Abertas inscrições para Seminário sobre a ‘Diversidade Sexual à Luz da Psicanálise’ em Caruaru

Estão abertas as inscrições para participar do Seminário “A Diversidade Sexual à Luz da Psicanálise”, com o palestrante e escritor, Adeilson Salles, com mais de 80 livros publicados em todo o Brasil. O evento é promovido pela Escola de Psicanálise Caruaru, local onde ele é cursista.

“O encontro será importante para auxiliar de maneira geral as pessoas a lidarem com a diversidade sexual, a partir do próprio lar na aceitação e compreensão. Muitos Homoafetivos e Transgêneros não são aceitos pela família e infelizmente, chegam a ter depressão e acabam tirando sua própria vida. Abordar um tema como esse faz levar uma mensagem de amor e acolhimento”, afirma Adeilson Salles.

As inscrições podem ser feitas através do endereço eletrônico: contato.epc@hotmail.com o participante deverá enviar o seu nome completo e telefone; colocar o título “Inscrição Seminário” no assunto do e-mail e aguardar a confirmação. Ou pode fazer presencialmente no Empresarial e Centro Médico Dr. João Farias, localizado na Avenida Dom Bosco, 125, no Bairro Maurício de Nassau em Caruaru (PE), até a quarta-feira (15) das 14h30 às 18h, mesma Rua do Colégio Estadual.

O acesso é de R$ 20,00 (inteira) ou R$ 15,00 + 1 kg de alimento não perecível (entrada social). O Seminário será realizado na próxima quarta-feira (15), às 19h no Empresarial Trade Center, piso G1, sala 10, localizado na Avenida Oswaldo Cruz, 217, Bairro Maurício de Nassau. As vagas são limitadas.

Toda renda líquida do Seminário será revertida para o Núcleo de Apoio à vida de Caruaru (NAVIC) que cuida da saúde mental e do bem estar das pessoas. Os alimentos serão doados à Casa de Auxílio Maria de Nazaré, no Bairro Cidade Jardim, em Caruaru.

SOBRE O PALESTRANTE

Adeilson Salles é natural do Guarujá, litoral de São Paulo. É escritor de mais de 80 livros para o público em todas as idades: crianças, jovens e adultos. O reconhecimento de seu trabalho é observado na participação constante nas Bienais mais importantes do Brasil em diversos Estados, assim como nas principais feiras do livro do país. Algumas de suas obras já foram traduzidas para o inglês e o espanhol. Adeilson é cursista na Escola de Psicanálise Caruaru.

Escola Estadual João Monteiro de Melo recebe exposição do escritor Gilvan Lemos

De 13 a 17 de agosto, a Escola Estadual João Monteiro de Melo receberá a exposição literária itinerante sobre a obra do escritor pernambucano Gilvan Lemos. Ao todo, o escritor produziu mais de 30 títulos, alguns trechos de sua marcante carreira serão apresentados ao alunado. A ação é uma realização do Sesc Ler Belo Jardim.

Falecido em 2015, o escritor Gilvan Lemos é um dos importantes nomes da literatura pernambucana. Nascido na cidade de São Bento do Una, Lemos fez parte da Academia Pernambucana de Letras, onde ocupava a cadeira de número 26. Publicou diversos livros ao longo de sua trajetória, contando com 12 romances, sete livros de conto e seis novelas. Em 2013, recebeu justa homenagem na IX Bienal Internacional do Livro de Pernambuco. Também foi vencedor de outros vários prêmios regionais e nacionais.

Além de obras de Gilvan, a exposição contará ainda com a exibição de um vídeo que conta a história dele e dinâmicas serão realizadas com o alunado. “Nosso intuito ao levar o trabalho dele para as escolas é poder fazer com que o maior número de pessoas possível tenha contato com a rica carreira do escritor, e despertar o gosto pela leitura”, explica o professor de cultura do Sesc Ler Belo Jardim, Juvêncio Amâncio da Silva.

Não só a Escola Estadual João Monteiro de Melo, localizada na Rua Santo Antonio, 269, no bairro de mesmo nome, receberá a exposição. Outras unidades de ensino podem solicitar a visita. Para isto, basta que o representante da unidade de ensino entre em contato com o Sesc e solicite a visita. O Sesc Ler Belo Jardim está localizado na Rua Pedro Leite Cavalcante, s/n, no bairro Cohab II.

