Servidores Municipais de Caruaru passam por capacitação para lidar com público LGBT

capacitação

Cerca de 150 servidores municipais de Caruaru participaram na manhã desta quarta-feira (04) de uma capacitação sobre nome social e a humanização no atendimento à população LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais). O encontro aconteceu no auditório da Favip e foi direcionado aos profissionais dos Núcleos de Apoio à Saúde da Família (Nasf), Cras e Creas, com o objetivo de qualificar os profissionais em níveis de atenção à saúde desse público, obedecendo à Portaria nº 060 de 11 de março de 2015, da Secretaria Estadual de Saúde (SES), que versa sobre a saúde integral de LGBTs em Pernambuco. A ação foi promovida pela Prefeitura de Caruaru, através da Coordenação de Direitos Humanos, da Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos de Caruaru.

A palestra foi ministrada pelo coordenador de Saúde Integral da População LGBT da SES, Luiz Valério da Cunha, que de forma descontraída, repassou conceitos, exemplificou casos e respondeu perguntas. A coordenadora de Direitos Humanos de Caruaru, Christianny Magalhães, falou da necessidade de se promover essa formação específica. “É importante qualificar cada dia mais o serviço, até porque, quando a gente descontrói preconceitos e começa a formular os conceitos verdadeiros que existem, aumenta o respeito, que é necessário para que a rede atenda melhor os seus usuários”, ressaltou. O coordenador Luiz Valério, complementou: “Desenvolver esse olhar do cuidado e acolhimento é necessário para poder implantar e desenvolver o atendimento adequado dessa população”.

Governo federal regulamenta a loteria instantânea

Andreia Verdélio – Repórter da Agência Brasil
O governo federal regulamentou hoje (4) o funcionamento da Loteria Instantânea Exclusiva (Lotex), conhecida popularmente como raspadinha, quando o apostador sabe, na hora em que raspa o cartão, se ganhou algum prêmio. O decreto, publicado no Diário Oficial da União, estabelece as regras para as apostas, divisão dos recursos de arrecadação e pagamento dos prêmios.

De acordo com o texto, as apostas poderão ser físicas ou virtuais e só poderão ser feitas por pessoas maiores de 18 anos. Cada série de aposta será comercializada conforme o plano de distribuição homologado pelo Ministério da Fazenda, que deverá incluir, por exemplo, a quantidade e o preço das apostas, a quantidade e o valor dos prêmios, a probabilidade de premiação e o prazo de circulação.

A maior parte da arrecadação com as vendas, 65%, será destinada para a premiação. Para as despesas de custeio e manutenção do operador da Lotex serão destinados 18,3% e o restante irá para o Ministério do Esporte, para projetos de iniciação desportiva escolar (10%), para o Fundo Penitenciário Nacional (3%), para entidades de prática desportiva profissional de futebol (2,7%) e para a Seguridade Social (1%).

Após o encerramento da série de apostas, os prêmios precisam ser resgatados em até 90 dias.

A Lotex também está incluída no programa de desestatização de empresas e projetos do governo federal para 2018. O prazo de concessão será de 15 anos e o lance mínimo será de R$ 542,1 milhões.

FNDE prorroga para 4 de abril o prazo de inscrição do Concurso Literário

O prazo para se inscrever no concurso literário “Faça parte dessa história”, que terminava nesta segunda-feira, 2, foi prorrogado até quarta-feira, dia 4 de abril. Quem já está com o material pronto e não conseguiu completar a inscrição precisa se apressar, porque esta será a última chance. O Concurso, que comemora os 80 anos da política pública do Livro Didático, é uma inciativa do Ministério da Educação e do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) na busca selecionar os maiores talentos das escolas públicas do Brasil na arte de escrever. Podem participar todos aqueles estudantes que estiverem devidamente matriculados em turmas de ensino fundamental e médio, das escolas públicas brasileiras, com obras nos seguintes gêneros literários: poema, conto, crônica, novela, teatro, texto da tradição popular, romance, memória, diário, biografia, relatos de experiências e história em quadrinhos. As inscrições podem ser feitas pela página http://www.fnde.gov.br/concursoliterario/.

“Nós recebemos mais de 4 mil inscrições até a noite de ontem e percebemos que algumas pessoas não conseguiram concluir o processo, portanto, estamos estendendo o prazo até amanhã para que todos aqueles que produziram suas obras tenham entrada garantida no concurso. Mas é preciso que sejam rápidos, por que esta será a última prorrogação” alerta o presidente do FNDE, Silvio Pinheiro.

Após o termino das inscrições será a etapa de verificação dos dados das inscrições e validação das obras para homologação. O resultado da homologação será divulgado até o dia 16/04/2018 no site do FNDE.

