Socioeducandos do Case Caruaru participam de quatro oficinas artísticas

Adolescentes do Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) Caruaru estão participando de aulas de pintura, de artesanato, de canto e de confecção de terços ministradas por integrantes do Seminário Diocesano de Caruaru. A realização das oficinas está sendo viabilizada por meio de uma parceria entre a unidade, que é administrada pela Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase), e a entidade religiosa. O objetivo é desenvolver ações que despertem o compromisso dos jovens com atividades pedagógicas.

As oficinas acontecem toda terça-feira. Cada turma é formada por até 12 socioeducandos, com exceção da de confecção de terços, que tem um número livre de alunos. Além de ensinar novas técnicas, os voluntários evangelizam os jovens por meio das atividades e trabalham com eles a importância da coletividade, estimulando a construção de novos projetos de vida e de perspectivas de futuro.

Para o coordenador geral do Case Caruaru, Márcio Oliveira, inserir os jovens em ações que promovam o conhecimento diversificado é uma das ferramentas que ajudam no processo de reinserção social. “Estamos percebendo que muitos adolescentes demonstram talentos que antes não reconhecíamos se não fossem as oficinas. A parceria é fundamental, tanto para a gente trazer novas perspectivas, como para poder passar para a sociedade o trabalho que estamos realizando com os socioeducandos”, afirmou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.