Correios passam a cobrar despacho postal em encomendas internacionais

Todas as encomendas internacionais que chegarem ao Brasil pelos Correios estarão sujeitas à cobrança do despacho postal, no valor de R$ 15. A medida já está valendo desde ontem (27).

Nos últimos anos, o serviço era cobrado apenas para os objetos tributados pela Receita Federal. “Porém, com o aumento das importações, a empresa precisou injetar mais recursos na operação para manter o padrão do serviço”, informou os Correios, em nota.

Segundo a empresa, o valor cobrado, de R$ 15, é quatro vezes menor que a média praticada por outros operadores logísticos para realizar procedimentos similares.

O despacho postal, entretanto, não deve ser confundido com tributo ou frete. De acordo com os Correios, o serviço se refere às atividades de suporte ao tratamento aduaneiro realizadas pelo operador postal, como o recebimento dos objetos e inspeção por raio X, formalização da importação no sistema da Receita Federal (quando for o caso), tratamento de eventuais inconformidades (objetos proibidos, perigosos ou com exigências específicas), recolhimento e repasse dos impostos à Receita Federal (quando houver tributação), disponibilização de informações ao importador para desembaraço da remessa via internet, entre outras.

Os destinatários que estiverem aguardando encomendas do exterior devem acessar o sistema de rastreamento de objetos e realizar o pagamento do despacho postal por meio de boleto ou cartão de crédito. O prazo de entrega do objeto, conforme o serviço contratado no momento da compra, passa a contar a partir da data da confirmação do pagamento.

As informações e orientações sobre os procedimentos de importação estão disponíveis no site dos Correios.

Agência Brasil

Mendonça recebe mais apoios e já contabiliza 29 prefeitos da base governista

O deputado e candidato ao Senado pela Coligação Pernambuco Vai Mudar, Mendonça Filho (DEM), recebeu nesta segunda-feira (27/08), oficialmente o apoio de mais 14 prefeitos da base do Governo do Estado para sua candidatura ao Senado. Com o apoio recebido hoje, Mendonça conta agora com 29 prefeitos da base do Governo na Zona da Mata, no Agreste e no Sertão e de partidos como o PSB, PSD, PR, PDT, MDB, PHS e Solidariedade.

No almoço de adesão, Mendonça recebeu, ainda, o apoio do Deputado Federal, pastor Eurico (Patriota), também da base de Paulo Câmara. “Levamos adiante os projetos de interesse de cada município pernambucano de todas as regiões e agora recebo o reconhecimento em forma de apoio a minha candidatura ao Senado”, comemorou Mendonça.

Para o prefeito de Flores, Marconi Santana (PSB), o apoio a Mendonça é um reconhecimento pelo trabalho a frente da educação do País e um estímulo para que os avanços continuem. “Mendonça melhorou bastante a questão do transporte escolar, com novos ônibus. A merenda escolar também foi reajustada, os avanços nas escolas municipais e é por isso que votamos em Mendonça. Educação em primeiro lugar”, declarou o prefeito de Flores.

O prefeito de Tamandaré, Sérgio Hacker (PSB), elogiou o trabalho de Mendonça no Ministério da Educação e sua conduta ética. “É muito importante ter um ficha limpa no Senado, com disposição para mudar e competência para ajudar. Quando Mendonça foi ministro ajudou os municípios, independente de partido e isso fortifica muito o trabalho”, pontuou.

Segundo o deputado Pastor Eurico, o trabalho e o perfil de Mendonça Filho mostram que ele é a melhor opção para o Senado. “Mendonça é um referencial, um homem que faz a diferença no Congresso, um político ficha limpa e que realiza um trabalho sério”, declarou.

Quando ministro da Educação, Mendonça liberou mais de R$ 3 bilhões para obras, programas e ações para todos os municípios de Pernambuco, sem discriminação política e garantiu o destrave de obras e serviços.

