ARTIGO — Educação e a desigualdade estampada no orçamento público

Por Janguiê Diniz

Nas últimas décadas, o Brasil praticamente conseguiu superar o desafio de colocar todas as crianças e adolescentes na escola. Hoje, são mais de 48 milhões de meninos e meninas que frequentam os bancos escolares nos três níveis que compõem a educação básica, número maior do que a população de países como Espanha, Argentina, Canadá e Austrália. Desse total, quase 40 milhões frequentam a rede pública de ensino.

Já na educação superior, são pouco mais de oito milhões os que cursam graduação, sendo menos de dois milhões os universitários que frequentam as instituições públicas e gratuitas de ensino. Entretanto, embora o contingente de alunos entre os níveis de ensino mencionados seja praticamente seis vezes menor e haja inversão na quantidade de atendidos pelas redes pública e particular, há um dado que precisa ser levado em consideração: em 2017, o governo federal destinou cerca de 58% do orçamento do Ministério da Educação (MEC) para a educação superior e 42% para a educação básica.

Esses números jogam luz sobre um debate que há algum tempo vem ganhando fôlego no país: o pagamento de mensalidades em universidades públicas por alunos que podem pagar. A questão ficou ainda mais evidente com o lançamento do relatório “Um ajuste justo – propostas para aumentar a eficiência e equidade do gasto público no Brasil”, elaborado recentemente pelo Banco Mundial. De acordo com o documento, as despesas com a educação superior no país são ineficientes e regressivas.

No entanto, há que se refletir sobre qual despesa com a educação superior realmente impacta o orçamento público. No momento em que o governo federal apresenta o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) como um dos grandes vilões e retira o caráter social do programa, é preciso avaliar se esta é, realmente, a melhor saída para o tão alardeado ajuste fiscal.

Para se ter ideia, o custo médio anual para o governo de um estudante que cursa faculdade particular e é beneficiado com o Fies ou o ProUni é de R$ 14 mil. Já o aluno que frequenta uma instituição pública de ensino superior custa R$ 41 mil. Contudo, não é novidade que, enquanto a maior parte dos favorecidos pelas instituições públicas na educação básica são pessoas das classes C e D, no ensino superior quem mais usufrui da gratuidade são representantes das classes A e B.

Portanto, se é verdade o que o país precisa reduzir o investimento na educação superior para voltar a crescer economicamente, como preconiza o Banco Mundial, a cobrança de mensalidades nas instituições públicas para quem pode pagar e a ampliação do investimento em programas que garantem o acesso à graduação em instituições particulares de ensino consistem não só em medidas de ajuste fiscal, mas em questão de justiça social. O que não pode ocorrer, em hipótese alguma, é o estudo servir como justificativa para um corte drástico no orçamento público para a área de modo a continuar privilegiando a parcela da população que se beneficia do modelo vigente há décadas.

Além disso, não podemos esquecer que o país se comprometeu a elevar a taxa bruta de matrículas na educação superior para 50% e a taxa líquida para 33% das pessoas com idades entre 18 a 24 anos até 2024, condição fundamental para que possa se desenvolver enquanto nação e assegurar melhores condições de vida para sua população. E esses índices não serão atingidos sem os investimentos públicos necessários.

Não são decisões simples nem fáceis, mas existem, sim, soluções capazes de garantir a manutenção de um direito humano fundamental, a educação, e, ao mesmo tempo, contribuir para o acerto das contas públicas brasileiras. Basta direcionar a energia – e o orçamento – para onde ela é mais certeira e necessária.

Dicas de Carnaval da nutricionista da UPAE Garanhuns

unnamed (2)

O carnaval é uma festa empolgante, com muita música e alegria, quando se tem um maior incentivo à ingestão de bebidas alcoólicas e consumo de comidas rápidas, geralmente nos polos de diversão. Mas é importante tomar certos cuidados para não sofrer depois.

