soma de todas as riquezas do país em 2017 (PIB nacional) deverá ser de 23%.

Para 2018, a CNA prevê recuperação do PIB do agronegócio, que poderá subir de 0,5% a 1%, dependendo do cenário político, das condições macroeconômicas e do mercado agrícola internacional.

Segundo o presidente da CNA, João Martins, os resultados dependem de condições como a dissolução da incerteza política interna e a demonstração de que o agronegócio brasileiro é moderno e que tem assegurada a eficiência no âmbito da vigilância sanitária.

“A prioridade número um é começar a trabalhar para transformar esse país no maior produtor, o maior exportador de produtos lácteos. Segundo: cada dia mais interferir para que a defesa sanitária desse país esteja à altura do que o produtor precisa e espera”, avaliou.

PIB da agropecuária

Os dados do PIB do agronegócio consideram toda a cadeia do setor (produção agrícola, insumos, agroindústria e serviços). Já o PIB da agropecuária, que leva em conta apenas os resultados “dentro da porteira”, vai encerrar 2017 com alta de 11%, e, segundo a CNA, “deverá ser o setor com maior crescimento na economia ao longo deste ano”.

“Embora os preços agropecuários tenham sido pressionados, a boa safra permitiu que o resultado dentro da porteira apresentasse crescimento do indicador macroeconômico que mede a produção. O setor da pecuária, mesmo tendo se beneficiado dos preços atrativos de grãos para a alimentação animal, sofreu com baixo consumo, fruto do desemprego e queda na renda população”, avaliou a entidade no balanço apresentado nesta terça-feira.

Emprego no campo

Os números da CNA também mostram que, de janeiro a outubro deste ano, o setor agrícola foi responsável pela criação de 93 mil vagas de emprego, a maior expansão do indicador no campo nos últimos cinco anos. Na comparação com o mesmo período de 2016, a alta foi de 84%, segundo a CNA, com base em dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

ARTIGO — 5 dicas para alavancar as vendas neste Natal

*Por Erik Penna

O final de ano chegou, momento tão esperado para a maioria das empresas, e são várias as boas notícias. O mercado aposta no aquecimento das vendas e o comércio prevê que será o melhor Natal em quatro anos.

A Confederação Nacional do Comércio (CNC) projeta um crescimento de 4,3% nas vendas para o Natal de 2017 e aposta na geração de 73,1 mil vagas temporárias.

Vários motivos sustentam esse otimismo: a inflação em queda, os juros caíram, o crédito vem ficando mais fácil e barato com o passar dos meses e o PIB já dá sinais de crescimento. A retomada já começou!

O décimo terceiro, segundo o Dieese, deve injetar R$ 200,5 bilhões na economia brasileira nesse final de ano e 83,3 milhões de brasileiros receberão o benefício. E 49% das pessoas vão gastar o 13o salário para comprar presentes.

O mês de dezembro ainda contará com mais uma injeção de R$ 15,9 bilhões na economia, relativo aos saques das contas do PIS/PASEP, medida do governo que favorece cerca de 8 milhões de pessoas.

Portanto, não é mais hora de ficar falando em crise, mas, sim, em se preparar para identificar e aproveitar as oportunidades. Aqui vai 5 dicas para você surfar nas ondas do otimismo e vender mais nesse final de ano:

1- Qualificação: Não adianta apenas querer vender, a preparação deve ser prioridade, afinal, quem tem uma equipe bem treinada e motivada já sai na frente e estabelece uma vantagem competitiva.

2- Adicional: Quer vender mais e conquistar novos? Comece a se interessar verdadeiramente pela causa do seu cliente, ou seja, ao invés de querer ficar empurrando produtos, lembre-se, é preciso entender para depois atender. Fale menos, escute mais, assim, vendará de forma mais assertiva.

3- Atendimento: Atendimento é tratamento. Lembre-se que, antes de vender, é preciso atender com excelência. Então não se esqueça do tripé básico ao perceber a presença do cliente: olho no olho, sorriso no rosto, saudação animada.

4- Visual: Segundo Rodger Bailey, 53% das pessoas são visuais. Desta forma, se você quer vender mais neste fim de ano, capriche na vitrine e na exposição dos produtos. Uma imagem pode valer mais do que mil palavras.

5- Surpreenda: Surpreender é fazer mais do que o cliente espera. Quando superamos as expectativas, propiciamos uma experiência diferenciada e o cliente costuma responder com o famoso “UAU!”.

