139ª Pesquisa CNT/MDA será divulgada neste domingo (30/09)

A Confederação Nacional do Transporte (CNT) divulgará, à 00 hora de domingo (30/09), no seu site www.cnt.org.br e nas suas redes sociais, os resultados da 139ª Pesquisa CNT/MDA de Opinião.

O levantamento aborda as eleições presidenciais de 2018, trazendo as preferências eleitorais dos entrevistados em cenários de primeiro e segundo turnos de votação.

Além disso, a pesquisa trata do interesse dos eleitores nas eleições e do nível de conhecimento dos eleitores sobre os candidatos.

A pesquisa CNT/MDA, registrada no TSE sob o número BR-03303/2018, ouviu 2.002 pessoas, em 137 municípios de 25 Unidades da Federação.

139ª Pesquisa CNT/MDA
Data: 30/09/2018 – Domingo
Horário: 00 hora (de sábado para domingo)

Inadimplência das empresas cresce 9% em agosto, aponta indicador da CNDL/SPC Brasil

O volume de empresas com contas em atraso e incluídas nos cadastros de inadimplentes continua crescendo a taxas elevadas. Em agosto de 2018 foi registrado um aumento de 9%, ante o mesmo período do ano passado. A alta foi puxada mais uma vez pela região Sudeste, que subiu 16,31% no número de empresas devedoras. Com exceção da região Norte, que teve um avanço na quantidade de devedores (1,9%), as demais também apresentaram aceleração: 4,4% no Sul, 3,2% no Centro-Oeste e 3,1% no Nordeste. Os dados são do Indicador de Inadimplência da Pessoa Jurídica apurados pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil).

Com relação ao número de pendências devidas pelas empresas, o crescimento foi de 7,4%. Ao avaliar as dívidas por setor credor, serviços apresentou maior alta: um crescimento de 9,7% na comparação com o ano passado. Em seguida aparece a indústrias (5,8%) e o comércio (1,8%). Já o ramo da agricultura foi o único a ter queda na inadimplência (-1,7%).

Na avaliação do presidente da CNDL, José Cesar da Costa, os dados ainda são reflexo das dificuldades econômicas presentes no cenário brasileiro. “Apesar da economia dar sinais de recuperação e a inflação ter recuado, há uma considerável distância entre os níveis atuais de atividade e os que antecedem a crise”, analisa.

As urnas eletrônicas usadas nas eleições brasileiras são seguras?

Desde 2009, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) realiza os Testes Públicos de Segurança (TPS), onde qualquer cidadão com mais de 18 anos pode se inscrever mediante a apresentação de um plano de ataque, contribuindo assim para melhorias no sistema das urnas eletrônicas, usadas nas votações brasileiras.

Mesmo sendo o único país a realizar esse tipo de teste, dezenas de dúvidas surgem a respeito da segurança e o armazenamento de informações das urnas eletrônicas brasileiras. O receio é que pessoas mal-intencionadas usem a tecnologia para ameaçar a democracia e influenciar o resultado das eleições, a exemplo do que aconteceu no ano passado nos Estados Unidos, quando o FBI confirmou que a ação de hackers afetou o resultado da eleição para presidência do país.

No final do ano passado, o TSE deu início à primeira fase dos testes para as eleições de 2018. Dentre os grupos participantes, dois conseguiram encontrar brechas na segurança das urnas. Um deles é formado por peritos da Polícia Federal (Grupo 4) e o outro liderado por Diego Aranha (Grupo 1), doutor em Ciência da Computação.

O Grupo 4, coordenado pelo perito criminal da Polícia Federal Ivo de Carvalho Peixinho, obteve sucesso parcial com o plano “Extração de chave privada do Sistema Operacional da Urna Eletrônica”. Já o Grupo 1 detectou e utilizou uma sequência de vulnerabilidades para inserir códigos de autoria nos programas da urna eletrônica antes do processo de carga, ou seja, quando o software é instalado.

Na segunda parte do teste, chamada de Teste de Confirmação, as mesmas equipes tiveram dois dias para avaliar os aprimoramentos e reparos feitos pelo TSE e repetir os testes que fizeram no final do ano passado. Os testes só são encerrados quando ninguém mais consegue acessar os dados.

Para Fernando Amatte, diretor de inteligência cibernética, da CIPHER, empresa especializada em cibersegurança, as urnas, ao longo do tempo, assim como outras tecnologias, passaram por um processo de evolução e a primeira urna que foi usada tem poucas semelhanças com as utilizadas atualmente.