A nutricionista da UPAE Garanhuns, Laila Brasil, elencou 10 super dicas para o folião brincar o carnaval sem descuidar da saúde:

1. Beba muita água, de dois a três litros por dia. Vale também sucos e água de coco.

2. Evite gorduras, que dificultam a digestão e podem levar a um quadro de indigestão.

3. Consuma frutas e verduras, que são ricos em vitaminas, minerais e fibras. (Que até aliviam ressaca)

4. Se ingerir bebida alcoólica, que seja com moderação. Intercale com água para se hidratar.

5. Não fique longos períodos em jejum, evitando hipoglicemia. Alimente-se a cada três horas.

6. Evite maioneses e molhos, que estragam mais facilmente.

7. Observe a higiene dos locais onde vai comer. Evite comida contaminada.

8. Café da manhã reforçado com a energia de cereais integrais e frutas.

9. Utilize roupas confortáveis, leves e soltas, para evitar maiores esforços e desidratação.

10. Pós-folia consuma alimentos ricos em antioxidantes e vitaminas, e frutas cítricas.

E tem duas dicas fora da área, mas que todo profissional de saúde tem que dar: USE CAMISINHA, que previne inúmeras doenças sexualmente transmissíveis e não somente evita gravidez indesejada, e SE BEBER, NÃO DIRIJA!

Agora, é preparar a animação que o carnaval já começou!

Mulher na Vara desfila nesta segunda-feira (12)

unnamed

Pela 25ª vez, o bloco divertido e anárquico Mulher na Vara desfila pelas ruas do Sítio Histórico de Olinda, na Segunda-Feira (12) de Carnaval. O desfile se inicia a partir da sede da agremiação, que fica na Rua da Boa Hora, a partir das 12h. Este ano, a troça comemora jubileu de prata de frevo com descontração, animação e, claro, com a já conhecida vara de bambu de quase dois metros, onde as foliãs mais animadas encaram o desafio de frevar nas alturas.

Um dos diretores da agremiação, Samuel Costa, destaca o caráter democrático do bloco, que mantém o tom de brincadeira, que combina perfeitamente com a folia de Momo e diverte de crianças a adultos. “Na Vara sobem baixinhas, gordinhas, mulheres de todas as idades. E procuramos sempre respeitar todas. É uma brincadeira saudável da qual a minha filha participa e que é aberta a qualquer foliã que queira fazer a sua festa”, salienta.

Mas de onde veio essa brincadeira, que integra o terceiro dia de Carnaval de Olinda desde 1993? Naquele Carnaval, uma amiga do criador da Vara, Carlos Porciúncula, torceu o pé quando estava em Olinda, ficando impossibilitada de caminhar. Depois de muito carregarem a moça no braço, eles acharam um pedaço de madeira e decidiram levá-la pelas ladeiras da cidade histórica sentada naquele pedaço de árvore. Não demorou para que começassem a falar: “Olha a mulher na vara, olha a mulher na vara!”. No ano seguinte, o Mulher na Vara estreou na festa pernambucana, animando os foliões com muita descontração e frevo.

SERVIÇO

DESFILE DO BLOCO MULHER NA VARA – Segunda-feira de Carnaval, 12 de fevereiro, a partir das 12h, na Rua da Boa Hora, em Olinda.

Hospital Mestre Vitalino funcionará normalmente no Carnaval

Durante o período de carnaval, que vai até a quarta-feira de cinzas (14), o Hospital Mestre Vitalino funcionará normalmente com todas as escalas de plantão completas.

Por ser regulado, os atendimentos no HMV acontecerá por meio das transferências realizadas pela Central de Regulação de Leitos da Secretaria Estadual de Saúde (SES). Apenas o ambulatório da unidade, que é destinado aos pacientes egressos, estará fechado neste período, retomando seus atendimentos na quinta (15).

O Hospital Mestre Vitalino fica localizado em Caruaru, na Avenida Amazonas, 175, bairro Universitário, BR 104 – sentido Toritama.

Compesa define esquema especial de abastecimento para o Carnaval

Carnaval em Olinda

Um dos mais importantes polos do Carnaval de Pernambuco, Olinda contará com um esquema especial de abastecimento de água para a festa de Momo deste ano. A Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) fez ajustes operacionais no sistema para garantir a distribuição de água, todos os dias, nos principais focos de folia da cidade, que se concentram no Sítio Histórico. O regime especial de fornecimento de água diário segue até 14 de fevereiro, da seguinte forma: no horário das 6h às 13h, serão abastecidos o Monte, Amparo, Guadalupe, Bonsucesso e Barreira do Rosário; e no período das 13h às 24h, serão atendidas as localidades da Ribeira, Carmo, Varadouro, Rua 13 de Maio, Rua da Bertioga, Carmo, Alto da Sé, São Francisco, Santa Tereza, Umuarama, V8, Amaro Branco e Ilha do Maruim. Nas demais áreas de Olinda, o abastecimento acontecerá de acordo com o calendário oficial, que é de um dia com água para cinco dias sem.

