Inscrições abertas para voluntários do Camarote da Acessibilidade do São João

Estão abertas as inscrições para os voluntários interessados em trabalhar no Camarote da Acessibilidade do São João de Caruaru 2019. É necessário ter acima de 18 anos e disponibilidade para trabalhar quatro horas por noite, durante os festejos deste ano. Os interessados devem se dirigir, até o dia 15 deste mês, à sede da Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos (SDSDH), da Prefeitura de Caruaru. O endereço é Rua Armando da Fonte, nº 197, no bairro Maurício de Nassau, sala 4. É necessário levar RG e CPF. O horário de atendimento vai das 08h às 13h. Para maiores informações, basta entrar em contato através do telefone (81) 9 8384-5652.

Serão quatro voluntários por noite que atuarão em regime de rodízio na portaria e no camarote. O trabalho consiste, basicamente, em acolher as pessoas com deficiência e acompanhantes, prestar todas as informações e orientações. Os inscritos serão capacitados em locomoção de pessoas com deficiência e receberão certificados de participação.

A iniciativa é uma parceria entre a Prefeitura de Caruaru, através da Coordenadoria de Promoção às Pessoas com Deficiência da Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos de Caruaru, e Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos de Pernambuco (SDSDH-PE). A ação conta também com o apoio do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência.

“Esse é o nono ano de funcionamento do camarote que tem o objetivo educativo de sensibilizar as pessoas sobre a importância de promover a inclusão, validando o direito das pessoas com deficiência de acesso à cultura”, destacou a coordenadora de Promoção às Pessoas com Deficiência de Caruaru, Rosimery Silva.

Foto: Janaína Pepeu

HRA oferece curso de libras para colaboradores

A Língua Brasileira de Sinais é um meio de garantir a socialização e interação do surdo na sociedade, além de contribuir para a valorização e reconhecimento da cultura surda. Pensando nisto, o Hospital Regional do Agreste (HRA), através do Núcleo Permanente de Educação (NEP), oferecerá gratuitamente o curso básico de libras para todos os colaboradores da unidade.

Serão 3 dias de aulas, 7, 8 e 10 de maio, para que os profissionais aprendam um pouco sobre libras e possam atender melhor a população. “Nosso objetivo é sempre atender as pessoas da melhor forma, por isso a importância que nossa equipe tenha conhecimento em libras e possa oferecer um atendimento de qualidade”, explicou Thamyris Barros, coordenadora do NEP.

Indicadores de mercado de trabalho apresentam piora em abril

O Indicador Antecedente de Emprego (Iaemp), que busca antecipar as tendências do mercado de trabalho para os próximos meses, com base na opinião de consumidores e de empresários da indústria e de serviços, recuou 1 ponto no período.

Com essa, que foi a terceira queda consecutiva, o indicador passou para 92,5 pontos, em uma escala de zero a 200, o menor nível desde outubro do ano passado. Em três meses, o Iaemp acumula perda de 8,6 pontos.

Já o Indicador Coincidente de Desemprego, que mede a percepção dos consumidores sobre o mercado de trabalho atual, subiu 0,7 ponto de março para abril e chegou a 94,8 pontos, em uma escala invertida de zero a 200. Nessa escala invertida, quanto maior a pontuação, pior é o resultado.

Por Vitor Abdala – Repórter da Agência Brasil
Foto: Arquivo Ag. Brasil

Sítio Pau Santo recebeu atividades do Projeto “Caruaru em Movimento”

A praça do Sítio Pau Santo, em Caruaru, foi a primeira comunidade rural do município a receber as intervenções do Projeto “Caruaru em Movimento”. Diversas atividades foram promovidas na localidade que fica no Primeiro Distrito Rural, no último sábado (04). Para as crianças e adolescentes teve com jogos, brincadeiras e esportes. Já para os adultos, foi realizado um “aulão” de zumba, dança, ginástica e fit dance.

A moradora Maria Isabela elogiou a iniciativa: “Essa tarde foi muito boa e muito divertida para a gente da comunidade. Queria que mais pessoas pudessem participar dessa ação para ver como é bom. Estou muito grata à Prefeita Raquel Lyra por isso”, destacou.

O “Caruaru em Movimento”, é um projeto da Prefeitura de Caruaru, por meio da Gerência de Esporte e Lazer da Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos (SDSDH). A iniciativa tem o intuito de contribuir para melhoria da qualidade de vida da população adulta e idosa e ocupação do tempo livre de crianças e jovens com atividades orientadas e supervisionadas por acadêmicos e profissionais de Educação Física.

“A ação está descentralizando o esporte, levando saúde e qualidade de vida para toda população caruaruense”, enfatizou o coordenador de Esporte e Lazer da SDSDH, Diego Barros.

Foto: Arnaldo Félix

Procon Caruaru vai realizar mutirão com Compesa e Celpe

Na semana em comemoração ao aniversário de Caruaru, o Procon vai oferecer um grande presente para os consumidores: um mutirão de atendimento com as empresas Compesa e Celpe. A ação será realizada entre os dias 13 e 17 de maio, na sede do órgão, que fica localizado na Av. Rio Branco, 315, no Centro da cidade.