Estiveram presentes no almoço desta semana, os prefeitos George Bezerra, de Camocim de São Félix; Ednaldo Peixoto, de Jucati; Adilson Timóteo, de Inajá; João Lira, de Bom Jardim; Marconi Santana, de Flores; Pel de São José da Coroa Grande; Jadiel Braga, de São Caitano; Rildo Reis, de Amaraji; Osvaldinho, de Goiana; Sérgio Hacker, de Tamandaré; Maviael Cavalcante, de Macaparana; Elimário Farias, de Barreiros; Ulisses Filho, de Timbaúba e Evandro Valadares, de São José do Egito. A expectativa de Mendonça é que até meados de setembro outros nomes sejam oficializados.

Frente parlamentar defende passagem gratuita para deficientes

Sob a presidência da deputada estadual Laura Gomes, a Frente Parlamentar da Pessoa com Deficiência aprovou a elaboração de projeto para conceder passagens gratuitas, no transporte público intermunicipal, às pessoas com deficiência física, em todo o território de Pernambuco.

O encontro realizado na sala de comissões da Alepe, teve a presença de José Diniz, do Conselho Estadual da Pessoa com Deficiência, também presidente da Associação dos Cegos de Pernambuco, e de Edmilson Silva, titular da Superintendência Estadual da Pessoa com Deficiência. O promotor de Justiça, Wesley Conti, e representantes da Casa Civil, da Secretaria da Mulher, da Procuradoria Geral do Estado, além do diretor da Empresa Pernambucana de Transporte Intermunicipal, compuseram a mesa dos trabalhos.

“A decisão de enviar projeto à Assembleia, determinando esta gratuidade do transporte intermunicipal, é uma vitória de muitas pessoas e famílias, vítimas diretas ou indiretas dos problemas derivados da deficiência física”, observou Laura Gomes. A Frente Parlamentar constituiu uma força tarefa para elaborar o projeto dentro de uma ótica abrangente e interdisciplinar.

HMV passar a ofertar quimioterapia

Aumentando a oferta de serviços para a população da região, o Hospital Mestre Vitalino (HMV) localizado em Caruaru, deu início ontem (27) aos atendimentos para o tratamento de Quimioterapia. Os pacientes são encaminhados ao serviço via Hospital Regional do Agreste (HRA), que após o fechar os diagnósticos faz a regulação para o início do tratamento no HMV.

O primeiro paciente recebido pelo HMV foi o Sr. Carlos Alberto Gomes da Silva, de 58 anos. Durante a manhã ele recebeu a medicação antiemética e antialérgica que tem a finalidade de evitar as reações do tratamento, e em seguida iniciou o ciclo de quimioterapia.

O HMV instalou 12 poltronas para atendimento, dessa forma a unidade tem capacidade para atender 40 egressos e 40 novos pacientes, totalizando 80 pessoas por mês beneficiadas pelo serviço, nesta fase inicial.

A unidade conta com uma equipe multidisciplinar capacitada, composta por médicos, enfermeiros, técnicos, nutricionistas, psicólogos e profissionais de serviço social. O Hospital Mestre Vitalino fica localizado na avenida Amazonas, Rod. BR-104, 175, bairro Luiz Gonzaga.

Conselho de Juventude de Caruaru abre inscrições para membros

Estão abertas as inscrições para a eleição dos representantes da sociedade civil que irão compor o recém-criado Conselho Municipal de Promoção à Política Pública para Juventude (CMJ) de Caruaru, que será realizada no dia 21 de setembro deste ano. As inscrições iniciaram no último dia 10 de agosto e seguem até o dia 30 deste mês e são destinadas às entidades que tenham interesse em disputar uma das 7 vagas de conselheiros, que deverão, por sua vez, indicar seus respectivos suplentes. A oportunidade é também para as entidades se cadastrarem como votantes.

