Golpe prejudica estudantes

Um grupo de estudantes de uma universidade particular de Caruaru esteve registrando boletim de ocorrência, na noite da última segunda-feira (6), na 3ª Delegacia de Caruaru, em desfavor do suspeito Maxwell Darley da Silva, de idade não informada. Ele teria, segundo os denunciantes, desviado quase R$ 70 mil do fundo de caixa, que havia sido montado para a formatura dos alunos.

Ainda de acordo com os estudantes, Maxwell era responsável pelo setor financeiro da comissão de formatura e, de uns meses para cá, vinha ostentando bastante em festa e viagens. Ao saber da descoberta dos alunos, o suspeito teria tentado cometer suicídio com a ingestão de medicamentos.

Até o fechamento desta editoria, o estado de saúde do suposto golpista era considerado grave. Ele permanecia internado em uma unidade hospitalar do Recife. A Polícia Civil abriu inquérito para apurar o caso.

De acordo com o delegado Thiago Henrique, que está à frente do caso, Maxwell já responde a um processo na Justiça por estelionato. Ele será indiciado pelo mesmo crime.

Pedro Augusto é jornalista e repórter do Jornal VANGUARDA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.