Setor de floricultura crescerá cinco vezes mais do que o PIB brasileiro em 2018

O Brasil é um dos 15 maiores produtores de flores do mundo. O avanço na produção e no consumo segue na esteira do fortalecimento do agronegócio no país. Tecnologia, aumento da produtividade, novas variedades e ampliação dos canais de venda alavancam o setor de floricultura. Neste ano, a expectativa é que o faturamento cresça entre 7% e 8%. As vendas ao consumidor final devem chegar a cerca de R$ 8 bilhões.

Estimativa do Ibraflor – Instituto Brasileiro de Floricultura – é que o avanço das vendas no setor de floricultura em 2018 seja cinco vezes maior do que a evolução do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro, cuja previsão é de 1,5%. O cenário poderia ser ainda melhor se a economia nacional deslanchasse, mas os números são vistos com otimismo por representantes do setor e apontam para a manutenção da trajetória positiva do segmento registrada nos últimos seis anos.

Em Holambra, que responde por 45% do mercado de flores do Brasil, a expectativa é melhor e o crescimento deve atingir 10% a 11%, em relação a 2017, dependendo do tipo de produto. A Expoflora, maior evento do setor na América Latina, será realizada no município entre os dias 24 de agosto e 23 de setembro, de sexta a domingo, das 9h às 19h.

O presidente do Ibraflor, Kees Schoenmaker, afirma que o setor vem mantendo ano a ano o aumento das vendas. “O resultado é positivo mesmo com a economia brasileira sentindo as crises econômica e política que abalam a confiança do consumidor, dos empresários e dos produtores rurais”, diz.

Schoenmaker cita que os investimentos realizados em produção e logística fortaleceram o setor de floricultura e são fundamentais para manter o segmento em alta. “O setor também investe em tecnologia e inovação. A automação no campo aumentou. Atualmente, em Holambra, cerca de 90% das produções são em estufas, o que garante a produção de quase todas as variedades de flores e plantas em qualquer época do ano. Isso representa também regularidade, qualidade e a durabilidade dos produtos”.

Ele ressalta que o setor é vibrante e olha para o futuro com confiança. “Sabemos que nos próximos dois anos a economia estará abaixo do necessário. Nesse sentido, os produtores tomaram e estão tomando medidas para a redução de custos e expandindo as produções de forma cautelosa. A nossa palavra de ordem neste momento é inovação”, reforça Schoenmaker.

Comportamento

Assim como outros setores da economia, a floricultura também sentiu a crise, mas em menor escala. De acordo com o Ibraflor, os consumidores da classe A mantiveram o volume de compras de flores e plantas. A classe B continua comprando, embora o ritmo de consumo seja menor que em anos anteriores. A classe C compra menos vezes e prefere vasos menores. E a classe D, por sua vez, passou a consumir os produtos apenas em datas especiais.

A greve dos caminhoneiros representou um baque para o setor que estava indo bem – até que os 15 dias de paralisação mudaram o cenário. Por se tratar de produto perecível, as cargas foram perdidas, deixando os atacadistas descapitalizados. Isso abalou a confiança.

“Após a greve, as flores de corte – diante da queda de vendas para o setor de decoração – foram as que mais sofreram. Os preços caíram 30% em relação ao ano passado. As flores e plantas de vaso seguraram o mercado, que só agora começa a dar sinais de normalização”, explica.

Autosserviço

As vendas de flores e plantas ornamentais em supermercados, varejões e home centers se transformaram em um importante canal de vendas. Grandes varejistas criaram áreas específicas nas lojas para a comercialização de flores, plantas e artigos relacionados à jardinagem.

Este ano, foi registrado um aumento de 17% na compra de flores e plantas ornamentais pelas redes nacionais de supermercados e de 30% nas aquisições das redes regionais em relação ao ano passado. Nos últimos anos, os autosserviços se transformaram em um canal relevante na venda de flores em vasos. Com o avanço do mercado, a grande oportunidade agora é apostar na comercialização das flores de corte.

