ARTIGO — Mudanças no governo

Maurício Assuero

Esta é uma semana decisiva para entendermos os caminhos da economia. Alguns ministros estão deixando o cargo para concorrer as eleições de outubro, um deles o ministro da fazenda, Henrique Meirelles. No meio de uma indefinição absurda, ele conseguiu dar tranquilidade ao mercado, embora não tenha tido a capacidade de salvar o Brasil das inúmeras quedas nas avaliações de risco por parte de agências internacionais.

O governo precisa de uma pessoa que siga a linha adotada até agora, pelo mesmo de atrapalhar se não é capaz de fazer algo importante, e qualquer pessoa externa a equipe atual vai chegar com aquele espírito de “jogar para plateia”, ou seja, adotar procedimentos que o reconheçam no futuro como o responsável pela política econômica do Brasil no momento da transição. É pena que no Brasil se pense, primeiro, no que vai colher antes mesmo de plantar.

A primeira reação da substituição de Meirelles por Eduardo Guardia foi um movimento contrário por parte de alguns políticos, dado o caráter tecnicista que Guardia tem. Época de eleição o que se pretende é a abertura das comportas (não digo nem das torneiras) para alimentar aliados sequiosos de votos para dar sustentação aos seus planos próprios. Por isso o governo precisa se decidir qual papel ele pretende desempenhar. Se for um papel austero, não resta dúvida que de Guardia pode fazer um bom trabalho. Se o objetivo é escapar de fortuitos desarranjos, então põe-se alguém que simplesmente aceite levar a culpa de deixar os problemas adquiridos e intensificados para a próxima equipe.

A saída de Dyogo Oliveira do planejamento para a presidência do BNDES foi uma tolice e ele só deve ter aceitado por questões de agradecimento a Temer. No BNDES ele não terá tempo de modificar a forma de atuação do banco para fomentar o desenvolvimento econômico. Será mais um que deixou alinhavado, se é que haverá tempo, alguns programas e projetos que serão jogados no lixo a partir do ano que vem.

As trocas podem causar preocupação no mercado porque mesmo sendo algo de curta duração, seus efeitos podem gerar problemas por um período maior. Em termos realistas, a economia brasileira não vai se estabilizar em 2019. O próximo governo precisa definir o enfrentamento a reforma da previdência que, ao meu ver, sem uma reforma tributária não vai causar efeitos desejados. As trocas podem ser vistas, apenas, como uma necessidade de cumprimento de fim de governo. Ou seja, ponha quem quiser e está tudo bem.

Acesso precário de bairro prejudica população

Foto Leonardo Cícero (46)

Pedro Augusto

De acordo com moradores, comerciantes e empresários, apesar de comportar equipamentos bastante importantes para a economia e a segurança da Capital do Agreste, já há um bom tempo que o Bairro Agamenon Magalhães não estaria recebendo a devida atenção por parte do poder público, no que diz respeito ao seu acesso de entrada. Em audiência realizada no último dia 26, no Ministério Público de Caruaru, os reclamantes tiveram a oportunidade de explanar a promotora de Justiça, Gilka Miranda, e aos representantes do Dnit (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte), do DER (Departamento de Estradas de Rodagem) e da Secretaria Municipal de Urbanismo e Obras, as principais dificuldades enfrentadas.

Atualmente para se ter acesso à entrada do Agamenon Magalhães, o motorista pode utilizar a BR-104 ou a Avenida José Pinheiro dos Santos. O principal problema, de acordo com o empresário Sérgio Gomes, tem sido a falta de infraestrutura que vem imperando já há alguns anos neste trecho específico. “Devido a sua precária situação, o acesso deste bairro tão importante para Caruaru vem provocando até acidentes. Se não bastasse a falta de sinalização e a iluminação precária, reparos na sua pavimentação precisam ser realizados o mais urgente possível, haja vista que buracos já estão tomando conta há bastante tempo”, criticou.

