Tribunal de Justiça promoveu 50 casamentos no Estado

Cinquenta casais do município de São Lourenço da Mata, cidade da Região Metropolitana do Recife, trocaram alianças nesta quarta-feira (12/6). Na data em que se comemora o Dia dos Namorados, os noivos oficializaram a união em cerimônia coletiva realizada durante a II Pauta de Concentrada de Sessões de Conciliação do Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejusc) do município. Além dos casamentos, realizados na Câmara Legislativa, e das audiências, que aconteceram no Fórum Desembargador Paulo André Dias da Silva, foram promovidas diversas ações de saúde e cidadania para a população.

As cerimônias coletivas são promovidas pelas Casas de Justiça e Cidadania do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), unidades vinculadas ao Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos (Nupemec). No Recife, existem as unidades do Bongi e do Coque; em Olinda, funciona no Núcleo de Prática Jurídica da Faculdade de Olinda (Focca), no bairro do Carmo; além das existentes em Toritama, em Fernando de Noronha e Vitória de Santo Antão. Casais interessados em oficializar a união devem aguardar o agendamento de cada unidade para a realização dos casamentos.

Na ocasião, os interessados devem comparecer à respectiva Casa apresentando cópias de identidade, CPF, certidão de nascimento original e os mesmos documentos de duas testemunhas. Os divorciados devem apresentar também o documento original do registro do divórcio, e as cópias da sentença do divórcio. De lá, sairão com o encaminhamento para o cartório, onde deverão comparecer com os mesmos documentos no dia marcado acompanhados das testemunhas. Todo o trâmite matrimonial é realizado gratuitamente. Além dos casamentos coletivos, o TJPE realiza casamentos civis nas Varas de Família e Registro Civil, com o intermédio dos Cartórios de Registro Civil das Pessoas Naturais.

Balanço – Durante o mês de maio, 200 casais trocaram alianças em cerimônias coletivas promovidas pelas Casas de Justiça e Cidadania do Coque e do Bongi, no Recife; e da comarca de Toritama, no Agreste. Formalizaram a união 49 casais da comunidade do Coque; 71 casais participaram da cerimônia no Bongi; e 80 casais oficializaram o casamento em Toritama.

Natural do Rio de Janeiro, é jornalista formado pela Favip. Desde 1990 é repórter do Jornal VANGUARDA, onde atua na editoria de política. Já foi correspondente do Jornal do Commercio, Jornal do Brasil, Folha de S. Paulo e Portal Terra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.