Para os vencedores, a cerimônia de premiação acontecerá durante a Bienal Internacional do Livro 2018 em São Paulo. O primeiro lugar de cada uma das categorias ganhará uma viagem internacional para conhecer a maior feira de livros do mundo: a Feira do Livro de Frankfurt, na Alemanha. Os três finalistas de cada categoria (anos iniciais do ensino fundamental, anos finais do ensino fundamental e ensino médio) também serão premiados com uma viagem de visita à Bienal e poderão acompanhar a produção e distribuição do livro didático na capital paulista. Além disso, levarão pra casa um acervo completo de livros literários.

Baixe aqui o regulamento.

Exposição marca Dia Nacional do Braille no Caruaru Shopping

Para marcar a passagem do Dia Nacional do Braille, o Caruaru Shopping estará sediando, neste domingo (8), a exposição ‘Dia Nacional do Braille’. O objetivo é sensibilizar a população para esse importante método de leitura, que há mais de dois séculos vem possibilitando novas descobertas às pessoas com deficiência visual.

A exposição tem início a partir das 12h, no lounge próximo à Praça de Alimentação Gourmet, e tem a curadoria da Associação Caruaruense de Cegos. Na mostra serão expostos equipamentos responsáveis pela produção do Braille, livros com escrita em Braille, apresentações musicais e muito mais.

Braille
O Braille é um sistema de escrita tátil utilizado por pessoas cegas ou com baixa visão, sendo um processo de escrita e leitura baseado em 64 símbolos em relevo. Eles são resultados de uma combinação de até seis pontos em duas colunas de três pontos cada. Os usuários do sistema Braille também podem ler em telas de computadores e em outros suportes eletrônicos graças a um mostrador atualizável.

Serviço
O quê: Exposição Dia Nacional do Braille
Quando: Domingo, dia 8 de abril
Onde: Caruaru Shopping, no lounge próximo à Praça de Alimentação Gourmet

Alteração na taxa de juros do BNDES pode aumentar em 15% as vendas de consórcios

A substituição da Taxa de Juros de Longo Prazo (TJLP) pela Taxa Longo Prazo (TLP), implementada em janeiro deste ano, diminuiu os subsídios do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para empréstimos e financiamentos. Isso porque os empréstimos passarão a ser feitos com taxas iguais ou superiores à da NTN-B de cinco anos, ou seja, o governo estima que a TLP deve se igualar aos juros do mercado em cinco anos.

O Consórcio Realiza, empresa com 25 anos de atuação no mercado de consórcios acredita que essa substituição de taxa de juros pode aumentar em 15% as vendas de cotas de consórcios para caminhões. “Uma vez que as taxas e subsídios oferecidos pelo BNDS são menos atrativos e mais restritos, o cenário torna-se favorável para o consórcio como um todo”, afirma César Augusto, Gerente Geral Comercial da Realiza.

A aquisição de caminhões por meio do consórcio pode ser uma boa alternativa para fugir das altas taxas de juros, conforme explica César Augusto: “o consórcio é uma ferramenta de aquisição já estabelecida no Brasil, e o brasileiro começa a se preocupar com uma compra racional, utilizando-se do produto para não pagar os juros oferecidos pelos bancos e montadoras”. Em 2017, a empresa comercializou 1500 cotas de veículos pesados, com um crescimento de 27,59% nas contemplações dos grupos, no comparativo com 2016.

Sobre a Realiza:
Empresa especializada em consórcio com 25 anos de atuação em comercialização de cotas de imóveis, motos, carros e caminhões. Com sede em São Paulo, atualmente a companhia conta com 5 filiais, distribuídas em diversas regiões do Brasil, com mais de 300 profissionais internos e externos, e mais de 30.000 clientes ativos. Está entre as principais empresas de comercialização de consórcio, com alto índice de fidelização de clientes e total credibilidade. A Realiza é autorizada e fiscalizada pelo Banco Central do Brasil e associada à ABAC (Associação Brasileira das Administradoras de Consórcios). Visite o site: http://www.consorciorealiza.com.br

Congresso derruba veto do refis das micro e pequenas empresas

Os pequenos negócios tiveram uma de suas maiores vitória dos últimos tempos, com a derrubada pelo Congresso Nacional, do veto do refinanciamento (Refis) das dívidas das micro e pequenas empresas, nesta terça-feira (3). O presidente do Sebrae, Guilherme Afif Domingos, que desde o ano passado vinha negociando a aprovação do projeto de lei, classificou a medida como “um ato de justiça” para os pequenos empreendedores. O Refis vai beneficiar mais de 600 mil pequenos negócios inadimplentes, que estavam ameaçados de sair do Simples Nacional.

