PF deflagra a segunda fase da Operação Abismo

PE – RECIFE – 19/10/2018 – POLÍTICA – Carros chegando no predio da Policia Federal durante Operacao Abismo, esquema de fraudes no instituto de previdencia dos servidores de um municipio da Regiao Metropolitana do Recife, deflagrada pela Policia Federal, nesta sexta-feira (19). Foto: Camila Pifano/Esp. DP.

A Polícia Federal deflagou nesta quarta-feira (31) a segunda fase da Operação Abismo, que investiga esquema de fraude envolvendo o instituto de previdência dos servidores do Cabo de Santo Agotinho. No último dia 19, na primeira fase da ação, o prefeito do Cabo, Lula Cabral foi preso sob suspeita de ordenar a transferência de R$ 90 milhões do fundo do instituto para um fundo de origem duvidosa, que colocou em risco a aposentadoria dos servidores. Além de Cabral, foram presas outras 21 pessoas e cumprido 42 mandados de busca e apreensão.

Nesta quarta, estão sendo cumpridos dez mandados de busca e apreensão, uma prisão preventiva, sendo nove em Pernambuco e uma no estado de Goiás. A prisão preventiva é de um empresário em Goiás. Um total de 80 policiais federais trabalham na operação. Estão sendo apreendidos nos locais, alvos das buscas, documentos, veículos, mídias de computador, dinheiro e todo o material vai subsidiar as investigações já em andamento.

Os locais de busca em Pernambuco são Cabo de Santo Agostinho, distrito industrial de Suape, Porto de Galinhas, Reserva do Paiva, Boa Viagem e Jaboatão dos Guararapes. As investigações da Operação Abismo tiveram início em março deste ano.

Na segunda (22), também foram renovadas por mais cinco dias todas as prisões temporárias efetuadas na Operação Abismo. Os materiais apreendidos nos outros cinco estados e no Distrito Federal durante a ação policial também começaram a chegar ao Recife no mesmo dia. Dentre as apreensões estão quantias em dinheiro, carros de luxo, equipamentos de informática e documentos fiscais. Segundo a PF, a investigação segue sendo feita sob sigilo, o que impede o repasse de mais informações.

Segundo a PF, continuam sendo investigados outros empresários, lobistas, advogados, políticos e religiosos. As investigações sobre o esquema fraudulento tiveram início em março deste ano e, segundo os dados coletados pela PF, os fundos de investimento compostos por ativos “podres” tinham grande probabilidade de inadimplência futura, colocando em risco o pagamento da aposentadoria dos servidores do município.

O Tribunal Regional Federal da 5ª Região já autorizou o sequestro e bloqueio de bens e valores depositados em contas em nome dos investigados. Os crimes que estão sendo imputados aos suspeitos são de lavagem de dinheiro, associação criminosa, crimes financeiros, corrupção ativa e passiva, cujas penas ultrapassam os 30 anos de reclusão.

Diario de Pernambuco

Bolsonaro anuncia Marcos Pontes como ministro da Ciência

O presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), anunciou em sua conta do Twitter o astronauta Marcos Pontes como futuro ministro da Ciência e Tecnologia. “Comunico que o Tenente-Coronel e Astronauta Marcos Pontes, engenheiro formado no ITA, será indicado para o Ministério da Ciência e Tecnologia. É o quarto Ministro confirmado!”, escreveu.

Na última semana, Bolsonaro vinha dizendo que tinha um quarto ministro “saindo do forno”. A decisão ocorre um dia após a primeira reunião de Bolsonaro com seu núcleo-duro, no Rio, para discutir formação de governo.

Pelo desenho feito na conversa, a pasta deve ganhar nova formatação: Comunicação, hoje atrelada a Ciência e Tecnologia, deve ser separada e unida a Transportes e Infraestrutura. Ficaria ainda sob os cuidados de Pontes parte do que hoje está com o Ministério da Educação (MEC), como ensino superior.

Pontes, que tornou-se o primeiro astronauta brasileiro no governo do ex-presidente Lula, chegou a ser cotado a vice de Bolsonaro. Ele é o segundo militar escolhido para compor os ministérios do presidente eleito. O primeiro deles foi o general Augusto Heleno, para a Defesa.