Para participar dos dois processos, as representações precisam comprovar que atuam nas pautas de juventude do município. Para se inscrever é necessário fornecer a documentação exigida no edital publicado no Diário Oficial de Caruaru, n° 604, nas páginas 03 e 04, do dia 10 de agosto deste ano.

Para ter acesso ao processo eleitoral, tanto como votantes, quanto como candidatos, as entidades devem apresentar cópia do estatuto, ou do comprovante de funcionamento, endereço, RG’s e CPF’s (dos representantes – diretoria ou coordenação), carta de indicação e/ou termo de anuência, que devem ser entregues das 8h às 16h, junto com a ficha de inscrição na Casa das Juventudes, localizada na Rua Maria Celestina de Queiroz, n°109, bairro São Francisco.

/**/

Durante debate, Armando garante: “O crime não terá vida fácil”

Determinado a resgatar a autoridade que o Estado perdeu nos últimos anos no combate à violência, o candidato a governador Armando Monteiro defendeu propostas e destacou a necessidade de unir as pessoas em torno da reconstrução do Estado, que nos últimos anos perdeu competitividade e enfrentou indicadores alarmantes de violência e desemprego.

“Os bandidos não terão mais vida fácil, como têm hoje. Vamos recuperar a autoridade do governo nas ruas, levar paz e tranquilidade para a população”, comentou, acrescentando: “O governo perdeu a autoridade, se fechou no Palácio e deixou que a criminalidade assumisse as ruas, estradas e até as áreas rurais”, argumentou, após o primeiro confronto entre candidatos, promovido pela Rádio Jornal, no Recife, nesta terça-feira (28).

Armando afirmou que o governo precisa apresentar resultados e não apenas ficar se lastimando pela crise. Além de Armando, participaram Paulo Câmara (PSB), Dani Portela (PSOL) e Maurício Rands (PROS). O debate começou sobre Educação. “Precisamos olhar o Estado como um todo e não apenas para um indicador. Pernambuco apresenta números constrangedores: temos um milhão de analfabetos e mais de 100 mil crianças fora da escola”, disse Armando.

Armando dirigiu pergunta para a candidata do PSOL Dani Portela, ressaltando a questão da violência contra as mulheres. A candidata concordou com Armando, afirmando que é fundamental investir em prevenção e combate ao crime, dizendo que Pernambuco é um território perigoso para as mulheres. “As delegacias aqui funcionam em horário comercial, como se o crime tivesse hora para acontecer”, ponderou.

Por outro lado, Paulo Câmara, questionado sobre a promessa não cumprida de construir o hospital de Serra Talhada, voltou a tentar transferir a culpa para o Governo Federal. Paulo, em 2014, prometeu construir 4 hospitais no interior do Estado e em 3 anos e oito meses de gestão não conseguiu entregar nenhum.

No terceiro bloco, Armando questionou Paulo Câmara sobre o fato de o adversário, há apenas três semanas, ter afirmado “estar arrependido” de ter trabalhado pelo impeachment de Dilma Roussef. “Você também se arrepende de ter votado em Aécio e ter impedido Marília Arraes de ser candidata e estar aqui conosco hoje?”, indagou Armando. Em resposta, Paulo admitiu que o PSB ajudou a levar Michel Temer à presidência porque atuou a favor do impeachment e apoiou Aécio Neves em 2014. Armando foi mais uma vez firme em seu posicionamento: “Eu sou leal, não mudo de opinião ao sabor do vento. Estou e sempre estive ao lado do presidente Lula”, disse, lembrando que votou contra o impeachment no Senado.

Nas considerações finais, Armando defendeu o debate honesto nesta campanha e deixou uma mensagem de esperança no futuro. “Não vamos falsear, mentir e fazer falsas promessas. O que tem faltado a Pernambuco é governo. Uma gestão que restaure a autoridade e tenha um olhar voltado para o micro e pequeno empresário, que gera emprego. Há um novo caminho que iremos seguir, para que a gente volte a crescer”.

