Salão do Automóvel segue neste fim de semana

O Caruaru Shopping está realizando, desde a quinta-feira (9), o 3º Salão do Automóvel. O evento acontece até este domingo, dia 12 de agosto, reunindo as principais novidades da indústria automobilística. Estão disponíveis dezenas de modelos para venda e em exposição.

São várias fábricas que estão expondo suas novidades, incluindo modelos 2019. Entre elas estão a Honda, Chevrolet, Nissan, Fiat, Toyota, Audi, Land Hover, Hyundai, Volkswagen e a Renault. O Salão do Automóvel acontece no Pavilhão de Eventos e segue o horário do Shopping, ou seja, aberto ao público das 10h às 22h.

Para Walace Carvalho, gerente de Marketing do Caruaru Shopping, promover a terceira edição do Salão do Automóvel é uma satisfação ímpar para o centro de compras e convivência. “Temos aqui as maiores novidades e lançamentos de montadoras nacionais, além de vários modelos importados. Uma excelente oportunidade para quem pensa em trocar de carro ou até mesmo conhecer os novos lançamentos”, destacou.

O Caruaru Shopping também está com a exposição Arte Acrílica, do renomado artista plástico Ricardo Queiroz. Nessa exposição, que acontece na galeria do centro de compras e convivência (no corredor do hipermercado), o artista traz uma novidade muito peculiar em seu trabalho: transformar objetos e peças utilitárias em obras de arte. “De repente, você tem um balde de gelo ou uma caixa para guardar fotografias ou joias que são, na verdade, obras de arte. Minha ideia é deixar o dia a dia das pessoas mais belo e com requinte”, disse Ricardo Queiroz, que realiza pinturas sobre o MDF.

Com mais de 200 operações, estacionamento com 3.300 vagas, o Caruaru Shopping é o maior centro de compras do Norte e Nordeste. O local é dotado ainda de um hotel com mais de 145 apartamentos e um edifício empresarial.

O Caruaru Shopping fica localizado na Avenida Adjar da Silva Casé, 800, no Bairro Indianópolis.

/**/

Sesc Ler Buíque realiza oficina de fotografia

Entre os dias 13 a 17 de agosto, o Sesc Ler Buíque realizará a oficina de fotografia com o fotojornalista e pesquisador Tiago Henrique. O curso gratuito é voltado para pessoas com mais de 14 anos e abordará os seguintes aspectos fotográficos: O que é uma Imagem; Conceitos Básicos de Fotografia; Saída Fotográfica; Edição das imagens; e Exposição.

A inscrição pode ser feita no Ponto de Atendimento da Unidade. As aulas serão realizadas no horário das 19h às 22h, na Escola Vigário João Inácio, localizada na Av. Dom Amélia Cavalcanti, 157, no Centro. O projeto é uma realização do Laboratório de Autoria Literária Cyl Gallindo. A oficina terá como tema: “As cidades e a memória” e tem como inspiração o conto “Cidades invisíveis” de Ítalo Calvino.

No livro de Calvino, o viajante Marco Polo narra para o imperador mongol, Kublai Khan, as cidades do seu imenso império (o imperador não consegue conhecer todas as cidades do império de tão grande que ele é). Porém, como em nossas memórias, o que se tem delas, de fato, são pistas ou prenúncios que vão insinuar imagens, formas, palavras, que interagem de maneira diversa para cada um que as experimenta.

“Esse workshop pretende trabalhar a memória afetiva que cada integrante do curso tem de Buíque. E tem como principal objetivo despertar um novo olhar sobre a realidade de cada um sobre a rotina ou o banal cotidiano, e exercitar a percepção de que estes detêm determinados pontos chave na formação de nossas personalidades”, afirma a professora de Artes do Sesc Ler Buíque, Carla Tôrres.

Tiago Henrique é um fotógrafo paulistano, atualmente baseado em Pernambuco. Seu trabalho já foi exposto em salões e galerias no Brasil e no exterior, com destaque para 3º Salon d’Automne França-Brasil, no Memorial da América Latina, em São Paulo. Tiago é também idealizador do Coletivo Nação, formado por fotógrafos de distintas regiões do Brasil, e colabora com diversas publicações com foco na cultura brasileira como Revista Raiz e Projeto Andarilha.