Folhapress

PDT, PSB e PCdoB vão atuar em bloco na Câmara em oposição a Bolsonaro

Os líderes do PDT, PSB e PCdoB na Câmara dos Deputados anunciaram nesta quarta-feira (31) que os três partidos terão uma atuação conjunta na oposição ao futuro governo do presidente Jair Bolsonaro. O bloco terá um total de 69 parlamentares em 2019.

O líder do PDT, André Figueiredo (CE), disse as três legendas farão uma oposição “construtiva e afirmativa” e não serão automaticamente contra todos os projetos encaminhados pelo Executivo. “Reconhecemos a legitimidade do Bolsonaro que foi eleito com 57 milhões de votos. Não vamos ser contra tudo”, disse o deputado. “Vamos trabalhar para que o Brasil possa sair da situação de crise, mas sem retirar direitos que já foram retirados nos últimos dois anos”.

Sobre a participação do PT na oposição, Figueiredo afirmou que o partido terá uma atuação independente. “Ele já demonstrou, até pelo tamanho de sua bancada [56 deputados], que quer compor uma parte da oposição. O PDT, PSB e PCdoB formam um grande bloco partidário e a estes partidos estamos buscando outras forças. O PT pode eventualmente estar compondo conosco uma atuação parlamentar mesmo não fazendo parte do bloco, assim como o próprio PSDB”.

Segundo o líder do PCdoB, Orlando Silva (SP), os três partidos vão dialogar e construir propostas que sejam alternativas para enfrentar a crise. “A lógica ultraliberal do governo Bolsonaro terá nos nossos partidos um combate decidido, firme. O Brasil precisa ter alternativas para sair dessa crise grave”, acrescentou.

Silva também afirmou que PDT, PSB e PCdoB não vão vetar a atuação conjunta com qualquer partido que queira fazer oposição ao governo de Bolsonaro, a exemplo do PT. “Teremos muitas pontes com o PT na resistência e na luta política”.

“Entendemos que neste momento é preciso fazer mais que uma atitude de contestação. O Legislativo deve se reunir em torno de uma agenda propositiva, agregando todos aqueles que estão na oposição”, disse o líder do PSB, Tadeu Alencar (PE).

No primeiro turno da eleição presidencial, o PDT teve Ciro Gomes como candidato. No segundo turno, o partido anunciou “apoio crítico” à candidatura de Fernando Haddad (PT) na corrida presidencial. O PCdoB teve Manuela D’Ávila como vice na chapa de Haddad. O PSB apoiou o PT no segundo turno das eleições.

Folhapress

Silvio Costa: ”Bolsonaro foi o 7 x 1 da política”

Por Sílvio Costa

“Respeito o contraditório, respeito todos os brasileiros e brasileiras que votaram em Jair Bolsonaro. Respeito o direito de escolha das pessoas. Reafirmo, como registro histórico, que os 57,7 milhões de votos em Bolsonaro tiveram como motivação maior o ódio ao PT. O ódio é o pior conselheiro.

Gostaria, neste momento, de estar errado. É evidente que jamais vou torcer contra o meu País, mas não tenho dúvidas de que os 57,7 milhões de brasileiros e brasileiras que votaram em Bolsonaro fizeram o maior gol contra da história do Brasil.

A goleada de 7 x 1 que levamos da Alemanha em 2014 jamais será esquecida. Foi uma tatuagem de mau gosto no futebol brasileiro. Lamento dizer que o tempo vai mostrar que aqueles e aquelas que marcaram o 17, no último domingo, a maioria movida pelo ódio, pela negação da política e pela ilusão da solução fácil não têm dimensão do tamanho do desastre que será o governo Bolsonaro.

Conheço Bolsonaro e o seu entorno político. Falta, inclusive, equilíbrio emocional há alguns deles. O futuro ministro da Economia, Paulo Guedes, já agrediu o Mercosul, agrediu os industriais brasileiros e de maneira equivocada fala em usar as reservas cambiais, um dos pilares da credibilidade internacional do Brasil.