Campeãs

As espécies de flores mais cultivadas no Brasil no segmento de corte são rosas, alstroemerias, gypsofilas, ásteres, lírios e lisianthus. No caso das plantas em vasos, os destaques são as orquídeas (principalmente a phalenopsis), kalanchoes, crisântemos e antúrios. As plantas ornamentais têm registrado um importante aumento nas vendas.

Conforme as informações do Ibraflor, o estado de São Paulo é o maior produtor de flores e plantas ornamentais do país.

Artigo – A importância das APIs na era da plataformização

Por Luis Piovesana, Gerente de Marketing da Sensedia

Com a nova onda da economia e a plataformização ganhando espaço no sistema econômico atual, os modelos de negócios tradicionais, como bancos e serviços financeiros, precisam se transformar digitalmente para acompanhar a evolução das fintechs – negócios que independem de espaços físicos, usam a conectividade como principal ativo, e as burocracias e comoditizações são deixadas de lado. Uma prova disso é que algumas das principais empresas do mundo já são baseadas em negócios online, como Uber, AirBnb, Facebook, Google e Alibaba.

A falta de burocracia para atuar no ambiente digital é o que mais atrai clientes para as fintechs. Afinal, pedir um cartão de crédito sem anuidade nas empresas que são baseadas em plataformas é relativamente simples, assim como abrir uma conta digital no banco, ou resolver um problema de fraude. Como tudo é feito pelo celular, não há a necessidade de longas filas para falar com o gerente, e, ainda, providenciar uma pilha de documentos.

No entanto, da mesma forma que a plataformização facilitou a entrada de um novo público no setor financeiro, também preocupou algumas empresas de modelos de negócios tradicionais, que por terem ciclo de inovação mais longos e precisarem seguir regulações mais rigorosas esbarram em seus sistemas legados. No entanto, para enfrentar esses desafios, os bancos tradicionais têm algumas vantagens, como sua base de clientes que requer mais serviços com menos burocracia; capital; marca forte; e experiência regulatória. Não somente essas empresas do setor financeiro, mas qualquer outro modelo de negócio que quer vivenciar a transformação digital deve ter em mente que a plataformização pode ser um caminho possível que traz algumas vantagens competitivas:

Conectividade entre parceiros e clientes
Uma plataforma digital permite que empresas se conectem com seus parceiros e clientes, compartilhem dados, criem produtos e combinem serviços. Além de trazer inovação e abrir novas oportunidades de negócios, também melhora o engajamento com os clientes e, porque não, os ganhos da empresa.

Base tecnológica
Com o acesso à tecnologias disruptivas e um banco de dados completo de informações estratégicas é possível monitor acontecimentos, identificar padrões, apresentar insights e melhorar os negócios tanto para o cliente interno e externo.

Analytics, APIs e IOT para melhorar os negócios
APIs, IoT e Analytics permitiram criar, com a análise e interpretação de uma imensa quantidade de dados, ecossistemas complexos e inteligentes que incluem pessoas, coisas e empresas para facilitar a troca de serviços de valor agregado, para que os membros desse ecossistema possam:

Alcançar novos canais de vendas;
Proporcionar interações com novos clientes;
Criar e implementar novos produtos/serviços;
Ampliar capacidades para produtos e serviços já existentes;
Os bancos tradicionais, como conhecemos, sofre pressões de todos os lados – das fintechs, às mudanças regulatórias – e as APIs (Application Programming Interface) estão por trás de toda a transformação digital que o setor tem enfrentado para melhorar a experiência do usuário. Algumas instituições já conseguiram fazer transformações digitais significativas com as APIs. O Crédit Agricole, por exemplo, ao disponibilizar aplicativos de terceiros que foram feitos com as suas APIs tem ajudado os clientes a ter melhor controle sobre a vida financeira. Por outro lado, a DBS lançou um marketplace de carros e integrou plataformas de concessionárias, capaz de suportar transações e permitir financiamentos e seguros.

Por fim, não há dúvidas de que o papel das APIs na plataformização pode mudar a estratégia de negócios, permitindo que empresas de todos os tamanhos – das mais modernas às tradicionais – tenham acesso à ferramentas capazes de oferecer ao cliente uma experiência rica, fácil e intuitiva com serviços de qualidade e na palma da mão.