Sesc – O Serviço Social do Comércio (Sesc) foi criado em 1946. Em Pernambuco, iniciou suas atividades em 1947. Oferece para os funcionários do comércio de bens, serviços e turismo, bem como para o público geral, a preços módicos ou gratuitamente, atividades nas áreas de educação, saúde, cultura, recreação, esporte, turismo e assistência social. Atualmente, existem 19 unidades do Sesc do Litoral ao Sertão do estado, incluindo dois hotéis, em Garanhuns e Triunfo. Essas unidades dispõem de escolas, equipamentos culturais (como teatros e galerias de arte), restaurantes, academias, quadras poliesportivas, campos de futebol, entre outros espaços e projetos. Para conhecer cada unidade, os projetos ou acessar a programação do mês do Sesc em Pernambuco, basta acessar www.sescpe.org.br.

Colóquio de Fotografia de Caruaru será em agosto

Questionamentos, informações, incertezas e possibilidades do universo da Fotografia serão debatidos em Caruaru, neste mês de agosto. Entre os dias 15 e 17, acontece na cidade o Colóquio de Fotografia de Caruaru (CFC), primeiro grande evento de diálogo sobre o tema no Agreste pernambucano. A iniciativa é gratuita e conta com profissionais convidados para troca de experiências e conhecimento, visando o aquecimento do mercado e da cena fotográfica local.

O Colóquio visa aproximar a Fotografia das pessoas. Três mesas de debate, que acontecem no auditório do Centro Universitário Tabosa de Almeida (ASCES – UNITA), trazem à tona temas atuais e importantes, tanto para quem quer seguir a área profissionalmente ou apenas conhece-la melhor: “Financiamento público para Fotografia”, “Fotojornalismo e Fotodocumentarismo” e “A Fotografia conceitual ou Fotografia de arte”.

Os assuntos serão debatidos por nove convidados, entre fotógrafos brasileiros renomados no Brasil e no exterior e agentes que atuam em produção fotográfica – Os fotojornalistas Alexandre Belém, Arnaldo Carvalho, Breno Laprovítera e Roberta Guimarães; o artista visual Carlos Melo; a produtora cultural Mariana Lima; os fotógrafos e professores universitários Eduardo Queiroga (AESO Barros Melo) e Diógenes Barbosa (ASCES – UNITA); e os representantes do Fotoclube A Feira, grupo fotográfico de destaque na cena caruaruense.

Além disso, 16 fotógrafos do Interior terão trabalhos avaliados por leituras de portfólio com Alexandre Belém, no Armazém da Criatividade. Através de uma seletiva, a iniciativa trará análise e interpretação da cena de Fotografia local, investigando potenciais e refletindo sobre possibilidades de desenvolvimento. Assim, o CFC se torna um canal para oportunizar negócios, networking e fomento de ideias inovadoras, trazendo para Caruaru discussões sobre o que há de mais novo em Fotografia na atualidade.

“Através das atividades, esperamos tocar tanto o público amador quanto o profissional. Queremos que fotógrafos que atuam no interior tenham mais visibilidade e reconhecimento, como também que pessoas de outras áreas possam enxergar a Fotografia como profissão, arte, conceito, narrativa… Um movimento para tornar a Fotografia mais presente e mais forte no interior”, detalha o fotógrafo Geyson Magno, idealizador do evento, que tem incentivo do Funcultura através da Fundarpe, Secretaria de Cultura e do Governo de Pernambuco.

As atividades do Colóquio são gratuitas, mas limitadas. Podem participar estudantes, profissionais e pessoas de qualquer área, tendo preferência aqueles que moram e atuam no interior (Agreste, Zona da Mata e Sertão). Inscrições mediante preenchimento de formulário disponível em www.coloquiodefotografia.com.br. A programação completa detalhada também pode ser conferida no site. Dúvidas ou mais informações: coloquiodefotografia@gmail.com.

ARTIGO — O papel da Inovação na busca pelo desenvolvimento sustentável

A edição especial de cinquenta anos da revista Exame, publicada em agosto de 2017, apresentou uma série de reportagens sobre as recentes mudanças no comportamento da sociedade. Seja em questões econômicas e políticas ou acerca dos padrões de produção e sobre as diferentes formas de se fazer negócios no Brasil e no mundo, as reportagens evidenciam que estamos em uma importante fase de mudança e de profundas transformações.

Para os mais céticos, a redução de empregos frente à outras soluções tecnológicas, o consequente aumento da desigualdade social e a mudança o ritmo de crescimento das grandes economias são pontos preocupantes desse processo. Há ainda o ressurgimento de movimentos radicais e o nacionalismo exacerbado que vão de encontro à ideia de um mundo integrado, resultando no fechamento de fronteiras e na indiferença para as dificuldades de nações subdesenvolvidas.

