Confira os preços da Ceaca

ABACATE CAIXA R$ 40,00 R$ 40,00 0,00 R$ 65,00 -100,00
ABACAXI 100 UND R$ 200,00 R$ 220,00 -9,09 R$ 250,00 -103,64
ABÓBORA Kg R$ 1,30 R$ 1,50 -13,33 R$ 1,20 -1211,11
ABOBRINHA Kg R$ 3,00 R$ 2,00 50,00 R$ 2,00 2400,00
ACELGA (HAKUSAI) Kg R$ 3,00 R$ 3,00 0,00 R$ 3,00 -100,00
ACEROLA Kg R$ 2,50 R$ 2,50 0,00 R$ 4,00 -100,00
ALFACE 100 UND R$ 100,00 R$ 100,00 0,00 R$ 1,00 -100,00
ALHO IMPORTADO Kg R$ 10,00 R$ 10,00 0,00 R$ 12,00 -100,00
ALHO NACIONAL Kg R$ 10,00 R$ 10,00 0,00 R$ 12,00 -100,00
BANANA ANÃ 100 UND R$ 15,00 R$ 15,00 0,00 R$ 15,00 -100,00
BANANA COMPRIDA 100 UND R$ 50,00 R$ 50,00 0,00 R$ 40,00 -100,00
BANANA MAÇÃ 100 UND R$ 30,00 R$ 30,00 0,00 R$ 30,00 -100,00
BANANA PACOVAN 100 UND R$ 15,00 R$ 17,00 -11,76 R$ 15,00 -178,43
BANANA PRATA 100 UND R$ 10,00 R$ 10,00 0,00 R$ 10,00 -100,00
BATATA DOCE BRANCA 60 Kg R$ 45,00 R$ 50,00 -10,00 R$ 50,00 -120,00
BATATA DOCE ROXA EX 60 Kg R$ 70,00 R$ 100,00 -30,00 R$ 100,00 -130,00
BATATA DOCE ROXA ML 60 Kg R$ 70,00 R$ 60,00 16,67 R$ 65,00 -74,36
BATATINHA 50 Kg R$ 60,00 R$ 80,00 -25,00 R$ 100,00 -125,00
BATATINHA (PIRULITO) 50 Kg R$ 60,00 R$ 50,00 20,00 R$ 60,00 -66,67
BERINJELA Kg R$ 2,00 R$ 2,00 0,00 R$ 3,00 -100,00
BETERRABA SACO R$ 35,00 R$ 35,00 0,00 R$ 35,00 -100,00
CARÁ SÃO TOMÉ 15Kg R$ 50,00 R$ 60,00 -16,67 R$ 60,00 -127,78
CEBOLA PÊRA 20 Kg R$ 35,00 R$ 40,00 -12,50 R$ 45,00 -127,78
CEBOLINHA 100 UND R$ 10,00 R$ 10,00 0,00 R$ 10,00 -100,00
CENOURA 20 Kg R$ 35,00 R$ 35,00 0,00 R$ 35,00 -100,00
CHUCHU SACO R$ 30,00 R$ 25,00 20,00 R$ 15,00 33,33
Produtos Qtde Min 06/mar % 13/mar % 20/mar
CÔCO SECO 100 UND R$ 250,00 R$ 250,00 0,00 R$ 300,00 -100,00
CÔCO VERDE 100 UND R$ 130,00 R$ 130,00 0,00 R$ 130,00 -100,00
COENTRO 100 UND R$ 15,00 R$ 10,00 50,00 R$ 10,00 400,00
COLORAU Kg R$ 5,00 R$ 5,00 0,00 R$ 5,00 -100,00
COMINHO Kg R$ 15,00 R$ 15,00 0,00 R$ 15,00 -100,00
COUVE COMUM UND R$ 0,70 R$ 0,70 0,00 R$ 0,70 -100,00
COUVE FLOR Kg R$ 3,00 R$ 3,00 0,00 R$ 3,00 -100,00
FEIJÃO VERDE KG R$ 7,00 R$ 7,00 0,00 R$ 8,00 -100,00
GOIABA CAIXA R$ 40,00 R$ 40,00 0,00 R$ 40,00 -100,00