Obras – Estão entre as principais obras de Gilvan Lemos: “A Noite dos Abraçados” (1975), “Os Pardais estão Voltando” (1983), “Emissários do Diabo”, “O Anjo do Quarto Dia”, “Enquanto o Rio Dorme”, “Morcego Cego” (1998).

Sesc – O Serviço Social do Comércio (Sesc) foi criado em 1946. Em Pernambuco, iniciou suas atividades em 1947. Oferece para os funcionários do comércio de bens, serviços e turismo, bem como para o público geral, a preços módicos ou gratuitamente, atividades nas áreas de educação, saúde, cultura, recreação, esporte, turismo e assistência social. Atualmente, existem 19 unidades do Sesc do Litoral ao Sertão do estado, incluindo dois hotéis, em Garanhuns e Triunfo. Essas unidades dispõem de escolas, equipamentos culturais (como teatros e galerias de arte), restaurantes, academias, quadras poliesportivas, campos de futebol, entre outros espaços e projetos. Para conhecer cada unidade, os projetos ou acessar a programação do mês do Sesc em Pernambuco, basta acessar www.sescpe.org.br.

PIS/Pasep: resgate começa amanhã para trabalhadores de todas as idades

A partir desta terça-feira (14), trabalhadores de todas as idades que tiverem direito a cotas dos fundos dos programas de Integração Social (PIS) e de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) poderão sacar seus recursos. O prazo ficará aberto até 28 de setembro.

Desde o dia 8 de agosto, o crédito para correntistas da Caixa e do Banco do Brasil está sendo feito automaticamente. A partir de amanhã, todas as pessoas poderão sacar os recursos corrigidos. A partir de 29 de setembro, só será possível receber as quantias dos dois fundos nos casos previstos na Lei 13.677/2018.

Para saber o saldo e se tem direito ao benefício, o trabalhador pode acessar os sites do PIS e do Pasep. Para os cotistas do PIS, também é possível consultar a Caixa Econômica Federal no telefone 0800-726-0207 ou nos caixas eletrônicos da instituição, desde que o interessado tenha o Cartão Cidadão. No caso do Pasep, a consulta é feita ao Banco do Brasil, nos telefones 4004-0001 ou 0800-729-0001.

Têm direito ao saque as pessoas que trabalharam com carteira assinada antes da Constituição de 1988. As cotas são os recursos anuais depositados nas contas de trabalhadores criadas entre 1971, ano da criação do PIS/Pasep, e 1988.

Quem contribuiu após 4 de outubro de 1988 não tem direito ao saque. Isso ocorre porque a Constituição, promulgada naquele ano, passou a destinar as contribuições do PIS/Pasep das empresas para o Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT), que paga o seguro-desemprego e o abono salarial, e para o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Até 2017, o saque das cotas era permitido quando o trabalhador completasse 70 anos, em caso de aposentadoria e em outras situações específicas. Desde o ano passado, o governo federal flexibilizou o acesso e até setembro pessoas de todas as idades podem retirar o dinheiro.

Em julho, o pagamento foi suspenso para o cálculo do rendimento do exercício 2017-2018. Na primeira etapa do cronograma, encerrada no dia 29 de junho, 1,1 milhão de trabalhadores fizeram o saque, retirando uma soma de R$ 1,5 bilhão.

/**/

UFPE inova em campanha de boas vindas

Os alunos da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) terão uma novidade na volta às aulas deste semestre. Através da Pró-reitoria de Comunicação, Informação e Tecnologia da Informação (PROCIT), a In Loco, empresa de tecnologia de localização, fechou uma parceria com a UFPE para recepcionar os alunos de uma maneira inovadora. Os alunos do campus de Recife que fizerem parte da base de usuários de um dos 600 aplicativos vinculados à In Loco Media, solução de publicidade da In Loco que usa dados de localização para segmentar anúncios mobile.

“O objetivo da parceria é agregar valor às informações distribuídas para a comunidade acadêmica, que envolve mais de 50 mil estudantes, docentes e técnicos administrativos em três campi em Recife, Caruaru e Vitória de Santo Antão”, explica Décio Fonseca, Pró-reitor de Comunicação, Informação e Tecnologia da Informação da UFPE.