“Nós somos o trânsito” é o tema da Semana Nacional de Trânsito em 2018

Um dos impactos positivos da Lei Seca, em vigor no Brasil há 10 anos, é a redução de 2,4% do número de mortes por acidentes de trânsito no país. Os estados que registraram quedas mais significativas foram São Paulo (25,4%), Espírito Santo (21,8%), Santa Catarina (19%), Distrito Federal (17,5%) e Paraná (15,9%). Em contrapartida, houve aumento da mortalidade no Pará (39,4%), Maranhão (39%), Piauí (37,2%), Bahia (36,8%) e Tocantins (26,5%).

Além de tornar a legislação mais rígida – como na alteração da Lei Seca em 2012, que aumentou a multa para condutores flagrados dirigindo alcoolizados -, as campanhas educativas são mais uma alternativa no intuito de conscientizar motoristas e demais usuários da via, e diminuir o número de sinistros.

Assim, desde 1997, o período entre os dias 18 e 25 de setembro está estabelecido como a Semana Nacional do Trânsito. A iniciativa é caracterizada por uma série de eventos e ações educativas, promovidas por órgãos e entidades que integram o Sistema Nacional de Trânsito. Todos os anos o Conselho Nacional de Trânsito (Contran) escolhe um tema como pano de fundo para as ações da Semana, e o de 2018 é “Nós somos o trânsito”. A ideia é envolver toda a sociedade na reflexão sobre uma nova forma de encarar a mobilidade. Trata-se de um estímulo para que todos os condutores, ciclistas, pedestres e passageiros optem por um trânsito mais seguro.

Na opinião de José Aurelio Ramalho, diretor-presidente do Observatório Nacional de Segurança Viária (ONSV), os acidentes não acontecem por acaso e são frutos de escolhas inadequadas e arriscadas por parte de condutores e pedestres. Para ele, 90% dos sinistros têm motivação em falhas humanas como imperícia, imprudência e desatenção. “Somos os responsáveis pelos nossos atos no trânsito e ter consciência clara disso é um dos caminhos para a reversão do triste cenário atual, não só do Brasil, mas de todo o mundo”, avalia Ramalho.

Segundo o diretor-presidente do ONSV, aderir à Semana Nacional do Trânsito é fazer parte de um movimento social em favor da vida. A iniciativa é uma forma de alertar toda a sociedade sobre os números alarmantes de mortos e feridos no trânsito brasileiro, a fim de diminuí-los. E é, especialmente, trabalhar com um novo significado para os deslocamentos. “A expectativa é que o número de vítimas do trânsito diminua através da conscientização. O tema segurança no trânsito deve ser sempre abordado, nas mais diferentes esferas da sociedade, para que cada um dos usuários do sistema viário possa fazer a sua parte por um trânsito mais seguro. O comportamento do condutor sempre influencia na forma como ele reagirá durante seus deslocamentos, por isso, trabalhamos com a conscientização”, diz.

Caminhão da adimplência Caixa chega a Caruaru

A partir desta segunda-feira (17), os clientes da CAIXA pessoa física e pessoa jurídica com crédito em atraso há mais de 360 dias poderão regularizar suas dívidas no Caminhão da Adimplência Quita Fácil em Caruaru. A unidade estará na Rua Quinze de Novembro, 210, no bairro Nossa Senhora das Dores, até 28 de setembro (sexta-feira), com atendimento de segunda a sexta, das 09h às 15h.

A iniciativa tem como objetivo facilitar aos clientes CAIXA a regularização de dívidas em atraso com descontos que podem chegar até 90% para o pagamento à vista, conforme o tipo de contrato, oferecendo ao cliente a oportunidade de se organizar e de restabelecer sua capacidade financeira.

Além do Caminhão da Adimplência, os interessados em renegociar seus contratos em atraso têm à disposição o site www.negociardividas.caixa.gov.br, o telefone 0800 726 8068 (opção 8) e as agências da CAIXA, que também prestarão atendimento aos clientes alvos da campanha. Até 31 de dezembro, os clientes podem procurar qualquer um desses meios de atendimento para negociar suas dívidas.

