Atleta ferido em incêndio tem melhora e sedação é suspensa

O atleta Jonatha Cruz Ventura, 15 anos, que está internado no Centro de Tratamento de Queimados (CTQ) do Hospital Municipal Pedro II, em Santa Cruz, mostrou hoje (11) melhora nas lesões pulmonares, teve a sedação suspensa e não apresentou febre nas últimas 24 horas.O quadro dele é estável, segundo o boletim médico divulgado no final da manhã.

Jonatha ficou gravemente ferido no incêndio que atingiu na ´sexta-feira (8) o Centro de Treinamento do Flamengo, conhecido como Ninho do Urubu, em Vargem Grande, na zona oeste do Rio. Dez atletas, entre 14 e 16 anos, das categorias de base do clube, que dormiam no alojamento, morreram no incêndio.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde Jonatha está “hemodinamicamente estável, com melhoras nos parâmetros respiratórios”.

De acordo com os médicos, Jonatha foi submetido a nova broncoscopia e passou por um banho nas queimaduras profundas, “o que não mostrou piora das lesões no pulmão”.

Cinco das vítimas foram enterradas ontem e as outras serão enterradas hoje.

Prefeitura

A prefeitura informou, em nota, que o prédio e o contêiner atingidos pelo fogo não têm certificado de autorização dos Bombeiros e que, portanto, “não estavam aptos a operar”, já que a corporação é a única com atribuição para emitir a licença.

A Secretaria Municipal de Urbanismo informou que a licença em vigor para o empreendimento é apenas para as obras, com validade até março de 2019. Porém, o Flamengo não teria apresentado a documentação relativa ao alojamento. A prefeitura vai abrir uma investigação esta semana para apura o caso. O Clube do Flamengo e os engenheiros responsáveis pela obra serão chamados para prestar esclarecimentos.

Natural do Rio de Janeiro, é jornalista formado pela Favip. Desde 1990 é repórter do Jornal VANGUARDA, onde atua na editoria de política. Já foi correspondente do Jornal do Commercio, Jornal do Brasil, Folha de S. Paulo e Portal Terra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.