Orientações à imprensa para cobertura da convenção da Frente

A frente de oposição “Pernambuco Vai Mudar” realiza, neste sábado 4 de agosto, a partir das 9h, no Classic Hall, em Olinda, sua convenção que vai oficializar os nomes de Armando Monteiro (PTB) como candidato a governador do Estado e de Bruno Araújo (PSDB) e Mendonça Filho (DEM) candidatos ao Senado. Abaixo, orientações à imprensa para cobertura do evento:

– O credenciamento será feito mediante identificação do profissional, em área reservada para a imprensa, localizada no interior do Classic Hall, por trás da mesa de som.

– Haverá ainda três áreas destinadas aos profissionais de imagem.

Exclusivamente para operadores de câmera e fotógrafos: acesso aos camarotes superiores e cercado no entorno do palco, mediante apresentação da credencial;

Ao lado do palco, haverá área para realização de entrevista coletiva com a chapa majoritária, logo após o encerramento dos discursos, destinada para profissionais de texto, TV, rádio e blogs, assim como para operadores de câmera e fotógrafos, além das equipes dos candidatos da chapa majoritária. ACESSO EXCLUSIVO MEDIANTE APRESENTAÇÃO DA CREDENCIAL.

– Haverá ainda espaço com backdrop para realização de entrevistas e fotos do lado esquerdo do Classic Hall

– Não será permitida a utilização de drones na área interna da casa de eventos

– A assessoria de imprensa da frente fornecerá, em intervalos regulares, fotografias e textos referentes ao evento, assim como texto da convenção ao final do ato.

Serviço:

Convenção da Frente “Pernambuco Vai Mudar”

Data: Sábado, 4 de agosto de 2018
Local: Classic Hall
Endereço: Av. Agamenon Magalhães, S/N – Salgadinho, Olinda
Horário: a partir das 9h

Procon de Caruaru orienta consumidores sobre a proteção de dados pessoais

É muito comum o consumidor chegar a um estabelecimento comercial e ser questionado sobre seus dados pessoais e a pergunta mais comum é “qual o número do seu CPF?”. O consumidor, muitas vezes sem questionar a razão, acaba informando seus dados. A grande questão é que bancos de dados estão sendo alimentados com essas informações e os hábitos de consumo dos clientes monitorados para o posterior oferecimento de produtos e serviços. Em outras palavras, sem saber, o cliente acaba virando um alvo.

Fornecer dados sobre plano de saúde, CPF, endereço, entre outros, não é obrigatório quando se trata de uma compra e venda comum em lojas do varejo, em farmácias ou até em mesmo em restaurantes. Segundo o dirigente do PROCON Caruaru, Nyverson Moura, o consumidor precisa sempre questionar o motivo pelo qual tem que fornecer seus dados pessoais, tais como CPF, RG, endereço ou sua biometria.

“São nossos dados pessoais, não sabemos como os fornecedores conservam, usam e os protegem. No Brasil, ainda não foi sancionada uma lei de proteção de dados. Os dados dos consumidores e seu perfil de consumo não podem ser tratados como um produto”, explicou. Mas há casos em que lojistas, para vender a crédito ou conceder financiamentos, precisam consultar os cadastros restritivos de crédito. “Nesse caso há uma justificativa para mostrar o seu CPF, evitando fraudes”, complementou.

/**/

Alunas do Motivo irão participar de projeto da ONU em Nova York

As estudantes, Bárbara e Brenda Tenório, de 16 anos, estudantes do 3º ano do Ensino Médio do Colégio Motivo de Boa Viagem, irão participar do Youth Assembly, da ONU em Nova York. O projeto vai discutir 17 metas de desenvolvimento sustentável, que fazem parte da Agenda 2030, e tem o objetivo de preparar e empoderar os jovens para um mundo mais sustentável.

Apenas quatro estudantes de Pernambuco foram selecionadas, entre elas, as duas irmãs. Elas devem seguir para os Estados Unidos em agosto quando começa o programa de capacitação.

