Prefeitura de Caruaru ganha reconhecimento na América Latina

O Programa Criança Feliz, do Governo Federal, desenvolvido em Caruaru como parte integrante do Programa Primeira Infância, através da Prefeitura de Caruaru, foi escolhido como representante do estado de Pernambuco para entrar como modelo no livro “Da Ciência à Prática – Os programas de apoio ao desenvolvimento infantil na América Latina”. A inciativa desenvolvida de forma intersetorial no município, envolve as secretarias de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos (SDSDH), Saúde, Políticas para Mulheres, Educação, Sustentabilidade e Desenvolvimento Rural e Fundação de Cultura e Turismo.

O destaque foi no capítulo “Programa Criança Feliz: Avanços e Desafios”, que eleva a importância e o interesse do investimento que a Prefeitura de Caruaru vem colocando nas ações voltadas para primeira infância na cidade. O livro publicado em 2018 foi produzido pela Cross Content com apoio da Fundação Bernard Van Leer e detalha a ênfase na primeira infância, assim como os investimentos em estudos e capacitações na área. A Publicação traz experiências de programas de apoio ao desenvolvimento infantil em toda a América Latina.

“Atribuo esse nosso destaque no livro à articulação dessa política pública tão importante que integra várias secretarias municipais num projeto muito mais amplo que cuida da primeira infância em Caruaru. O enfoque do nosso programa é a abordagem social com a política afirmativa, é a emancipação justamente dessas pessoas que estão precisando de oportunidade para poder crescer e se desenvolver. Só saúde e educação, não desenvolve. Ser somente assistido através de políticas de assistência também não desenvolve. Por isso a gente tem que integrar todas essas políticas de uma forma organizada para que o efeito proposto pelo Criança Feliz consiga ser concretizado na vida das crianças de Caruaru”, destacou a secretária da SDSDH, Perpétua Dantas.

O programa Criança Feliz, em Caruaru, está inserido no Plano Municipal de Primeira Infância, uma das metas prioritárias da Prefeita Raquel Lyra. A iniciativa visa implementar ações para o desenvolvimento integral das crianças a partir de um modelo de gestão integrado e intersetorial entre as secretarias municipais de Saúde, Educação, Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, Políticas para Mulheres, Sustentabilidade e Desenvolvimento Rural e Fundação de Cultura e Turismo, garantindo à promoção e proteção dos direitos das crianças na primeira infância e o fortalecimento dos vínculos familiares e comunitários.

Principais ações do Programa Primeira Infância em Caruaru

• Sensibilizar e Capacitar gestores e profissionais envolvidos na atenção e cuidado das crianças, para ações de promoção do desenvolvimento integral da primeira infância e a importância do brincar para o desenvolvimento biopsicossocial;

• Capacitar profissionais da rede materno-infantil nas ações do pré-natal, parto e puerpério, puericultura, imunização, crescimento e desenvolvimento infantil;

• Promover atividades lúdicas e culturais nos territórios, favorecendo a estimulação precoce das crianças e o fortalecimento dos vínculos familiares e comunitários;

• Sensibilizar gestores e profissionais envolvidos na atenção e cuidado das gestantes e crianças sobre violência de gênero;

• Promover oficinas de qualificação profissional para mulheres e familiares;

• Implementar espaços lúdicos nos órgãos públicos municipais que atendem crianças na primeira infância;

• Realizar anualmente a Semana do Bebê;

• Elaborar e implementar o Plano Municipal pela Primeira Infância;

• Monitorar e Avaliar as ações do Programa.

Impactos Positivos dos Programas de Primeira Infância:

– Melhoria dos indicadores de saúde materna e infantil;

– Menores índices de evasão escolar e repetência, permanência por mais tempo na escola;

– Aumento na eficiência dos serviços prestados ao público prioritário do Programa;

– Fortalecimento de vínculos familiares e comunitários;

– Menor desigualdade social e maior inclusão social;

– Redução da violência.

Natural do Rio de Janeiro, é jornalista formado pela Favip. Desde 1990 é repórter do Jornal VANGUARDA, onde atua na editoria de política. Já foi correspondente do Jornal do Commercio, Jornal do Brasil, Folha de S. Paulo e Portal Terra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.