GRAVIOLA Kg R$ 3,00 R$ 2,50 20,00 R$ 3,00 566,67
INHAME DA COSTA 15 Kg R$ 80,00 R$ 75,00 6,67 R$ 70,00 -90,48
JACA UND R$ 7,00 R$ 5,00 40,00 R$ 5,00 700,00
JILÓ COMPRIDO Kg R$ 3,00 R$ 3,00 0,00 R$ 3,00 -100,00
LARANJA MIMO 100 UND R$ 17,00 R$ 18,00 -5,56 R$ 18,00 -130,86
LARANJA PERA 100 UND R$ 17,00 R$ 17,00 0,00 R$ 17,00 -100,00
LIMÃO SICILIANO SACO R$ 25,00 R$ 25,00 0,00 R$ 30,00 -100,00
LIMÃO TAYTI SACO R$ 25,00 R$ 25,00 0,00 R$ 30,00 -100,00
MAÇÃ IMPORTADA CAIXA R$ 60,00 R$ 75,00 -20,00 R$ 100,00 -120,00
MAÇÃ NACIONAL CAIXA R$ 53,00 R$ 60,00 -11,67 R$ 60,00 -119,44
MACAXEIRA CAIXA R$ 50,00 R$ 60,00 -16,67 R$ 35,00 -147,62
MAMÃO FORMOSA Kg R$ 0,80 R$ 1,00 -20,00 R$ 1,50 -1433,33
MAMÃO HAVAÍ Kg R$ 2,00 R$ 2,00 0,00 R$ 1,50 -100,00
MANDIOCA SACO #DIV/0! #DIV/0!
MANGA CAIXA R$ 25,00 R$ 15,00 66,67 R$ 20,00 233,33
Produtos Qtde Min 06/mar % 13/mar % 20/mar
MARACUJÁ SACO R$ 40,00 R$ 35,00 14,29 R$ 25,00 -42,86
MAXIXE Kg R$ 2,00 R$ 2,00 0,00 R$ 2,00 -100,00
MELÂNCIA UND R$ 8,00 R$ 7,00 14,29 R$ 6,00 138,10
MELÃO ESPANHOL Kg R$ 1,50 R$ 1,00 50,00 R$ 1,20 4066,67
MELÃO JAPONÊS Kg R$ 1,50 R$ 1,00 50,00 R$ 1,20 4066,67
MELÃO ORANGE Kg R$ 1,50 R$ 1,00 50,00 R$ 1,20 4066,67
MORANGO Kg R$ 18,00 R$ 18,00 0,00 R$ 18,00 -100,00
PEPINO Kg R$ 1,50 R$ 2,00 -25,00 R$ 2,00 -1350,00
PÊRA IMPORTADA CAIXA R$ 120,00 R$ 110,00 9,09 R$ 110,00 -91,74
PIMENTA Kg R$ 4,00 R$ 4,00 0,00 R$ 4,00 -100,00
PIMENTÃO VERDE CAIXA R$ 15,00 R$ 25,00 -40,00 R$ 35,00 -214,29
PINHA CAIXA R$ 60,00 R$ 60,00 0,00 R$ 60,00 -100,00
QUIABO Kg R$ 2,00 R$ 2,00 0,00 R$ 3,00 -100,00
REPOLHO BRANCO Kg R$ 2,00 R$ 2,00 0,00 R$ 2,00 -100,00
REPOLHO ROXO Kg R$ 2,50 R$ 4,00 -37,50 R$ 3,00 -1350,00
TANGERINA CRAVO CAIXA R$ 40,00 R$ 40,00 0,00 R$ 40,00 -100,00
TANGERINA MUCORTT CAIXA R$ 40,00 R$ 40,00 0,00 R$ 40,00 -100,00
TANGERINA PONKAN CAIXA R$ 40,00 R$ 40,00 0,00 R$ 40,00 -100,00
TOMATE CAIXA R$ 45,00 R$ 50,00 -10,00 R$ 50,00 -120,00
UVA ITÁLIA CAIXA R$ 65,00 R$ 65,00 0,00 R$ 85,00 -100,00
UVA PRETA CAIXA R$ 60,00 R$ 80,00 -25,00 R$ 70,00 -135,71
Central de Abastecimento de Caruaru – CEACA