Segundo o empresário Marcos Oliveira, a precária situação do acesso não vem apenas ocasionando acidentes, mas também prejuízos financeiros para os empreendimentos locais. “Além de servir como comunidade para um número elevado de moradores, o Agamenon ainda comporta a Rodoviária de Caruaru, o 4º Batalhão da Polícia Militar de Pernambuco, o Batalhão do Corpo de Bombeiros, dois hotéis, bem como diversos estabelecimentos comerciais. Então, necessita ter uma atenção maior. Sou proprietário de um desses hotéis e reclamações não têm faltado por parte dos hóspedes por causa justamente desse acesso horrível. A maioria reclama da falta de sinalização e dos inúmeros buracos e muitos deles têm até evitado se hospedar por aqui. Lamentável!”, disse.

Também proprietário de um hotel no Agamenon Magalhães, Sérgio Gomes, ressaltou a dificuldade dos hóspedes em terem acesso ao bairro. “Na maioria dos casos, os nossos clientes são do Recife e de Maceió, ou seja, chegam através da BR-232 e precisam pegar a BR-104 para vir até o nosso hotel. O grande problema é que de lá para cá, eles estão tendo que encarar dificuldades enormes por causa das condições precárias de acesso. Nesta última Semana Santa, por exemplo, o nosso movimento foi bastante pequeno por conta desses problemas”, acrescentou. “Não só os comerciantes, mas também todos os moradores que necessitam trafegar diariamente por esse trecho não aguentam mais essa situação”, emendou o popular Fábio Oliveira.

No intuito de obter respostas sobre as responsabilidades e o que poderá ser feito para qualificar o local, VANGUARDA entrou em contato esta semana com a Secretaria Municipal de Urbanismo e Obras, com a Destra e com o DER. As duas pastas ligadas ao Executivo municipal informaram à nossa reportagem que tanto as melhorias a serem adotadas na pavimentação como a aplicação de sinalização no trecho são de responsabilidade do DER, em conjunto com o Dnit. “Isso porque este acesso ainda se encontra no perímetro urbano da BR-104, que corresponde a 80 metros de largura sendo 40 para cada lado. Como o DER é o responsável pela execução da obra de duplicação desta rodovia, ele também é o responsável por fazer as melhorias necessárias”, explicou a representante da Destra, Adriana Leite.

Em contrapartida, no que diz respeito às críticas relacionadas ao sistema de iluminação do local, elas seriam direcionadas, de acordo com os reclamantes, ao número reduzido de postes instalados nas imediações da Rodoviária. Em resposta às indagações dos populares, o DER informou, através de nota, que “vai realizar um levantamento junto ao Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) sobre as pendências relacionadas às obras de duplicação e restauração do trecho remanescente da BR-104, no perímetro urbano de Caruaru”.

Em paralelo, o DER também terá de entregar à 3ª Promotoria de Justiça de Defesa da Cidadania de Caruaru um relatório circunstanciado contendo as melhorias que deverão ser feitas. Tal medida foi definida durante a audiência realizada no MP.

Central e Náutico, em supertelão no Caruaru Shopping

Caruaru-Shopping_Divulgação

No domingo (8), o Caruaru Shopping fará a transmissão do jogo decisivo entre o Náutico e o Central, na final do Campeonato Pernambucano. Há 14 anos a equipe recifense não vence o estadual e para o alvinegro caruaruense a final é inédita em seus 99 anos de existência.

A transmissão da mais esperada partida de futebol este ano será feita em um telão montado na Praça de Alimentação, a partir das 16h. “Uma excelente oportunidade para reunir os amigos e assistir a essa final inédita de uma forma bastante divertida”, afirmou Walace Carvalho, gerente de Marketing do Caruaru Shopping.

O Caruaru Shopping oferece ainda uma série de equipamentos de diversão, como boliche, parques infantis, cinema e mais de 200 operações.

O centro de compras e convivência fica localizado na Avenida Adjar da Silva Casé, 800, Bairro Indianópolis. No domingo funciona das 11h às 21h.

Atendimento ao Cliente iniciará as suas atividades no Caruaru Corporate

A partir da próxima segunda-feira, dia 09 de abril, a área de Atendimento ao Cliente da Unimed Caruaru estará iniciando as suas atividades no térreo do Caruaru Corporate, empresarial anexo ao Caruaru Shopping.