Para os que enxergam a partir dessa perspectiva, a inovação pode ser uma grande vilã. No entanto, o outro lado desse cenário pode ser muito mais promissor. Em destaque estão a aplicação da inovação em pesquisas científicas para a cura de doenças crônicas, no desenvolvimento de novos materiais e no investimento em energias limpas e renováveis. Assistimos também grandes transformações no campo educacional com o incentivo à adoção de novas tecnologias da educação; a capacitação das pessoas para um novo cenário econômico; e, até mesmo, o surgimento de novas profissões como alternativa para o mercado. Cabe a nós encontrarmos o equilíbrio entre esses extremos e clarificarmos nossos objetivos.

Assim como afirma Ricardo Voltolini em seu livro Sustentabilidade Como Fonte de Inovação, para obter bons resultados, é preciso saber porque inovar, em que inovar, como inovar, com quem inovar, que tempo dedicar à inovação e até onde devem ir. Com foco nesses resultados, a ONU estabeleceu uma Agenda Global para o Desenvolvimento Sustentável que determina 17 Objetivos desdobrados em 165 metas interdependentes e interconectadas que orientam a sociedade na construção de um mundo economicamente viável, ambientalmente correto e socialmente mais justo até 2030.

Enquanto a inovação avança em criações de alta complexidade, a chamada Agenda 2030 busca soluções para questões que afetam a vida das pessoas e do planeta. Assim, para encontrar o equilíbrio entre esses interesses, é fundamental que os líderes globalmente responsáveis atuem de forma integrada para incentivar e estabelecer iniciativas que possam aproximar a inovação e a sustentabilidade. Nesse contexto, cabe às instituições de ensino e escolas de negócios a responsabilidade de promover a educação executiva responsável no intuito de desenvolver habilidades técnicas e de estratégias de gestão associadas a valores como a ética e o desenvolvimento sustentável.

É preciso formar profissionais dotados de uma visão mais global de suas ações, que assumam papeis de protagonistas e responsáveis pela transformação que o mundo tanto precisa para se tornar um lugar mais justo e sustentável. Somente dessa forma será possível concentrar toda a capacidade de pesquisa e desenvolvimento da humanidade em seu próprio benefício.

*Norman de Paula Arruda Filho é Presidente do ISAE – Escola de Negócios, conveniado à Fundação Getulio Vargas, professor do Mestrado em Governança e Sus

Fim de semana de teatro no Sesc Caruaru

Neste fim de semana, o público terá novamente a oportunidade conferir a programação montada pelo Sesc no projeto Palco Parceria. Na sexta (10/8) o drama “A visita” poderá ser apreciado. No sábado (11/8) e domingo (12/8) o espaço será reservado para a deliciosa comédia “Deu a louca no convento”.

A montagem “A visita”, que é uma produção do Grupo Arte em Cena, que há mais de 30 anos presta importante contribuição à cena cultural de Pernambuco, tem direção de Nildo Garbo e texto de Moncho Rodriguez. No enredo, o personagem Antônio faz uma visita ao local que fez parte de sua infância. Busca na memória recriar fatos de seu passado e através de relatos sobre a família, política e sentimentos, encher de vida o vazio do lugar e do seu coração. O drama tem indicação livre.

Já o espetáculo “Deu a louca no convento” é uma produção do Grupo Teatral Eutopo e tem texto e direção de Ednilson Leite. A produção conta da chegada de uma freira ao convento de uma pequena cidade do interior. A freira rebelde acaba tirando a “paz e a tranquilidade” do recinto tradicional, que prega a moral e a doutrina da ordem. Começa aí o imperdível enredo da comédia que tem classificação indicativa de 16 anos.

“O Palco Parceria contempla as linguagens da música, dança, teatro e circo. Tem como objetivo fortalecer o movimento artístico cultural, destacando principalmente grupos e artistas da cidade e região, incentivando as parcerias entre pessoas e instituições para divulgação e promoção das apresentações artísticas”, explica instrutor de atividades artísticas do Sesc Caruaru, Edson Pedro.

Quem não puder ir ao teatro neste fim de semana, o Rui Limeira Rosal contará com programação nos finais de semana subsequentes: “A visita” (17 e 24/8) e “Deu a louca no convento (18, 19, 25 e 26/8).

