Centro Pop e Casa de Acolhimento Adulto celebraram oito anos em Caruaru

Caruaru 162 anos – O aniversário de oito anos do Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua (mais conhecido como Centro Pop) e da Casa de Acolhimento Institucional para Adultos e Famílias em Situação de Rua (mais conhecido como Albergue Municipal) foi celebrado com programação especial. O evento entrou como parte da programação de aniversário dos 162 anos de Caruaru e ofereceu um dia de serviços para os usuários nesta quarta-feira (15).

A programação aconteceu no prédio do Centro Pop com palestra sobre saúde do homem oferecida pelo coordenador de saúde de Caruaru, Rafael Moreira. Teve também exames rápidos de testagem de HIV, sífilis e hepatite, além de vacinação contra o H1N1, corte de cabelo, apresentação do grupo de capoeira do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, e de uma banda de forró de pé-de-serra na parte da manhã. Na parte da tarde teve o corte do bolo comemorativo.

Os dois serviços atuam no resgate da cidadania das pessoas que vivem em situação de rua em Caruaru, e, a partir deles, conseguem ter a ajuda necessária para se reintegrar socialmente. “É a primeira vez que eu preciso recorrer a esse tipo de serviço na minha vida. Vim em busca de tirar meus documentos e aqui descobri que poderia ter direito ao Bolsa Família. Sou muito bem atendido pela equipe, tenho acesso a cinco refeições por dia, além disso, tenho onde dormir e tudo o que eu precisei resolver, consegui aqui”, destacou o usuário José Cícero Epifânio Neto, de 64 anos.

O Centro Pop atua também no resgate da cidadania

Atualmente, o Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua (mais conhecido como Centro Pop) atende aproximadamente 200 usuários por mês, na faixa etária de 18 a 100 anos de idade. O local funciona durante o dia fornecendo três refeições, banho e local para os usuários lavarem roupas e também no intuito de promover políticas públicas específicas para as pessoas em situação de rua.

As equipes desenvolvem um trabalho pautado na inclusão social com garantia de direitos, então, comumente se faz a retirada de documentação civil, inclusão e atualização dos usuários no CADÚNICO, atendimento técnico especializado, reintegração familiar, encaminhamentos para as demais redes de proteção com o objetivo de favorecer a efetiva inclusão social das pessoas em situação de rua que perderam todas as referências.

Para ter acesso ao serviço, os usuários precisam se apresentar no Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua de Caruaru, que funciona de segunda à sexta, das 07h às 17h, na Rua Alferes Jorge, nº 288 – Indianópolis.

Casa de Acolhimento Adulto: mais que um local para se abrigar, um encaminhamento para um novo projeto de vida.

A Casa de Acolhimento Institucional para Adultos e Famílias em Situação de Rua (mais conhecido como “Albergue Municipal”) atende atualmente dez usuários na modalidade integral, sendo uma família na faixa etária de nove à 79 anos. O acolhimento é feito para as pessoas que precisam de um atendimento específico, que geralmente vêm de outras cidades e estados e estão sem referência, nem documentação.

Essas pessoas são encaminhadas para um novo projeto de vida, de modo que a equipe tenta localizar parentes e readequá-las socialmente, através da rede de proteção. O serviço recebe demanda espontânea do usuário, que precisa comparecer por vontade própria, sem ser obrigado a aceitar o atendimento. Para ter acesso, os usuários devem se dirigir à instituição no horário das 18h, e se inscrever para uma vaga de pernoite. O endereço é Rua Alferes Jorge, 58, Indianópolis, Caruaru.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.