Amatte também participou, em 2012 do staff do TPS, onde pode acompanhar todos os processos das equipes. “Neste ano, Diego Aranha descobriu a falha que permitia sequenciar os votos. A partir disso, importantes mudanças foram feitas para deixar a segurança das máquinas ainda mais robusta e o TSE investe continuamente em aperfeiçoamentos”, conta.

IBGE aponta que Brasil tem 12,7 milhões de desocupados

O Brasil tem 12,7 milhões de pessoas desocupadas. Este é o resultado da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD), relativa ao trimestre de junho a agosto deste ano.

Segundo dados divulgados hoje (28), no Rio de Janeiro, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a taxa de desocupação, que mostra o índice de desemprego no país, no período foi de 12,1%. Esta indica uma queda de 0,6% em relação ao trimestre anterior: 12,7%.

A PNAD Contínua considera desempregada a pessoa que está sem trabalho, mas que tenha procurado emprego no período de até 30 dias antes da pesquisa.

O contingente da população ativa desalentada (4,8 milhões) no trimestre de junho a agosto de 2018 subiu em relação ao trimestre anterior (4,720 milhões). Em relação ao mesmo trimestre de 2017 (4,2 milhões), houve alta (3,9%).

São consideradas desalentadas pessoas com idade acima de 14 anos que não conseguiram emprego por não ter experiência, porque são jovens ou idosas demais para o cargo ou ficam fora da localidade.

Taxa estável
O IBGE estima que 4,3% estiveram nesta situação no trimestre de junho a agosto de 2018. A taxa ficou estável em relação ao trimestre anterior (4,4%) na comparação com o mesmo trimestre de 2017 (17,8%).

A taxa de subutilização – que soma desocupados, subocupados ou força de trabalho potencial – ficou estável.

No trimestre de junho a agosto foi de 24,4%, contra 24,6% do trimestre anterior. Em números absolutos foi de 27,5 milhões, 27,6 milhões no trimestre anterior e 26,8 milhões no mesmo trimestre de 2017.

A população ocupada é hoje de 92,1 milhões, um crescimento de 1,3%, ou mais de 1,2 milhão de pessoas, em relação ao trimestre móvel anterior. Em relação ao mesmo período de 2017, houve alta de 1,1%: 91,1 milhões.

O número de empregados no setor privado com carteira de trabalho assinada se manteve em 33 milhões. Já o número de pessoas que trabalham por conta própria cresceu 1,5% em relação ao trimestre anterior: 23,1 milhões.

Agência Brasil

Conheça as principais atitudes que ajudam a manter a saúde do coração

Praticar atividade física e ter uma alimentação saudável são hábitos que devem ser seguidos para ter uma saúde de dar inveja. O que nem todos sabem é que algumas práticas além dessas, podem interferir no desempenho do coração.

Segundo levantamento da Organização Mundial da Saúde (OMS), só no Brasil, as doenças cardiovasculares matam em média 300 mil pessoas por ano, alcançando uma morte a cada dois minutos. Entre as doenças que mais matam estão o infarto agudo do miocárdio, morte súbita, doença vascular cerebral (AVC) e a doença vascular periférica.

Para esclarecer algumas formas que podem contribuir para a redução nos riscos de desenvolver algum tipo de doença cardiovascular, o cardiologista Diego Garcia lista os hábitos que podem fazer bem ao coração.

Pratique atividade física regularmente

A prática regular de atividades físicas são medidas importantes que devem ter um cuidado. O ideal é reservar 150 minutos por semana e com frequência mínima de 2 a 3 vezes por semana. “Isso porque além de ajudar nas condições físicas, favorece na diminuição do colesterol ruim (LDL) e aumenta o colesterol bom (HDL) no sangue, por exemplo”, ressalta o Dr. Diego .

Mantenha uma alimentação saudável

A alimentação balanceada é o principal segredo para uma boa saúde. O ideal é manter uma dieta rica em frutas, vegetais, grãos, oleaginosas e peixes. Alimentos com um baixo teor de gordura e carboidrato também são essenciais para um bom desempenho. “Evitar alimentos industrializados e ricos em corantes são algumas práticas que ajudam a manter a alimentação mais saudável”, comenta o especialista.