Pernambuco registra menor índice de mortalidade infantil da história

Pernambuco registra, atualmente, o menor índice de mortalidade infantil da história da saúde pública do Estado. O índice de 2017 (dados mais recentes) é de 13,7 óbitos infantis a cada mil nascidos vivos. Nos últimos dez anos, a taxa de mortalidade infantil teve uma queda acumulada de 35,1%, passando de 20,1 em 2007 para o patamar atual de 13,7.

Em números absolutos, em 2007 foram registrados 3.229 óbitos infantis em um total de 145.130 bebês nascidos vivos em Pernambuco. Já em 2017, último ano em que os dados estão consolidados, foram 1.970 mortes com 143.919 nascidos vivos.

Analisando a série histórica, no período específico entre 2015 e 2016, foi registrado um aumento da Taxa de Mortalidade Infantil, apesar de uma redução de 3,4% no número de óbitos infantis (foram 2.264 óbitos de menores de 1 ano em 2015, contra 2.188 em 2016). Este fato sofreu o efeito da redução de 8,4% no número de nascidos vivos de mães residentes no Estado, já que a taxa é obtida a partir do número de óbitos de crianças menores de um ano de idade dividido pelo número de nascidos vivos multiplicado por 1.000. Assim, a taxa de mortalidade aumenta se o número de nascidos vivos diminui. É importante ressaltar que, nesse período, o Estado registrou uma epidemia da Síndrome Congênita do Zika Vírus (SCZ) e o desconhecimento dos seus efeitos, acrescido dos fatores condicionantes para ocorrência dos óbitos infantis, pode justificar, em parte, o aumento da taxa em 2016.

“Os dados mais recentes da taxa de mortalidade infantil apontam que as políticas públicas implantadas em Pernambuco com o objetivo da melhoria da qualidade da assistência à saúde para a prevenção e redução da mortalidade infantil já mostram resultado. No ano passado, atingimos a marca de 13,7 óbitos infantis a cada mil nascidos vivos – a menor da nossa história”, comemora o secretário estadual de Saúde, Iran Costa.

Entre as ações do Governo de Pernambuco que foram fundamentais para esta expressiva redução, está o Programa Mãe Coruja, presente em 105 municípios pernambucanos. Além disso, destaca-se a qualificação da rede materno-infantil, com o estímulo ao parto normal, a ampliação de acesso aos métodos contraceptivos e a formação contínua dos profissionais da rede. Ao mesmo tempo, o Governo do Estado tem atuado na implantação do pré-natal de alto risco na rede própria, principalmente no Interior, nos hospitais regionais e nas Unidades Pernambucanas de Atenção Especializada (UPAEs), com o objetivo de qualificar a assistência ao pré-natal de alto risco e assim reduzir o número de internamentos excessivos por conta de problemas durante a gestação.

BANCO DE DADOS – Os dados de mortalidade infantil de Pernambuco, no ano de 2017, já constam no banco de dados do Ministério da Saúde. Mas, até o momento, o sistema de informações do Governo Federal (Datasus), que disponibiliza ao grande público esse tipo de informação, só disponibilizou os dados referentes ao ano de 2016.

Mercadão dos Óculos estreia na Feira do Empreendedor PE

Entre os dias 29 de agosto e 1º de setembro, o Mercadão dos Óculos, terceira maior rede de óticas do Brasil em vendas de lentes, participará da 12ª Feira do Empreendedor PE, em Olinda (PE). A marca, que possui cinco unidades no estado, busca por novos franqueados nas regiões Norte e Nordeste, onde atualmente conta com 15 lojas e tem a previsão de inaugurar outras seis até dezembro. No total, são mais de 220 pontos espalhados pelo Brasil.

“Acreditamos na melhoria do cenário econômico e também no interesse de investidores dessas regiões em abrir um novo negócio. Por isso, vamos aproveitar a feira para contar nossa história e apresentar todos os benefícios que o Mercadão dos Óculos oferece”, comenta Gustavo de Freitas, diretor-executivo da marca.