Essa é a primeira ação da instituição de ensino em parceria com a gigante de tecnologia pernambucana. Ela será veiculada em caráter experimental a partir de hoje, 13 de agosto, momento da volta às aulas do segundo semestre de 2018. O tema da campanha de volta às aulas é “O hoje exige mudanças. O que precisamos fazer?” e foi elaborada pelo PROCIT, e baseia-se no debate proposto pelo Projeto UFPE Futuro, que busca refletir sobre as transformações ocorridas nas últimas décadas, a produção de conhecimento e os novos processos de ensino-aprendizagem. A ideia é acolher todos e ampliar o debate proposto para toda a sociedade porque, como diz a própria campanha, “o hoje exige mudanças”.

“É muito significativo para a In Loco fechar uma parceria com a UFPE. Afinal, nascemos como dentro das salas de aula da instituição e reconhecemos que a Universidade Federal de Pernambuco é um dos berços do empreendedorismo e da inovação no estado”, finaliza André Ferraz, CEO e cofundador da In Loco.

Na primeira semana da campanha, 10% das crianças se vacinaram

Na primeira semana da Campanha Nacional de Vacinação Contra a poliomielite e sarampo, 1,16 milhão de crianças se vacinaram contra a pólio e 1,51 milhão contra o sarampo em todo o país. O quantitativo corresponde a 10,36% do público-alvo para a pólio e 10,27% para o sarampo. Mais de 11 milhões de crianças de um a menores de cinco anos devem ser vacinadas neste período. A Campanha Nacional de Vacinação ocorre até o dia 31 de agosto e o dia D de mobilização nacional será no próximo sábado, 18 de agosto, quando os mais de 36 mil postos estarão abertos. No total, 2,3 milhões de doses das vacinas foram aplicadas.

Neste ano, a Campanha Nacional de Vacinação Contra a poliomielite e sarampo está sendo feita de forma indiscriminada, para manter coberturas homogêneas de vacinação. Por isso, todas as crianças de um ano a menores de cinco devem se vacinar, independente da situação vacinal. Para a poliomielite, as crianças que não tomaram nenhuma dose durante a vida, receberão a Vacina Inativada Poliomielite (VIP). Já os menores de cinco anos que já tiverem tomado uma ou mais doses da vacina, receberão a Vacina Oral Poliomielite (VOP), a gotinha. Em relação ao sarampo, todas as crianças receberão uma dose da vacina Tríplice viral, independente da situação vacinal, desde que não tenham sido vacinadas nos últimos trinta dias.

“Desta forma, criamos uma imunidade de grupo. Rapidamente teremos a oportunidade de garantir que, mesmo que os vírus da pólio e sarampo entrem no país, não encontrem uma fonte de infecção”, explica a coordenadora do Programa Nacional de Imunizações do Ministério da Saúde, Carla Domingues. Ela também ressalta que é uma oportunidade de corrigir falhas vacinais. “As crianças, por terem o sistema imunológico mais frágil, podem não responder imunologicamente à vacina”, esclarece a coordenadora.

Até o momento, 2.251 municípios ainda não registraram os dados sobre as doses aplicadas durante a campanha no Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunizações (SI-PNI) do Ministério da Saúde. A Pasta reforça que estados e municípios devem manter o sistema de informação devidamente atualizado para ter conhecimento da real situação da cobertura vacinal no país. Entre os estados com melhor cobertura vacinal neste momento estão: Rondônia, com 39,88% para a pólio e 38,81% para o sarampo, seguido por São Paulo com 27,68% pólio e 27,23% sarampo. Entre as coberturas mais baixam, destacam-se: Roraima, com 0,61% do público-alvo vacinado para pólio e 0,57% para sarampo e Rio de Janeiro, que tem 1,85% pólio e 2,65% sarampo. doenças já eliminadas no Brasil.

“Somente vacinando essas 11,2 milhões de crianças criaremos uma barreira sanitária para impedir a propagação do vírus do sarampo que voltou a circular no país e evitar a reintrodução do vírus da paralisia infantil”, enfatizou Carla Domingues.