Serviço:

Caminhão da Adimiplência CAIXA

Data: 17 a 28 de setembro de 2018

Hora: segunda a sexta-feira, das 09h às 15h

Local: Rua Quinze de Novembro, 210 – Nossa Senhora das Dores – Caruaru (PE)

13/09/2018

Assessoria de Imprensa da CAIXA

Regional Centro Oeste de Pernambuco

(81) 3727-8400 / 8409

www.caixa.gov.br/agenciacaixadenoticias | @imprensaCAIXA | imprensa.pe@caixa.gov.br

[Mensagem cortada] Exibir toda a mensagem

Icia inicia comemorações pelos seus 15 anos

Pedro Augusto

Uma das instituições mais importantes do sistema de saúde do Interior de Pernambuco está muito próxima de completar 15 anos de fundação. Tendo como principal lema “salvar vidas”, o Instituto do Câncer Infantil do Agreste (Icia) faz aniversário na próxima quarta-feira (19), com a realização de extensa programação. Para marcar o início das comemorações, o instituto promoveu café da manhã com a imprensa, na semana passada, em sua sede que fica localizada na Rua Hidelbrando Pereira Duque, no Bairro Universitário, em Caruaru.

Na ocasião, os jornalistas participantes foram presenteados com o livro “A Vida por Outros Olhos”, da jornalista Rayanne Santos, que retrata histórias de quem vivenciou o câncer infantil, bem como ainda conferiram as instalações atuais da entidade.

À reportagem VANGUARDA, o coordenador do serviço de oncologia pediátrica do Icia, médico Luiz Henrique Soares, destacou a importância dos serviços prestados ao longo destes últimos 15 anos de atividades. “Quando abraçamos a esta ideia, isso há 15 anos, havia um dado alarmante de que cerca de 70% das crianças diagnosticadas com câncer e que se tratavam na capital pernambucana eram provenientes do Interior. Mas aos poucos essa realidade acabou se modificando. Com o trabalho sério, comprometido e pioneiro que o Instituto do Câncer Infantil do Agreste vem desenvolvendo ao longo de sua existência, hoje muitas crianças, não só de Caruaru e do Agreste, como também de outros estados, têm recebido o atendimento necessário aqui. Isso nos deixa muito satisfeitos e ainda mais fortalecidos para continuarmos salvando vidas através dos serviços do Icia”, disse.

Também presente no encontro com a imprensa local, o diretor-presidente do instituto, o médico Antônio Romão, destacou os serviços atualmente oferecidos pela entidade. “O Icia disponibiliza um serviço completo, ou seja, mantém já há anos a Caravana do Diagnóstico Infantil, onde promove treinamentos voltados para as equipes de saúde dos municípios atendidos. Além disso, quando diagnosticado o câncer, realiza todos os exames, bem como ainda faz as cirurgias e as sessões de quimioterapia necessárias. Em paralelo, promovemos os acompanhamentos das crianças até as suas curas”, afirmou.

Para isso, além de contar com um corpo médico bastante qualificado, o instituto também dispõe das atuações de nutricionistas, assistentes sociais, psicólogos, odontólogos, fisioterapeutas, dentre outros. A mãe do pequeno L.M., de 8 anos, Maria das Dores Silva, que teve o seu filho atendido pela entidade, falou do papel crucial do Icia na cura do seu primogênito. “Quando soube do diagnóstico dele, de início, fiquei desesperada, mas, aos poucos, o medo acabou dando lugar à esperança, com o auxílio irrestrito deste instituto. Ele passou por tratamento e, graças a Deus e ao Icia, hoje, está curado. Desejo muito anos de atividade a esta instituição tão importante para Caruaru e todo o Estado”, comentou.

Homenagem

Através de propositura do presidente da Câmara de Vereadores de Caruaru, Lula Tôrres, o Icia foi homenageado, na noite da última quarta-feira (11), pelos seus 15 anos de existência. Para o propositor da solenidade, o trabalho que o instituto vem realizando ao longo dos últimos anos tem sido de fundamental importância.

