Sport é eliminado na primeira fase Copa do Brasil

Diário de Pernambuco

Após acumular quatro vitórias fáceis no Campeonato Pernambucano, o Sport foi reprovado no primeiro grande teste que teve na temporada. Abusando de errar nas finalizações, cedendo espaços na defesa e contando até com falhas do ídolo Magrão, o Leão foi derrotado pelo Tombense por 3 a 0, no interior mineiro, e está eliminado precocemente da Copa do Brasil. Com isso, os rubro-negros deixam de faturar uma premiação de R$ 625 mil e saem da competição apenas com R$ 525 mil, referentes a primeira fase.

Fora também da Copa do Nordeste, esta por opção própria, resta aos leoninos apenas a disputa do Campeonato Pernambucano até o início da Série B, em abril. No próximo domingo, o Sport faz o Clássico das Multidões com o Santa Cruz, no Arruda.
O jogo
Jogando pelo empate e em um campo bastante encharcado pelas fortes chuvas que caíram na cidade de Tombos durante boa parte do dia, o técnico Milton Cruz mandou a campo uma equipe reforçada na marcação, com o retorno de Sander à lateral esquerda e o meio de campo com os volantes Ronaldo, Charles e Kaio. Este havia feito a sua estreia domingo passado, diante do Petrolina, pelo Campeonato Pernambucano.

E com uma marcação alta, na saída de bola dos donos da casa, o Sport foi melhor que o Tombense durante boa parte do primeiro tempo. Foram pelo menos três boas chances de abrir o placar, duas delas com Hernane Brocador, que falhou em ambas. Uma delas, após driblar o zagueiro dentro da área e chutar em cima do goleiro Felipe, ex-Náutico.

Explorando principalmente os lados do campo, o Leão ainda colocou uma bola na trave, com Ezequiel, em belo chute cruzado. Porém, além da ausência de criação no meio de campo, os rubro-negros cometeram outra falha na primeira etapa ao deixar o veterano meia Juan jogar livre. Assim, o ex-ídolo do Flamengo, aos 37 anos, foi o principal jogador do time mineiro.

E com liberdade, abriu o placar para o Tombense aos 31 minutos, após Magrão dar rebote em chute forte do atacante Everton, que passou em jogada individual por Kaio e o lateral direito Norberto. Pela primeira vez na temporada, o Sport foi para o intervalo atrás do placar.
Segundo tempo
Mesmo com a desvantagem no marcador, o técnico Milton Cruz, satisfeito com o desempenho do seu time, não fez nenhuma mudança no Sport para a etapa final. Mesmo assim, o Sport, como no primeiro tempo, conseguia criar jogadas. E desperdiçá-las com o Brocador, que livre dentro da área, mandou por cima outra boa oportunidade, aos sete minutos. A essa altura, o Tombense já estava todo recuado em seu campo de defesa. O que tornava ainda mais desnecessário a manutenção dos três volantes em campo.

Aos 15 minutos, enfim, Milton Cruz optou por dar mais força ofensiva ao Sport com a entrada do atacante Juninho na vaga de Kaio. Em seu primeiro lance, o prata da casa foi individualista e finalizou uma bola com o Brocador completamente livre dentro da área. Na sequência, Hernane deixou o campo para a entrada do também centroavante Elton.
Porém, foi o Tombense que ampliou o placar. Com direito a falha de Magrão. Aos 25 minutos, após nova escapada com liberdade, Juan cruzou rasteiro e o ídolo rubro-negro soltou a bola nos pés de Denílson, que só teve o trabalho de empurrar para as redes.

Com a desvantagem ainda maior no placar, Milton Cruz partiu para o desespero, com a entrada de Alisson Farias na vaga do lateral Norberto. Ao todo, o Sport terminou a partida com cinco atacantes em campo. O suficiente apenas para aumentar o número de impedimentos. Foram 14 ao todo na partida.

Aos 49 minutos, Marquinhos deu toques de humilhação à eliminação do Sport ao marcar o terceiro gol.

Natural do Rio de Janeiro, é jornalista formado pela Favip. Desde 1990 é repórter do Jornal VANGUARDA, onde atua na editoria de política. Já foi correspondente do Jornal do Commercio, Jornal do Brasil, Folha de S. Paulo e Portal Terra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.