Fique longe do tabagismo

O cigarro pode aumentar o risco de uma pessoa sofrer um infarto. Segundo um estudo divulgado pela BMJ, publicação periódica considerada uma da mais importantes na área medica no do Reino Unido, pessoas que fumam um cigarro por dia tem 50% mais chances de desenvolver doenças cardíacas e 30% mais chances de sofrer um infarto. Além de promover o depósito de colesterol na parede das artérias e a oxidação do coração, essa situação favorece a formação de coágulos que podem promover um derrame cerebral. Para quem faz uso do cigarro, recomenda-se buscar auxilio com profissionais qualificados para abandonar o hábito. “Essa atitude pode melhorar a qualidade de vida do paciente e prevenir diversas doenças cardiovasculares, pulmonares e oncológicas”, conta o Dr. Diego.

Utilize o sal com moderação

Pesquisas cientificas já demonstraram a relação entre o consumo de sal e a hipertensão arterial. De acordo com dados da Sociedade Brasileira de Cardiologia, o brasileiro consome em média 12 gramas de sal por dia mesmo sendo recomendada a ingestão de no máximo 6 gramas. “É preciso prestar atenção na ingestão de alimentos industrializados, pois eles são ricos em sódio e por isso o consumo acaba se tornando excessivo”, explica o especialista.

Controle o peso

Estar acima do peso aumenta ainda mais o risco de adquirir uma doença cardiovascular Grande parte da população mundial briga com a balança em algum momento ou até mesmo durante toda a vida. Segundo estudo do Johns Hopkins Medicine, em Maryland, Estados Unidos, quanto maior o tempo de briga com a balança, maior é o risco cardiovascular. “O ideal é controlar o peso através de alimentação saudável aliado a prática de exercícios físicos e a ida regularmente ao médico para fugir do sobrepeso e obesidade”, diz o cardiologista.

Procure ficar longe do estresse

O corpo reage de forma imediata a situações inesperadas a partir de adaptações como é o caso do aumento da pressão arterial, frequência cardíaca e hormônios. “O estresse aumenta o tônus adrenérgico e eleva o risco de eventos cardiovasculares, como o infarto agudo do miocárdio e acidente vascular encefálico”, frisa o Dr. Diego.

Vá ao cardiologista periodicamente

Ninguém gosta de fazer os exames solicitados pelo médico, mas é fundamental. O controle regular é a melhor maneira de verificar possíveis riscos. “É preciso que a população saiba que as doenças do coração são silenciosas, por isso o acompanhamento médico é fundamental para a prevenção diminuindo o risco de complicações e aumentando a sobrevida”, finaliza o Dr. Diego Garcia.

População de Nazaré da Mata toma as ruas da cidade em apoio à Frente Popular

O clima de animação e vitória da Frente Popular tem se espalhado por todos os municípios de Pernambuco. Em Nazaré da Mata, na noite desta quinta-feira (27), não foi diferente. Depois de percorrer outros três municípios, Paulo Câmara (PSB) e os candidatos ao Senado Humberto Costa (PT) e Jarbas Vasconcelos (MDB) conduziram uma grande caminhada na cidade e sentiram, mais uma vez, o carinho da população com o projeto que tem transformado o Estado nos últimos anos.

A chapa foi recebida pelo prefeito Nino (PSDB), que fez questão de frisar o apoio da gestão aos avanços promovidos nas áreas da saúde, educação e segurança. Ele ainda citou obras como a requalificação da rodoviária da cidade, a reforma do estádio local, além de intervenções feitas através do Fundo Estadual de Apoio aos Municípios (FEM). “Hoje é um dia histórico para Nazaré da Mata. É importante agradecer ao governador que é amigo do povo. Quero lhe dizer que, enquanto eu existir como político, jamais vou lhe abandonar, porque consideração não se compra. Domingo, dia 07, essa população vai lhe dar uma votação que nunca foi vista nesta cidade”, cravou o prefeito.

Entusiasmado com a confiança do povo de Nazaré da Mata, Paulo agradeceu os gestos de carinho e disse que continuará trabalhando firmemente para promover avanços em Pernambuco. “Quero pedir a vocês que, até 7 de outubro, possamos continuar nessa mesma animação, para fazer Pernambuco andar na frente. Queremos continuar a trabalhar pelo povo, para manter a educação pública como a melhor do Brasil, trabalhar por mais saúde. A gente tem compromisso com a saúde do povo da Mata Norte. Inauguramos a UPA Especialidade de Abreu e Lima e vamos inaugurar, até o final do ano, a de Goiana. Vamos continuar trabalhando por mais segurança e qualidade de vida para o povo pernambucano”, disse.