“O Icia merece esta homenagem. Como parlamentar, uma das minhas funções também é fazer com que setores relevantes e indivíduos engajados com as questões sociais do município recebam o seu devido reconhecimento, a partir de ações desta casa. E o instituto faz um belo trabalho no que diz respeito ao tratamento das crianças com câncer e o amparo e apoio às famílias. Algo imprescindível na vida de quem enfrenta uma doença tão agressiva”, destacou Lula.

Também em comemoração à data marcante, durante esta semana, mais precisamente nas últimas quinta (13) e sexta-feira (14), a entidade promoveu o 2º Simpósio Multidisciplinar em Oncologia, o Encontro Voluntário, além de sua Festa de 15 Anos.
Nesta terça-feira (18) haverá ainda missa em Ação de Graças, a partir das 19h, na Igreja da Natividade, no Bairro Maurício de Nassau, enquanto que, na quarta (19), será realizado culto ecumênico, às 9h, na sede do Icia, e um pouco mais tarde, às 19h, ocorrerá culto evangélico, às 19h, na Igreja Vale da Bênção Central.

Funcionando como uma entidade sem fins lucrativos, o Instituto do Câncer Infantil do Agreste nasceu a partir da ideia do médico Luiz Henrique Soares, em 2003, e o seu objetivo é oferecer tratamento, apoio e atendimento multidisciplinar gratuito para crianças com câncer. Até o presente momento, mais de 60 mil pessoas já receberam atendimento na instituição.
Doações para o Icia podem ser realizadas entrando em contato pelo telefone: 3727-7137.

Horário especial no Caruaru Shopping neste sábado (15)

O Caruaru Shopping estará funcionando com horário especial neste sábado, 15 de setembro (Dia de Nossa Senhora das Dores, padroeira da cidade).

As Lojas Âncoras e Satélites estarão abertas das 10h às 20h; Alimentação e Lazer, das 11h às 21h; Hiper Bompreço, das 9h às 21h, e a Academia, das 8h às 18h. O Centerplex estará funcionando conforme horário de sessão.

O Caruaru Shopping fica localizado na Avenida Adjar da Silva Casé, 800, no Bairro Indianópolis.

Prefeitura de Sanharó promove Curso de Caprinocultura

A Prefeitura de Sanharó, através da Secretaria de Agricultura, e em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) e Sindicato dos Produtores Rurais de Sanharó, promoveu um Curso de Caprinocultura na comunidade do Comorongo. O curso teve 24 horas de duração e contou com aulas práticas e teóricas.

Entre outras coisas, os participantes aprenderam manejo e cuidados na hora da ordenha, vacinação, limpeza e higienização do local da criação. A caprinocultura é uma das criações mais indicadas para a nossa região, principalmente como forma de gerar renda para produtores rurais.

O prefeito Heraldo Oliveira, o vice-prefeito Jailton Leite, e o presidente do Sindicato dos Produtores Rurais, Francisco Viegas, participaram da solenidade de entrega dos certificados. “A capacitação profissional é uma das prioridades do nosso governo. Só assim podemos gerar mais emprego e renda”, destacou o prefeito Heraldo Oliveira, ao parabenizar os participantes pela conquista.

Porto Digital recebe mostra de cinema espanhol em Caruaru

Com exibições gratuitas, evento tem sua primeira edição na cidade

De 17 a 21 de setembro, o Armazém da Criatividade – unidade avançada do Porto Digital no Agreste do estado – recebe o Ciclo “Contemporâneos. Cinema Atual Espanhol”. O ciclo tem o objetivo de oferecer uma amostra da produção cinematográfica contemporânea espanhola por meio de filmes de diversos gêneros. As sessões são gratuitas. A iniciativa é uma parceria entre o Armazém da Criatividade, a Embaixada da Espanha no Brasil e o Instituto Cervantes do Recife.

Por meio de seis títulos, que representam os diferentes gêneros e preocupações temáticas do cinema espanhol, os espectadores terão uma amostra variada, com filmes dos gêneros comédia, drama e animação. Todas as obras serão exibidas em áudio original e com legenda em português.