A sessão no Congresso Nacional contou com 346 votos dos deputados e 53 votos dos senadores favoráveis ao Refis. Com isso, os pequenos negócios terão até 180 meses para quitar os débitos. O benefício havia sido aprovado pelos parlamentares no final do ano passado, mas foi vetado pelo governo em janeiro. A mobilização do Sebrae foi intensa pela derrubada do veto, inclusive com reuniões com a equipe econômica do governo.

Para Guilherme Afif, o Refis vai aliviar os micro e pequenos empresários que estão inadimplentes. “Na hora que você reduz os juros, reduz a multa e dá mais prazo, o dinheiro começa a entrar. Na prática o que vai acontecer é que vai criar um sistema com fluxo financeiro mais suave para que as pessoas possam pagar. Portanto, o que vai ter é aumento de arrecadação e não queda”, explicou. “O total com as multas chega aos R$ 21 milhões e a estimativa da recebida é de renúncia de R$ 7 milhões em 15 anos”, acrescentou.

O presidente Michel Temer ressaltou que foi orientado a vetar o Refis por causa da Lei de Responsabilidade Fiscal, mas que, após análise do governo, decidiu mudar de ideia. “Nós sabemos que as micro e pequenas empresas são geradoras de empregos, que é o que precisamos agora”, afirmou o presidente da República.

Levantamento feito pelo Sebrae, com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho, mostraram que os pequenos negócios geraram 142,9 mil vagas somente nos dois primeiros dias deste ano, enquanto as médias e grandes corporações extinguiram 8,9 mil postos de trabalho. No ano passado, as micro e pequenas empresas abriram 330 mil postos em todo o país.

Parcelamento

O PLC aprovado pela Câmara e pelo Senado em 2017 garante parcelamento dos débitos com o regime especial de tributação vencidos até novembro de 2017. As empresas devem pagar 5% do valor da dívida consolidada, sem reduções, em até cinco parcelas mensais e sucessivas, sendo que o restante poderá ser parcelado com descontos de 100% dos encargos legais e honorários advocatícios. As prestações mensais serão acrescidas da taxa Selic e de 1% relativo ao mês de pagamento.

Se o pagamento do restante das parcelas for integral, a redução será de 90% dos juros de mora e de 70% das multas. Caso seja em até 145 meses, a diminuição do débito será de 80% dos juros de mora e de 50% das multas, e de 50% dos juros de mora e de 25% das multas, se o pagamento for estendido em até 175 meses. O valor mínimo das prestações será de R$ 300,00, exceto para os Microempreendedores Individuais (MEI), que também poderão se beneficiar do parcelamento, cujo valor será estipulado pelo Conselho Gestor do Simples Nacional (CGSN). O pedido de parcelamento pode ser feito em até 90 dias após a sanção.

Campanha de prevenção a acidentes de trabalho é lançada

O Ministério do Trabalho lança nesta quarta-feira (4) a Campanha Nacional de Prevenção de Acidentes de Trabalho (Canpat), que se estende até novembro. O objetivo é chamar atenção para a prevenção de acidentes e adoecimentos que vitimizam trabalhadores diariamente. Em 2017, de acordo com números preliminares do Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS), foram concedidos 196.754 benefícios a trabalhadores que precisaram ser afastados das atividades profissionais por mais de 15 dias devido a algum problema de saúde ocasionado pelo trabalho. A média foi de 539 afastamentos por dia.

O ministro do Trabalho interino, Helton Yomura, lembra que a intenção é conscientizar empregadores, trabalhadores e toda a sociedade sobre a necessidade de observar as normas de segurança e saúde no ambiente de trabalho. “Precisamos olhar para esse tema com a importância que ele merece. Ter ambientes de trabalho seguros e saudáveis é importante tanto para o trabalhador quanto para o empregador, com benefícios que alcançam todos os brasileiros, economicamente ativos ou não”, destaca.

20 principais causas de afastamento por acidentes e adoecimentos no trabalho em 2017*

Total

Fratura ao nível do punho e da mão

22.668

Fratura da perna, incluindo tornozelo

16.911

Fratura do pé (exceto do tornozelo)

12.873

Fratura do antebraço

12.327

Dorsalgia

12.073

Lesões do ombro

10.888

Fratura do ombro e do braço

8.318

Luxação, entorse e distensão das articulações e dos ligamentos ao nível do tornozelo e do pé

5.289

Ferimento do punho e da mão

4.985

Amputação traumática ao nível do punho e da mão

4.682

Sinovite e tenossinovite

4.521

Luxação, entorse e distensão das articulações e dos ligamentos do joelho

3.888

Mononeuropatias dos membros superiores

3.853

Outros transtornos de discos intervertebrais

3.221

Reações ao “stress” grave e transtornos de adaptação

3.170

Fratura do fêmur

2.964

Luxação, entorse e distensão das articulações e dos ligamentos da cintura escapular

2.776

Fratura da coluna lombar e da pelve

2.620

Transtornos internos dos joelhos

2.365

Outros transtornos ansiosos

2.310

Total de benefícios concedidos por acidentes e adoecimentos no trabalho

196.754

Fonte: INSS

* Os números referem-se aos afastamentos com mais de 15 dias. Os dados são preliminares.