O presidente eleito Bolsonaro forma um superministério no qual o futuro ministro Paulo Guedes sequer terá tempo físico para gerenciá-lo. O presidente eleito Bolsonaro, de forma demagoga, diz que vai repassar as sobras da campanha à Santa Casa de Misericórdia, mesmo sabendo que a lei eleitoral não permite. Demagogia baratíssima.

É muito atropelo para pouco tempo de jogo. O futuro ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, que sempre teve um déficit de diálogo no Parlamento, já levou o primeiro “carão” público de Paulo Guedes, por dar “pitaco” onde não foi chamado: a economia. Nunca vi uma equipe de transição de governo com uma dupla tão desafinada.”

IFPE Campus Pesqueira completa 25 anos com programação festiva

Em novembro, o IFPE Campus Pesqueira comemora 25 anos de existência. Para celebrar a data, foi montada uma programação especial que contemplará apresentações culturais, saraus, ações de saúde, exposições e culto ecumênico. O evento acontecerá nos dias 08, 09, 12 e 23 de novembro e pretende reunir centenas de estudantes, ex-estudantes, professores e técnicos-administrativos que construíram a história da instituição.

No dia 08, às 18h 30 min, haverá apresentação do coral do IFPE Campus Garanhuns e na ocasião serão acesas as luzes da bela árvore de natal que está sendo produzida pelos servidores do Campus. Na mesma noite, haverá sarau com recitação de poesias escritas por estudantes e servidores, além de apresentação dos “talentos da família”.

No dia 09, será a noite dos talentos com apresentações culturais, além de exposição de stands dos cursos ofertados no Campus Pesqueira com demonstrações interativas. Outra importante ação, será a oferta de serviços de saúde pelos estudantes e docentes do curso de bacharelado em enfermagem.

No dia 12, ocorrerá a grande comemoração solene, na quadra poliesportiva, a partir das 18h, com apresentação cultural, culto ecumênico e coquetel. A reitora do IFPE, Anália Keila, assim como grande parte do primeiro escalão da reitoria estará presente na solenidade.

O encerramento, no dia 23, será com exposição dos cursos no marco zero da cidade de Pesqueira, na praça central. Para o Diretor Geral do Campus Pesqueira, Valdemior Mariano, o IFPE personifica os atores sociais que o compõe e que no compartilhamento de suas histórias de vida cumprem suas missões. “Ao comemorarmos esta data, percebemos a importância da instituição no contexto regional em que está imersa, no oferecimento de um ensino qualificado aos estudantes e, principalmente, quando muito mais do que uma formação técnica, propicia claramente uma formação humana.”, declara.

Mariano acrescenta que ao recordar todo o passado de lutas e glórias, o sentimento é de gratidão. “É uma incansável busca por novos voos, sonhar novos obstáculos, estreitar ainda mais os laços com a comunidade e precipuamente oferecer cada vez mais sentido a todos que se dedicam a escrever essa história de comunhão conosco. História essa que transcende gerações, sempre cultivando uma cultura de diálogo, de troca de horizontes e marcada, principalmente, pelo respeito à memória de professores, técnicos-administrativos e estudantes, sem nunca deixar de incluir no glossário de seu cotidiano institucional, a palavra família”.

Seja Digital realiza a Caravana da TV Digital em bairros e escolas de Caruaru

A Seja Digital, entidade responsável pelo processo de digitalização do sinal de TV no Brasil, realizará uma série de Caravanas da TV Digital durante a semana em diversos bairros e escolas de Caruaru. Durante a ação, a população poderá verificar se têm direito ao kit gratuito e fazer o agendamento para a retirada, além de se informar sobre o desligamento do sinal analógico, que acontecerá em Caruaru, Bezerros e São Caetano, no dia 05 de dezembro. Após essa data, só será possível assistir à programação da TV aberta pelo sinal digital.

Nesta quinta-feira (1º de novembro), a Caravana da TV Digital estará no CRAS Bonança e na Vila Murici. A programação contará com a presença de antenistas e mobilizadores para orientar a população sobre a instalação da antena digital e do conversor, equipamentos que permitem que televisores antigos tenham acesso ao sinal digital.

