Artes visuais tem seu espaço na exposição Cores da Terra

Em seu segundo ano, a exposição de arte Cores da Terra, mistura estilos e técnicas das artes visuais e acontece no Galpão da Estação ferroviária, de quarta a domingo, das 17h às 23h. com entrada gratuita.

O projeto foi idealizado e é desenvolvido pelo artista plástico e ceramista Humberto Botão, com curadoria assinada por Carlos Lima e foi aprovado através do edital de São João da prefeitura de Caruaru.
Todas as peças retratam o tema a partir da pintura, posca, escultura em cerâmica e madeira, talha, assemblage e intervenção artística em fotografia.

Além da exposição, este ano a novidade foi o projeto Ateliê Cidade, nele os artistas criam suas obras de arte ao vivo. Uma forma de mostrar ao público como funciona a execução das técnicas para a criação de cada peça. O projeto também contempla a acessibilidade, já que todas as obras estão descritas em braille e os monitores estão capacitados para realizar audiodescrição das obras.

_”Uma forma de inclusão e mais uma possibilidade de apresentar a arte dos nossos artistas a todos os públicos”_, ressaltou Humberto Botão, organizador da exposição.

A exposição vai até o dia 30 de junho e hoje acontece a última intervenção do projeto Ateliê Cidade.

Pedro Augusto é jornalista e repórter do Jornal VANGUARDA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.