Para participar do evento elas precisam arrecadar um valor médio de 12 mil reais, para custear a hospedagem, alimentação e a participação na conferência. Por isso, familiares e amigos montaram uma vaquinha on-line para arrecadar o valor. As doações podem ser feitas pelo site:https://www.vakinha.com.br/vaquinha/gemeas-na-onu.

A Youth Assembly é um projeto de desenvolvimento social, que tem o objetivo de engajar jovens e conscientizá-los dos problemas sociais, na busca de soluções, através do desenvolvimento sustentável.

MDB confirma nome de Meirelles na disputa pela Presidência

Sem candidato a vice definido, o MDB confirmou ontem (1) o nome do ex-ministro da Fazenda Henrique Meirelles como candidato à Presidência da República. O resultado foi anunciado pelo presidente da legenda, Romero Jucá (RR), que ressaltou que dos 419 votantes, 85% disseram sim a Meirelles. Em 2014, segundo Jucá, 54% dos convencionais apoiaram a chapa Dilma/Temer na corrida presidencial. “A votação de hoje demonstra a unidade do partido”, ressaltou.

Diante de toda cúpula emedebista e apoiadores, o presidente da República, Michel Temer, pediu à militância empenho para levar o nome de Meirelles de maneira convincente pelo Brasil. “Tem que levar a ideia com a alma”, ressaltou acrescentando que o MDB tirou o Brasil de uma “crise extraordinária” e vai colocar o país nos trilhos.

Ao agradecer ao MDB, Meirelles defendeu um pacto de confiança pela governabilidade e disse que tem resultados a mostrar não apenas como ex-ministro da Fazenda, mas também no comando do Banco Central, onde passou oito anos. “Convido vocês a nos unirmos com firmeza e serenidade, vamos ganhar essas eleições, trabalhar e construir um Brasil do tamanho dos nossos sonhos”, disse.

Henrique Meirelles falou das diretrizes de seu programa de governo e destacou como prioridades investimentos em infraestrutura, para diminuir as distâncias no país, além de saúde e segurança pública. O presidenciável também prometeu reforçar o Bolsa Família. Para gerar empregos, Meirelles disse que pretende resgatar a política econômica, atrair investimentos e fazer as reformas que o país precisa. “Minha meta é fazer o país crescer 4 %, ao ano”.

Perfil
Henrique Meirelles, 72 anos, é goiano de Anápolis. Em 2002, foi eleito deputado federal pelo PSDB, cargo do qual abdicou para comandar o Banco Central de 2003 a novembro de 2010, no governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. No governo do presidente Michel Temer comandou o Ministério da Fazenda de maio de 2016 a abril de 2018.

Fez parte do movimento estudantil de Goiânia. Cursou Engenharia Civil na Escola Politécnica da USP, em São Paulo, e tem MBA em Administração pelo Instituto Coppead da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Foi presidente mundial do BankBoston, onde ingressou em 1974 e se tornou presidente da instituição no Brasil em 1984. Já fez parte do conselho da Harvard Kennedy School of Government e da Sloan School of Management do MIT (Massachusetts Institute of Technology).

Agência Brasil

Entenda como será a campanha de vacinação contra o sarampo e a pólio

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e o Sarampo começa na próxima segunda-feira (6). A meta é imunizar mais de 11 milhões de crianças com idade entre 1 ano e menores de 5 anos, público mais suscetível a complicações de ambas as doenças. O Dia D de mobilização está previsto para 18 de agosto, um sábado, quando cerca de 36 mil postos de saúde em todo o país estarão abertos.

Este ano, a vacinação será feita de forma indiscriminada, ou seja, todas as crianças dentro da faixa-etária estabelecida serão imunizadas – mesmo as que já estão com o esquema vacinal completo. Neste caso, a criança vai receber um outro reforço. A campanha ocorre em meio a pelo menos dois surtos de sarampo no Brasil, em Roraima e no Amazonas. No caso da pólio, 312 municípios registram baixas taxas de cobertura vacinal contra a doença.