O Ministério da Saúde oferta todas as vacinas recomendadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS) que estão disponibilizadas no SUS. Ao todo, são 19 para combater mais de 20 doenças, em todas as faixas etárias. Por ano, são cerca de 300 milhões de doses de imunobiológicos distribuídos em todo o país.

Mercado de cartões cresceu 12,9% em volume de transações em 2017, indica BC

Na última semana, o Banco Central (BC) publicou as Estatísticas de Pagamentos de Varejo e de Cartões no Brasil, referentes a 2017. No período, o mercado brasileiro de cartões cresceu 12,9% em volume de transações, com destaque para os as transações em cartão de débito, que apresentaram 16% de crescimento ao ano enquanto as transações em crédito cresceram 9,3%.

Segundo o levantamento, a Mastercard finalizou o último trimestre de 2017 como líder de mercado, com 46% do share total de transações, sendo: 50,2% de participação em Crédito e 42,7% no Débito. “Ao oferecermos serviços mais rápidos, eficientes e seguros, conquistamos a confiança de nossos parceiros e consumidores e, consequentemente, a liderança de mercado”, afirma João Pedro Paro Neto, Presidente da Mastercard para Brasil e Cone Sul.

Outro destaque do levantamento foram as transações de cartão não presente (quando os consumidores não precisam apresentar fisicamente o cartão na hora de realizar uma compra, como na internet e em aplicativos), cuja representatividade praticamente dobrou entre dezembro de 2014 (9,4%) e dezembro de 2017, e, atualmente, representam mais de 18% do total de transações de crédito. Esse movimento é fortemente impulsionado pelo crescimento do e-commerce no Brasil.

Vendas a prazo no Dia dos Pais se mantêm estável

As vendas a prazo no Dia dos Pais se mantiveram estável, com variação de -0,10% na comparação com o mesmo período do ano passado. É o que apontam os dados apurados pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil). O resultado do indicador reflete a lenta recuperação da economia, que ainda pesa sobre o desempenho das vendas nos setores de comércio e serviços.

Nos últimos anos, as variações registradas foram: +8,88% (2017), -9,76% (2016), -7,17% (2015), +5,01% (2014), -5,69% (2013), +18,00% (2012) e -8,14% (2011).

Segundo o presidente da CNDL, José César da Costa, o comércio teve praticamente o mesmo ritmo de vendas do ano passado, mostrando quanto o brasileiro possui o hábito de presentear. “Os consumidores continuam preocupados em não comprometer o orçamento com compras parceladas, principalmente diante de um quadro de dificuldades, com o achatamento da renda e alto índice de desemprego”, explica.

Para o presidente do SPC Brasil, Roque Pellizzaro, a confiança do consumidor em relação à economia não evolui já que muitos brasileiros continuam sem perspectiva de emprego, outros voltaram ao mercado do trabalho com salários mais baixos e o índice de inadimplência é alto, levando à restrição do crédito. Todos esses fatores exercem forte impacto sobre o consumidor, que acaba sendo obrigado a limitar seus gastos para salvar as finanças.

O Dia dos Pais é a primeira data comemorativa do segundo semestre e, embora não movimente cifras tão volumosas como no Natal, Dia das Mães e Dia dos Namorados, funciona como um termômetro para as próximas datas, como Dias das Crianças e o próprio Natal. De acordo com pesquisa de intenção de compras feita pelo SPC Brasil, os produtos mais procurados neste período seriam as roupas, perfumes e cosméticos, calçados e acessórios masculinos, como cintos, carteiras, relógios e meias.

Metodologia

O cálculo de vendas a prazo é baseado no volume de consultas realizadas ao banco de dados do SPC Brasil (Serviço de Proteção ao Crédito) entre os dias 5 e 11 de agosto deste ano comparado com a semana anterior ao dia dos pais de 2017. A CNDL e o SPC Brasil lançam nesta divulgação uma nova metodologia para as datas comemorativas, tornando a apuração ainda mais precisa.

Vice-prefeito de Caruaru presta homenagem a Eduardo Campos

Hoje completa quatro anos que o ex-governador Eduardo Campos partiu de forma trágica. Ele deixou um enorme legado de obras e ações que até hoje mudaram a vida do povo pernambucano de forma significativa . Deixo meu reconhecimento a este que foi um dos maiores líderes político do Brasil.