O socialista ainda destacou que esta eleição tem dois lados: o que está a favor de melhorias para a população e o que só gerou atrasos juntamente com o presidente Michel Temer. “Do lado de lá estão as pessoas que fizeram tão mal ao Brasil, que aumentaram o preço da gasolina, o preço do botijão de gás, da energia, que queriam vender a Chesf, privatizar o Rio São Francisco e fizeram tanto mal ao trabalhador pernambucano e ao brasileiro. Por isso, a gente não pode deixar que essa Turma do Temer faça aqui em Pernambuco o mesmo mal que fez para o Brasil”, cravou.

Além de Humberto Costa e Jarbas Vasconcelos, o ato contou com a presença dos prefeitos de Tracunhaém, Belarmino (PR), e Buenos Aires, Fabinho Queiroz (PR), dos deputados Rogério Leão (PR), Henrique Queiroz (PR) e do candidato Ismael Tenório (PP), além dos ex-prefeitos Paulo Tadeu (Vicência) e Pereira (Paudalho).

CONDADO

Antes de participar da caminhada em Nazaré da Mata, Paulo cumpriu mais uma agenda na Mata Norte. Ao lado do ex-prefeito Edberto Quental (PSB), o socialista e o senador Humberto Costa se encontraram com uma animada militância no Centro da cidade. Em seguida, ambos seguiram para o assentamento Luiza Ferreira, onde se reuniram com um grupo de agricultores do Movimento de Trabalhadores Rurais Sem Terra. O compromisso com o fortalecimento da agricultura familiar e programas sociais, como o 13º salário para beneficiários do Bolsa Família, o Prouni Pernambuco e o Crédito Popular, foram reforçados por Paulo Câmara.

Projetos podem ser inscritos no Desafio Criativos até o dia 5

As inscrições para o Desafio Criativos da Escola foram prorrogadas até sexta-feira (05/10), às 23h59 (horário de Brasília). O adiamento do prazo final ocorreu devido ao número de pedidos das escolas, levando em consideração o período de provas e a grande demanda de trabalho neste período para as instituições de ensino de todo o Brasil. Tanto professores quanto estudantes do Ensino Fundamental ou Médio podem inscrever seus projetos, já finalizados ou ainda em andamento, pelo site do Criativos da Escola.

A cerimônia de premiação dos projetos acontecerá na primeira semana de dezembro em Fortaleza (CE), com a participação de três estudantes e um educador de cada um dos 11 grupos selecionados. Os representantes das ações escolhidas por seu protagonismo e impacto social trocarão experiências e fortalecerão seus projetos, além de receberem prêmios em dinheiro para o projeto e para os professores responsáveis.

Desde a primeira edição, em 2015, o Desafio já recebeu quase três mil projetos de todas as regiões brasileiras, em temáticas como saúde, meio ambiente, ambiente escolar, inclusão, tecnologia, políticas públicas, relações étnico-raciais, entre outros. Os educadores que tiverem interesse em promover experiências de transformação protagonizadas por seus alunos podem acessar o Material de Apoio e o jogo Criativos da Escola – A missão, além de textos, vídeos e reflexões que podem contribuir com sua prática dentro e fora da sala de aula. Clique aqui e veja também as iniciativas premiadas pelo Desafio em 2017.

Pelo terceiro ano consecutivo, o Desafio conta com o apoio do programa Parceria Votorantim pela Educação, do Instituto Votorantim, nos 105 municípios onde desenvolve suas atividades.

MPPE recomenda à PMPE que assegure direito à livre manifestação no ato Mulheres contra Bolsonaro

Para garantir o direito à liberdade de expressão e manifestação do pensamento no ato público marcado para este sábado (29), intitulado Mulheres contra Bolsonaro, o Ministério Público de Pernambuco (MPPE) recomendou à Polícia Militar de Pernambuco que os militares façam o uso eventual da força em conformidade com os princípios da legalidade, necessidade, razoabilidade e proporcionalidade.

A recomendação, que foi acatada pelo Comando Geral da PM, destaca que, no ato público suprapartidário, os PMs devem, a fim de evitar a consequente responsabilização administrativa, civil e criminal, atuar adequadamente na eventual utilização da força e no emprego de instrumentos de menor potencial ofensivo.

“Deve ser, nos limites da lei, assegurada a todas as pessoas participantes do referido ato público a liberdade de expressão e manifestação do pensamento, sem sofrer nenhum tipo de violência ou embargo perpetrada por particulares e/ou agentes públicos”, considerou o promotor de Justiça Westei Conde y Martin Junior.

O promotor entendeu pela necessidade de expedir recomendação em virtude da proximidade das Eleições Gerais 2018 e o acirramento de ânimos entre parcelas da população, por conta de suas preferências eleitorais, podendo resultar em provocações, intimidações e outros atos de violência.