Dando sequência ao cronograma, ainda no dia 1º de novembro, a Caravana da TV Digital chega a Escola Sinhazinha, no Bairro do Salgado, das 8h às 12h e na Escola Rubem de Lima, no bairro Cidade Jardim, das 13h às 15. Nesses locais, os mobilizadores irão dialogar com as crianças para orientá-las sobre o processo de migração do sinal analógico para o digital e a distribuição de kits gratuitos. A ideia é torna-los multiplicadores do processo, para que possam repassar as informações aos seus familiares e amigos, mobilizando um número muito maior de pessoas.

“Nas Caravanas, a população poderá efetuar o agendamento para retirada dos kits gratuitos, além de tirar todas as dúvidas sobre a mudança do sinal de TV e como instalar os equipamentos. Muita gente tem direito ao kit e ainda não sabe”, explica a gerente regional da Seja Digital, Neilza Buarque. Também será possível ver a diferença entre o sinal analógico e o sinal digital, que oferece melhor qualidade de som e imagem aos telespectadores.

Pessoas que não sabem se têm direito ao kit com antena digital e conversor, devem ligar gratuitamente no 147 ou acessar o site sejadigital.com.br/kit, com NIS (Número de Identificação Social) em mãos, para verificar e agendar a retirada dos equipamentos em um dos pontos disponibilizados pela Seja Digital. Cerca de 90 mil kits estão disponíveis para as cidades de Caruaru, Bezerros e São Caetano.

 Serviço:

Caravana da TV Digital

Data: Quinta, 1º de novembro

Local: CRAS Bonança e Vila Murici, das 8h às 13h

Data: Quinta, 1º de novembro

Local: Escola Sinhazinha (Bairro do Salgado), das 8h às 12h e Escola Rubem de Lima (Bairro Cidade Jardim), das 13h às 15

Sobre a Seja Digital

A Seja Digital (EAD – Entidade Administradora da Digitalização de Canais TV e RTV) é uma instituição não governamental e sem fins lucrativos, responsável por operacionalizar a migração do sinal analógico para o sinal digital da televisão no Brasil. Criada por determinação da Anatel, tem como missão garantir que a população tenha acesso à TV Digital, oferecendo suporte didático, desenvolvendo campanhas de comunicação e mobilização social e distribuindo kits para TV digital para as famílias cadastradas em programas sociais do Governo Federal. Também tem como objetivos aferir a adoção do sinal de TV digital, remanejar os canais nas frequências e garantir a convivência sem interferência dos sinais da TV e 4G após o desligamento do sinal analógico. Esse processo teve início em abril de 2015 e, de acordo com cronograma definido pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, mais de 1300 municípios terão o sinal analógico desligado até 2018.

Armando avalia como erro fusão de ministérios: “O Brasil não precisa de um czar na economia”

O senador Armando Monteiro (PTB) avaliou como um erro do governo eleito a ideia de criar o superministério da Economia, fundindo Fazenda, Planejamento e Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (Mdic). Líder empresarial respeitado em todo o país e ex-ministro da Indústria, Armando criticou as declarações sobre o setor produtivo feitas pelo futuro ministro da Economia, Paulo Guedes. Na avaliação do senador pernambucano, a fusão dos ministérios da Agricultura e Meio Ambiente é uma medida “extravagante”, além de afirmar que as mudanças não trarão economia aos cofres públicos. Veja abaixo os principais trechos da entrevista concedida por Armando ao programa de Geraldo Freire, na Rádio Jornal, do Recife, na manhã desta quarta-feira (31):

Sobre declarações de Paulo Guedes

“Eu responderia dizendo: vamos salvar a indústria apesar dos economistas. Eu vejo muito mal uma posição de alguém que ainda não assumiu a pasta, de alguém que não detém uma maior experiência na gestão pública, que não faz uma interlocução com os setores da chamada economia real e já sai, antes mesmo de assumir, revelando preconceitos, criando uma indisposição com os setores. É um mau sinal. Ele precisa compreender adequadamente a natureza das demandas”.

Superministério da Economia

“Essa ideia de superministério foi adotada ao tempo do Governo Collor e não deu certo. O Brasil não precisa de um czar na economia. Evidentemente que a política econômica precisa de uma coordenação fina entre a política monetária, a política cambial, a política fiscal, mas no mundo inteiro os setores produtivos se representam através de um canal próprio no governo, o que não significa dizer que não passe por uma mediação do ministro da Fazenda. Os países desenvolvidos possuem um Ministério da Indústria, porque você tem que ter essa interface com o setor produtivo”.