Veja a seguir algumas das principais perguntas e respostas relacionadas à campanha, com base em informações divulgadas pelo Ministério da Saúde:

Quando e onde ocorre a campanha?

Entre 6 e 31 de agosto, com o Dia D agendado para 18 de agosto, em postos de saúde de todo o país.

Qual o foco da campanha?

Crianças com idade entre 1 ano e 5 anos incompletos (4 anos e 11 meses).

Crianças que já foram vacinadas anteriormente devem ser levadas aos postos?

Sim. Todas as crianças com idade entre 1 ano e menores de 5 anos devem comparecer aos postos. Quem estiver com o esquema vacinal incompleto receberá as doses necessárias para atualização e quem estiver com o esquema vacinal completo receberá outro reforço.

Qual a vacina usada contra a pólio?

Crianças que nunca foram imunizadas contra a pólio vão receber a Vacina Inativada Poliomielite (VIP), na forma injetável. Crianças que já receberam uma ou mais doses contra a pólio vão receber a Vacina Oral Poliomielite (VOP), na forma de gotinha.

Qual a vacina usada contra o sarampo?

A vacina contra o sarampo usada na campanha é a Tríplice Viral, que protege também contra a rubéola e a caxumba. Todas as crianças na faixa etária estabelecida vão receber uma dose da Tríplice Viral, independentemente de sua situação vacinal, desde que não tenham sido vacinadas nos últimos 30 dias.

Adultos participam da campanha?

Não. A campanha tem como foco crianças com idade entre 1 ano e menores de 5 anos.

Mesmo não sendo foco da campanha, adultos precisam de alguma das duas doses?

Sim. Conforme previsto no Calendário Nacional de Vacinação, adultos com até 29 anos que não tiverem completado o esquema na infância devem receber duas doses da Tríplice Viral e adultos com idade entre 30 e 49 anos devem receber uma dose da Tríplice Viral. O adulto que não souber sua situação vacinal deve procurar o posto de saúde mais próximo para tomar as doses previstas para sua faixa etária.

Agência Brasil

Isolado após articulações de Lula, Ciro Gomes se diz ‘o cabra marcado para morrer’

Isolado na corrida presidencial, Ciro Gomes, candidato do PDT, afirmou que sabia “bastante bem” que “era o cabra marcado para morrer”. “Trabalham juntos, para me isolar, o PMDB, do Temer, o PSDB, do Alckmin, e o PT, do Lula”, disse. Com críticas à legenda do ex-presidente, preso em Curitiba desde abril, Ciro foi o terceiro entrevistado do Central das Eleições, programa da GloboNews, na última quarta-feira (1º).

“A burocracia do PT não está pensando no país. Eles simplesmente não querem que eu seja o candidato que vá representar uma renovação do pensamento progressista brasileiro. Mas eu não sei se eles vão conseguir porque eles têm ai um negócio muito maravilhoso, que é o povo”, disse Ciro, que reiterou ter apoiado Lula nos últimos 16 anos -“não faltei nenhum dia”.

Pouco antes da entrevista, as cúpulas do PT e PSB decidiram sacrificar candidaturas estaduais em nome de um pacto nacional que levará ao isolamento de Ciro. Em meados de julho, após longo tempo de indefinição, a cúpula do centrão, então dividida entre apoiar o PSDB e o PDT, decidiu-se pelo candidato tucano.

No programa, Ciro afirmou que acredita ser injusta a condenação de Lula, mas que também considera o comportamento do PT “hostil a sorte do povo brasileiro”. “Virou baderna. Baderna, não, virou religião. Agora, o companheiro Stédile [líder do MST] chamou seis camaradas para fazer greve de fome. Vai lá, companheiro, morrer ai. Na minha opinião, isso não é política, é caudilhismo do mais barato”, afirmou.

Nesta terça-feira (31), manifestantes que pedem a libertação do ex-presidente Lula anunciaram o início de uma greve de fome em ato no STF (Supremo Tribunal Federal). Após lerem um manifesto, seis ativistas foram retirados da frente do prédio por seguranças da corte.