Aproveite o Natal para tornar seus clientes verdadeiros vendedores da sua empresa. Como fazer isso? Aposte no fator “UAU!”.

/**/

Unicred é vencedora do Prêmio Relatório Bancário 2017

A UNICRED venceu o Prêmio Relatório Bancário 2017, na categoria CRM, com o projeto MEC – Modelo de Execução Comercial (Realiza), que envolve a gestão e integração de ferramentas, tecnologia, capacitações, planejamento estratégico e proposta de valor. De acordo com o Diretor Administrativo e de Negócios da Central RS, Gustavo Saltiel, a plataforma Realiza tem um grande retorno em relação à sua usabilidade junto às cooperativas. “É uma ferramenta que materializou nosso modelo de execução comercial e foi construída com foco na experiência do usuário. A desenvolvemos em conjunto com as cooperativas, priorizando o melhor atendimento ao cooperado. O Realiza tem uma navegabilidade extremamente simples, é multiplataforma e multicanais, pode ser usada desde em um celular até televisões ou retroprojetores”, explicou Gustavo. O Diretor salienta que a plataforma preserva as informações agregadas de big data, de forma organizada e consistente. “É uma solução que que começou a ser desenvolvimento muito regionalmente, no Rio Grande do Sul, e hoje já possui uma abrangência sistêmica e vem, cada vez mais, ganhando força e notoriedade, inclusive sendo agraciada com essa premiação”, comentou o executivo.

O conceito de atendimento, incentivado pelo projeto Realiza, vai desde a e percepção do seu papel da área de negócio perante os cooperados, treinamentos e mentoring até a proposição de uma nova ferramenta que possibilita o estabelecimento de metas, alinhado ao planejamento estratégico UNICRED. “Para que atinjamos nossos objetivos, precisamos sempre inovar e, geralmente, se fala em inovação sempre como um sistema, como tecnologia, mas a inovação passa por várias mudanças, como cultural, de processo e de atitude. Mas, sem dúvida, por trás disso tem sempre a expectativa de uma ferramenta, de um sistema de tecnologia que possa agregar ao nosso negócio e com esse prêmio do Realiza não foi diferente. Foi algo realmente desenvolvido internamente, uma solução caseira, que demonstra que temos capacidade tecnológica interna para poder desenvolver uma plataforma de gestão comercial e ficamos muito orgulhosos com isso”, afirmou o CEO da UNICRED do Brasil, Fernando Fagundes.

Para o Presidente do Conselho de Administração da UNICRED do Brasil, dr. Paulo Barcellos, a conquista do prêmio pode ser comparada a um campeonato de futebol. “Veja o quanto é importante ganhar um campeonato de futebol. Veja também o quanto é importante para o cooperativismo mostrar a importância que ele tem na vida dos brasileiros. Este prêmio, para a UNICRED, representa um campeonato, representa o primeiro lugar em uma competição. A ferramenta que nós construímos é excepcional e recebeu o prêmio que ela merece”, comentou o Presidente. Ele salientou que a UNICRED ficou muito feliz e honrada de poder participar desta premiação e concorrer com instituições bancárias reconhecidas no Brasil. “Não poderia deixar de dizer que dá um gosto todo especial seria, mais ou menos, como um time da segunda divisão que, de repente, de uma hora para outra, se torna campeão. É um reconhecimento ao trabalho dos nossos colaboradores, eles que construíram tudo isso, que nos colocam no caminho certo, nos identificam com nosso propósito de instituição. Acima de tudo, nossos cooperados serão muito beneficiados com essa ferramenta que nos dará muito resultado, muito progresso . Todas as centrais estão de parabéns”, concluiu dr. Paulo.

Cerca de 30 instituições financeiras inscreveram 299 cases concorrendo nas 21 categorias do Prêmio Relatório Bancário 2017. Os cases foram analisados por um comitê de jurados com notório conhecimento do segmento. Ao longo dos últimos anos, o Prêmio firmou-se como uma importante referência de qualidade e eficiência para o setor. Hoje, a festa em homenagem aos premiados é um dos acontecimentos mais prestigiados do calendário dos bancos e de seu ecossistema de negócios.

A cerimônia de premiação aconteceu na última segunda-feira, 4, no Terraço Itália, em São Paulo.