Receita já recebeu 2,4 milhões de declarações do Imposto de Renda

Wellton Máximo – Repórter da Agência Brasil

A Receita Federal recebeu 2.403.375 declarações do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) até as 17h de hoje (12). O total equivale a 8,35% dos 28,8 milhões de documentos esperados para este ano.

O programa de preenchimento da declaração do IRPF de 2018, ano base 2017, está disponível no site da Receita Federal. O prazo para a entrega da declaração começou no dia 1º e vai até as 23h59min59s de 30 de abril.

Está obrigado a declarar quem recebeu, no ano passado, rendimentos tributáveis em valores superiores a R$ 28.559,70. No caso da atividade rural, deve declarar quem teve receita bruta acima R$ 142.798,50.

A declaração poderá ser preenchida por meio do programa baixado no computador ou do aplicativo Meu Imposto de Renda para tablets e celulares. Por meio do aplicativo, é possível ainda fazer retificações depois do envio da declaração.

Outra opção é mediante acesso ao serviço Meu Imposto de Renda, disponível no Centro Virtual de Atendimento (e-CAC), no site da Receita, com uso de certificado digital.

Também estão obrigadas a declarar as pessoas físicas residentes no Brasil que receberam rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, cuja soma foi superior a R$ 40 mil; que obtiveram, em qualquer mês, ganho de capital na alienação de bens e direitos, sujeito à incidência do imposto ou que realizaram operações em bolsas de valores; que pretendem compensar prejuízos com a atividade rural; que tiveram, em 31 de dezembro de 2017, a posse ou a propriedade de bens e direitos, inclusive terra nua, de valor total superior a R$ 300 mil; que passaram à condição de residentes no Brasil em qualquer mês e assim se encontravam em31 de dezembro; ou que optaram pela isenção do IR incidente sobre o ganho de capital com a venda de imóveis residenciais para a compra de outro imóvel no país, no prazo de 180 dias contados do contrato de venda.

Multa por atraso

A multa para quem apresentar a declaração depois do prazo é de 1% por mês de atraso sobre o imposto devido, com valor mínimo de R$ 165,74 e máximo de 20%.

Deduções

As deduções por dependente estão limitadas a R$ 2.275,08. As despesas com educação têm limite individual anual de R$ 3.561,50. A dedução de gastos com empregadas domésticas é de R$ 1.171,84.

Novidades deste ano

O painel inicial do sistema terá informações das fichas que poderão ser mais relevantes para o contribuinte durante o preenchimento da declaração.

Neste ano, será obrigatória a apresentação do CPF para dependentes a partir de 8 anos, completados até o dia 31 de dezembro de 2017.

Na declaração de bens, serão incluídos campos para informações complementares, como números e registros, localização e número do Registro Nacional de Veículo (Renavam).

Também será incluída a informação sobre a alíquota efetiva utilizada no cálculo da apuração do imposto.

Outra mudança é a possibilidade de impressão do Documento de Arrecadação de Receitas Federais (Darf) para pagamento de todas as cotas do imposto, inclusive as que estão em atraso.

Prefeitura de Caruaru entregará à população unidades de ensino requalificadas na cidade e no campo

agenda

Nesta quarta-feira (14), a prefeita de Caruaru, Raquel Lyra, irá inaugurar, a partir das 10h, a Escola Municipal Presidente Kennedy que fica localizada no Sítio Campos – 1º Distrito – e tem capacidade para atender cerca de 800 estudantes do Ensino Fundamental I e II até a Educação de Jovens e Adultos (EJA). Depois da reforma, a nova estrutura contará com salas de aula adequadas, cozinha, refeitório, biblioteca, laboratório de informática, quadra poliesportiva, dentre outros equipamentos.