Durante a entrevista, Ciro também se defendeu das críticas ao seu estilo verborrágico, mas admitiu que a postura pode prejudicá-lo. Questionado se o estilo teria criado uma
“Eu não sou candidato a madre superior do Brasil, eu sou candidato a presidente do Brasil”, disse após insistentes perguntas sobre seu temperamento.

Pedidos de falência caem 22,5% no acumulado em 12 meses

Os pedidos de falência caíram 22,5% no acumulado 12 meses (agosto de 2017 até julho de 2018 comparado aos 12 meses antecedentes), segundo dados com abrangência nacional da Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito). Mantida a base de comparação, as falências decretadas subiram 16,2%, enquanto para os pedidos de recuperação judicial houve diminuição de 2,0%. As recuperações judiciais deferidas registraram alta de 1,8%.

Na comparação mensal os pedidos de falência avançaram 4,8% em relação a junho, assim como os pedidos de recuperação judicial (2,1%). No mesmo período foram observadas reduções nas falências decretadas (-17,5%) e recuperações judiciais deferidas (-11,9%).

De acordo com os resultados acumulados em 12 meses, os pedidos de falência continuam caindo. O movimento de queda está atrelado à melhora nas condições econômicas desde o ano passado, que permitiu às empresas apresentarem sinais mais sólidos nos indicadores de solvência. A continuidade desse processo dependerá de uma retomada mais consistente da economia.

Metodologia

O indicador de falências e recuperações judiciais é construído de acordo com a apuração dos dados mensais registrados na base de dados da Boa Vista SCPC, oriundos dos fóruns, varas de falências e dos Diários Oficiais e da Justiça dos estados.

A série histórica deste indicador se inicia em 2006 e está disponível em:
http://www.boavistaservicos.com.br/economia/falencias-e-recuperacoes-judiciais

Saúde: mais 271 profissionais convocados para rede estadual

O Governo de Pernambuco, por meio da Secretaria Estadual de Saúde (SES), convoca mais 271 profissionais aprovados em concurso público para reforçar as escaladas das unidades de saúde sob gestão estadual. O chamamento foi publicado no Diário Oficial do Estado desta quinta-feira (02.08). Com isso, sobe para 6.951 o quantitativo de servidores convocados e contratados desde 2015. Desta forma, o governador Paulo Câmara já entrou para a história da Saúde em Pernambuco, com a maior contratação de profissionais concursados para a área.

“Este Governo, mesmo com as dificuldades econômicas enfrentadas por todo o país nos últimos anos, não tem medido esforços para qualificar seus serviços de saúde. Por determinação do governador Paulo Câmara, já ultrapassamos a marca dos 6,9 mil profissionais convocados para nossos hospitais. Esse reforço tem reflexo direto na assistência à população. Estamos conseguindo ampliar os atendimentos e as cirurgias realizadas na rede sob gestão estadual, sempre com foco na melhoria da saúde dos pernambucanos”, afirma o secretário estadual de Saúde, Iran Costa.

Nesta convocação do concurso público, são 173 novos servidores de nível superior e 98 de nível médio. Haverá lotação nas seguintes Gerências Regionais de Saúde: I (Recife), II (Limoeiro), III (Palmares), IV (Caruaru), V (Garanhuns), VI (Arcoverde), VII (Salgueiro), VIII (Petrolina), X (Afogados da Ingazeira), XI (Serra Talhada) e XII (Goiana).

De nível superior (analista em saúde), estão sendo convocados enfermeiros (assistencial e uteista – 38), psicólogos (33), nutricionistas (29), cirurgião dentista (18), farmacêutico plantonista (12), terapeuta ocupacional (11), fisioterapeuta (motor e respiratório – 10), assistente social (5), biomédico (5), cirurgião bucomaxilofacial (4), farmacêutico diarista (4) e fonoaudiólogo (4). Já de nível médico (assistente em saúde), são 95 técnicos de enfermagem, 2 técnicos de imobilização ortopédica e 1 técnico em radiologia.

