ARTIGO — Crédito rotativo

Maurício Assuero

Pessoas físicas e jurídicas podem ter acesso ao crédito rotativo. Para pessoas jurídicas a conta corrente garantida e para pessoa física cheque especial, mais comum. No caso de cheque especial a taxa de juros praticada no Brasil só perde para a taxa de adiamento a depositante e para a taxa de cartão de crédito. Em maio, o governo mudou a regra de pagamento do cartão de crédito na tentativa de diminuir a taxa de juros e agora a FEBRABAN – Federação Brasileira de Bancos alterou regras no cheque especial.

O limite do cheque especial, ao contrário da conta corrente garantida, é colocado diretamente na conta corrente do cliente e, é verdade, ele passa a ser usado, em muitos casos, como renda. Este tipo de situação leva ao endividamento com taxa de juros alta, favorecendo a ruína do cliente. Não é interessante para o banco. Então, a proposta da FEBRABAN é que qualquer cliente que use mais de 15% do limite disponível, por um período de 30 dias, receberá uma proposta do banco para migrar para outro tipo de operação. Então, para um limite deR$ 1.000,00, basta gastar R$ 200,00 por 30 dias para o banco entrar em contato propondo uma mudança no perfil. Essa proposta é a coisa mais ridícula que eu já vi. Se for para fazer isso, então diminua o limite do cheque especial do cliente!

Não resta dúvida de que descontrole no uso do cheque especial é nocivo para qualquer pessoa. É absolutamente necessário esclarecer as pessoas de que o limite não do cheque especial não é renda adicional. É um empréstimo calculado a uma taxa de juros elevada para os padrões normais de operações. Mas isso, do mesmo jeito que o cartão de crédito, está associado ao risco da operação. Todas as operações com pessoas físicas são mais caras do que com pessoas jurídicas porque o risco é maior. Mudaram o cartão de crédito, mas os encargos estão na casa dos 300% ao ano, porque o risco dessas operações é alto. Se formos analisar os motivos da ligeira queda na taxa do cartão, provavelmente iremos encontrar razões mais preponderantes como, por exemplo, aumentou a quantidade de pessoas que liquidam 100% da fatura.

No caso do cheque especial, observe que o banco não se predispõe a reduzir o limite do cheque especial e para uma pessoa que gastou por 30 dias R$ 200,00 de um limite de R$ 1.000,00, não quer dizer que tal pessoa esteja em desequilibro financeiro a ponto de colocar em risco suas finanças. Na verdade, o banco vai manter o limite do cliente e vai continuar ganhando dinheiro por outras operações. Banco não é instituição de caridade! Acredite nisso!!!!!

Paulo Câmara minimiza apoio de Lula a Marília ao governo

Estadão

Pré-candidato à reeleição, o governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), minimizou, hoje, a sinalização que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, condenado e preso pela Operação Lava Jato, deu a favor da candidatura da vereadora Marília Arraes (PT) ao governo do Estado nas eleições 2018. Da prisão em Curitiba, o petista enviou o recado via o ex-presidente do PT Rui Falcão e o líder do MST, João Pedro Stedile. Para Câmara, que ainda alimenta a esperança de ter o PT em sua chapa, o episódio não passa de um movimento político “de quem gosta de falar”.

Enquanto tiver conversas (entre PSB e PT) não há porque ficar falando de uma questão que mais para frente pode ser que não se confirme. Não me incomoda, vou continuar trabalhando. Tem muito tempo para a gente discutir”, disse Câmara durante cerimônia de entrega do segundo módulo do Museu Cais do Sertão, seu último ato de inauguração antes da campanha.

“A gente já construiu alianças importantes para 2018 com partidos que tem nos ajudado. O que a gente puder agregar até lá (as convenções partidárias em agosto) ótimo, se não puder vamos disputar com as nossas forças”, completou Câmara.