Dentre as vantagens de ser um franqueado, a rede destacará sua rentabilidade líquida, entre 15% e 25% sobre o faturamento total, mark-up de 300% em produtos, além dos reconhecimentos e prêmios conquistados, como ser eleita uma das melhores opções de investimento até R$ 200 mil pela Associação Brasileira de Franchising (ABF); e receber por dois anos consecutivos (2017 e 2018) os prêmios Melhores Franquias do Brasil, realizado pela revista Pequenas Empresas & Grandes Negócios; e o Selo de Excelência em Franchising (SEF), promovido pela ABF.

Gestão 360° e venda mais técnica

O Mercadão dos Óculos investiu em uma nova tecnologia de inteligência em varejo: o Live Optical. Desenvolvido pela TOTVS, o software permitirá vendas mais assertivas para o franqueado, além de uma gestão 360° da rede pela franqueadora, como acompanhar as vendas das lojas por classe de produtos ou matéria-prima.

“Na prática, o franqueado terá mais agilidade no processo de venda, já que tudo será realizado de forma digital, promovendo uma melhor gestão da loja”, explica Freitas. Além disso, o software ajudará o vendedor a fazer uma venda mais técnica.

Já a franqueadora, que receberá as informações detalhadas em tempo real, ganha mais agilidade na tomada de decisão para a fabricação e distribuição dos produtos.

“Com uma visão 360°, rapidez na comunicação e um novo grau de informações, teremos mais propriedade para atuar na melhoria de processos da franqueadora, do centro de distribuição e das lojas”, comenta o diretor-executivo.

No Norte e Nordeste, atualmente o Mercadão dos Óculos possui unidades no Pará, Tocantins, Roraima, Alagoas, Bahia, Ceará e Maranhão.

Para conhecer as outras lojas da rede, basta acessar http://www.mercadaodosoculos.com.br/unidades

Para ser proprietário de uma franquia, o investimento inicial varia entre R$ 95 mil e R$ 115 mil. O prazo de retorno estipulado é de 18 a 24 meses.

Sobre o Mercadão dos Óculos

O Mercadão dos Óculos é uma rede de franquia de óticas criada para atender as classes C e D, com preços que variam entre R$ 19,90 e R$ 239,90. Fundada em São José do Rio Preto (SP), conta com mais de 220 unidades e está presente em 22 estados. Neste ano, a marca pretende abrir 70 lojas e, até 2020, chegar a 600 pontos. Em 2017 e 2018, recebeu o prêmio de Excelência em Franchising da Associação Brasileira de Franchising (ABF), e o Melhores Franquias do Brasil, realizado pela revista Pequenas Empresas & Grandes Negócios

Ficha Técnica

Investimento Inicial: de R$ 95 mil e R$ 115 mil

Taxa de franquia: de R$ 35 mil a R$ 55 mil

Capital de Giro: de R$ 20 mil a R$ 30 mil

Área média para Instalação: 25m² a 60m²

Tipo de negócio: Ótica

Ano de fundação: 2012

Ano de fundação do franchising: 2013

Número de funcionários: 4

Número de unidades próprias: 3

Número de unidades franqueadas: mais de 220

Royalties: 5% sobre o faturamento

Taxa de publicidade: 2%

Faturamento médio da unidade: R$ 50 mil

Lucro médio mensal: de 15% a 25% do faturamento

Prazo médio para retorno: de 18 meses a 24 meses

Site: www.mercadaodosoculos.com.br

Detran de Pernambuco libera 500 carros e motos para leilão em R$ 50

Estão abertos os lances para o leilão de motos e veículos do Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco (DETRAN/PE). A lista liberada inclui modelos de motos como uma Suzuki EN125 Yes com preço inicial em R$ 50. A disputa vai até a próxima sexta-feira (31) durante o pregão presencial marcado para às 10h na sede da Coliseum Leilões, em Vitória de Santo Antão, no bairro Distrito Industrial. Os lances antecipados estão disponíveis em http://bit.ly/leilaopernambuco .