Nos próximos dias, os profissionais serão chamados, por meio de telegrama, para perícia, posse e posterior lotação. Após a posse, terão 30 dias para iniciar as atividades nos respectivos serviços de lotação.

DADOS – Dos 6.951 servidores convocados e contratados desde 2015, 1.071 são médicos e 5.880 profissionais não-médicos (enfermeiros, técnicos de enfermagem, além de outras categorias técnicas e de outros cargos de nível superior, como fisioterapeutas, assistentes sociais, nutricionistas).

Atualmente, a SES já está organizando um novo concurso público para médicos, além de outras categorias de saúde.

SELEÇÃO SIMPLIFICADA – Em julho, a Secretaria Estadual de Saúde já tinha chamado 119 médicos aprovados por meio de seleção pública simplificada. A seleção foi realizada para atender à situação de excepcional interesse público, já que a SES não possuía mais banco das áreas que foram contempladas no certame.

Foram selecionados médicos das seguintes especialidades: cirurgião geral (17), cirurgião pediátrico (7), clínico geral (17), intensivista adulto (14), intensivista pediátrico (4), pediatra (6), neonatologista (15), radiologia e diagnóstico por imagem (13), tocoginecologista (24), traumatoortopedista (2). Os profissionais irão trabalhar nas unidades das seguintes Gerências Regionais de Saúde (Geres): I (Recife), II (Limoeiro), IV (Caruaru), V (Garanhuns), VII (Salgueiro) e XI (Serra Talhada).

Agosto começa com sessões de filmes no Sesc Caruaru

Ontem, 1º de agosto, o Sesc Caruaru iniciou mais uma temporada do Cine Sesc no Teatro Rui Limeira Rosal. Os filmes serão exibidos sempre às quartas-feiras, em sessões gratuitas, para o público de todas as idades. Abrindo o mês, a animação japonesa “O Serviço de Entregas da Kiki”, de Hayao Miyazaki, às 15h, e o filme brasileiro “Verônica, de Maurício farias, com Andréa Beltrão, às 19h30.

A programação segue no dia 8 com “31 Minutos – O Filme”, animação brasileira de Pedro Peirano e Álvaro Diaz, com sessões às 9h30 e às 15h, e “À Deriva”, de Heitor Dhalia, com Débora Bloch e Vincent Cassel, às 19h30. Já no dia 15, serão exibidos a animação “Eu e Meu Guarda-Chuva”, de Tony Vanzolini, em sessões às 9h30 e às 15h, e o longa islandês “A Ovelha Negra”, de Grímur Hákonarson, às 19h30.

No dia 22, será apresentada a animação francesa “Abril e o Mundo Extraordinário”, de Franck Ekinci e Christian Desmares, em sessões às 9h30 e às 15. Às 19h30, será a vez de “O Menino da Porteira”, de Jeremias Moreira Filho, que tem no elenco o cantor Daniel. Encerrando o Cine Sesc, no dia 29, as sessões infantis serão com “O Castelo no Céu”, outra animação japonesa de Hayao Miyazaki (às 9h30 e às 15h). Já a programação da noite contará com o longa “Paulina”, de Santiago Mitre, às 19h30.

“O Cine Sesc é uma grande oportunidade para o público prestigiar filmes importantes da cinematografia brasileira e internacional, que não estão no circuito comercial de exibição, em uma ótima estrutura e com acesso gratuito”, afirma Edson Pedro da Silva, instrutor de atividades artísticas do Sesc Caruaru.