Estarão disponíveis os seguintes serviços:
– Solicitação de reembolso;
- Vendas de planos de saúde;
- Informações financeiras;
- Ouvidoria;
- Informações gerais sobre procedimentos médicos.

A mudança para o Caruaru Corporate traz diversas vantagens para o cliente Unimed Caruaru. Além de uma estrutura pensada para o seu conforto, o acesso ao atendimento será mais acessível, possuindo uma linha de ônibus mais extensa. O espaço também oferece mais segurança, por está localizado nas dependências de um dos maiores centros de compra da cidade, o que se torna ainda mais uma vantagem. O cliente poderá para aproveitar a ida até o Shopping Caruaru para resolver suas pendencias na Unimed.

Em breve será lançado um aplicativo que tornará a relação entre o cliente e a Unimed Caruaru ainda mais próxima. Nele eles poderão solicitar segunda via de cartão, segunda via de boleto, transcrição de guia, dentre outras solicitações que irão otimizar ainda mais os serviços. É mais comodidade, mais segurança e mais cuidado com os nossos clientes.

Nova operação é deflagrada em postos

Polícia 1

Pedro Augusto

O Ipem-PE (Instituto de Pesos e Medidas), em parceria com o Procon e a Polícia Civil, realizou operação, na manhã da última quarta-feira (4), em Caruaru. O objetivo foi detectar possíveis fraudes que estariam sendo cometidas por postos de combustíveis. Na ocasião, cinco estabelecimentos acabaram sendo vistoriados com funcionamento nos bairros Petrópolis, Universitário, Divinópolis e Vassoural. Os órgãos realizaram o trabalho conjunto nos postos após o repasse de informações no Disque-Denúncia Agreste.

De acordo com o delegado Thiago Henrique, durante a série de inspeções nenhuma bomba adulterada acabou sendo encontrada. Vale ressaltar que o policial já havia coordenado uma operação do tipo na Capital do Agreste e em Toritama, quando três postos foram fechados devido à prática. “Depois desta primeira operação, há cerca de um mês, recebemos novas denúncias e decidimos no dia de hoje (última quarta) realizar mais uma ação. Felizmente, desta vez, nenhuma fraude foi constatada.”

Os estabelecimentos fiscalizados estão instalados na Rua Capitão Zezé e Rua José Rodrigues de Jesus, no Bairro Petrópolis; na Avenida Amazonas, no Bairro Universitário; na Rua do Vassoural, no Bairro Vassoural, e na Rua Joaquim Nabuco, no Bairro Divinópolis. “Neles, apenas encontramos uma irregularidade administrativa a respeito de uma rede elétrica. O Ipem deu o prazo de 10 dias para que esse problema seja solucionado”, acrescentou Thiago Nunes.

De acordo ainda com o delegado, novas ações do tipo deverão ser desencadeadas em Caruaru. “Solicitamos à população que ela continue realizando as denúncias caso observe alguma fraude cometida por esses estabelecimentos. O anonimato é garantido. Vale salientar ainda que nessas ações verificamos se os volumes de combustíveis estão correspondendo aos que estão sendo contabilizados nas bombas. Novas operações poderão ser colocadas em prática”, confirmou Thiago. O telefone do DD Agreste é o 3719-4545.

1ª operação

No dia 8 de março deste ano, dois postos de Caruaru e um de Toritama acabaram sendo fechados devido à utilização de bombas adulteradas. Na oportunidade, de acordo com a coordenadora de metrologia do Inmetro/PE, Edna Menezes, a operação foi exitosa, uma vez que a equipe já havia estado no último mês de fevereiro no posto da Avenida Cícero José Dutra, próximo à Fafica, no Bairro Petrópolis, e, na ocasião, nada foi constatado. Porém, diante de uma denúncia postada por um cliente nas redes sociais e que viralizou, se fez necessário solicitar o auxílio do Ipem.

Esse tipo de fraude se caracteriza por crime contra a ordem econômica, crime contra as relações de consumo, estelionato e, possivelmente, organização criminosa. A pena pode ultrapassar 15 anos de prisão.