Ao todo são 485 opções de veículos, com motocicletas e automóveis que também podem ser usados para o aproveitamento de peças. Entre as oportunidades também é possível encontrar uma Yingang Nazaxx Free com lance inicial em R$ 100 e, ainda da mesma montadora, uma Yingang Nazaxx Sport com o mesmo valor em leilão.

As peças em leilão são provenientes de veículos apreendidos pelo Detran. Para dar seu lance online e participar do leilão, é só se cadastrar na BRbid.com. As opções do leilão estão disponíveis para visitação no mesmo local do pregão presencial, na Coliseum Leilões, em Vitória de Santo Antão, nas próximas quinta (30) e sexta (31).

O pregão fica por conta dos leiloeiros Adriano Santos Venceslau da Silva e Pedro Dantas Venceslau. Em blog.brbid.com é possível tirar dúvidas e descobrir dicas sobre como participar de um leilão e as vantagens de arrematar peças com valores reduzidos.

Consultoria lança primeiro indicador da felicidade em empresas brasileiras

Nos últimos anos, gestores de todo o país têm tratado a felicidade como assunto estratégico no ambiente corporativo. Pessoas felizes apresentam desempenhos superiores em aspectos como produtividade, engajamento e criatividade. Pensando nisso, a consultoria curitibana Hümans at Work, que atua com grandes empresas brasileiras, lançou um indicador inédito que mensura a felicidade nas corporações e oferece insumos para gestão: a Hümans Happiness Survey – Indicador de Felicidade no Trabalho.

“Faz muito sentido falar sobre o assunto em um contexto em que mais de 18 milhões de empregados brasileiros estão insatisfeitos e dispostos a trocar de emprego em busca de maior alegria no trabalho. Para que a felicidade seja tratada de forma estratégica, ferramentas são necessárias. Se você não pode medir, não pode gerenciar. Pensando nisso, decidimos criar um indicador capaz de auxiliar as empresas na mensuração da felicidade dos seus colaboradores e oferecer dados para a sua gestão e consequentes benefícios”, detalha Guilherme Krauss, fundador da Hümans at Work e idealizador do indicador.

O indicador consiste em uma pesquisa quantitativa, composta por 19 perguntas, realizada em empresas com operações em quatro das cinco regiões do país, que incluíram aspectos como reconhecimento, autonomia, amor pela atividade, alinhamento entre valores e satisfação pessoal. Ao todo, foram dezenove corporações participantes, entre elas Renault, BRMalls e Positivo Tecnologia. “Desenvolvemos uma pesquisa lúdica e divertida, de curta duração, utilizando a Psicologia Positiva, o Índice de Felicidade Interna Bruta (FIB) e estratégias de felicidade no trabalho e na vida pessoal, além de quase um ano de protótipos e estudos produzidos pela própria consultoria. O indicador não teve custo para as empresas e foi aplicado por meio de uma plataforma online, com respostas confidenciais”, explica Krauss.

Os resultados geraram insights para as participantes e, também, alimentaram uma rica base de dados que será disponibilizada gratuitamente ao mercado a partir do próximo mês de setembro em um relatório completo com os aspectos mais importantes, visão geral da performance das avaliadas e dados para benchmarking. “Além de números gerais para o emrcado, o indicador trará informações individualizadas para as empresas participantes, apresentando dados fundamentais para que gestores possam melhorar o ambiente de trabalho. O estudo também dará origem a um comitê mensal de debate e terá novas coletas semestrais de dados”, completa Krauss.

Para mais detalhes sobre o Hümans Happiness Survey – Indicador de Felicidade no Trabalho, que terá seus primeiros resultados divulgados nos próximos dias, acesse o site www.humansatwork.com.br.