Para o Carnaval do Recife, a Compesa manterá o mesmo regime de abastecimento já praticado nos bairros, tendo em vista que os principais corredores e polos de folia na cidade, como o desfile do Galo da Madrugada, ocorrerão em áreas onde o fornecimento de água é contínuo. A companhia também programou um reforço no abastecimento de água em outras cidades que costumam receber uma maior concentração de foliões e veranistas, nesta época do ano. Em Bezerros, no Agreste Central, entre os dias 10 e 14 de fevereiro, a companhia programou realizar o abastecimento diário para as áreas que recebem o maior fluxo de visitantes e onde ocorrem os desfiles dos blocos, como a festa Folia dos Papangus, que são os bairros do Rosário, do Cruzeiro (parte baixa), São Sebastião, Centenária e Centro.

Na Praia de Porto de Galinhas, um dos destinos mais procurados no Litoral Sul durante o Carnaval, a distribuição de água será realizada durante 24 horas, graças ao novo sistema adutor que foi colocado em operação, em outubro do ano passado, e permitiu dobrar a oferta de água para o balneário. Mesmo nas épocas de alta temporada, quando há o aumento do fluxo de pessoas na região, o sistema garante a regularidade do abastecimento de água em Porto de Galinhas. No Litoral Norte, nas localidades de Pau Amarelo, Maria Farinha, Conceição, Janga, no Paulista, além de Ponta de Pedras, em Goiana, e na Ilha de Itamaracá, o abastecimento de água seguirá o calendário normalmente, mas ganhará um reforço por meio de carros-pipa, que podem ser solicitados pelo serviço de teleatendimento da Compesa no telefone 0800 081 0195 (24 horas).

Algumas medidas preventivas na rede de abastecimento de água já foram realizadas pela Compesa nos corredores tradicionais de desfile das agremiações carnavalescas do Recife que ficam localizados nos bairros de São José, Santo Antônio e no Recife Antigo. O objetivo dessas inspeções foi identificar a existência de bocas de lobo sem tampa, valas abertas, serviços inacabados, abatimentos da rede e vazamentos, e providenciar a solução imediata. A companhia também definiu estratégias de atuação para o período carnavalesco, buscando assegurar o bom funcionamento das unidades operacionais. “Foram escaladas equipes de plantão para manter a regularização dos sistemas da Região Metropolitana do Recife e do interior e também para atender as solicitações de caráter emergencial da população”, informa a gerente de Planejamento Operacional da Compesa, Maria Lúcia Martins. Ao todo, cerca de 200 profissionais estão envolvidos no esquema de plantão, como técnicos de elétrica, mecânica, produção e controle de qualidade, além de equipes de responsabilidade social.

Abastecimento especial no Sítio Histórico de Olinda – Carnaval 2018

De 7 a 14 de fevereiro (diariamente)

Das 6h às 13h: Monte, Amparo, Guadalupe, Bonsucesso e Barreira do Rosário.

Das 13h às 24h: Ribeira, Carmo, Varadouro, Rua 13 de Maio, Rua da Bertioga, Carmo, Alto da Sé, São Francisco, Santa Tereza, Umuarama, V8, Amaro Branco e Ilha do Maruim.

Teleatendimento Compesa (24 horas):

0800 081 0195 – Falta de água e outras informações

0800 081 0185 – Vazamentos: Água e Esgoto

Record TV vai dedicar mais de 9 horas para transmissão do desfile das escolas de samba da Grande Florianópolis

As baterias do Grupo RIC já estão aquecidas para levar aos catarinenses a melhor cobertura do Carnaval 2018. Este é o segundo ano consecutivo que a RICTV entra na avenida como Emissora Oficial da festa da capital. O convite está feito: sábado (10), a partir das 22h, o desfile das escolas de samba será transmitido ao vivo com exclusividade.