Confira a programação e detalhes dos longas:

17/09 – 18h

→ Requisitos para ser uma pessoa normal

María de las Montañas é uma mulher de 30 anos a quem a vida não sorri: ela não tem emprego, foi expulsa de seu apartamento, não tem parceiro e vive longe de sua família. Em uma entrevista de trabalho lhe perguntam que tipo de pessoa ela é e, ao perceber que não cumpre nenhum dos requisitos para ser considerada “normal”, ela começa a reunir esforços para isso: se tornar uma pessoa normal.

Título original: Requisitos para ser una persona normal (2015)

Diretora: Leticia Dolera

Duração: 81 min.

Gênero: Comédia – Classificação: +7 anos

Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=W8MHSGz0rCQ

18/09 – 18h

→ 10.000KM

Alexandra e Sergi são um casal que está tentando engravidar até que ela recebe uma proposta de trabalho irrecusável. O problema? O emprego é em Los Angeles e os dois moram em Barcelona. Acreditando na força do relacionamento, e como o trabalho é pelo período de um ano, os dois decidem adiar os planos de ter um filho e enfrentar um relacionamento à distância. Afastados por 10.000 quilômetros, as discussões e os momentos de romance serão feitos através das câmeras de seus computadores.

Título original: 10.000 KM (2014)

Diretora: Carlos Marques-Marcet

Duração: 98 min.

Gênero: Ficção – Classificação: +18 anos

Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=xaxD_vQQ3fM

19/09 – 18h

→ Os exilados românticos

Três amigos decidem viajar, sem um motivo aparente. Alguns acham que é uma despedida dos tempos áureos da juventude, outros pensam estar diante da decadência do gênero masculino. Entre conversas e rápidos casos de amor, o objetivo é surpreender a si mesmo. E se sentir vivo.

Título original: Los exiliados românticos (2015)

Diretora: Carlos Marques-Marcet

Duração: 70 min.

Gênero: Drama romântico – Classificação: +18 anos

Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=mP_GPl_9nOI

20/09 – 18h

→ A Noiva

Adaptação de “Bodas de Sangue”, de Lorca. Desde pequenos, Leonardo, o noivo e a noiva formam um triângulo inseparável, mas à medida que se aproxima a data do casamento, as coisas começam a se complicar entre ela e Leonardo, porque entre os dois sempre houve algo além de amizade. A crescente tensão entre eles é como um fio invisível, impossível de explicar, e tampouco romper.

Título original: La novia (2015)

Diretora: Paula Ortiz

Duração: 93 min.

Gênero: Drama romântico – Classificação: +18 anos

Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=SASmPFHqDX0

21/09 – 17h

→ Um dia vi 10.000 elefantes

Angono Mba, um octogenário guineense, relembra da sala de estar de sua casa a expedição em que ele era o bagageiro do cineasta madrilenho Manuel Hernández Sanjuán e sua equipe (Hermic Films), que os levou entre 1944 e 1946 para visitar a Guiné espanhola, documentando a vida na colônia e procurando um lago misterioso, onde de acordo com uma lenda africana, você poderia ver 10.000 elefantes juntos. A partir da obsessão do cineasta espanhol para encontrar esse lago, das aventuras de uma expedição através desse país desconhecido e dos sentimentos contraditórios de ambos os personagens, essa história de fascínio pela África, o passado e a memória emergem.

Título original: Un día vi 10.000 elefantes (2015)

Diretora: Álex Guimerà, Juan Pajares

Duração: 76 min.

Gênero: Drama romântico – Classificação: +12 anos

Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=BpeVxlZA3_w

21/09 – 18h

→ Sicixia

Xiao é um engenheiro de som que viaja pela Galiza a registrar os sons da natureza e das pessoas. Quando parte para a Costa da Morte, conhece Olalla, uma recolhedora de algas que o guia para encontrar os lugares mais interessantes desse lugar. Em pouco tempo surge uma grande atração entre eles.

Título original: Sicixia

Diretora: Ignacio Villar

Duração: 99 min.