Extinção do Ministério da Indústria e Comércio Exterior

“Você deixar de ter um canal de interlocução com o setor produtivo, secundarizar isso, é preocupante. O que é que será agora a área de indústria e comércio exterior? Vai ser uma secretaria vinculada a esse superministério da Economia. Você vai conferir poderes demais a esse ministro e vai tornar essa interlocução com os setores produtivos uma coisa secundária. Na experiência internacional, isso não existe. Então, eu lamento que essa questão possa ser resolvida de supetão. Essa figura do superministro não funciona, a meu ver, e lamento mais ainda que o ministro já chegue revelando tantos preconceitos. Eu lamento que isso possa ter sido decidido dentro de um grupo tão pequeno, sem ouvir os setores produtivos”.

Importância do Ministério

“O ministério tem uma estrutura, tem uma área que trata de política industrial e de todo o atendimento das demandas do setor industrial, tem uma área de comércio exterior, tem uma Secretaria de Comércio e Serviço que trata da situação da atividade comercial no país. Você recebe (demandas) de toda parte… da política comercial em relação ao mundo, a negociação dos acordos comerciais, toda a política de defesa comercial, antidumping, para proteger setores da indústria de práticas desleais de comércio. Portanto, o Mdic tem uma estrutura que foi formada ao longo do tempo. É uma estrutura que atua fortemente na definição das políticas industriais, na gestão de todos os problemas na interlocução da indústria com o governo, na promoção dos acordos comerciais, na definição de políticas de defesa comercial e toda a interlocução também com o setor comercial brasileiro. É uma entidade que cumpre um papel muito importante, não estou dizendo isso porque fui ministro, é porque essa estrutura foi ao longo dos anos se fortalecendo”.

Fusão de Agricultura e Meio Ambiente

“Parece-me uma coisa totalmente equivocada. Você veja, por exemplo, meio ambiente não se refere apenas à Agricultura. Qualquer obra de infraestrutura passa por uma avalição de meio ambiente. Se você discute, por exemplo, saneamento, isso tem uma interface na área de meio ambiente. Portanto, você colocar essa área dentro do Ministério da Agricultura é algo que me parece extravagante, não tem realmente sentido”.

Fusões sem redução de gastos

“Essas reduções de ministérios, elas se apoiam em uma premissa que se revela ao final falsa, que é de que isso vai produzir uma grande economia na máquina pública. Na realidade, vão mudar as caixas. Essas estruturas dos ministérios que vão ser incorporados se transformam em secretarias, a estrutura permanece, e ao final essa economia não se confirma. Então, o que se faz é uma ação simplificadora que não resulta em ganhos de eficiência e desempenho da máquina pública”.

Prefeitura de Caruaru encerra Outubro Rosa com ações alusivas

A Prefeitura de Caruaru entrou na Campanha Outubro Rosa, celebrada em todo o Brasil, e promoveu diversas ações alusivas através da Secretaria de Políticas para Mulheres (SPM) durante este mês de outubro. As equipes se dividiram entre as atividades promovidas pela secretaria, realizadas com o intuito de levar a informação da importância da prevenção do câncer de mama através do autoexame, colaboraram com ações educativas de diversos parceiros, possibilitando, inclusive, o acesso a exames mais específicos das mulheres acompanhadas pela secretaria na ação realizada pelo Caruaru Shopping.

O evento desta terça-feira (30) contou com a colaboração do técnico de Seguro Social do INSS de Caruaru, Alberto Simplício, que concedeu uma palestra para tratar dos direitos das mulheres trabalhadoras com câncer, na sede da SPM. A professora de Direito Previdenciário da ASCES-UNITA, Marcela Proença, também se fez presente. O encontro foi voltado para as pacientes do centro de Oncologia de Caruaru – CEOC e do Lar da Esperança, mas foi também aberto ao público feminino em geral.