O aceno de Lula dá força à tentativa de Marília, que, mesmo sem apoio oficial do partido, tem intensificado agendas e conversas. Por meio da assessoria, Marília disse que não iria comentar a declaração de Lula que foi gravada em vídeo e postada nas redes sociais da vereadora.

Lula diz que já não acredita em aliança com PSB

Mônica Bergamo – Folha de S.Paulo

A declaração de Lula de que, se fosse militante em Pernambuco, já estaria fazendo campanha para a candidata petista Marília Arraes ao governo surpreendeu dirigentes do partido que ainda tentam costurar aliança com o PSB.

A retirada da candidatura dela, principal opositora do governador socialista Paulo Câmara (PSB-PE), que concorre à reeleição, é tida como crucial para que o PSB, em troca, apoie o PT no plano nacional.

Lula, no entanto, tem manifestado descrença em relação a uma aliança nacional com o PSB, que, na opinião dele, estaria apenas “enrolando” o PT.

O presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, minimiza as declarações.

“Temos que relevar. Nas condições atuais, [Lula] pode não estar em um bom momento”, diz ele.

O PSB, diz, seguirá conversando com o PDT de Ciro e com o PT.

A convenção do partido foi marcada para o dia 5 de agosto, data final para a decisão de candidaturas e alianças.

“Quem tem prazo não tem pressa”, diz Siqueira.

PT terá Marília como prioridade se PSB fechar com Ciro

Blog do Magno

A mensagem direta de Lula para que seu partido aposte na candidatura de Marília Arraes ao governo pernambucano não surpreendeu políticos que visitaram o petista em Curitiba. Há algumas semanas, Lula disse que a neta de Miguel Arraes era “uma bênção” para a sigla.

Se o PSB fechar mesmo com Ciro Gomes (PDT), como indica que fará, petistas avisam que a candidatura de Marília não será apenas mantida, mas ganhará status de prioridade para a sigla.

O presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, tem declarado que a neutralidade não está mais entre as opções do seu partido, mas Gleisi Hoffmann (PT) ainda fará uma última investida sobre os diretórios de PE e PB.

Nas conversas com dirigentes de outras siglas, o PT tem levado debaixo do braço pesquisa na qual testou diversos cenários sem nominar um representante, mas apontando “o candidato indicado por Lula“.

Os dados do levantamento indicam que, em determinados estados do Nordeste, como Pernambuco, qualquer que seja o nome do PT, quando explicitamente apadrinhado por Lula, larga com cerca de 20% dos votos.

Siqueira, do PSB, disse a pessoas próximas que pretende chamar uma reunião da cúpula do partido na semana do dia 16 com o objetivo de alinhar posições e já sinalizar com clareza o caminho da sigla na eleição.

PDT prometeu apoiar o PSB em estados como SP, ES, DF e SE. O presidente da sigla de Ciro Gomes, Carlos Lupi, quer oficializar as alianças locais no mesmo dia em que os pessebistas anunciarem a nacional.(Daniela Lima – Painel, FSP)

Festa em honra ao padroeiro São Paulo Apóstolo tem programação alterada

A Paróquia São Paulo Apóstolo alterou a programação da festa em honra ao padroeiro São Paulo Apóstolo. A mudança foi motiva pela fatalidade que ocorreu na última quinta-feira (5), durante as apresentações das quadrilhas. O senhor Gilvan Rodrigues dos Santos, de 51 anos, integrante de umas das quadrilhas que concorriam no concurso (havia se apresentado e estava no local acompanhando a programação) passou mal e veio a óbito antes de chegar a Unidade de Pronto Atendimento do Salgado (UPA do Salgado).

Neste sábado (7), às 17h, haverá um momento de oração e louvor; às 18h30, a procissão pelas ruas da comunidade; e, às 19h30, a santa missa. Os shows de Jader Nascimento e o Forró Mourão, que estavam previstos para acontecer logo após a celebração, não serão realizados.

