Gilmar Mendes e Joesley tinham “parceria comercial e convivência amigável”, diz Veja

Gilmar-Mendes_Antonio-Cruz_Agência-Brasil

Congresso em Foco

Reportagem da revista Veja desta semana informa que o Instituto Brasiliense de Direito Público (IDP), de propriedade do ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), recebeu patrocínios do empresário Joesley Batista, um dos donos da JBS. Segundo a revista, o IDP recebeu R$ 2,1 milhões da JBS, de 2016 a junho deste ano, “em patrocínios que nem sempre foram públicos”. “Os valores de patrocínios de empresas iam parar, por vezes, na conta pessoal de Gilmar Mendes”, diz o texto”, diz a reportagem de Rodrigo Rangel e Daniel Pereira.

De acordo com Veja, a relação entre o ministro e o empresário preso na Lava Jato era de proximidade. “Nos últimos dois anos, Gilmar e Joesley mantiveram uma parceria comercial e uma convivência amigável, a ponto de se visitarem em Brasília e São Paulo, trocarem favores, compartilharem certezas e incertezas jurídicas e tocarem projetos comuns”, aponta o texto. O repasse de R$ 2,1 milhões foi acertado, conforme a revista, em 15 de junho de 2015, quando Gilmar jantou na casa de Joesley. Em seguida, a JBS passou a patrocinar o IDP.

Gilmar Mendes disse à revista que Joesley Batista quis conhecê-lo após um pedido de patrocínio ao seu instituto. Ele admite ter encontrado o empresário algumas vezes, mas garante que a relação nunca ultrapassou os limites éticos. A reportagem faz parte da edição da revista que chega às bancas neste fim de semana.

Em setembro, Gilmar Mendes negou habeas corpus solicitado pela defesa dos irmãos Joesley e Wesley Batista no caso em que eles são acusados crime de insider trading [informação privilegiada], sob a suspeita de usarem informações obtidas por meio de seus acordos de delação premiada, para venderem e comprarem ações da JBS no mercado financeiro.

Na decisão, Gilmar Mendes entendeu que o habeas corpus não pode ser analisado pelo STF antes da uma decisão de mérito de outros pedidos que estão em tramitação nas instâncias inferiores da Justiça.

Prisões

Joesley e Ricardo Saud, executivo do grupo, foram presos após a divulgação de um áudio de quatro horas de diálogo entre ambos que, de acordo com a PGR, aponta que eles omitiram informações durante o acordo de delação premiada.

Os dois foram pivôs da crise que quase custou o afastamento do presidente Michel Temer. Gravação feita por Joesley com Temer, no Palácio do Jaburu, resultou em duas denúncias contra o presidente, por corrupção, lavagem de dinheiro e obstrução da Justiça.

Os trechos divulgados da delação até agora trazem conversas gravadas por Joesley com Michel Temer e Aécio. No diálogo com o presidente, ele conta, entre outras coisas, que tinha um procurador informante no Ministério Público Federal e que “segurava” dois juízes que estavam em seu caminho. Também fez menção a negociações financeiras com Eduardo Cunha para que o ex-deputado cassado não fizesse delação premiada. Temer ouviu tudo sem tomar qualquer atitude, em alguns momentos chego a dizer “ótimo, muito bom” sobre as tratativas para obstruir a Justiça.

A Polícia Federal também gravou a entrega de uma mala com R$ 500 mil enviada por Joesley ao deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR), escalado pelo presidente para tratar de assuntos de interesse da JBS. O empresário também gravou conversas em que Aécio lhe pede R$ 2 milhões. O rastreamento mostrou que o dinheiro foi parar na empresa do filho do senador Zezé Perrella (PMDB-MG), aliado do presidente do PSDB.

Gado

O patrocínio da JBS para o IDP já havia sido revelado pela Folha de S.Paulo em junho. Ao jornal, o IDP diz ter devolvido R$ 650 mil no dia 29 de maio, após a revelação do acordo de delação premiada de executivos da empresa. Além disso, afirma ter rescindido contrato assinado em 11 de junho de 2015, em razão de cláusula contratual “relacionada à conduta ética e moral por parte do patrocinador”. A JBS diz ter gastado R$ 1,45 milhão desde 2015 com o IDP. No entanto, não menciona a devolução de R$ 650 mil.

A Folha de S. Paulo, em outra reportagem, também apontou que a família de Gilmar vende gado para o frigorífico. Na ocasião, questionado, “o ministro diz que não havia motivo para se declarar impedido de participar de votações sobre assuntos envolvendo a empresa”.