Temas da Canpat

Apesar de a Canpat tratar da prevenção em todas as situações que envolvem o trabalho, a campanha deste ano terá dois focos principais: os adoecimentos e as quedas com diferença de nível, ou seja, quando o trabalhador cai de locais altos, como plataformas elevadas, escadas ou andaimes.

Os adoecimentos estão sendo tratados como prioridade em 2018 porque ainda há um desconhecimento muito grande em relação às doenças causadas pelo trabalho. A Secretária de Inspeção do Trabalho, Maria Teresa Pacheco Jensen, lembra que as empresas tendem a registrar casos de acidentes típicos, quando a relação entre a lesão e o acidente é mais evidente, tais como casos de fraturas, mas tendem a não reconhecer o adoecimento em decorrência do trabalho, como os transtornos mentais e os distúrbios musculoesqueléticos (LER/Dort), que também afastam trabalhadores e podem causar danos permanentes.

“Há uma subnotificação muito grande das doenças causadas pelo trabalho no Brasil. Elas representam menos de 2% das comunicações no país e 1% dos óbitos. Para se ter uma ideia, a Organização Internacional do Trabalho, estimou que em 2008 as doenças representaram 86% das mortes relacionadas ao trabalho no mundo. Há necessidade de jogar luz sobre esse assunto”, explica.

Já as quedas com diferença de nível chamam a atenção pela gravidade, apesar de o número de ocorrências parecer pequeno diante do total de acidentes. Das 349.579 Comunicações de Acidentes de Trabalho (CATs) entregues ao INSS em 2017, referentes a acidentes típicos e doenças, desconsiderados os acidentes de trajeto, em 37.057 a causa envolveu quedas com diferença de nível, 10,6% do total. Esse percentual sobe, no entanto, quando contabilizados os acidentes fatais. Das 1.111 mortes causadas pelas atividades laborais, 161 foram causadas por quedas. Isso é 14,49 % do total.

“As quedas de altura continuam representando uma das principais causas de acidentes graves e fatais. Ocorre que a prevenção desse tipo de acidente está muito bem definida, especialmente após a entrada em vigora da NR-35, que trata do trabalho em altura. É preciso que todos saibam e se envolvam na prevenção das quedas”, salienta a diretora do Departamento de Segurança e Saúde no Trabalho, Eva Patrícia Gonçalo Pires.

Acidentes

Os acidentes acontecem, na maioria das vezes, quando as normas de segurança são desrespeitadas. Dos 20 principais tipos de problemas causados por acidentes com afastamento superior a 15 dias em 2017, oito foram fraturas.

20 principais causas de afastamento por acidentes no trabalho em 2017*

Total

Fratura ao nível do punho e da mão

22.668

Fratura da perna, incluindo tornozelo

16.911

Fratura do pé (exceto do tornozelo)

12.873

Fratura do antebraço

12.327

Fratura do ombro e do braço

8.318

Luxação, entorse e distensão das articulações e dos ligamentos ao nível do tornozelo e do pé

5.289

Ferimento do punho e da mão

4.985

Amputação traumática ao nível do punho e da mão

4.682

Luxação, entorse e distensão das articulações e dos ligamentos do joelho

3.888

Fratura do fêmur

2.964

Luxação, entorse e distensão das articulações e dos ligamentos da cintura escapular

2.776

Fratura da coluna lombar e da pelve

2.620

Fratura de costela(s), esterno e coluna torácica

2.100

Traumatismo de músculo e tendão ao nível do punho e da mão

2.083

Traumatismo superficial do punho e da mão

1.792

Traumatismo superficial da perna

1.618

Traumatismo superficial do tornozelo e do pé

1.376

Traumatismo intracraniano

1.306

Luxação, entorse e distensão das articulações e dos ligamentos ao nível do punho e da mão

1.172

Ferimentos do tornozelo e do pé

1.071

Total de benefícios concedidos por acidentes no trabalho

132.704

Fonte: INSS

* Os números referem-se aos afastamentos com mais de 15 dias. Os dados são preliminares.

O auditor-fiscal do Ministério do Trabalho Jeferson Seidler informa que as instituições que acompanham o tema acreditam que esses números sejam bem maiores, porque nem todos os empregadores preenchem as CATs, apesar de essa ser uma obrigação legal. Quando a CAT não é preenchida, o INSS só fica sabendo do acidente se o trabalhador é encaminhado para a perícia médica ou quando ocorre uma fiscalização trabalhista. Nesse último caso, o empregador é autuado, e a empresa, obrigada a garantir os direitos trabalhistas do empregado.

