Central faz último amistoso antes da estreia no Estadual

Pedro Augusto

No seu primeiro compromisso em 2019, o Central acabou jogando mal e não conseguiu evitar a derrota contra o Campinense por 2 a 0, em amistoso realizado na tarde do último domingo (6), no Estádio Amigão. Mas do que o placar adverso, o teste inicial da temporada serviu para mostrar à Patativa que ainda há um longo percurso a seguir na busca pelo melhor futebol. Neste fim de semana, a equipe caruaruense terá a chance de demonstrar que evoluiu dentro de campo após o tropeço diante da Raposa. No sábado (12), o atual vice-campeão pernambucano visita o CSA, a partir das 15h30, no Estádio Rei Pelé.

Será o segundo e último amistoso do Central antes da estreia no Estadual 2019. A Patativa mede forças com o Náutico, no próximo dia 19, a partir das 16h, no Estádio Luiz Lacerda, pela primeira rodada. Neste derradeiro teste, caso o técnico Estevam Soares mantenha a escalação que entrou de frente contra o Campinense, a Patativa deverá começar a partida diante do alvizulino alagoano no esquema 4-4-2, com Tom; Dudu Gago, Xandão, Diego Bispo e Daniel Rodrigues; Edson Magal, Fernando Pires, George e Murilo Rangel; Giovani Rosa e Leandro Costa.

Em paralelo aos preparativos do amistoso contra o CSA, nesta semana, a Patativa anunciou o retorno ao Lacerdão do lateral-direito Leanderson Polegar. Atualmente com 24 anos, o ala já havia atuado com a camisa centralina na temporada de 2017, quando a equipe caruaruense disputou o Campeonato Pernambucano e a Série D. Além do Central, Leandro também acumula passagens pelo Grêmio Barueri, Iraty-PR e Interporto-TO. O novo candidato à camisa 2 já se encontra integrado ao elenco alvinegro.

Lacerdão

A poucos dias do início do Campeonato Pernambucano, o Estádio Luiz Lacerda segue recebendo reparos para comportar os jogos da Patativa. Intervenções no gramado, nas arquibancadas, nos bancos de reservas e demais setores estão sendo feitos para deixar a casa do Central ainda mais arrumada para o ano do centenário do clube. Devido às intervenções, os treinamentos vêm ocorrendo no CT do Ninho do Gavião, de propriedade do Porto.

Pedro Augusto é jornalista e repórter do Jornal VANGUARDA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.