Uma grande estrutura foi montada, com unidade móvel equipada para captar e distribuir imagens HD, 13 câmeras posicionadas em diferentes pontos da Passarela Nego Quirido e 90 profissionais que possuem experiência em grandes coberturas. O sinal está disponível em HD, qualidade semelhante ao cinema, para 65% dos domicílios de Santa Catarina e para 99,7% dos domicílios da Grande Florianópolis pelo canal 4.1.

Os telespectadores vão conferir os detalhes do desenvolvimento das escolas Consulado, Nação Guarani, Protegidos da Princesa, Copa Lord, Coloninha e Dascuia em 9 horas de transmissão ao vivo.

Time completo

A emissora selecionou um time que entende de Carnaval para complementar a transmissão. A apresentação fica por conta do jornalista Dino Montêz, âncora do BG News, exibido na Record News SC. “Acompanho o Carnaval há muito tempo, primeiro como folião, depois na transmissão em emissoras de rádio e TV. Vamos levar uma grande programação ao público”, comemora.

Ao lado de Dino, a repórter Amanda Santos vai agregar a experiência de cinco anos no Carnaval de Florianópolis. “O público vai poder acompanhar os enredos e o desenvolvimento das escolas como se estivesse na avenida, com riqueza de detalhes”, afirma Amanda.

Dois comentaristas enriquecem a transmissão. André Calibrina vai agregar seu conhecimento atrelado à música. O profissional foi o primeiro-sargento músico da Base Aérea de Florianópolis, intérprete e compositor de diversas escolas, entre elas Império do Samba, Consulado e Embaixada Copa Lord. Outra marca registrada de André é a composição do Hino Oficial do Manezinho, tradicional no Carnaval de Florianópolis.

Já Cristiana Tramonte soma à transmissão sua experiência como comentarista de Carnaval há cerca de 20 anos. A profissional é professora associada do Centro de Ciências da Educação da Universidade Federal de Santa Catarina, Mestre em Educação e Doutora em Ciências Humanas. Cristiana é autora do livro “O Samba Conquista Passagem”, um registro da história da folia florianopolitana.

Presença online

A cobertura será multimídia, vai envolver todas as plataformas do Grupo RIC. O RICMais.com.br vai transmitir ao vivo pela internet em rede com a RICTV. O NDOnline.com.br vai acompanhar todos os detalhes, com publicação de fotos e vídeos. As redes sociais do Grupo RIC vão repercutir a festa, o público pode interagir e comentar usando a #CarnavalnaRIC.

Campeã anunciada ao vivo

Mesmo após a apresentação das escolas a cobertura continua. Na segunda-feira (12) o Notícias do Dia publica um caderno especial detalhando em textos e fotos os principais momentos da avenida. Já a apuração das notas das escolas e a divulgação da grande campeã será ao vivo no programa Balanço Geral, da RICTV. O ND Online também acompanha a apuração em tempo real.

Em 2017 desfile das escolas de samba da capital garantiu a liderança de audiência para a RICTV, com grande repercussão pelas redes sociais. O desfile entra na lista das grandes transmissões do Grupo RIC, que inclui Campeonatos de Basketball e Futebol da Série B, Carnavais de Itajaí e Joaçaba, Oktoberfest e Fenarreco.

O que: Transmissão do Desfile das Escolas de Samba da Capital
Quando: 10/02
Onde: RICTV | Record TV– canal 4.1 na Grande Florianópolis

Carnaval é oportunidade para conquistar clientes

Foi no carnaval de 2012 que a empresária Lúcia Nunes iniciou as operações da Colombina, em Recife. O ateliê de fantasias e acessórios tem “espírito folião” e também funciona como loja, abrindo as portas aos clientes, no período que antecede a festa. “Reforçamos o time de atendimento. Junta os parentes, irmãos, sobrinhos, vira uma força-tarefa para dar conta dos pedidos”, conta a empreendedora, que antecipou em três meses o planejamento e produção do estoque. “Pensamos carnaval o ano todo. No primeiro semestre, a gente estuda e pesquisa. No segundo, enquanto as pessoas estão focadas no Natal, a gente já entra na linha produtiva”, acrescenta Lúcia, que espera um incremento de 20% nas vendas de fantasias este ano.