Testes rápidos de HIV/AIDS serão realizados gratuitamente no centro de Caruaru

A Secretaria de Saúde de Caruaru, em parceria com Secretaria do Estado de Pernambuco, vai disponibilizar uma Unidade Móvel para a população caruaruense realizar, gratuitamente, testes rápidos de HIV/AIDS. A ação acontece na próxima segunda-feira (18), das 10h30 às 15h30, no Marco Zero do município, e faz parte da programação do Dezembro Vermelho, que chega a sua última semana de atividades.

De acordo com a Gerente do Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA), Giselda Melo, a iniciativa é uma forma de levar o diagnóstico precoce às pessoas, que transitam pelo Centro da cidade, principalmente aqueles que não têm tempo para realizar os exames. O teste é gratuito e dura apenas 15 minutos.

A programação do Dezembro Vermelho segue até o dia 22 de dezembro com palestras educativas; testes rápidos de HIV, sífilis e hepatites B e C; atividades que busquem melhorar a qualidade de vida; entre outros.

Governo amplia prazo para utilização do FGTS em parcela atrasada da casa própria

Quem estava com dificuldades para assegurar a casa própria com recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) terá uma nova chance. O Ministério do Trabalho prorrogou o prazo de duas medidas que beneficiam milhares de pessoas em todo o País.

A primeira delas autoriza, até dezembro de 2018, a utilização dos recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para regularização de parcelas atrasadas do financiamento de imóveis. Segundo o secretário executivo do Conselho Curador do fundo, Bolivar Tarragó, não é possível usar o valor do FGTS para quitar toda a parcela, mas apenas 80%.

“Se o trabalhador tem uma parcela em atraso no valor de R$ 1.000, por exemplo, ele pode usar apenas R$ 800 do FGTS. Os outros R$ 200, ele precisa acrescentar”, explica. Tarragó lembra ainda que o fundo também pode ser resgatado como entrada nos financiamentos ou para descontar da dívida ou liquidar o pagamento.

A outra medida, também anunciada nesta terça-feira (13), diz repeito à manutenção das regras de financiamento da casa própria até dezembro de 2018. A prorrogação, de acordo com o Conselho Curador, é válida para pessoas que adquiriram imóveis na planta avaliados em até R$ 190 mil e ainda se encaixam na norma de financiamento. Neste ano, o ministério alterou a faixa de valores que poderiam ser financiados, mas ampliou o período de transição para os compradores.

A ideia é preservar empregos na construção civil e favorecer os trabalhadores que já tinham adquirido os imóveis pela regra antiga. A nova modalidade abrange financiamentos de até R$ 180 mil.

Governo de Pernambuco capacita empreendedores sobre fabricação de doces e derivados

“Sem açúcar não se compreende o homem do Nordeste.” A frase é do sociólogo Gilberto Freyre que tão bem retratou a nossa civilização do açúcar e a importância de tal matéria-prima para o desenvolvimento e a memória afetiva da sociedade. O projeto “Pernambuco doce: resgatando tradições” visa resgatar a forte ligação pernambucana com a fabricação artesanal de doces e derivados bem como o aperfeiçoamento da mão de obra envolvida no processo. A iniciativa do Governo de Pernambuco, por meio da Secretaria da Micro e Pequena Empresa, Trabalho e Qualificação (Sempetq), beneficiará profissionais e microempreendedores dos municípios de Petrolina, Arcoverde e Pesqueira.

O curso Boas Práticas de Manipulação de Alimentos terá uma carga horária de 20h e beneficiará 175 profissionais nos três municípios. “Temos matérias-primas abundantes, empreendedores dispostos a resgatar a tradição pernambucana e a nossa posição de liderança na região”, assegura o secretário Alexandre Valença.

Em Petrolina, as aulas acontecem a partir do dia 18 de dezembro em parceria com o Sindicato da Indústria de Doces e Conservas Alimentícias de Pernambuco (Sinddoces) no Senai localizado na Avenida Monsenhor Ângelo Sampaio, 267, Coab Massangano. O primeiro grupo já está com vagas encerradas, mas em breve haverá novas oportunidades para as próximas turmas. Já os municípios de Arcoverde e Pesqueira têm previsão de início para o primeiro trimestre de 2018.