Gilvan Rodrigues dos Santos deixou esposa e uma filha. Membro da Paróquia São Paulo Apostolo, participava ativamente dos movimentos mantidos atualmente. Após seu falecimento, o administrador paroquial, o padre Edmilson Martiliano de Lima, fez alteração na programação em memória. A Paróquia reza pela família e pela alma do senhor Gilvan Rodrigues, na certeza que a morte não é o fim, mas o início de uma nova vida.

Escolas particulares realizam renegociação de dívidas

A economia brasileira tem dado pequenos sinais de melhoras, porém, a inadimplência ainda está muito alta, o que tem comprometido diretamente a renda das famílias brasileiras, e um dos setores mais afetados pela inadimplência é a área educacional, como as escolas particulares e instituições de ensino superior privadas.

A crise que tirou o emprego de milhões de brasileiros nos últimos anos impediu muitos pais de manter as mensalidades escolares em dia. Agora, são as escolas que estão se mexendo para não perder mais alunos, porque não está fácil pagar a escola.

E as instituições de ensino tem buscado alternativas para driblar a inadimplência e manter a saúde financeira, bem como os serviços prestados aos estudantes. E uma alternativa que tem sido adotada pelos gestores é a realização dos mutirões de renegociação de dívidas com os pais e responsáveis.

De acordo com o advogado especialista em direito educacional, Luiz Tôrres Neto, essa tem sido a melhor maneira de combater o superendividamento dos pais e responsáveis. “Os gestores têm realizado esse mutirões, porque são formas de entender a situações dos responsáveis pelos estudantes e buscar uma alternativa para sanar a dívida que esteja em aberta. A equipe jurídica atua oferecendo as condições para que o responsável ache a melhor alternativa para ter o seu nome limpo”, destaca.

E a manutenção dos cadastros dos estudantes é importantíssimo para assegurar as instituições de ensino o contato com os responsáveis inadimplentes, evitando assim que danos maiores sejam registrados para as escolas, já que alguns pais e responsáveis podem não atualizar os cadastros com as informações como endereço e telefone para contato.

“Essa é uma das nossas orientações mais primordiais, que os gestores mantenham sempre o cadastro dos alunos, bem como dos seus responsáveis, sempre atualizados. Essa é uma forma de garantir que aquele responsável inadimplente possa ser encontrado para que haja uma negociação, evitando uma prática de má fé que traga danos financeiros para as instituições”, acrescenta Luiz.

E para evitar danos e perdas financeiras, a recomendação é que as instituições de ensino particulares façam uma atualização cadastral a cada seis meses.

/**/

Suspeito de duplo estupro é preso no Agreste

A Polícia Civil de Pernambuco prendeu, na última terça-feira (3), no centro de Belo Jardim, no Agreste do Estado, o suspeito de ter estuprado duas mulheres no banheiro de um bar. Trata-se de José Natalino da Silva, de 33 anos. Com uma ficha criminal extensa, inclusive acumulando passagens pelo presídio, ele foi surpreendido com o cerco da polícia enquanto se escondia na casa da companheira. Em coletiva realizada na manhã da quarta-feira (4), no auditório da Diretoria Integrada do Interior 1 (Dinter 1), em Caruaru, a Civil deu mais detalhes sobre a detenção do suspeito.

Segundo o delegado João Carlos Oliveira, que presidiu o inquérito, José Natalino ainda tentou escapar da prisão. “Ao perceber a nossa chegada, ele pulou dois muros, porém acabou sendo recolhido. O Natalino havia fugido de Belo Jardim tão logo os crimes foram cometidos, isso em meados do último mês de maio, porém decidiu retornar recentemente ao município se escondendo na casa da companheira. Além de estuprar as duas vítimas, naquela madrugada do sábado do dia 5 de maio, ele também tentou roubar uma delas. Para isso, utilizou um facão”, disse.