As encenações ocorrerão no Teatro Rui Limeira Rosal e serão iniciadas às 20h. As apresentações são voltadas para o público, que pagam R$ 20, e para os Trabalhadores do comércio de bens, serviços e turismo, que têm desconto e pagam R$ 10. Os ingressos podem ser adquiridos na bilheteria do teatro, que está localizado na Rua Rui Limeira Rosal, s/n, no bairro Petrópolis.

Caruaru Shopping recebe exposição ‘Arte Acrílica’

O Caruaru Shopping sedia até o dia 02 de setembro, a exposição ‘Arte Acrílica’, do artista plástico Ricardo Queiroz. Natural do Recife, ele reside há mais de 20 anos em Gravatá e é considerado um dos grandes nomes da arte moderna, com algumas telas sendo expostas no Instituto Brennand.

Nessa exposição que acontece na galeria do centro de compras e convivência, no corredor do hipermercado, o artista traz uma novidade muito peculiar em seu trabalho: transformar objetos e peças utilitárias em obras de arte. “De repente, você tem um balde de gelo ou uma caixa para guardar fotografias ou joias que são, na verdade, obras de arte. Minha ideia é deixar o dia a dia das pessoas mais belo e com requinte”, disse Ricardo Queiroz, que realiza pinturas sobre o MDF.

Para Walace Carvalho, gerente de Marketing do Caruaru Shopping, receber um artista como Ricardo Queiroz, além de valorizar a cultura pernambucana, dá oportunidade aos artistas locais apresentarem o seu trabalho para milhares de pessoas que circulam no maior centro de compras de uma cidade do Interior do Norte e Nordeste. “Estamos felizes em receber um artista bem avaliado pela crítica e com sua obra tendo grande aceitação pelo público”, afirmou.

O Caruaru Shopping oferece ainda várias opções de lazer, como cinema, boliche e jogos, bem como mais de 200 operações e três mil vagas de estacionamento. O centro de compras e convivência fica localizado na Avenida Adjar da Silva Casé, 800, no Bairro Indianópolis.

Estudantes da rede municipal recebem exames de vista gratuito

O cronograma de ações de saúde ocular nas instituições municipais de ensino seguem neste mês de agosto e devem atender cerca de 10 mil alunos de Caruaru.

A ação faz parte do programa Aprender com Saúde, uma parceria das secretarias municipais de educação e saúde, e tem o objetivo de visitar as escolas de Caruaru para identificar os alunos que possuem alguma dificuldade na visão e necessitam de atendimento oftalmológico.

“Vamos levar para as escolas do município das zonas urbana e rural, uma equipe de saúde para identificar quem precisa de tratamento oftalmológico e distribuir para estes alunos, gratuitamente, os óculos para correção da visão”, explicou o coordenador do Aprender com Saúde pela Secretaria de Educação, Giorgio Martins.

A previsão é que sejam distribuídos cerca de quatro mil óculos para os alunos que apresentarem dificuldades na visão. A ideia é que com esse cuidado na saúde ocular, o rendimento dos estudantes melhore dentro das salas de aula. “A partir do momento em que conseguimos identificar o problema e solucioná-lo, permitimos o pleno desenvolvimento do processo de ensino e aprendizagem dos alunos”, comentou o professor Yago Campelo.

A ação de saúde ocular vai passar, este mês, pelas seguintes escolas: Escola Municipal Dom Severino V.D Melo – Terra Vermelha (dia 03), Escola Teresa Neuma – Maria Auxiliadora (dias 07 e 08), Escola Beliseu Cordula – Terra Vermelha (dia 10), Escola Municipal Tomé Claudino – Murici (dia 15) e Escola Municipal Maria Bezerra Torres – Murici (dia 24).

“O programa Aprender com Saúde tem a visão do cuidado com a criança de forma global, tratando a saúde ocular, bucal, auditiva, prevenção da obesidade, atividades físicas, combate as doenças negligenciadas, entre outros. Propomos que o aluno tenha uma saúde geral em dia para poder ter um bom aprendizado e um bom desenvolvimento dentro da escola e na vida em sociedade”, conclui a coordenadora do Aprender com Saúde, Carina Toscano.

26ª Rodada de Negócios da Moda Pernambucana gera R$ 20 milhões em vendas

A Rodada de Negócios da Moda Pernambucana (RNMP), realizada há 13 anos no Agreste pernambucano, continua surpreendendo o mercado nacional a cada edição. A 26ª RNMP, em especial, tornou-se um case de sucesso não apenas pelos números, mas, também, pela inovação. O evento passou a contemplar todos os setores da cadeia produtiva da moda, desde os fornecedores de insumos têxteis, passando pelos processos criativos e as soluções tecnológicas até a comercialização das peças, impulsionando a competitividade do Polo de Confecções do Agreste. O resultado não poderia ser diferente: mais de um milhão de peças comercializadas e R$ 20 milhões gerados em negócios.