Rodrigo Pinheiro Vice-prefeito de Caruaru

Modalidades esportivas com vagas abertas

O Sesc Ler Buíque vai abrir novas turmas para algumas modalidades esportivas oferecidas pela Unidade. Para este segundo semestre de 2018, está sendo formado mais um grupo de ginástica para pessoas com mais de 15 anos, outro de natação para crianças acima dos 12 anos, além de futebol para crianças de 6 a 8 anos e futsal para crianças com idades entre 7 e 10 anos. As matrículas podem ser feitas no Ponto de Atendimento do Sesc Ler, que fica na Rua Projetada, s/n, no bairro Frei Damião.

O Sesc Ler conta ainda com vagas para as turmas já existentes de hidroginástica, natação, futebol e futsal adulto. As aulas de hidroginástica acontecem nas segundas, quartas e sextas, das 16h às 17h. A turma 1 de ginástica tem aulas nas segundas, quartas e sextas, das 18h às 19h, e a nova turma será nas terças e quintas, também das 18h às 19h.

Já natação tem todos os dias, variando apenas os horários de acordo com as categorias. O futebol tem aulas na segunda, das 8h às 10h. O futsal adulto ocorre nas terças e quintas, das 19h às 20h e as turmas infantis serão nas terças e quintas em dois horários: das 8h às 9h e das 17h às 18h.

Para se matricular, os interessados precisam apresentar o CPF, inclusive das crianças a partir dos 8 anos, Carteira de Identidade do responsável ou Certidão de Nascimento das crianças, e foto 3×4. Para futebol, futsal e ginástica, é necessário o exame clínico. Já para natação e hidroginástica, além do exame clínico, também é preciso apresentar o exame de pele. Para informações sobre o local onde são realizados os exames, os interessados podem ligar para o Sesc Ler, no número (87) 3855.2230.

Neste mês de agosto, as matrículas de futebol, futsal e ginástica serão gratuitas. As demais têm preços que variam de R$ 20 a R$ 50. Trabalhadores do comércio de bens, serviços e turismo e dependentes têm direito a desconto e, para esse público, o valor varia de R$ 10 a R$ 25.

Sesc – O Serviço Social do Comércio (Sesc) foi criado em 1946. Em Pernambuco, iniciou suas atividades em 1947. Oferece para os funcionários do comércio de bens, serviços e turismo, bem como para o público geral, a preços módicos ou gratuitamente, atividades nas áreas de educação, saúde, cultura, recreação, esporte, turismo e assistência social. Atualmente, existem 19 unidades do Sesc do Litoral ao Sertão do estado, incluindo dois hotéis, em Garanhuns e Triunfo. Essas unidades dispõem de escolas, equipamentos culturais (como teatros e galerias de arte), restaurantes, academias, quadras poliesportivas, campos de futebol, entre outros espaços e projetos. Para conhecer cada unidade, os projetos ou acessar a programação do mês do Sesc em Pernambuco, basta acessar www.sescpe.org.br.

Serviço: Inscrições para cursos esportivos do Sesc Ler Buíque

Local: Ponto de Atendimento do Sesc Ler – Rua Projetada, s/n, Frei Damião

Documentos exigidos: CPF do responsável e das crianças a partir dos 8 anos; Carteira de Identidade do responsável ou Certidão de Nascimento das crianças; foto 3×4; Exame Clínico (futebol, futsal e ginástica); Exame Clínico e Exame de Pele (natação e hidroginástica)

Informações: (87) 3855.2230

Novas turmas:

Ginástica 2 – 15 anos acima, nas terças e quintas, das 18h às 19h

Mensalidade: R$ 10 (trabalhadores do comércio e dependentes) e R$ 20 (público geral)

OBS.: em agosto é gratuita

Natação 8 – 12 anos acima, nas terças e quintas, das 15h às 16h

Mensalidade: R$ 20 (trabalhadores do comércio e dependentes) e R$ 40 (público geral)

OBS.: em agosto é gratuita

Futebol 2 – 6 a 8 anos, nas segundas, das 8h às 10H

Mensalidade: R$ 12 (dependentes dos trabalhadores do comércio) e R$ 24 (público geral)