Adoecimentos

No caso dos adoecimentos a subnotificação é ainda maior, porque a relação entre o trabalho e a doença não é tão imediata e evidente como ocorre com os acidentes. São classificados como adoecimento problemas como dores nas costas, transtornos mentais (estresse, ansiedade e depressão) e LER/Dort, bem como perdas auditivas em expostos a ruídos, doenças pulmonares e câncer ocupacional.

Por causa dessa peculiaridade, frequentemente as CATs deixam de ser emitidas informando do problema. Das 349.579 comunicações de acidente de 2017, 8.798 foram registradas como doenças, o correspondente a 1,96% do total. Na maioria dos casos, é na perícia do INSS que o problema é identificado. E no órgão, o percentual dos benefícios concedidos por adoecimento sobe para 32,55%.

“Até meados de 2007, o perito só considerava acidente ou adoecimento causados pelo trabalho quando o trabalhador chegava ao INSS com a CAT preenchida. Com a entrada em vigor de outras formas de reconhecer o nexo, especialmente o NTEP, houve uma mudança no procedimento do perito. Se ele identificar que o problema está relacionado ao trabalho o afastamento é reconhecido como acidentário, isto é, ocupacional, passando a ser computado nas estatísticas”, explica Seidler.

Armando participa de congresso da Amupe

AMN_0923

O senador Armando Monteiro (PTB-PE) participa, nesta quinta-feira (5), do 5º Congresso da Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe), no Centro de Convenções, em Olinda. O petebista fará abertura da mesa redonda que tem como tema os “Desafios e oportunidades dos municípios na implementação dos ODS”. O encontro começará às 14h e terá as presenças do secretário-executivo da Comissão Nacional de ODS (CNODS), Henrique Villa; do prefeito de Barcarena (PA), Antônio Carlos Vilaça; e do presidente da Amupe, José Patriota, entre outras autoridades.

O 5º Congresso da Amupe tem como tema “Objetivos de Desenvolvimento Sustentável: Meta Global, Ação Municipal”. Durante o evento, que se estende até a sexta-feira (6) e reunirá prefeitos de todas as regiões de Pernambuco, haverá o lançamento do Prêmio Prefeito Empreendedor, pelo Sebrae, e também do Anuário dos Municípios Pernambucanos 2018, em formato digital. Além disso, diversas oficinas temáticas serão oferecidas para aperfeiçoamento da gestão pública.

FILIAÇÃO – Ainda nesta quinta-feira, à noite, o senador Armando Monteiro participa da filiação do deputado estadual Álvaro Porto ao PTB. O evento ocorrerá no Hotel Tavares Correa, em Garanhuns, num grande ato que reunirá lideranças políticas do município e do Agreste.

Confiança do consumidor cai pelo segundo mês consecutivo, informa CNI

O Índice Nacional de Expectativa do Consumidor (INEC) caiu para 101,9 pontos em março e está 0,8% menor do que o registrado em fevereiro. Essa foi a segunda queda consecutiva do indicador, que continua abaixo da média histórica, de 108 pontos, informa a pesquisa divulgada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) nesta quarta-feira, 4 de abril. “A queda de março mantém um índice em um patamar muito baixo, mostrando a preocupação dos brasileiros com a economia”, diz o economista da CNI Marcelo Azevedo.

De acordo com o levantamento, a redução do INEC é resultado da diminuição do otimismo dos brasileiros em relação ao desempenho da inflação, do emprego e da renda nos próximos seis meses. O índice de expectativa de inflação caiu 2,7%, o de desemprego recuou 2,6% e o de renda pessoal diminuiu 2,9% em março frente a fevereiro. Quanto menor o índice, maior é o número de pessoas que espera o aumento da inflação e do desemprego e a queda da renda pessoal.

A pesquisa da CNI mostra ainda que as expectativas em relação à situação financeira e à disposição de compras de maior valor melhoraram um pouco. O indicador de expectativas de compra de maior valor aumentou 1,4% e o de situação financeira cresceu 0,6% em relação a fevereiro, mostrando que melhorou a avaliação dos consumidores sobre a situação financeira em geral. O indicador de endividamento caiu 0,4% na comparação com fevereiro, mostrando que houve um pequeno aumento das dívidas.

Azevedo destaca que o INEC antecipa tendências da economia. “Pessoas confiantes, com expectativa otimista sobre os preços, o emprego, a situação financeira e o baixo endividamento, tendem a comprar mais. O aumento do consumo é importante para a retomada da atividade e da produção”, completa o economista.

Esta edição do INEC, feita em parceria com o Ibope, ouviu 2 mil pessoas em 126 municípios entre os dias 22 e 25 de março.