“O projeto prevê outras fases para fortalecer não apenas o desenvolvimento do funcionário como também da gestão em si com uma capacitação 360 graus onde abordaremos todas as temáticas relevantes tais como formação de preço, marketing e vendas, finalizando com uma rodada de negócios envolvendo toda a potencial rede compradora”, completa a secretária executiva de Planejamento, Monitoramento e Captação de Recursos, Fernanda Dubeux.

Durante o curso, o aluno aprenderá sobre a importância da qualidade dos alimentos e os cuidados necessários na sua manipulação assim como perigos e riscos de contaminação. E mais, entenderá como evitar a intoxicação alimentar e como proceder para realizar a limpeza e sanitização do ambiente. Os estudantes também serão orientados sobre o manejo de resíduos e as resoluções RDC 216/04 e 271/02.

47% dos consumidores brasileiros devem comprar presente de Natal para si mesmos, mostra pesquisa do SPC Brasil

As compras de Natal podem ir muito além dos presentes para familiares e amigos – é uma data comemorativa em que muitos também aproveitam para comprar um presente para si mesmo. Uma pesquisa do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) mostra que 47% dos consumidores brasileiros irão se auto presentear esse ano, principalmente as mulheres (53%). Em relação ao Natal de 2016, metade dos entrevistados (50%) afirma ter comprado presentes para si mesmos.

A prática é justificada por esses entrevistados principalmente pela oportunidade de se presentear comprando coisas que precisam (46%, com aumento de 6,9 pontos percentuais em relação a 2016) e pelo sentimento de merecimento (39%). Entre aqueles que não pretendem comprar presentes para si mesmos (25%), os principais motivos são: não gostar ou falta de costume (30%), não ter dinheiro (15% – com aumento de 5,7 p.p. em relação a 2016) e ter outras prioridades de compra (15%).

Gasto médio por presente deve ser de R$ 156

Na média, a intenção de compras é de dois presentes para si mesmo, com um ticket médio cada de R$ 155,84. No total, os consumidores que irão se presentear e já definiram um valor, gastarão em torno de R$ 332 consigo mesmos – outros 46% ainda não sabem quanto irão gastar.

Os presentes mais comprados para si mesmo devem ser roupas (54%) e calçados (34%), perfumes e cosméticos (25%) e celular/smartphones (17%).

Para o educador financeiro do SPC Brasil e do portal Meu Bolso Feliz, José Vignoli, é compreensível que alguém manifeste o desejo de presentear-se, desde que não abuse deste momento para ceder a compras impulsivas ou fora da realidade financeira. “Muitas pessoas sentem a necessidade de recompensarem a si mesmas, depois de terem enfrentado dificuldades ao longo de todo o ano. É natural, mas isso não pode ser usado como desculpa para ultrapassar os limites do orçamento ou sair comprando desregradamente”, afirma. “Por causa de um ato impensado de consumo, muitas pessoas passam vários meses pagando despesas para as quais não estavam preparadas. O mais recomendável é sempre fazer um planejamento e definir o quanto pode gastar”, aconselha Vignoli.

Metade dos consumidores espera ganhar algum presente de Natal

Além do autopresente, muitas pessoas acreditam que serão lembradas e receberão algum presente no Natal. A pesquisa indica que metade dos entrevistados espera receber presentes de outras pessoas (50%), sendo que 24% acreditam que o motivo é porque há muitas pessoas que gostam deles e querem agradá-los. Por outro lado, 6% acham que não serão presenteados e 45% não sabem responder.

Dentre os que esperam ser presenteados neste Natal, os itens mais desejados são roupas (50%), calçados (36%), perfumes e cosméticos (35%), livros (25%) e celulares/smartphones (25%).

Metodologia

As entrevistas se dividiram em duas partes. Inicialmente ouviu-se 1.632 consumidores nas 27 capitais para identificar o percentual de quem pretendia ir às compras no Natal e, depois, a partir de 600 entrevistas, investigou-se em detalhes o comportamento de consumo no Natal. A margem de erro é de no máximo 2,4 e 4,0 pontos percentuais, respectivamente. A uma margem de confiança de 95%.

/**/

Servidores do Distrito Federal conhecem modelo de gestão patrimonial do Estado de Pernambuco

O Governo do Estado tem se empenhado em desenvolver as melhores práticas de gestão pública e modernização nos diversos processos patrimoniais no âmbito do Poder Executivo. Tanto que esta semana uma equipe de servidores do Distrito Federal veio ao Recife, conhecer mais detalhes sobre o gerenciamento patrimonial que vem sendo executado em Pernambuco desde o ano de 2010. A visita técnica dos servidores brasilienses aconteceu nesta terça-feira (12), no prédio da SAD, no Pina.