Já na quinta-feira (15), às 10h, é a vez da comunidade do Muricí receber a Escola Municipal Maria Bezerra Torres, totalmente de cara nova. Os mais de 460 estudantes matriculados, da Educação Infantil, passando pelo Ensino Fundamental I e II até a EJA, poderão desfrutar de um ambiente completamente repaginado e composto por biblioteca, sala de informática, refeitório e muito mais.

E para fechar a semana, na sexta-feira (16), a prefeita Raquel Lyra participará da reinauguração do CMEI Flora Bezerra, no bairro do Salgado. O evento está previsto para acontecer às 10h. Além da reforma nas salas de aula, biblioteca, lactário, berçário e nas outras repartições, as crianças também ganharão mobiliários e equipamentos novos.

SERVIÇO:

O que: Inauguração da Escola Municipal Presidente Kennedy

Quando: 14 de março de 2018

Onde: Sítio Campos – 1º Distrito

Horário: 10h

O que: Inauguração da Escola Municipal Maria Bezerra Torres

Quando: 15 de março de 2018

Onde: Sítio Muricí – 1º Distrito

Horário: 10h

O que: Inauguração do CMEI Flora Bezerra

Quando: 16 de março de 2018

Onde: Rua Manoel Martins de Araújo, S/N – Salgado.

Horário: 10h

Prefeitura de Riacho das Almas dá início à Operação Inverno 2018

riacho

A Prefeitura de Riacho das Almas por meio da Secretaria de Infraestrutura deu início nesta terça-feira (13) à Operação Inverno 2018. O mutirão começou às 8h da manhã nos bairros da Salina e João Chico. Várias ações foram desenvolvidas por cerca de 30 profissionais.

Serviços de capinação, limpeza de canaletas e bueiros, retirada de metralhas, substituição de tubulações de saneamento e troca de lâmpadas foram realizados. As medidas visam trazer mais qualidade de vida para a população destes bairros, e também deixar estes locais mais estruturados para a época de chuvas que se aproxima.

“Quando se tira o lixo e se faz obras de saneamento, a gente afasta as muriçocas e traz a saúde para a população. Fomos muito bem recebidos pelos moradores, que ficaram felizes com a ação”, afirmou diretor de Limpeza Urbana da Prefeitura Fernando Sales.

A Zona Rural também está sendo contemplada com as ações da Operação Inverno. Até agora, 420 propriedades rurais receberam aração de terra e sulcagem para as próximas lavouras. Hoje, os serviços foram realizados no Sítio Urubu. Seguindo um cronograma, outros bairros da cidade e comunidades da zona rural receberão as ações.

ARTIGO — Crédito empresarial: problema ou solução?

Por Marcos Guglielmi

Tomar crédito com bancos e financeiras é uma prática recorrente em muitas empresas. Os motivos podem ser variados, como investir em novos equipamentos ou na expansão da empresa. Entretanto, 90% das vezes essa medida é tomada para tirar as contas do vermelho em tempos difíceis. De acordo com o Serasa, a demanda das empresas por crédito cresceu 5,1% de dezembro de 2017 para janeiro de 2018. Se comparado somente janeiro, nos dois anos, o avanço foi ainda maior, 11,9%.

A alta vem das necessidades das micro e pequenas empresas, já que as médias e grandes apresentaram queda na busca por crédito. Apesar disso, há de se considerar diversos fatores antes de se requisitar o crédito. Isso porque o que deveria ser uma solução, pode é ampliar o problema. O primeiro passo é analisar alguns relatórios financeiros chave. É preciso saber onde estão os problemas de fluxo de caixa para que outras medidas possam ser tomadas antes da contratação do crédito, impedindo que essa ação seja meramente paliativa, ou se for, que seja pelo menor tempo possível.