Gênero: Ficção – Classificação: +12 anos

Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=WQ-IVn95RsM

Serviço:

Mostra de filmes espanhóis “Contemporâneos. Cinema Atual Espanhol”

De 17 a 21 de setembro às 18h

Entrada gratuita

Arcoverde começa a receber água do Rio São Francisco pela Adutora do Moxotó

As águas da Transposição do Rio São Francisco já começam a chegar no município de Arcoverde, Sertão de Pernambuco, uma das dez cidades beneficiadas pela obra da Adutora do Moxotó. A água está chegando em regime de pré-operação e, em breve, a Companhia Pernambucana de Saneamento – Compesa anunciará as melhorias significativas no abastecimento de água no município, um dos que sofrem com a escassez de chuvas na região. Segundo o presidente da Compesa, Roberto Tavares, a Estação de Tratamento de Água de Arcoverde já está recebendo 140 litros de água por segundo.

“Essa fase de testes prosseguirá nos próximos 30 dias, até a regularização operacional do novo sistema”, explicou. O titular da estatal adiantou ainda, que a expectativa é de que as águas da transposição comecem a passar a partir da próxima segunda-feira (17) pela Adutora do Agreste, na junção das duas adutoras, na cidade de Arcoverde, em direção a Pesqueira, para o início dos testes desse trecho que beneficiará o município.

A Adutora do Moxotó foi interligada à Adutora do Agreste, para dar funcionalidade ao empreendimento mesmo sem a construção do Ramal do Agreste, pelo governo federal, para beneficiar 400 mil pernambucanos.

Em Brasília, o presidente da Compesa, Roberto Tavares, aproveitou para comunicar pessoalmente ao secretário de Infraestrutura Hídrica, em exercício, Antônio Luitgards, o início da fase de testes da nova adutora. Segundo Tavares, o objetivo da visita foi explicar os avanços da obra e também reforçar o pedido de liberação de recursos para finalizar a obra da Adutora do Agreste.

Com a perspectiva de um novo ano de seca se aproximando, e a urgência de finalização da Adutora do Agreste dentro deste cenário, o presidente da Compesa saiu do encontro com um sentimento de esperança quanto a liberação de recursos ainda este ano.

“O governador Paulo Câmara está fazendo a sua parte. Nos pediu alternativas técnicas para antecipar o uso da Adutora do Agreste mesmo sem o Ramal do Agreste e assim fizemos”, esclareceu Tavares. Ele reafirmou que a Adutora do Moxotó representa a capacidade que o Governo de Pernambuco teve de interligar sistemas e colocar para funcionar, mas que o Estado precisa do aporte de recursos para continuar o trabalho de interligação de sistemas através da Adutora do Agreste”, afirmou o presidente da Compesa.

Os 72 mil moradores de Arcoverde já estão sentindo, no dia a dia, a melhoria no fornecimento de água. Nessa fase de pré-operação da Adutora do Moxotó no município, está sendo testado um trecho de dez quilômetros entre a Estação de Tratamento de Arcoverde (ETA) e Pesqueira.  Ele explicou ainda que, durante esse período de testes, pode haver paralisações do sistema para conserto de vazamentos, que são ocorrências normais quando se testa a operação de um novo sistema.

A captação da água da Transposição do Rio São Francisco ocorre na Barragem do Moxotó, localizada no distrito de Rio da Barra, em Sertânia. O ponto de encontro das duas adutoras (Moxotó e Agreste) ocorre na Estação de Tratamento de Água de Arcoverde. Desse ponto de junção, a água percorrerá 130 quilômetros, passando pelos municípios de Pesqueira, Venturosa, Pedra, Alagoinha, Sanharó, Belo Jardim, Tacaimbó, São Bento do Una, até chegar a São Caetano, no Agreste.

Concurso Público da Procuradoria do Município de Caruaru

Nota: 

A Prefeitura de Caruaru, através da Secretaria de Administração, informa que a Fundação Carlos Chagas foi a escolhida para organizar o concurso público da Procuradoria do Município. A entidade possui corpo técnico qualificado e um histórico muito positivo de concursos públicos na área jurídica.

Serão abertas dez vagas para o cargo de Procurador Municipal, com salário inicial de R$ 4 mil reais e participação em honorários de sucumbência. O edital será publicado em breve.

/**/