Sesc – O Serviço Social do Comércio (Sesc) foi criado em 1946. Em Pernambuco, iniciou suas atividades em 1947. Oferece para os funcionários do comércio de bens, serviços e turismo, bem como para o público geral, a preços módicos ou gratuitamente, atividades nas áreas de educação, saúde, cultura, recreação, esporte, turismo e assistência social. Atualmente, existem 19 unidades do Sesc do Litoral ao Sertão do estado, incluindo dois hotéis, em Garanhuns e Triunfo. Essas unidades dispõem de escolas, equipamentos culturais (como teatros e galerias de arte), restaurantes, academias, quadras poliesportivas, campos de futebol, entre outros espaços e projetos. Para conhecer cada unidade, os projetos ou acessar a programação do mês do Sesc em Pernambuco, basta acessar www.sescpe.org.br.

Serviço – Cine Sesc

Datas: 1º, 8, 15, 22 e 29 de agosto de 2018
Local: Teatro Rui Limeira Rosal – Rua Rui Limeira Rosal, s/n, Petrópolis
Entrada gratuita
Informações: (81) 3721.3967

Programação

08/08
9h30 e 15h – 31 Minutos, o Filme (Livre)
19h30 – À Devira (14 anos)

15/08
9h30 e 15h – Eu e Meu Guarda-Chuva (Livre)
19h30 – A Ovelha Negra (12 anos)

22/08
9h30 e 15h – Abril e o Mundo Extraordinário (Livre)
19h30 – O Menino da Porteira (12 anos)

29/08
9h30 e 15h – O Castelo no Céu (Livre)
19h30 – Paulina (16 anos)

Benefícios salariais: saiba mais sobre estas fontes extras de recursos

Os meios de comunicação oficiais e a imprensa divulgam todo ano os calendários de saques de Abono Salarial, PIS e Pasep. São benefícios concedidos a trabalhadores que recebem em média até dois salários mínimos mensais. Todo ano, porém, muitos deles deixam de retirar o dinheiro nos bancos, os valores retornam ao Fundo de Amparo ao Trabalhado (FAT), gestor dos recursos, e são destinados a programas de desenvolvimento econômico do país. Para não perder esse dinheiro, que é bem-vindo, sobretudo em momentos de crise econômica, é importante que o trabalhador fique atento a prazos e conheça melhor seus direitos.

Abono Salarial

O benefício do Abono Salarial assegura o valor de um salário mínimo anual aos trabalhadores brasileiros que recebem, em média, até dois salários mínimos de remuneração mensal de empregadores que contribuem para o Programa de Integração Social (PIS) ou para o Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (PASEP). Para assegurar o direito do trabalhador, o governo federal, entre outras medidas, instituiu a Relação Anual de Informações Sociais (Rais), preenchida pelas empresas, com elementos destinados a suprir as necessidades de controle, estatística e informações das entidades governamentais da área social, especialmente no tocante ao cumprimento da legislação relativa ao PIS-Pasep, entre outras. Assim, o direito ao Abono Salarial é aferido por meio do processamento da prestação das informações exigidas anualmente aos empregadores por meio da Rais.

Prazo

Historicamente, o período de recebimento do Abono Salarial tem seu início no segundo semestre de cada ano e se estende para o primeiro semestre do ano seguinte, conforme calendário de pagamento acordado pelo Conselho Deliberativo do FAT (Codefat). O calendário de pagamento do Abono Salarial ano-base 2017 já está definido. A estimativa é de que sejam destinados R$ 18,1 bilhões a 23,5 milhões de trabalhadores já a partir do próximo mês. Os pagamentos começam em 26 de julho de 2018. Os nascidos de julho a dezembro recebem o benefício ainda neste ano. Já os nascidos entre janeiro e junho terão o recurso disponível para saque em 2019 (tabela abaixo). Em qualquer situação, o dinheiro ficará à disposição do trabalhador até 28 de junho de 2019, prazo final para o recebimento.

Onde sacar

Os empregados da iniciativa privada são vinculados ao PIS. Esse grupo saca o dinheiro na Caixa. Outro grupo de trabalhadores é formado pelos funcionários públicos, inscritos no Pasep, e sacam no Banco do Brasil. Os correntistas terão o benefício creditado em conta no período estabelecido no calendário.