A visita surgiu a partir do interesse dos servidores brasilienses que tomaram conhecimento do projeto da Secretaria de Administração na área de gestão patrimonial apresentado este ano, pela Gerência Geral de Patrimônio, Arquitetura e Engenharia do Estado (GGPAE), no X CONGRESSO CONSAD DE GESTÃO PÚBLICA. Na ocasião, a equipe de servidores da Secretaria de Saúde do Distrito Federal, em Brasília, ficou interessada em conhecer mais de perto o modelo de gestão patrimonial do Estado de Pernambuco, que foi eleito como um projeto de excelência a ser estudado e seguido, uma vez que trata dos principais desafios da gestão pública – o controle eficiente do patrimônio público.

A Gerente Geral de Patrimônio Arquitetura e Engenharia do Estado(GGPAE), Gisele Gomes, fez uma explanação a respeito do cenário patrimonial e os impactos das novas legislações, com destaque para a convergência contábil, além das tecnologias disponíveis no mercado. “Estou grata pela oportunidade de detalhar os projetos da nossa área aos colegas brasilienses. Estamos contentes em poder contribuir para Pernambuco ser visto como modelo de gestão patrimonial pelos outros estados. Foi bastante enriquecedora esta visita para ambos os lados”, destacou a gestora, que explanou ainda os projetos atuais, resultados, ações futuras na área de patrimônio, inventário, avaliação, regularizações em cartório, entre outros temas.

O Diretor de Patrimônio da Secretaria de Saúde do Distrito Federal, José Andrade Junior, disse que era de conhecimento dos brasilienses que o Estado de Pernambuco tinha avançado bastante na sua organização patrimonial. “Ficamos muito interessados no enfoque da área patrimonial voltado para a área de saúde. Viemos acompanhar de perto as tecnologias utilizadas, realização de inventário, controle efetivo dos bens, de modo que possamos instalar o modelo adotado em Pernambuco no âmbito da área de saúde do Distrito Federal”, destacou o diretor.

A Coordenadora de Administração da Secretaria de Estado de Saúde, Fabiana Cortez, observou que o Estado de Pernambuco já avançou também nas normas e procedimentos de gestão patrimonial. “Vamos estudar como iremos aplicar essa normatização no Distrito Federal, assim como as experiências de inovações e automação. O que esperamos é aprender com o que já tem sido aplicado de boas práticas de gestão patrimonial em Pernambuco para que possamos implantar em nossa secretaria”, vislumbrou Fabiana.

Além do Diretor e da Coordenadora da Secretaria de Saúde do Distrito Federal, fizeram parte da comissão: o Assessor Especial da Coordenação de Tecnologia da Informação, Tiago Faria, a Gerente de Inventário, Karina Benecke e o Gerente de Monitoramento e Controle de Acervo do Distrito Federal, Rogério Silva.

Jovens da Funase são inseridos no mercado de trabalho por meio de programas de aprendizagem

files_16230_tn_2017121512072909e1

Tendo a profissionalização como uma das prioridades institucionais de caráter inclusivo, a Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase) contabiliza números positivos das parcerias firmadas tanto com entidades do poder público quanto com empresas privadas. Neste ano, 26 socioeducandos foram inseridos no mercado de trabalho por meio de articulações do Eixo Profissionalização da instituição, assim como por meio dos projetos Vida Aprendiz e o Novas Oportunidades, do Governo Paulo Câmara, coordenados pela Secretaria de Desenvolvimento Social Criança e Juventude (SDSCJ).

Esse trabalho de preparação e inserção de jovens no mundo do trabalho é movido pela troca. Enquanto os jovens desenvolvem competências para o mundo do trabalho, os empresários contribuem para a formação desses futuros profissionais. Uma das empresas parceiras da Funase na busca pela construção de novos projetos de vida para os adolescentes é a Viana & Moura Construções, que desde 2014 recebe socioeducandos das unidades de atendimento de Caruaru.

Adolescentes da Casa de Semiliberdade (Casem) Caruaru, inserido nos cursos de Alvenaria e de Eletricista Predial de Baixa Tensão e no curso de Pedreiro ministrados no Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI), têm a oportunidade de colocar em prática o conhecimento adquirido, pelo período de 6 meses, tendo total chance de efetivação no futuro. Segundo o assistente de pessoal da Viana & Moura Construções, Rafael Moreira, inicialmente, a intenção era completar o quadro de funcionários. “Com o tempo percebemos a importância do papel social que estamos desempenhando ao abrir as nossas portas a esses adolescentes. Priorizamos o respeito e temos como um dos nossos valores a responsabilidade pessoal e o serviço ao outro, ter compaixão e empatia. Não é porque eles cometeram um erro que não merecem outra chance”, finalizou.