Planejar a produção com antecedência é uma das apostas que garantem sucesso ao desempenho das empresas durante a festa de Momo. “É preciso ter um mix de produtos alinhado à proposta carnavalesca, focada no que é fresco, leve, básico e confiável. Os foliões não voltariam em uma loja que vendeu fantasia rasgada, nem na lanchonete com o sanduíche vencido ou que pesou no estômago durante a festa”, analisa o especialista em empreendedorismo do Sebrae, Enio Pinto.

De acordo com Enio, o carnaval pode ser uma grande oportunidade para conquistar e fidelizar novos clientes. “O empresário deve ter uma preocupação constante para não atrapalhar a dinâmica e o ritmo do folião-cliente. Esse pensamento deve nortear todas as ações, desde e preparo da equipe, do espaço de venda e do produto”, orienta. “Se o bloco de rua passa em frente à sua loja, por exemplo, mesmo que o folião não vá comprar naquela ocasião, é simpático disponibilizar o banheiro para seu futuro cliente”.

Confira dicas para conquistar clientes no carnaval:

Equipe:
O time de atendimento deve ser identificado – para facilitar visualização em lojas de maior movimento;
Vale engajar e motivar os funcionários, até com melhoria de comissão, para que sintam-se estimulados a trabalhar em um período festivo;
A equipe deve ser treinada para atuar em momentos de pico, de modo a atender às necessidades do cliente com agilidade e eficiência.

Produto/Serviço:
Oferecer combos e kits ajuda a cativar o cliente. Exemplo: ao comprar a bermuda, leva também uma máscara ou kit de maquiagem com glíter;
Serviços de hospedagem podem oferecer mimos como adereços carnavalescos, confetes e serpentinas;
Lojas de roupas devem se preocupar em repor o estoque com a grade completa de tamanhos e cores para não frustar os clientes;
Inovar na apresentação. Exemplo: ao vender sanduíche na rua, ofereça álcool em gel para a higiene das mãos.

Local:
Ponto de venda deve ser organizado, pois organização remete à velocidade no atendimento e resulta em melhores vendas;
Uma ornamentação cuidadosa, sem poluição, agrada aos olhos e atrai clientes.

/**/

Shopping Difusora entra na folia e divulga horário de expediente no Carnaval

Shopping Difusora_Fachada

Carnaval é o período festivo mais aguardado em todo o país. E já no clima de folia, o Shopping Difusora divulga o horário especial de expediente nos dias de momo. Durante o Carnaval, o Shopping Difusora não abrirá apenas na terça feira (13). Nos demais dias, o mall funciona em horário especial. De 10 de fevereiro (sábado de Zé Pereira) até dia 12 (segunda-feira de Carnaval), as lojas, quiosques, praças de alimentação, espaço para crianças, cinema e play toy estarão funcionando ao público, conforme tabela abaixo:

OPERAÇÃO

DIA

HORÁRIO

Praças de alimentação 1°, 2° e 3° piso; entretenimento (play toy, cinema)

10, 11, 12/02

Das 11h às 21h

Todas as lojas | Quiosques

10, 11, 12/02

Das 11h às 20h

Todas as lojas | Quiosques

13/02

FECHADO

Todas as lojas | Quiosques

14/02

Horário normal

Galo, 40 anos promovendo a cultura pernambucana

galo

O grandioso desfile do Galo da Madrugada 2018 acontecerá neste sábado, 10 de fevereiro. Com um total de 30 trios elétricos e seis alegorias, o bloco este ano vai ser uma viagem no tempo, enaltecendo os antigos carnavais. O tema é “Galo: 40 anos promovendo o folclore e a cultura pernambucana”.

Os foliões costumam chegar logo cedo, por volta das 7h, para já irem se esquentando para a saída do bloco, que começa entre 9h30 e 10h. O trajeto tem início em frente ao Forte das Cinco Pontas e segue em direção à Rua Imperial, Praça Sérgio Loreto (sede do Galo), bem como nas avenidas Dantas Barreto e Guararapes.

A primeira alegoria a tomar conta das ruas será o carro ‘Clarins e Trombetas’. Nele, 12 músicos anunciam a chegada do Galo da Madrugada, considerado pelo Guiness Book, desde 1994, como o maior bloco do mundo. As fantasias vão se remeter ao fogo, tratado pela agremiação como a “fervura do frevo”. Encerrando o desfile, o carro ‘Galo no Brasil e no Mundo’ homenageará outros blocos que também arrastam multidões nas festividades de Momo.