Bolsa Atleta é criado em Caruaru

A prefeita de Caruaru, Raquel Lyra, recebeu, no último dia 29, em seu gabinete, a atleta Camila Mirely Medeiros da Silva, de 16 anos, vencedora da Seletiva Nacional do Campeonato Mundial Gymnasiade, na modalidade karatê, que aconteceu no último mês, em São Paulo. Ela se classificou como uma das três representantes brasileiras para o Mundial que será realizado em maio deste ano no Marrocos. Na oportunidade, a chefe do Executivo municipal assinou um projeto de lei para a criação do Bolsa Atleta em Caruaru, que prevê um valor mensal livre para contribuir financeiramente com os atletas que preencherem os requisitos.

“Aprovada a lei, a gente lança o edital, os atletas se inscrevem e quem cumprir os critérios terá a possibilidade de receber o benefício. É uma iniciativa para ajudar o custeio de atletas do nosso município, como Camila, para que eles possam ter a capacidade de treinar e manter o rendimento”, destacou Raquel.
Emocionado, o treinador de Camila, Anderson Santana, elogiou a iniciativa da prefeita e falou da importância do incentivo para os atletas de Caruaru. “Fui um dos primeiros atletas do Nordeste a receber o Bolsa Atleta Federal, em 2006, então sei da importância do Bolsa Atleta Municipal para Caruaru, pois temos muitos esportistas de alto rendimento em diversas modalidades na nossa cidade”, comemorou Anderson.

A karateca caruaruense Milena Stefani Ferreira, de 16 anos, que se classificou como a quinta melhor do Brasil na mesma seletiva que Camila, também esteve presente no encontro com Raquel. O Bolsa Atleta de Caruaru irá beneficiar, inicialmente, até dez atletas do município em 2018.

Outro projeto assinado na ocasião pela prefeita foi o da criação do Conselho Municipal de Esporte e Lazer de Caruaru. Ambos foram elaborados pela Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos e serão encaminhados para a Câmara Municipal de Vereadores.

Vale a taça e a quebra de jejum

Treino Central --- Final (42)

Pedro Augusto

O campeão pernambucano de 2018 será conhecido neste domingo (8), quando Náutico e Central se enfrentam a partir das 16h, na Arena Pernambuco, pelo segundo jogo da decisão. Na primeira partida da finalíssima, ocorrida no domingo passado (1º), no Estádio Luiz Lacerda, os rivais não saíram do 0 a 0. Isso quer dizer que um triunfo simples para qualquer um dos lados garantirá para a equipe vencedora o título do Estadual deste ano. Empate sem ou com gols nos pouco mais de 90 minutos levará a decisão para os pênaltis. O Timbu está há 14 anos sem levantar a taça da competição, enquanto a Patativa ainda busca a conquista inédita.

Um dos mais experientes do elenco alvinegro, o goleiro França afirmou em entrevista que o Central não irá modificar a sua postura devido ao mando de campo do adversário. “Assim como o Náutico, o Central também necessita da vitória para ser campeão. Desta forma, não vai ter essa de ficar atrás o tempo todo. Vamos ser ofensivos, mas, é claro, com cautela. Respeitamos o Náutico, é um time forte, mas sabemos das nossas qualidades e lutaremos até o último minuto para trazermos esse título para Caruaru”, destacou.

Como não poderia ser diferente, haja vista que se trata de decisão, esta semana o técnico Mauro Fernandes realizou os treinamentos às portas fechadas. Embora a tendência é de que ele não faça muitas mudanças no time titular, novidades poderão ser vistas na final deste domingo.

Mas se tem um jogador que tem vaga garantida no time de cima, ele se chama Júnior Lemos. Vivenciando um grande momento na sua carreira, o meio-campista se mostrou otimista quanto ao resultado da decisão. “O jogo será muito complicado, assim como foi no Lacerdão, então tentaremos encontrar os espaços necessários para sairmos de lá com o título. Esperamos surpreender na Arena e contamos com o apoio do nosso torcedor”, disse.
Caso Mauro Fernandes repita a mesma formação que entrou de frente no primeiro duelo da final, a Patativa entrará em campo com: França; Dudu Gago (Paulo Fernando), Vitão, Danilo Quipapá e Charles; Eduardo Eré, Fernando Pires, Douglas Carioca (Graxa) e Júnior Lemos; Leandro Costa e Itacaré (Luizão).