Essa confiança no futuro, que começa a ser construído no presente, é um dos sentimentos carregados por A.S.G., adolescente de 18 anos, que passou pela Casa de Semiliberdade (Casem) Caruaru e está prestes a ter sua primeira experiência no mercado de trabalho formal. Aluno do curso de Pedreiro ele conta que nunca pensou em desenvolver essa atividade. “O que eu vou ser mesmo é professor, mas aqui no curso eu venho me surpreendendo comigo mesmo, por conseguir aprender e desenvolver também nessa área”. Para 2018, ele quer focar no trabalho, que deve iniciar em Janeiro, e esquecer o passado. “O Jovem Aprendiz me dá a oportunidade de ser um espelho para os que acham que a vida não tem mais jeito. Basta estudar e se esforçar. Todo mundo tem chance. Comigo está dando certo, Graças a Deus”, enfatizou.

Além das empresas privadas, o Poder Judiciário tem sido um dos grandes parceiros na construção de uma sociedade mais inclusiva. A exemplo disso, foi lançado pela Vara Regional da Infância e Juventude da Comarca de Arcoverde o projeto “Aprendizagem Legal”. A iniciativa tem como objetivo promover – além da profissionalização -, o resgate da auto-estima, o protagonismo juvenil e a conquista da autonomia. O projeto foi elaborado pela equipe inter-profissional da 14ª Circunscrição e é executado em parceria com a Funase e com o Centro de Integração Empresa Escola de Pernambuco (CIEE-PE).

Mais avanços serão comemorados. Em Caruaru, a Funase vem se mobilizando, juntamente com a Vara da Infância e Juventude do município, na busca por novas parcerias. “É preciso fazer com que a sociedade se perceba protagonista do papel que tem na reinserção dos socioeducandos. Não podemos marginalizá-los. É preciso oportunizar escolhas a esses jovens, para não haver uma perpetuação da violência”, compartilhou o psicólogo da Vara da Infância e Juventude, Felipe Amorim.

Neste sentido, já foram realizadas reuniões com representantes do empresariado, entre eles a Federação das Indústrias do Estado de Pernambuco (FIEPE), a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), Associação Comercial e Empresarial de Caruaru (ACIC) e o SindLojas. Segundo a Diretora-Presidente da Funase, Nadja Alencar, este apoio é fundamental para que os jovens e adolescentes elaborem um novo projeto de vida, longe da vulnerabilidade. “Os adolescentes que chegam na Funase necessitam de oportunidades para que possam desenvolver todas as suas potencialidades e nós precisamos de duas coisas: prepará-los e contar com o apoio da sociedade para reintegrá-los ao convívio social”, enfatizou.

Projeto Bike Sem Barreiras realiza passeio ciclístico

ciclismo

Em dezembro, o projeto Bike Sem Barreiras, desenvolvido pela UNINASSAU – Centro Universitário Maurício de Nassau e pelo Instituto Ser Educacional, completa 1 ano de atuação em prol da inclusão e acessibilidade no Recife. Para comemorar o marco, neste domingo (17), as instituições promoverão um passeio ciclístico. A concentração do evento ocorrerá na Praça Edgar Amorim, no bairro da Jaqueira, a partir das 9h.

A saída da pedalada será às 10h e seguirá o percurso pela Ciclofaixa até a pista lateral da Avenida Agamenon Magalhães, com retorno para Praça, onde fica localizada a sede do Projeto. Na ocasião, será oferecido aos participantes um café da manhã, disponibilizado pelo parceiro VerdFrut. A programação ainda contará com apresentação musical do Grupo Encontro, que é formado por pessoas com deficiência e organizado pela educadora Margareth Zimmerle.

Com bicicletas adapatadas para o lazer de pessoas com deficiência visual, física, mental ou múltipla, o Bike Sem Barreiras opera sempre aos domingos na Praça da Jaqueira. O projeto possui 4 modelos inclusivos de bike: a the duet, bicicleta para múltiplas deficiências; handbike: triciclo adaptado para ser pedalado com as mãos; bicicleta dupla: para ser pedalada por um monitor e 1 pessoa com deficiência visual e a bicicleta adaptada doada pelo Instituto Handsfree, que acopla uma bicicleta comum a qualquer cadeira de rodas.