Quem tem Direito

Para ter direito ao Abono Salarial do PIS/Pasep é necessário ter trabalhado formalmente por pelo menos um mês no ano de referência, que neste caso é 2017, com remuneração média de até dois salários mínimos. Além disso, o trabalhador tem de estar inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos e os dados informados corretamente pelo empregador na Rais. A quantia que cada trabalhador tem para receber é proporcional ao número de meses trabalhados formalmente em 2017. O valor do abono salarial será calculado na proporção 1/12 do salário mínimo vigente na data do pagamento.

Cotas PIS-Pasep

O Abono Salarial não pode ser confundido com Cotas PIS-Pasep. O Fundo PIS/Pasep foi criado na década de 1970. Até a Constituição de 1988, os empregadores depositavam mensalmente um valor proporcional ao salário em contas vinculadas aos trabalhadores, como ocorre hoje com o FGTS. A partir de 1988, os empregadores deixaram de depositar o dinheiro individualmente para os trabalhadores e passaram a recolher à União, que destina o recurso ao Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT), responsável pelo pagamento de benefícios como Seguro Desemprego e Abono Salarial. No entanto, os valores depositados nas contas individuais no Fundo PIS/Pasep antes da mudança constitucional permaneceram lá. Os trabalhadores titulares dessas contas – ou seus herdeiros, no caso de morte do titular – podem sacar o saldo existente de acordo com os motivos de saque estabelecidos em lei.

Prazo

O resgate do benefício para homens e mulheres com 57 a 59 anos foi permitido a partir de 29 de junho. A partir de agosto, cotistas de qualquer idade terão os saques liberados. O prazo de resgate para todos os grupos se encerrará em 28 de setembro. Depois desta data, apenas aqueles como mais de 60 poderão retirar o dinheiro.

Quem tem direito às Cotas PIS-Pasep por lei

Para ter direito é preciso que o cadastro no PIS/Pasep tenha sido feito entre 1971 e 4 de outubro de 1988. Para os grupos de cotistas que já tiveram os saques liberados, a retirada do dinheiro já está disponível. Basta comparecer às agências da Caixa, no caso de trabalhadores da iniciativa privada, ou Banco do Brasil, no caso de servidores civis e militares.

Tem direito ao saque quem trabalhou formalmente até 4 de outubro de 1988 e hoje atende a algum dos seguintes critérios:

• Aposentadoria.
• Falecimento (dependentes podem solicitar o saque da cota).
• HIV-Aids (Lei 7.670/88).
• Neoplasia maligna – Câncer (Lei 8.922/94).
• Reforma militar.
• Amparo Social (Lei 8.742/93): Amparo Assistencial a Portadores de Deficiência (espécie 87) e Amparo Social ao Idoso (espécie 88).
• Invalidez (com ou sem concessão de aposentadoria).
• Reserva remunerada.
• Idade igual ou superior a 60 anos para homens e para mulheres.
• For acometido de doenças ou afecções listadas na Portaria Interministerial MPAS/MS nº 2998/2001 (titular ou um de seus dependentes).
• Morte, situação em que o saldo da conta será pago aos dependentes ou sucessores do titular.

Como sacar

No caso da Caixa, quem tem até R$ 1,5 mil a receber, retira o valor com a Senha Cidadão, nos terminais de autoatendimento. Entre R$ 1,5 mil e R$ 3 mil é necessário ter o Cartão do Cidadão e senha. Valores acima de R$ 3 mil são retirados nas agências bancárias. Quem tem conta corrente, Caixa Fácil ou poupança na Caixa, o valor é depositado diretamente nas contas. O Banco do Brasil também vai depositar os valores diretamente na conta dos trabalhadores que já forem clientes do banco. Os demais precisarão fazer uma consulta do saldo e, em seguida, uma transferência bancária.

Para consultar seu saldo

Trabalhadores celetistas vinculados ao PIS devem buscar informações no site da Caixa (www.caixa.gov.br).

Servidores públicos vinculados ao Pasep devem buscar informações no Banco do Brasil (www.bb.com.br).