Setor têxtil em evidência

A principal novidade da 26ª edição foi a criação da ala InoveTex, espaço exclusivo para fornecedores têxteis com empresas dos segmentos de fios, tecidos, aviamentos, tecnologia e soluções financeiras. O ambiente teve entrada independente para acesso do público espontâneo e de compradores ligados ao setor com o objetivo de potencializar parcerias e negócios com novos mercados.

Representante comercial de uma das nove empresas expositoras do InoveTex, Everaldo Gualberto aprovou a expansão do evento para incorporar o setor têxtil. “Foi uma oportunidade que a Rodada de Negócios nos deu de, enquanto fornecedores de matéria prima e de componentes têxteis, estar mais próximos dos nossos clientes e de participar de um evento consolidado a nível nacional”, afirmou.

Mais competividade para microempresas

Nesta edição, o Pernambuco que Cresce, iniciado na 25ª RNMP como projeto piloto, foi incorporado de forma definitiva ao evento, mostrando a força das microempresas da região. A iniciativa, que teve início com a participação de cinco empresas, passou a contar com 16 expositoras representantes dos segmentos de moda masculina, feminina, jeans e infantil. O fluxo de compradores, durante os três dias da Rodada de Negócios, foi intenso e os contatos firmados vão garantir a produção de muitas marcas até o final do ano.

Expositor de moda infantil dessa ala, Jackson Silva apostou na ideia e não se arrependeu. “Havíamos participado da edição piloto do Pernambuco que Cresce e achamos bem proveitosa para a nossa empresa. Desde o começo, já superou nossas expectativas e nos ajudou muito nas vendas do primeiro semestre. Por isso, continuamos e estamos satisfeitos”, disse.

Adversários do mata-mata serão conhecidos na Série C

Os confrontos das quartas-de-final do Campeonato Brasileiro da Série C serão conhecidos neste fim de semana. Na última rodada da primeira fase do grupo A, o já classificado Náutico visita o Remo, neste sábado (11), a partir das 19h30, no Estádio Mangueirão, e o próximo da vaga, Santa Cruz, recebe o já rebaixado Salgueiro, no mesmo dia e horário, no Estádio do Arruda. Após 17 partidas disputadas, o Timbu lidera a chave com 30 pontos, seguido pelo Atlético-AC com 27; pelo Santa, na terceira posição com 25, e pelo Botafogo-PB, em quarto, também com 25 pontos.

Pelo grupo B, na última rodada, o já classificado Operário-PR visita a Luverdense, neste sábado, a partir das 17h, no Passo das Emas. O segundo colocado, Botafogo-SP, encara a Tombense, no mesmo dia e horário, em Tombos, e o terceiro lugar, Cuiabá, duela com o quarto Bragantino, também no sábado e às 17h, no Estádio Nabi Abi Chedid.

Sport

Em paralelo à 3ª Divisão, pela Série A, o Sport recebe o São Paulo, neste domingo (12), a partir das 16h, na Ilha do Retiro. O Leão está na 12ª posição, com 20 pontos.

Armando reafirma: “Gosto de fazer entregas, sou ruim de promessas”

Armando Monteiro, candidato a governador da coligação Pernambuco vai Mudar, reagiu com bom humor na quinta-feira (9) a uma peça irônica distribuída pelo PSB via WhatsApp com o objetivo de tentar desgastá-lo. É um vídeo curto em que reproduz a seguinte frase de Armando, dita durante sabatina na imprensa: “Eu sou ruim de promessa”. O candidato riu ao ver o filmete. “Sou ruim de promessas mesmo, gosto de fazer entregas”, reafirma.

Armando lembrou da extensa lista de obras e ações prometidas pelo atual governador do Estado, mas que não saíram do papel. Nos últimos quatro anos, o governo acumulou centenas de obras paralisadas, conforme relatório do Tribunal de Contas do Estado (TCE-PE), se comprometeu a dobrar os salários dos professores, a construir 20 Compaz e 6 UPAs Especialidades, mas não fez.

Cobrando responsabilidade na propagação de promessas durante campanha eleitoral, Armando avisou: “Se essa eleição for um campeonato de promessas, vou ficar mal colocado, exatamente porque respeito os limites do que pode ser realizado.”