Em 2017, mais de 500 pessoas com deficiência foram atendidas durante os dias de ação do Projeto. Para o próximo ano a expectativa é que as atividades passem a ser realizadas também no bairro do Recife Antigo. “Tivemos um saldo bastante positivo para esse primeiro ano de atuação. Pretendemos ampliar a nossa abrangência para que mais pessoas com deficiência possam ter acesso aos espaços de conviência da cidade. Queremos levar o Projeto também para outros estados com o diferencial que as bikes serão construídas por estudantes das Instituições de Ensino Superior do Grupo Ser Educacional”, relata Sérgio Murilo Junior, coordenador de Responsabilidade Social do Instituto.

O Bike sem Barreiras tem como apoio institucional a Aliança de Mães e Famílias Raras – AMAR, o Instituto Hands Free e a In Soluções, bem como a Prefeitura do Recife e a Empetur através da Secretaria Estadual de Turismo.

SERVIÇO:
Passeio Ciclístico – 1 ano do Projeto Bike Sem Barreiras
Data/Horário: 17 de dezembro, a partir das 9h
Local de concentração: Praça Edgar Amorim, bairro da Jaqueira
Percurso: Saída da Praça – Ciclofaixa até a pista lateral da Avenida Agamenon Magalhães – com retorno para Praça

“O povo ganhou a sua primeira batalha contra a Reforma da Previdência”, diz Humberto

A decisão do governo de Michel Temer (PMDB) de adiar a votação da Reforma da Previdência foi vista pelo líder da Oposição, Humberto Costa (PT), como um marco na luta contra o projeto. A expectativa inicial do governo era de votar a proposta até a próxima semana. No entanto, com a resistência de parlamentares, inclusive da base governista, de votar favorável à medida, o governo resolveu só colocar o projeto em plenário em fevereiro do ano que vem.

“O governo foi derrotado na tentativa de aprovar este ano a Reforma da Previdência. Isto mostra a importância da mobilização. Os parlamentares estão sentindo a pressão dos seus eleitores que não aceitam de jeito nenhum este projeto que, na prática, representa o fim da aposentadoria”, declarou Humberto.

Antes de anunciar oficialmente o adiamento da votação da reforma, lideranças de Temer se estranharam publicamente. Enquanto o líder do Governo no Senado, Romero Jucá, já falava desde a quarta-feira no adiamento da votação. Setores do governo tentaram adiar ao máximo a notícia.

“É um governo de patos e patetas que tem atuado para acabar com todos os direitos do povo brasileiro para manter os seus privilégios. Gente que diz prega corte de gastos com saúde e com educação, mas que torra bilhões para comprar votos de deputados. É gente que defende a reforma trabalhista para ‘modernizar as relações de trabalho’, mas que mantém as velhas práticas de inchar a máquina pública de cabos eleitorais. São pessoas que querem aumentar a idade mínima para ter acesso a Previdência, mas que, seguindo o próprio exemplo de Temer, se aposentam aos 53 anos”, disse.

Para o senador petista, apesar do adiamento da votação, ainda não há nada definido quanto à reforma da Previdência. “Ainda temos um longo caminho pela frente para derrotar de vez este projeto. Temos que manter numa mobilização permanente e cada um tem que fazer a sua parte pressionando os parlamentares. Só assim conseguiremos enterrar este projeto nefasto”, concluiu.

AP debaterá importância das parteiras

A Câmara Municipal de Caruaru realiza nesta sexta-feira (15), uma audiência pública para debater o seguinte tema: “a tradição das parteiras e o nascimento de uma sociedade de paz, o natal de todos”. O debate foi proposto pela vereadora Zezé Parteira (PV). A audiência acontecerá às 9h e deve contar com a presença da Secretária de Políticas para as mulheres, Perpétua Dantas e outras autoridades.

No Brasil, cerca de 40 mil partos domiciliares são realizados anualmente. A maioria destes é feito por parteiras tradicionais. Os números são do Sistema de Informação à Saúde do Ministério da Saúde (DATASUS).

De acordo com a vereadora Zezé Parteira, a valorização de uma categoria tão importante precisa ser debatida com toda a sociedade e com os órgãos públicos.

“Solicitamos esta audiência pública com o intuito de promover o debate da valorização do trabalho tão importante que é o de uma parteira. Como vereadora, mulher e parteira, senti a necessidade de trabalhar a relevância que este tema tem, trazendo o assunto à tona na Câmara” destaca Zezé.