O empresário precisa analisar relatórios como o fluxo de caixa, o demonstrativo de resultados e o balanço da empresa. Infelizmente, há empresas que nem possuem esses documentos, e para elas o primeiro passo é organizá-los. Há também aquelas que possuem os documentos, mas não os utilizam ativamente – ou não se preocupam tanto em entender por completo o que cada informação significa.

É preciso saber o que é um ativo e um passivo dentro do negócio. Conhecer o caminho do dinheiro que entra e que sai. Muitas vezes, existem saídas e entradas que o empresário não se preocupou em colocar na documentação. Isso faz com que relatórios de resultados fiquem incompletos. Um exemplo comum é quando o empresário não faz distinção entre seu pró-labore e a retirada de lucro. Empresas familiares sofrem muito com isso. Na maioria das vezes, a conta bancária, pessoal e empresarial, é a mesma.

O pró-labore é uma despesa da empresa. É o salário do proprietário, o mesmo que ele pagaria para outro profissional ficar em seu lugar. Já a retirada de lucro é o que resta após todas as despesas – incluindo o pró-labore. Ele pode retirar algo daqui? Sim, claro, mas esse não é seu salário, ele não ganha mais ou menos de acordo com o lucro da empresa. A empresa também tem necessidades a serem atendidas pelo lucro, inclusive investimentos e emergências.

Outro aspecto importante é saber a diferença entre faturar, vender e receber. Muitas empresas não analisam isso e acabam não sabendo qual a diferença entre vender e receber, se um valor acompanha exatamente o outro, e em quanto tempo. Isso é crucial para tomada de decisão de solicitar, ou não, crédito.

Ainda deve-se entender muito bem qual a margem de contribuição que a venda está proporcionando para a empresa. Esta margem é um dos principais fatores do acumulo, ou falta de caixa, que na final influencia na decisão de tomar crédito ou não. Se o empresário não souber sua margem de contribuição, não saberá praticamente nada para gestão financeira do negócio. Infelizmente há uma enorme confusão entre conceitos de margem, assim é necessário aprender corretamente qual, e como, aplicar.

Mas, será que mesmo tomando esses cuidados, ainda é preciso contratar o crédito empresarial? Urgências existem, e é preciso lidar com elas, então, se esse é o seu caso, é preciso analisar as melhores opções.

Alternativas como investir capital próprio, de maneira organizada, a juros baixos é uma boa opção. Trazer um investidor de fora pode ser outra. Existem, também, linhas de fomento, como o crédito do BNDES. De toda forma, é preciso estar bem alinhado com a relação entre prazo e taxa de juros para que se faça um bom negócio.

Cheque especial e cartão de crédito são sempre as piores opções. Os juros são muito altos. Isso parece obvio, mas conheço muitos empresários que por falta de análise e planejamento pagam juros muito caros.

Se você tiver mesmo que recorrer a um banco, busque um crédito empresarial com juros mais baixos, ou fixos, produtos que nem sempre estão à vista, mas o contador e o gerente podem te informar a respeito. Esse passo precisa ser bem planejado. Leia muito bem o contrato e certifique-se da relação entre prazo e taxa de juros. Se não houver saída a não ser essa, que seja com o menor impacto para a empresa. Só assim o crédito será uma solução e não um problema.

Prédio do Sebrae vence em duas categorias do Breeam Awards 2018

O prédio brasileiro do Centro Sebrae de Sustentabilidade (CSS) conquistou dois troféus no prêmio mundial de construções sustentáveis, o Breeam Awards 2018: melhor edificação sustentável na categoria Novas Construções em Uso da América; e melhor prédio sustentável da premiação, eleito pelo voto popular digital. O projeto arquitetônico do Centro foi baseado na sabedoria e conhecimento ancestrais dos povos do Xingu. A proposta é de autoria de José Afonso Botura Portocarrero, arquiteto, professor da Universidade Federal de Mato Grosso e Doutor em habitações indígenas brasileiras.