Congresso mostra avanços e caminhos para o tratamento das alergias

“Alergia e Imunologia na Era da Medicina de Precisão” é o tema central do 45º Congresso Brasileiro de Alergia e Imunologia, organizado pela Associação Brasileira de Alergia e Imunologia – ASBAI, que este ano será em Recife, entre os dias 20 e 23 de outubro. Entre as sociedades parceiras do Congresso estão: Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), World Allergy Organization (WAO), European Academy of Allergy and Clinical Immunology (EAACI), Sociedade Portuguesa de Alergologia e Imunologia Clínica (SPAIC), American College of Allergy, Asthma and Immunology (ACAAI), Sociedad Latinoamericana de Alergia, Asma e Inmunología (SLaai), Asociación Argentina de Alergia e Inmunología Clínica (AAAeIC) e Sociedade Luso-Brasileira de Alergia e Imunologia (SLBAI).

“Os avanços recentes propiciaram diagnósticos mais precisos e novos tratamentos, com destaque para os biomarcadores, imunobiológicos e os diagnósticos genético e molecular, possibilitando o tratamento personalizado”, explica Dra. Norma Rubini, presidente da Associação Brasileira de Alergia e Imunologia (ASBAI).

O presidente do Congresso, Dr. Décio Medeiros Peixoto, ressalta a diversificação das palestras. “Abordaremos o que há de mais novo na nossa especialidade, dando atenção especial ao avanço na precisão diagnóstica no campo da Alergia e Imunologia.”

Entre os temas que serão abordados estão ‘Os Desafios no Manejo Dietético na Alergia Alimentar’, ‘Medicina de Precisão na Alergologia: presente ou futuro?’, ‘Imunizações em Situações Especiais’ e ‘Asma Relacionada ao Trabalho e a Alterações Hormonais’. (Confira a grade completa aqui).

O Dr. Dirceu Solé, Coordenador da Comissão Científica do 45º Congresso, destaca a anafilaxia, que será tema da plenária que abrirá o evento. “Convidados estrangeiros dividirão conosco toda a sua expertise na abordagem dessa emergência médica. O Prof. J. Allen Meadows (Estados Unidos) apresentará a sua experiência na abordagem da anafilaxia na criança comparando-a com a de adultos, e o Prof. Edgardo Jares (Argentina) nos brindará com um panorama atual sobre a anafilaxia na América Latina, revelando os principais agentes etiológicos e manifestações clínicas que a caracterizam no continente”, conta Dr. Solé.

Além das aulas com especialistas nacionais e internacionais, acontecem durante o evento os cursos práticos, que têm vagas limitadas. “Serão quatro dias de atividades científicas variadas, incluindo plenárias, mesas-redondas, cursos práticos, oficinas, apresentação de temas-livres e pôsteres com o objetivo de atualizar e mostrar os caminhos para o futuro do tratamento das alergias”, conta a presidente da ASBAI. O evento espera atrair cerca de 1.500 pessoas.

/**/

Compesa faz intervenção para garantir abastecimento em Santa Filomena

Os moradores de Santa Filomena, no sertão do Araripe, vão continuar recebendo água nas torneiras, apesar do início do período de estiagem. O governador Paulo Câmara solicitou à Compesa uma alternativa para garantir o abastecimento da cidade nesse período. A solução veio em parceria com o prefeito do município, Cleomatson Coelho, que fez melhorias no Açude do Governo, manancial que tem 1 milhão de metros cúbicos de água.

A Compesa deu início, esta semana, ao processo para ampliação da captação da água. Será instalada uma balsa flutuante com novas bombas de maior potência. Os técnicos da Companhia estão montando os equipamentos elétricos e hidráulicos necessários para dar início à nova operação. “O nosso esforço é para que Santa Filomena não fique dependente apenas da Adutora do Oeste, que já é responsável pelo abastecimento da Cidade. Como o município é a última cidade do Sistema Adutor, o fornecimento de água somente pela Adutora do Oeste poderia ficar comprometido. Com o apoio da Prefeitura, que fez melhorias na estrutura do Açude do Governo, caímos em campo para atender a população através desse manancial”, explicou o presidente da Compesa, Roberto Tavares.

A Compesa também está trabalhando para ativar outro manancial, o da Turquia, para reforçar o abastecimento de Santa Filomena. “A nossa meta é que a população de Santa Filomena tenha o abastecimento regular nesses meses de verão”, afirmou Tavares.