Fundação Abrinq e Arconic Foundation promovem evento em Itapissuma/PE

A Fundação Abrinq em parceria com a Arconic Foundation e a Secretaria Municipal de Educação de Itapissuma/PE realizam nesta sexta-feira (7/12) cerimônia de encerramento do “Projeto Descobrir Brincando”. O evento, que marca a conclusão dos trabalhos desenvolvidos pelos educadores junto às crianças, acontece das 8h às 12h, no salão Paroquial Dom. Lamartine (Rua Manoel Lourenço – Centro).

O projeto teve como objetivo incentivar aprendizagens relacionadas ao raciocínio lógico (matemático) e científico (ciências da natureza) de alunos dos anos iniciais do Ensino Fundamental, por meio da melhoria das práticas pedagógicas desenvolvidas pelos professores e coordenadores que atuam nessa etapa.

De setembro a dezembro deste ano, as atividades do “Descobrir Brincando” contemplaram formações de profissionais, distribuição de acervos de ciências e matemática, apoio a multiplicação dos conteúdos junto a demais educadores e famílias e realização de mostra de ciências para compartilhar experiências.

O projeto beneficiou 538 alunos de oito escolas de Ensino Fundamental, 1º e 2º ano com formação de professores em matemática e ciências, além da doação de kits de ciências e raciocínio lógico, com a realização de mostra de ciências.

Sobre a Fundação Abrinq – Criada em 1990, a Fundação Abrinq pelos Direitos da Criança e do Adolescente é uma organização sem fins lucrativos que tem como missão promover a defesa dos direitos e o exercício da cidadania de crianças e adolescentes. Tem como estratégias: o estímulo à responsabilidade social; a implementação de ações públicas e o fortalecimento de organizações não governamentais e governamentais para prestação de serviços ou defesa de direitos de crianças e adolescentes.

Temer inclui chantagem a prefeitos no balcão de negócios da reforma da Previdência, diz Humberto

Em mais uma tentativa de aprovar uma proposta que prejudicará milhões de brasileiros, segundo o líder da Oposição no Senado, Humberto Costa (PT-PE), o governo Temer (PMDB) reabriu o seu balcão de negócios no Palácio do Planalto que inclui, desta vez, chantagem sobre os prefeitos para que eles pressionem os deputados de suas bases a apoiarem a reforma da Previdência.

O senador afirmou, nesta terça-feira (5), que está aberta mais uma negociata de balcão de feira a céu aberto, mostrada pela própria imprensa, a exemplo do que ocorreu na votação que afastou a presidenta Dilma, na proposta que congelou os investimentos públicos por 20 anos e durante a apreciação da reforma trabalhista.

Agora, de acordo com o parlamentar, a Presidência da República está oferecendo R$ 3 bilhões aos prefeitos para que exerçam pressão sobre os seus parlamentares como forma de apoiar as mudanças no sistema de pagamento de aposentadoria.

“Ora, os prefeitos estiveram uma semana atrás pedindo recursos ao governo para fecharem as suas contas do ano. Na ocasião, Temer disse que não havia dinheiro. De repente, agora, o dinheiro aparece, mas eles têm de se submeter a essa chantagem. É um escândalo”, declarou.

Para Humberto, a situação observada no poder Executivo, que envolve ainda liberação de emendas parlamentares, troca de cargos na Esplanada e também negociação em torno de alianças e tempo de TV para a propaganda eleitoral no pleito de 2018, é absurda.

“Estamos falando de uma reforma de cujo escopo não se tem conhecimento, mas que já tem seu apoio comprado a peso de ouro e com a qual já se vê os presidentes da Câmara e do Senado comprometidos com o seu cronograma de votação nas duas Casas. Estão querendo votar na Câmara na semana que vem e nos dias 20 e 21 aqui”, ressaltou.

Da tribuna do plenário, o líder da Oposição fez questão de perguntar como uma reforma que vai mexer sensivelmente com o futuro de milhões de trabalhadores, aposentados e pensionistas e que não foi nem discutida ou mesmo apresentada aos líderes no Congresso já tem até cronograma de votação.

Ele também questionou “como é possível que se trate dos temas mais caros ao povo brasileiro dessa maneira absolutamente desrespeitosa e atentatória à representação popular, acertada em gabinetes, em jantares custeados com dinheiro público, onde o único interesse que prevalece é o político-partidário-eleitoral mais raso e espúrio que pode haver”.

Humberto entende que o governo deveria ser punido por estar torrando bilhões de reais, inclusive utilizados, em parte, em publicidades descaradamente mentirosas. “Isso não pode ser tolerado pela população brasileira. O caminho é lutar contra mais esse retrocesso”, comentou.