A solenidade de entrega do prêmio ocorreu no último dia 6, no London’s Excel Centre, em Londres. A etapa final da premiação integrou a programação do Ecobuild 2018, o maior evento de construção sustentável do mercado mundial, realizado pela Building Research Establishment (BRE). Esta instituição britânica, fundada em 1921, é também responsável pelo selo Breeam, a mais antiga premiação de sustentabilidade do mundo, criada em 1990, que está presente em mais de 50 países e já certificou mais de 250 mil prédios de diversos países e vários continentes, entre novos e antigos.

Eliane Chaves, diretora técnica do Sebrae MT, Suênia Sousa, gerente do CSS, e o arquiteto Portocarrero representaram o Centro na solenidade. “Estes dois troféus representam o reconhecimento internacional ao nosso trabalho, ao nosso compromisso com a vida e ao nosso respeito aos povos ancestrais da América. É uma demonstração inequívoca sobre o que o Sebrae faz e sua capacidade de transformar o país. Esta conquista sinaliza que estamos no rumo certo e que a sustentabilidade é um caminho sem volta para todos, empresários, empreendedores, cidadãos e consumidores”, declara José Guilherme Barbosa Ribeiro, idealizador do Centro e diretor-superintendente do Sebrae MT.

Para o presidente do Sebrae, Guilherme Afif Domingos, a conquista do prêmio reforça o compromisso da entidade pela busca e aplicação de boas práticas sustentáveis nos negócios, e nesse caso, na construção civil. “As soluções que desenvolvemos no Centro Sebrae de Sustentabilidade são reconhecidas pelos empresários como inovadoras para as suas empresas e, agora, temos um prédio que é reconhecido pelo diferencial estrutural e de redução de custos”, explica Afif.

O que é o CSS

O CSS é a unidade de referência nacional do Sistema Sebrae em sustentabilidade e está localizado junto ao Sebrae MT, em Cuiabá (MT). Sua missão é produzir e distribuir conhecimento para todas as unidades do Sistema Sebrae, visando o atendimento de empresários e empreendedores em sustentabilidade.

Todas as ações do Centro objetivam estimular o ingresso dos pequenos negócios (98,5% das empresas brasileiras são micro e pequenas), o quanto antes, na chamada “nova economia” ou “economia de transição”, que considera a sustentabilidade um dos eixos fundamentais, valorizando o equilíbrio entre os resultados econômicos, ambientais, sociais e culturais das atividades empresariais.

O objetivo de todas as ações do CSS é estimular o ingresso e a participação dos pequenos negócios, o quanto antes, na chamada ‘economia de transição’ ou ‘nova economia’, que considera o conceito de sustentabilidade como um dos eixos fundamentais, valorizando os resultados econômicos, como também, os objetivos ambientais, sociais e culturais das atividades empresariais.

Laboratório

O prédio do Centro é um laboratório vivo de boas práticas da construção sustentável, inaugurado em maio de 2011, possui formato ogival como as casas xinguanas, exemplares em termos de arquitetura bioclimática e vernacular.

A edificação foi construída em concreto aparente, fachadas de vidro e possui vantagens e benefícios como: conforto térmico; aproveitamento máximo de luz natural; cobertura em duas cascas, que permite a refrigeração interna do prédio e a coleta de água de chuva – depois de filtrada é estocada para o uso na irrigação de jardim, lavagem de pisos e banheiros, etc.

Na área posterior ao prédio, há uma estação de vermicompostagem que recebe resíduos orgânicos da lanchonete e poda de árvores e plantas. O jardim do CSS é integrado por espécies dos biomas presentes em Mato Grosso: Cerrado, Pantanal e Floresta Amazônica.

Dez estações interativas contam com conteúdos sobre vários temas (resíduos, agua, energia, consumo, etc), que fazem parte das visitas guiadas aos visitantes, que devem ser agendadas com antecedência.

Nota de pesar do senador Armando Monteiro sobre Dorany Sampaio

“É com profundo pesar que recebo a notícia do falecimento de Dorany Sampaio. Dorany teve uma vida marcada por exemplos de combatividade e dedicação às melhores causas. Esteve na linha de frente da luta pela redemocratização do País e desempenhou papel relevante na política de Pernambuco, sempre com coerência e dignidade. Dorany foi um grande amigo de meu pai e de toda a nossa família. Nesse doloroso momento, abraçamos sua esposa e filhos.”