Anota ai que o Festival de Cinema Curta Taquary divulgou sua programação completa

Entre os dias 16 e 21 de abril, a pacata cidade de Taquaritinga do Norte, no agreste pernambucano, será roteiro para os amantes do cinema, boa música e gastronomia com a realização da 11ª edição do Festival de cinema Curta Taquary.

Evento já consolidado no circuito dos festivais de cinema do País que transforma a cidade em um multiculturalismo com mostras competitivas e não competitivas, sessões itinerantes em escolas públicas, oficinas, seminários, encontros de cinema e educação, palestras, exposições, shows e uma infinidade de atividades, todas gratuitas.

Mais de 360 curtas foram inscritos, ficando 74 selecionados para exibição durante o festival divididos entre sete mostras competitivas, sendo elas: Mostra Brasil; Primeiros Passos; Dália da Serra; Universitária; Diversidade; Curtas Fantásticos; e Criancine. Além disso, terá cinco mostras paralelas: Olhares, Especial, Itinerante, VerOuvindo e Internacional. Todas as exibições serão na Praça Padre Otto Sailler, no centro da cidade, e em escolas do município.

Confiram a programação completa:

Segunda-feira | 16.04

8h às 11h30 / 13h30 às 17h – Mostra Itinerante nas Escolas
Local: Escola Mun. Chefe Leandro – Sítio Jerimum
9h às 12h e 13h30 às 16h30– Oficina “Documentando”, com Marlom Meirelles
Local: Escola Gilzenete Guerra – Distrito de Pão de Açúcar
19h – Abertura da Exposição fotográfica “Ovelhas”, de Priscila Urpia
Local: Salão Paroquial

Terça-feira | 17.04

8h às 11h30 / 13h30 às 17h – Mostra Itinerante nas Escolas

Local: Escola Mun. Professora Gilzenete Guerra – Distrito de Pão de Açúcar

9h às 12h e 13h30 às 16h30– Oficina “Documentando”, com Marlom Meirelles

Local: Escola Gilzenete Guerra – Distrito de Pão de Açúcar

18h30 – Exibição na Praça Otto Sailer

Mostra Competitiva Criancine
– Pedro e o Velho Chico (Ficção / Animação, 19min, MG), de Renato Gaia
– Próxima (Ficção, 15min, SP), de Luiza Campos
– Solito (Animação, 5min, RS), de Eduardo Reis

19h10 – Sessão Especial do Projeto CineRua
– Entre Andares (Documentário, 15min, PE), de Aline Van der Linden e Marina Moura Maciel
– Os Cinemas Mortos (Documentário, 13min, PE) , de Enock Carvalho
– Cine S. José (Documentário, 11min, PE), de William Tenório

19h50 – Mostra Competitiva Dália da Serra
– Ana (Ficção, 17min, SP), de Vitória Felipe
– Cafundó & Escondido (Documentário, 18min, CE), de Tomaz Davi de Aquino, George Lima, Emílio Marru
– Cores Femininas (Documentário, 20min, PE), de Bárbara Hostin, Giu, Júlia Karam, Juliana Trevas, Maria Cardozo, Roberta Garcia, Sylara Silvério
– Taxidermia (Ficção, 3min, RJ), de Estúdio Escola de Animação

20h50 – Mostra Competitiva Universitária
– Asmodea (Animação, 3min, RJ), de Thais Lima
– 2:59 (Animação, 1min, PE), de Antonio Vasconcelos e Christian Pinheiro
– La Loba (Animação, 3min, RJ), de Julia Nicolescu
– Maria Adelaide (Ficção, 15min, RJ), de Catarina Almeida
– Procura-se Marina (Ficção, 11min, GO), de Yolanda Margarida

21h30 – Mostra Competitiva Diversidade
– Baile de Formatura (Documentário/Ficção, 24min, SP), de Lufe Steffen
– João ou Maria? (Documentário, 13min, SP), de Mari Angela Magalhães
– TRANS (Animação, 1min, RJ), de Marcos Magalhães

Quarta-feira | 18.04
8h às 11h30 / 13h30 às 17h – Mostra Itinerante nas Escolas
Local: Escola Municipal Padre José de Anchieta – Mateus Vieira
8h30 às 11h30 – “Além da imagem: Oficina de Rotoscopia”, com Marcos Buccini
Local: Salão Paroquial

9h às 12h e 13h30 às 16h30 – Oficina “Documentando”, com Marlom Meirelles
Local: Escola Gilzenete Guerra – Distrito de Pão de Açúcar
10h às 12h – Debates com as/os realizadoras/es
Local: Salão de Festas do Hotel Jorge Eduardo