Não é necessário comprar camisa ou ter qualquer custo para participar. Porém, muitos foliões preferem fugir da aglomeração e curtir o desfile com mais segurança e conforto nos camarotes que existem no percurso.

História

O Galo da Madrugada surgiu sem muita pretensão, em um pequeno desfile de um clube de máscara criado por amigos em 1978. Em 1991, ele já se transformava, em seu 14º ano de Carnaval, na maior agremiação de Pernambuco.

Mas foi em 1995 que o Galo levou o título de maior bloco carnavalesco do mundo, com mais de um milhão e meio de foliões. A agremiação tornou-se Patrimônio Imaterial de Pernambuco, através de lei assinada pelo ex-governador do Estado, Eduardo Campos.

Carnaval de Pernambuco reúne vários ritmos

carnaval-de-olinda-2017

No Carnaval Multicultural de Pernambuco, o público pode desfrutar de todos os ritmos. Inclusive, com a realização da terceira edição do Gravatá Jazz Festival, que começa neste sábado (10) e segue até a terça (13). O evento tem a mesma proposta de anos anteriores, que é oferecer o melhor do jazz e blues aos turistas e público local. Para este ano, a programação vai contar com a participação de músicos consagrados e renomados no Brasil e em outros países.

Para o produtor do evento, Giovanni Papaléo, o festival tem um importante papel na construção de uma cultura da boa música, bem como promover a confraternização entre o público. “E é exatamente esse espírito de curtição e intercâmbio entre os músicos que contagia a plateia, fazendo do festival um dos mais prestigiados do país”, disse Papaléo.

A programação, que foi divulgada na manhã da última quarta-feira (7), durante coletiva de imprensa no Mercado Cultural, apresenta na noite de estreia, a partir das 19h30, a Banda 15 de Novembro, seguida de Amarado Freitas e Trio, Victor Boglione & Alma Thomas. No domingo (11), sobem ao palco montado na Praça Chucre Murza Zarzar, a partir das 20h, o Blues Exposion: Gustavo Andrade e Jefferson Gonçalves, Mamou Ba e Blues Etílicos. Na segunda (12) será a vez de Quinteto Violado, Flenks com Amaro Freitas e Uptown Blues Band e convidados: Karl Dixon, Duca Belintani, Lancaster & Cheick Guissé.

O festival chega ao fim na Terça-feira de Carnaval com as apresentações das Divas do Jazz & Blues: Taryn Szpilman, Rhaissa Bittar & Bex Marshall, além da participação especial de Fred Sunwalk. Em seguida, tem Allycats e Earl Thomas & JustGroove, com Igor Prado.

Caiporas

Tiveram início na última quinta-feira (8) os festejos de Momo em Pesqueira, a tão conhecida Folia dos Caiporas. Até a Quarta-feira de Cinzas, blocos, troças, bonecos gigantes, figuras decorativas de destaques, orquestras de frevo, cangaceiros, trios elétricos e polos infantis vão garantir a alegria dos foliões. E, para completar, o Lira da Tarde, a maior agremiação de rua do Interior de Pernambuco, tido como o Galo da Madrugada da região.

Este ano, a festa homenageia Chiquinho Amaral (Bloco Lira da Tarde) e Ronaldo Marques Magalhães (Bloco Amigos do Frei). Nesta sexta-feira (9) sobem ao palco do Quartel General do Frevo, na Praça Dom José Lopes, Elifas Júnior, Farra Boa e Jonas Esticado. No sábado (10), a partir das 11h, será a vez da Orquestra Pesqueirense de Frevo, Patusco e Marreta é Massa, além de outras atrações. No domingo, a animação começa às 13h, com Shake Samba, Lia de Carvalho e Orquestra 100% Mulher. Ed Carlos e Nairê sobem ao palco a partir das 22 da segunda (13) e, fechando a programação, na Terça de Carnaval, tem Claudinho e Banda, Orquestra Millenium, Kara Metade e Banda Pinguim.