OBS.: em agosto é gratuita

Futsal 5 – 7 a 10 anos, nas terças e quintas, das 8h às 9h

Mensalidade: R$ 12 (dependentes dos trabalhadores do comércio) e R$ 24 (público geral)

OBS.: em agosto é gratuita

Futsal 6 – 7 a 10 anos, nas terças e quintas, das 17h às 18h

Mensalidade: R$ 12 (dependentes dos trabalhadores do comércio) e R$ 24 (público geral)

OBS.: em agosto é gratuita

Fenagreste bate recorde de público em sua terceira edição

Cinco dias de lançamentos de livros, shows, contação de histórias, games, palestras e muita gente percorrendo os corredores marcaram a terceira edição da Feira Nacional do Livro do Agreste – Fenagreste, encerrada neste domingo, em Caruaru. O evento, que de 8 a 12 de agosto recebeu estudantes, professores e o público geral de todo o Agreste, atingiu a marca de 67 mil pessoas, superando os 54 mil registrados em 2017.

Para a Companhia Editora de Pernambuco (Cepe) e a Associação do Nordeste das Distribuidoras e Editoras (Andelivros), a feira literária consolida-se como evento importante do calendário de Caruaru pelo seu apelo não apenas para a Capital do Forró, mas para toda a região. Diariamente, caravanas de municípios como Toritama, Santa Cruz do Capibaribe, Riacho das Almas, Bezerros, Bonito e Garanhuns trouxeram centenas de estudantes e professores para visitar os 50 estandes montados no Espaço Cultural Tancredo Neves.

“O sucesso da terceira edição da Fenagreste comprova o acerto do Governo do Estado, por meio da Cepe, Andelivros e Prefeitura de Caruaru, em realizar um evento dessa natureza na região. Caruaru é um polo cultural do Agreste que influencia uma população estimada em 1,2 milhão de pessoas de toda a região, fato que dá a necessária sustentação à Fenageste. Esse ótimo resultado nos anima a realizar novas feiras literárias nos próximos anos”, afirmou o presidente da Cepe, Ricardo Leitão, realizadora do evento.

A prova de que o bom resultado aponta para a continuidade do evento é que o homenageado da quarta edição, em 2019, foi anunciado na cerimônia de encerramento pela prefeita Raquel Lyra. “A Fenagreste é um sucesso, sem dúvida. É um evento cultural de qualidade, que funciona como oportunidade única para atualizar e capacitar nossos professores. Estaremos novamente juntos com a Andelivros e a Cepe em 2019. E nosso grande mamulengueiro, nosso mestre da companhia Feira de Teatro, será o homenageado do evento, ao lado de Fernando Lyra”, declarou a gestora.

A Fenagreste atingiu resultado surpreendente também economicamente. A estimativa é que a movimentação financeira seja finalizada em R$ 2 milhões. Em 2017, foi R$ 1,5 milhão. Durante os cinco dias da feira, estiveram representadas mais de 100 editoras, que comercializaram livros e outros materiais educacionais voltados a adultos e crianças.

“Podemos dizer, sem medo, que a Fenagreste já está hoje entre as dez maiores feiras literárias do País. Isso é algo que muito nos honra e alegra. Como livreiro, fico muito feliz em poder levar o livro e os escritores ao encontro com crianças e adultos. Esse é o nosso objetivo principal”, salientou José Alventino Lima, diretor de feiras da Andelivros.

Entre os pontos altos da programação de 2018, estão o show de abertura, com Jessier Quirino, a homenagem ao compositor Onildo Almeida pelos seus 90 anos, a palestra com Raimundo Carrero e os shows de Petrúcio Amorim, filho de Caruaru, e de Maciel Melo. A Fenagreste discutiu o tema “Toda família tem histórias”, abordando as novas configurações familiares em várias palestras.

A garotada e os adolescentes tiveram espaços especiais, o Cantinho da Trela, com brinquedos e contação de histórias, e o Espaço Geek, arena com games e concurso de cosplay. Durante toda a feira, ainda, o Mamusebá, do mestre Sebá, realizou apresentações com distribuição de pipoca e algodão-doce para os pequenos. Toda a programação oferecida foi aberta ao público.