18h – Exibição na Praça Otto Sailer
Sessão Especial do Festival VerOuvindo

– FotogrÁfrica (Documentário, 25min, PE), de Tila Chitunda

– Um Brinde (Ficção, 16min, PE), de João Vigo

– Catimbau (Documentário, 23min, PE), de Lucas Caminha

19h10 – Mostra Competitiva Universitária

– Braços Vazios (Documentário/Ficção, 15min, ES), de Daiana Rocha

– Corpo Style Dance Machine (Documentário, 7min, BA), de Ulisses Arthur

– Entoado Negro (Documentário, 9min, PB), de Valtyennya Pires

– Luto (Documentário/Ficção, 5min, SC), de Edu Camargo

20h – Mostra Competitiva Curtas Fantásticos

– Ultravioleta (Ficção, 12min, PB), de Dhiones do Congo

– A retirada para um coração bruto (Ficção, 14min, MG), de Marco Antonio Pereira

– Maria Cachoeira (Ficção, 11min, MG), de Pedro Carcereri

– Cosmos (in vitro) (Ficção, 2min, SP), de Rodrigo Faustini dos Santos

– Migração (Ficção, 8min, SP), de Cassiana Der Haroutiounian

– O Espelho (Ficção, 3min, RN), de Dynho Silva

– B.O.Y (Ficção,5min, MA), de Lucas Sá

– Cest ne pa un film (Ficção, 45seg, PE), de Igor Lopes / Túlio Vasconcelos

21h – Mostra Competitiva Diversidade

– Na Esquina da Minha Rua Favorita com a Tua (Ficção, 18min, SP), de Alice Name-Bomtempo

– No Fim de Tudo (Ficção, 14min, RN), de Victor Ciriaco

– Bala Perdida (Videoclipe, 5min, PE), de Sylara Silvério

– Ainda não (Ficção, 21min, SP), de Julia Leite

– Sobre uma Borboleta e seu Casulo (Documentário/Ficção, 14min, PB), de R.B. Lima

22h – Atrações musicais – Som na Rural

Local: Praça Otto Sailer

- Socorro e Mazé

- DJ Herbíssimo

Quinta-feira | 19.04
9h às 12h e 13h30 às 16h30 – Oficina Rápida de Cinema Ligeiro, com Eva Jofilsan
Local: Instituto Educacional Geyza Mirian – INSEGEM
8h30 às 11h30 – “Além da imagem: Oficina de Rotoscopia”, com Marcos Buccini

Local: Salão Paroquial

8h às 12h / 13h30 às 17h – Encontro de Cinema e Educação
Local: Câmara de Vereadores de Taquaritinga do Norte

10h às 12h – Debates com as/os realizadoras/es
Local: Salão de Festas do Hotel Jorge Eduardo

13h30 às 16h30 – Oficina de Interpretação, com Arly Arnaud

Local: Salão Paroquial

18h30– Exibição na Praça Otto Sailer

Mostra Competitiva Dália da Serra

– Contos e Magia do Poá (Animação, 4min, PB), direção coletiva

– O Rastro (Ficção, 3min, AL), direção coletiva

– Isidoro (Documentário, 9min, CE), de Vania Fernandes e Izaltina Gonzaga

– Geisiely com Y (Ficção,15min, PE), de Mery Lemos

19h – Mostra Internacional

– Biografía de Violeta Parra “Cantar con sentido” (Animação, 22min, Chile), de Leonardo Beltrán

– Irma (Animação, 6min, Uruguai), de Alejo Schettini y Germán Tejeira

– La Bouche (Ficção, 19min, França), de Camilo Restrepo

20h – Mostra Competitiva Primeiros Passos

– Você Conhece Derréis? (Documentário, 11min, PB), de Veruza Guedes

– Conatus (Ficção, 7min, SP), de Gustavo McNair

– A Formidável Fabriqueta de Sonhos Menina Betina (Animação, 7min, RS), de Tiago Rodrigues

– Cabelo Bom (Documentário, 15 min, RJ), de Swahili Vidal e Claudia Alves

– Só Por Hoje (Ficção, 19min, RJ), de Sabrina Garcia

– Uma Balada Para Rocky Lane (Documentário, 20min, PE), de Djalma Galdino

21h20 – Mostra Competitiva Brasil

– Cor de Pele (Documentário,15min, PE), de Livia Perini

– Peripatético (Ficção, 15min, SP), de Jessica Queiroz

– Universo Preto Paralelo (Documentário, 12min, SP), de Rubens Passaro

– O Vestido de Myriam (Ficção, 15min, RJ), de Lucas H. Rossi

22:30h – Atrações musicais – Som na Rural

Local: Praça Otto Sailer

- Betto Skin

- Geraldo Maia

Sexta-feira | 20.04
08h30 às 11h – Master Class – Roteiro Cinematográfico, com Hilton Lacerda
Local: Salão de Festas do Hotel Jorge Eduardo