Náutico

Pelas bandas dos Aflitos, o técnico Roberto Fernandes também não quis dar muitas dicas em relação ao time que começará a segunda partida da decisão. De portas também fechadas, o treinador alvirrubro tentou retirar as últimas dúvidas antes de medir forças com o Central. O Timbu poderá ir a campo com: Bruno; Thiago Ennes, Camutanga, Camacho e Kevyn; Negretti, Wendel e Wallace Pernambucano (Júnior Timbó); Rafael Assis, Robinho e Ortigoza.

Recorde

Na segunda partida da decisão, a Arena de Pernambuco terá casa cheia. As torcidas do Náutico e do Central esgotaram as cargas de ingressos disponibilizadas e o público ficará entre os maiores até agora contabilizados no estádio de São Lourenço da Mata. A estimativa é de que pouco mais de 42 mil torcedores empurrem as suas equipes ao título tão aguardado.

Na tarde da última quarta-feira (4), VANGUARDA esteve acompanhando a compra de ingressos no Lacerdão e confiança foi o que não faltou por parte dos centralinos. Clodoaldo de Oliveira, que torce pela Patativa há mais de 30 anos, disse que o time de Caruaru se tornará a primeira equipe do Interior a levantar a taça do Estadual.

“O Central é o campeão das emoções! Já demonstrou que tem time para bater o Náutico e esperamos sair de lá da Arena com o título ganho. Somos a quarta força do futebol do Estado e iremos confirmar isso”, disse. “Por tudo que fez e ainda vem fazendo, o Central já é o campeão, independentemente do resultado deste domingo”, complementou o alvinegro Zezinho de Lima.

Esquema especial será empregado na decisão

A final do Campeonato Pernambucano ocorre neste domingo (8), às 16h, na Arena Pernambuco, entre Náutico e Central, e a expectativa é de que 42 mil torcedores compareçam ao estádio. Para atender a todo esse público, o Grupo de Trabalho Mobilidade Arena Pernambuco definiu um esquema especial para garantir a mobilidade e procura estimular o uso do transporte coletivo, tanto para a ida quanto para a volta da partida.

Se o torcedor optar pelo metrô, ele deve desembarcar na Estação Cosme e Damião e acessar o Terminal Integrado de mesmo nome. O valor da tarifa do metrô é R$ 1,60. A Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) informa que serão disponibilizadas 12 composições de metrô com intervalos de oito minutos para atender a demanda.

Haverá reforço na segurança, por meio do 12º Batalhão de Polícia Militar, no Terminal Integrado Cosme e Damião, tanto na ida dos torcedores para a Arena, quanto na volta para casa.

Em paralelo, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) terá cinco viaturas e quatro motociclistas no dia do jogo dando suporte e atuará também coibindo estacionamentos irregulares.

Polícia apreende 60 quilos de maconha

Policiais do Biesp (Batalhão Integrado Especializado de Policiamento) apreenderam um extenso volume de drogas, na noite da última quarta-feira (4), na Rua Rodrigues Alves, no Bairro do Salgado. Na casa do suspeito Luciano Severino da Silva Junior, de idade não informada, a polícia encontrou cerca de 60 quilos de maconha, 307 gramas de crack, 95 gramas de pasta base de cocaína, duas balanças de precisão, uma espingarda calibre 12 com 32 munições intactas, além de dez cadernos para anotações do tráfico.

O suspeito, assim como os materiais recolhidos, foi levado para a Delegacia de Plantão. Após passar por audiência de custódia, Luciano Junior acabou tendo a sua prisão preventiva decretada. Ele já se encontra à disposição da Justiça na Penitenciária Juiz Plácido de Souza, no Bairro do Vassoural, onde irá responder pelo crime de tráfico. O montante de maconha apreendido foi considerado um dos maiores deste início de ano na região Agreste.