Lagoa dos Gatos

Acontece neste sábado (10) a abertura oficial do Carnaval de Lagoa dos Gatos, com o desfile do Bloco do Zé Pereira, saindo às 19h do Bairro da Peteca, até o Pátio de Eventos, na Lagoa do Maracujá. Os shows que irão animar a primeira noite serão os da Orquestra Mexe com Tudo e da Banda Vai D3. A partir das 10h do domingo (11) tem Paulo Lopes, Michele Andrade, Swing Novo, Diego Rosa e Orquestra Frevo Folia. A programação da segunda começa no mesmo horário, com Lia de Carvalho, Turma da Bregadeira, Vumbora, Excesso de Bagagem e Orquestra Frevo Folia.

Para encerrar o Carnaval 2018, na terça-feira ingrata, se apresentam Paredão Cabuloso, Erivon e Ceceu, Gleydson & Henricky, Pegada Milionária, Bathida Black da Bahia e Orquestra Frevo Folia. A folia em Lagoa dos Gatos ganhou notoriedade com o famoso banho na Lagoa Maracajá, que atrai milhares de pessoas de várias partes de Pernambuco.

Caretas

A programação do Carnaval dos Caretas em Triunfo teve início na última segunda-feira (5), com desfile de blocos, agremiações carnavalescas, grupos de maracatu e caretas e shows. Neste sábado (10), às 17h, tem Radiola Serra Alta, Pagode Versátil e Banda Vizzu. No domingo (11), às 15h, animam a festa Banda Badalê, Edição Extra, Jota Quest e Vanessa Rios. Na segunda (12) apresentam-se Márcia Felipe, Banda Reviver e Forró da Galera Elétrico. A programação termina na terça (13) com Nação Elétrico, a partir das 15h30, seguida da Orquestra Madureira, Nanara Belo, Forró Santa Dose e Padú Frajolaz.

Olinda

Que Pernambuco é a terra do frevo, todo mundo sabe. O ritmo típico é o destaque cultural do Carnaval de Olinda, mas em suas ruas históricas também se dança o maracatu, coco, samba e afoxé. Todos os anos, a cidade é decorada para homenagear algumas personalidades que ajudaram a manter a cultura e tradição da Folia de Momo e fica mais colorida com enfeites, bandeirolas e sobrinhas de frevo, que se misturam com as fantasias dos milhares de foliões.

Aliás, o som do frevo é ouvido na cidade há mais de um mês e ninguém parece reclamar. Até porque o melhor da festa ainda está por vir. Este ano, o Carnaval tem como tema ‘Terra de Gigantes’ e serão oferecidas aos foliões mais de 230 atrações artísticas, 80 cortejos itinerantes, 300 orquestras de frevo, 60 agremiações e 1.500 desfiles de blocos, bem como troças, maracatus, afoxés, caboclinhos e clubes.

Segundo o secretário de Patrimônio e Cultura, Gilberto Sobral, em toda cidade serão 13 polos para animar a festa, que começou na última quinta-feira (8) e segue até a Quarta-feira de Cinzas (14), com o desfile do Bloco Bacalhau do Batata. Entre as principais atrações está o Homem da Meia-Noite, que sai à meia-noite do Sábado de Zé Pereira, arrastando uma verdadeira multidão.

Recife

Quem estiver no Recife nesta sexta-feira (9) vai poder cair na folia, a partir das 20h, com a programação oferecida no Polo Marco Zero. Sobem ao Palco Frevo para o Mundo os artistas Nena Queiroga, Jota Michiles, Maestro Spok e André Rio. No mesmo espaço, no Sábado de Zé Pereira, será a vez de Marrom Brasileiro, Fafá de Belém, Lenine, Paralamas do Sucesso e Gabi Amarantos. O domingo conta com a animação de Gerlane Lops, Jorge Ribas+Nego Thor+Belo Xis+Gracinha do Samba+Adriana B, Fundo de Quintal, Casuarina e Monobloco.
Segunda-feira sobem ao palco do Marco Zero Silvério convida Tiberio Azul+Romero Ferro+Almerío+Flaira Ferro+Ylana, Devotos, Natiruts, Skank e Nando Reis. Na terça tem Maestro Forró, Almir Rouche, Elba Ramalho, Alceu Valença e Orquestrão. Os foliões ainda têm os polos do Cordeiro, Lagoa do Araçá, Brasília Teimosa, Campo Grande, Ibura e o da Várzea.

Fonte: Jornal Vanguarda