Nesta quarta-feira (31), em que se encerra a programação, as equipes da SPM se dividirão em várias atividades, entre elas, a que foi promovida durante a manhã pelo CEOC, com foco na conscientização do diagnóstico precoce do câncer de mama. Na parte da tarde está prevista uma formação para as lavadeiras do Bairro Centenário, com orientações sobre prevenção da doença através do autoexame.

Virada de lote para o lançamento do DVD de Ferrugem acontece nesta quinta-feira

A partir desta quinta-feira, 1º/11, os ingressos para o show de Lançamento do DVD do cantor Ferrugem terão novos valores. Para quem ainda não comprou, é melhor se antecipar para não ficar de fora deste grande evento. A festa ocorre no dia 23 de novembro, na Arena Caruaru.

Os ingressos podem ser adquiridos na sede da Arena Caruaru, no quiosque localizado no primeiro piso do Shopping Difusora, na banca Terceiro Mundo e no site ingressos.safeticket.com.br. Os valores variam de R$ 35 a R$ 500, dependendo do setor. Os camarotes especiais, open bar para 10 pessoas, custam R$ 3.000,00.

Além do anfitrião, a noite do lançamento do DVD de Ferrugem ainda contará com os shows dos cantores Péricles, grupo Nuwe e banda Beleza Pura.

/**/

Secretaria de Saúde apresenta números positivos sobre Caruaru

A Secretaria de Saúde de Caruaru realizou, nesta quarta-feira (31), a 15ª Audiência Pública do Sistema Municipal de Saúde. O evento aconteceu na Câmara de Vereadores do município e apresentou as atividades realizadas, auditorias executadas e recursos financeiros aplicados na saúde, no primeiro e segundo quadrimestre de 2018.

Entre os dados apresentados, um balaço positivo para os atendimentos na rede municipal de saúde com: 71.803 consultas especializadas para a população, 316.623 atendimentos na Atenção Básica e 75.508 atendimentos na rede complementar, de janeiro a agosto deste ano. “Somando os dois números, poderíamos dizer que, a média, é de uma consulta para cada habitante na cidade de Caruaru. O que precisamos conscientizar a população é sobre o grande número de abstenções, que, em alguns casos, chega a 50% de faltas, que poderiam estar sendo ocupadas por outros pacientes que buscam o nosso atendimento”, explicou a secretária executiva de Atenção Básica e Vigilância em Saúde, Gessyanne Paulino.

Outro dado que vale a pena destacar é o número de ligações para o SAMU. Foram registradas 154.940 chamadas, dessas, 60.796 foram para atendimento e 39.754 para trotes, o que corresponde a 26% das ligações. “Apesar do trabalho desenvolvido através do programa Aprender com Saúde, que leva o SAMU para dentro das escolas e mostra a importância do serviço, os primeiros socorros e a questão dos trotes, ainda é um percentual alto e que atrapalha as chamadas de quem realmente precisa do serviço”, pontuou a secretária executiva.

As unidades de pronto-atendimento (UPA) registraram, no primeiro e segundo quadrimestre de 2018, quase 200 mil atendimentos distribuídos entre UPA do Salgado, UPA da Boa Vista, UPA do Vassoural e UPA das rendeiras. Já na rede hospitalar municipal, que engloba Hospital do Coração, Hospital Manoel Afonso e Casa de Saúde Bom Jesus, os dados apontam para um total de 4.407 internações por especialidades e que, segundo a executiva da Atenção Básica, só corrobora o trabalho que vem sendo realizado pela secretaria de saúde: “Quanto menos internações tivermos em nossa rede, significa dizer que a Atenção Básica está fazendo efetivamente o seu trabalho junto as equipes de Estratégias de Saúde da Família nas comunidades”.

Os dados apresentados na Audiência Pública da Saúde são registrados no sistema oficial do Ministério da Saúde e podem ser verificados pela sociedade civil. A próxima audiência será em fevereiro de 2019 para apresentar o último quadrimestre de 2018. Mas as questões ligadas à saúde municipal podem ser debatidas toda terceira quinta-feira de cada mês, das 14h às 17h, na reunião do Conselho Municipal de Saúde, no auditório da própria Secretaria de Saúde, na Avenida Vera Cruz, 654, no bairro São Francisco.