No encontro com a imprensa local, o responsável pelas investigações ainda descreveu o desenrolar dos crimes cometidos. “Ao analisarmos as imagens do sistema de segurança do estabelecimento, verificamos que o suspeito encontrava-se de prontidão, esperando as vítimas, em frente ao banheiro feminino. Em suma, ao adentrar no local, o Natalino conseguiu concretizar a conjunção carnal em uma das vítimas, já em relação à outra, ele a obrigou a fazer sexo oral. Logo após praticar os estupros e a tentativa de roubo, ele conseguiu escapar a pé”, acrescentou João Carlos Oliveira.

José Natalino da Silva já havia sido preso por estupro e atentado violento ao pudor, bem como ainda responde por homicídio e roubo. Pelos crimes recentemente cometidos em Belo Jardim, ou seja, duplo estupro e roubo tentado, ele poderá pegar até 20 anos de reclusão. O suspeito está recolhido no Presídio Desembargador Augusto Duque, em Pesqueira, no Agreste do Estado.

Futebol: Jogos da Série C

Náutico, Santa Cruz e Salgueiro farão partidas neste fim de semana pela 13ª rodada da Série C. Na vice-liderança do grupo A com 19 pontos, o Timbu visita o Confiança, no sábado (07), a partir das 21h, no Estádio Batistão. No domingo (08), o Mais Querido enfrenta o Remo, a partir das 17h, no Estádio do Arruda, já o Carcará mede forças com o Atlético-AC, às 18h, no Florestão. Integrantes da mesma chave do alvirrubro pernambucano, o Santa está na quarta posição com 17 pontos enquanto que o Salgueiro se encontra na sétima colocação com 15.

Escolinha do Central inicia atividades

As aulas da Escolinha do Central foram iniciadas na última terça-feira (03), no Estádio Luiz Lacerda. Ministradas pelos professores Erivelton Souza, Valter Ulisses e Alex Faustino, as aulas vêm ocorrendo sempre nas terças e quintas-feiras, no intervalo das 18h30 até as 20h30. Inscrições para a Escolinha podem ser feitas no horário das 9h até as 19h, na sede do clube que fica localizada no Bairro Maurício de Nassau. Os valores das mensalidades custam: R$ 50 (para sócio) e R$ 60 (para não sócios). Mais informações com Socorro pelo telefone: 99511-3606.

Informais também lucram nesta época

Assim como as lojas de vestuários, alguns comerciantes informais de Caruaru estão aproveitando o período para alavancar as suas vendas. Manoel de Souza, que comercializa guarda-chuvas e bonés na Rua 15 de Novembro, é um dos ambulantes a comemorar. “O comércio anda um pouco parado num todo, mas com essas chuvas que vêm caindo nos últimos dias, estou conseguindo faturar bem. Torço para que chova ainda bastante para lucrar ainda mais”, disse.

José Jorge, que comercializa no seu carrinho mungunzá, café e chá, é outro informal de Caruaru a estar lucrando bastante com a chegada da estação mais fria do ano. “Para esquentar o corpo nesta época gelada, nada melhor do que um mungunzá ou um cafezinho, durante a circulação aqui no Centro. Num período deste, por exemplo, chego a vender por dia entre 40 a 50 copos com mungunzá, em contrapartida, num mês considerado quente, no máximo 30. Então, só tenho o que comemorar a chegada do inverno”, disse.

Engana-se quem acredita que o suco de laranja só é procurado em larga escala no verão. Para combater a gripe e o resfriado, muito caruaruense não costuma dispensar o consumo deste líquido também no inverno, o que é muito bom para o pequeno comércio de Thiago Barbosa. Com a sua máquina de fazer suco, ele vem lucrando bastante neste início de inverno. “É claro que a procura costuma ser maior durante o verão, até porque o calor é grande, mas também vendemos muito no inverno. Numa época dessas de frio intenso, o suco de laranja serve como uma verdadeira vitamina para quem está fugindo de doença”, afirmou.