Senador Armando Monteiro

André Ferreira lamenta a morte de Dorany Sampaio

A política pernambucana amanheceu mais pobre com a partida de Dorany Sampaio. Pude comprovar a sua conduta reta durante o período em que militei no PMDB, partido que conduziu com sabedoria e sensatez. Dorany deixa um legado de diálogo e resistência, atributos tão importantes nos dias atuais.

Deputado estadual André Ferreira (PSC)

Nota de pesar pelo falecimento de Dorany Sampaio

É com pesar que recebo a notícia do falecimento de Dorany Sampaio, advogado e ex-presidente Estadual do MDB, partido do qual ficou à frente por quase 27 anos. A política, a advocacia e a sociedade perdem uma atuante liderança, que lutou incansavelmente pelos direitos e pela liberdade do povo pernambucano.

Raquel Lyra
Prefeita de Caruaru

Oportunidade: ramo de beleza masculina mantém o crescimento de 7% ao ano

Com um crescimento da ordem de 7% ao ano, o ramo de beleza para o público masculino relata uma mudança de comportamento: a vaidade deixou de ser encarada com preconceito. Responsável por 35% dos gastos com higiene e cuidados pessoais (perfumaria, cosméticos, cremes para rosto e corpo), os homens já representam 30% da clientela dos salões de beleza.

Atualmente, os salões recebem o público masculino para tingir os cabelos e fazer as unhas, além de outros procedimentos como depilação e massagens corporais. As antigas barbearias também inovaram ao se transformar em sofisticados espaços masculinos de beleza, diversificando os seus serviços.

Com isso, a indústria da beleza tem investido cada vez mais em pesquisas para acompanhar o perfil de consumo e desenvolver soluções de que ofereçam benefícios reais para o atendimento de um público exigente, que passou a privilegiar o seu bem-estar e a sua autoestima. Com a vaidade em alta, os homens preocupam-se com marcas de expressão, redução de medidas abdominais e procedimentos de rejuvenescimento, são frequentadores assíduos de academias, consultórios de cirurgiões plásticos e clínicas de estética.

A Divino Barbearia é uma das redes de franquias que tem aproveitado essa movimentação positiva do mercado. Há anos a barbearia faz parte do comércio na cidade de Itatiba/SP, com um conceito e estilo todo próprio. A marca preza pelo bem-estar, qualidade em todos os serviços e possui profissionais extremamente experientes. Tudo em um espaço retrô peculiar, com mobiliários que remetem aos anos 40 e 50, cadeiras originais das antigas barbearias, desenhada pela mais tradicional fábrica de Móveis para Salão de Beleza e Barbearia, hoje homologada pela franqueadora.

Todos os detalhes foram estrategicamente desenhados e providenciados, convidando os clientes para um retrocesso no tempo. Detalhes decorativos de uma das épocas mais elegantes que já existiu. Um ambiente sofisticado, que vai muito além de barba, cabelo e bigode. É praticamente um SPA para aqueles que precisam relaxar nas horas de folga. Com ar-condicionado, sonorização de bom gosto, um ambiente de convivência onde o bilhar e os jogos eletrônico retrôs, acompanham sua estadia no curto tempo que estará desfrutando da melhor prestação.

Desde sua fundação, a Divino Barbearia foi se adequando às novidades do mercado até se tornar franquia e assimilar o conceito que acompanha a marca a anos: proporcionar ao cliente o que existe de melhor no ramo, onde o ambiente e o atendimento são minuciosamente envolventes, transformado o simples ato de fazer a barba ou cortar o cabelo em um momento de lazer.

Dessa forma, a rede passou a atuar como franquia motivada em virtude dos resultados obtidos em sua operação. A rede, com cerca de 5 unidades franqueadas, possui modelo de negócios que requer investimento total entre R$200 mil e 250 mil.