8h30 às 11h30 – “Além da imagem: Oficina de Rotoscopia” com Marcos Buccini
Local: Salão Paroquial

9h às 12h e 13h30 às 16h30 – Oficina Rápida de Cinema Ligeiro, com Eva Jofilsan
Local: Instituto Educacional Geyza Mirian – INSEGEM
10h às 12h – Debates com as/os realizadoras/es
Local: Espaço Criancine
13h30 às 16h30 – Oficina de Interpretação, com Arly Arnaud
Local: Salão Paroquial
13h30 às 14h30 – Lançamento do Livro “História do Cinema de Animação em Pernambuco”, de Marcos Buccini
Local: Salão de Festas do Hotel Jorge Eduardo
14h30 às 17h – Seminário: “Fomentos ao audiovisual: Fundo Setorial e Editais”, com Milena Evangelista, Marcelo Ikeda, Regina Barbosa e Carla Francine. Mediação: ABD/APECI.
Local: Salão de Festas do Hotel Jorge Eduardo

18h30 Exibição na Praça Otto Sailer

Mostra Criancine

– O menino leão e a menina coruja (Ficção, 16min, DF), de Renan Montenegro

– Uma Aventura na Caatinga (Animação, 11min, PB), de Laercio Filho

19h – Mostra Internacional

– Palenque (Documentário, 25min, Colombia), de Sebastián Pinzón Silva

– Las niñas de Uchituu (Documentário, 28min, Colômbia), de Helena Salguero

20h – Homenagem a Hilton Lacerda

20h15 – Mostra Brasil

– As Melhores Noites de Veroni (Ficção, 15min, AL), de Ulisses Arthur

– Gerônimo (Ficção,16min, PE), de Anny Stone

– Meninas Formicida (Ficção,13min, SP), de João Paulo Miranda Maria

– Torre (Animação/Documentário, 19min, SP), de Nádia Mangolini

21h15 – Sessão Especial

– Vendo (Ficção, 19min, PE), de João Vigo

– O Esquema (Ficção, 13min, PE), de Caio Dornelas

– Repulsa (Ficção, 20min, PE), de Eduardo Morotó

22h – Atrações musicais – Som na Rural

Local: Praça Otto Sailer

– Banda de Pífanos Zé do Estado

– Cabruêra

– Dj Clécio Rimas.INC

Sábado | 21.04
10h às 12h – Debates com as/os realizadoras/es
Local: Salão de Festa do Hotel Jorge Eduardo

13h30 às 15h30 – Seminário: “Distribuição de filmes independentes: como superar os gargalos?”, com Anna Andrade (Tarrafa Produções), Mariana Jacob (Inquieta Filmes), Frederico Machado (Lume Filmes) e Ronaldo Bettini Jr. (ETC Filmes). Mediação: Yanara Galvão (FEPEC)

Local: Salão de Festas do Hotel Jorge Eduardo

13h30 às 16h30 – Oficina de Interpretação, com Arly Arnaud
Local: Salão Paroquial

15h30 às 17h30 – Seminário: “Por dentro de um cinema das coletividades”, com Sylara Silvério (Mulheres no Audiovisual PE), Chico Lacerda (Coletivo Surto & Deslumbramento), Bruno Matos Fulni-ô (Coletivo Fulni-ô de Cinema), Graci Guarani, Babi Baracho (Coletivo Caboré) e Marcos Carvalho (Cinema no Interior)

Local: Salão de Festas do Hotel Jorge Eduardo

18h – Exibição na Praça Otto Sailer

Mostra Olhares

– Eu O Declaro Meu Inimigo (Videoclipe, 2min, PE), de Marcos Buccini

– Wonderfull – Meu Eu Em Mim (Ficção, 21min, AL), de Dário Jr

– O Consertador de Coisas Miúdas (Animação, 11 minutos, PE), de Marcos Buccini

– Está Tudo Aqui…Em Algum Lugar (Ficção, 05 min, SC), de Fabi Penna

– Escolhas (Ficção, 20min, RJ), de Ivann Willig

– Sulanca (Documentário, 14 min, PE), de Kátia Mesel

– Ventre Morto (Documentário, 6min, PE), de David Henrique

– Vidas Cinzas (Ficção, 15min, RJ), de Leonardo Martinelli

19h40 –Sessão Especial

- Enquanto O Sol Se Põe ( Ficção, 18min, RN), de Márcia Lohss

- A Menina Banda (Ficção, 25min, PE), de Breno Cesar

20h30 – Homenagem ao Projeto Cinema no Interior e Cerimônia de premiação

22h – Atrações musicais – Som na Rural

Local: Praça Otto Sailer

– Corre-Campo com Juliano Holanda e Almério

– Ágda Moura