“Essa é uma oportunidade para que os consumidores do município e cidades vizinhas negociem suas dívidas. O mutirão vem com uma proposta diferente dos atendimentos diários que acontecem no Procon. As condições oferecidas pela Celpe e a Compesa são exclusivas para o feirão. O objetivo é oferecer negociações diferenciadas que caibam dentro do orçamento do consumidor”, explicou Nyverson Moura, diretor do órgão.

Compesa – Será concedido um desconto considerável, tanto para pagamento da dívida à vista, quanto para pagamento parcelado. No parcelamento, será solicitado o pagamento de uma entrada.

Celpe – Cliente residencial faturas de consumo: entrada de 20% e restante em nove parcelas, com a retirada de juros e multas de atrasos. Cliente comercial/rural/industrial faturas de consumo: retirada de 100% de juros e multas por atrasos, entrada de 30% e o restante em três parcelas.

25 partidos deixaram de cumprir cota financeira para mulheres em 2013, diz TSE

O Tribunal Superior Eleitoral concluiu o julgamento da prestação de contas dos partidos políticos referente ao ano de 2013. O resultado mostrou que 25 das 32 legendas existentes naquele ano deixaram de investir os 5% da valor recebido pelo Fundo Partidário em ações para incentivar a participação política de mulheres. Esse descumprimento contribuiu para que 14 partidos tivessem as contas reprovadas e 18 aprovadas com ressalvas. Ao todo, cerca de R$ 18,461 milhões terão de ser devolvidos aos cofres públicos com juros e correção monetária.

Os ministro adotaram a regra de reprovar as contas dos partidos que já tinham, em anos anteriores, apresentado problemas com o cumprimento do que diz a Lei dos Partidos Políticos sobre programas de incentivo à participação feminina na política. Este foi o caso do Democratas, que recebeu em 2013, aproximadamente R$ 18 milhões em recursos públicos e, de acordo com o ministro relator da prestação de contas, Og Fernandes, aplicou somente R$ 148, 4 mil dos R$ 905,8 mil que deveriam ser usados para o incentivo à participação das mulheres. O relator destacou que conduta similar foi verificada nos anos de 2010, 2011 e 2012. O DEM terá de devolver R$ 398 mil.

Em nota, o partido afirmou que já começou a cumprir as sanções aplicadas pelo TSE às contas de 2013 pelo não investimento do valor mínimo nas políticas de promoção da participação feminina na política. “Além disso, preocupado em promover a ascensão da mulher na política, o Democratas Nacional aprovou resolução – durante reunião da Executiva Nacional realizada em julho de 2018 – que determinou a transferência direta das verbas do Fundo Eleitoral para a conta bancária das candidatas mulheres que disputaram as eleições pela sigla”, acrescenta a nota.

As contas do PDT foram reprovadas nesta mesma lógica, mas o partido tem outras pendências, como a falta de comprovação de despesas com transporte e por isso foi multado num valor maior: terá de devolver R$ 2 milhões aos cofres públicos. A reportagem entrou em contato com a legenda e aguarda posicionamento. PP e Avante (na época PTdoB) integram o grupo de reincidentes que tiveram as contas reprovadas, em partes por causa da não aplicação de recursos na cota financeira para mulheres.

O TSE tem até cinco anos para julgar a prestação de contas nacionais dos partidos políticos, por isso os documentos de 2013 terminaram de ser julgados este ano, no limite. A sanção mais aplicada pelo tribunal é determinar que as legendas destinem, de forma compensatória, mais recursos para as mulheres nos anos posteriores à reprovação ou à aprovação das contas com ressalvas.

Termômetro

Em 2017, 17 legendas já tinham apresentado problemas de não cumprimento da cota financeira para promoção da participação políticas de mulheres e recentemente as regras se tornaram ainda mais rigorosas. A eleição de 2018 foi a primeira em que o partidos receberam via Fundo Eleitoral recursos para custear as campanhas políticas e 30% do valor obrigatoriamente teve de ser destinado para candidatas mulheres. Por isso, a postura adotada pelo Tribunal Eleitoral na análise das contas passadas pode ser termômetro para o que estar por vir.

Dúvidas sobre o cumprimento da nova regra de financiamento de campanhas de mulheres, iniciada em 2018, já geraram investigações. Na última segunda-feira (29), a Polícia Federal deflagrou a Operação “Sufrágio Ostentação”, que apura suspeita de que teria ocorrido no PSL de Minas Gerais desvio de recursos do Fundo Eleitoral que deveriam ter sido aplicados em campanhas de candidatas na última eleição. O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, estaria envolvido no caso, ele era o dirigente estadual do partido durante a campanha de 2018. Ele nega as acusações.

Fonte: Congresso em Foco

Bolsonaro recua e diz que vai à NY; Presidência da República ainda não confirma

O presidente Jair Bolsonaro recuou da decisão de cancelar viagem aos Estados Unidos, marcada para o próximo dia 14, para participar de um jantar de gala promovido pela Câmara de Comércio Brasil-Estados Unidos, no qual será homenageado com o prêmio de “Pessoa do Ano”. Ao sair do carro para cumprimentar apoiadores na porta do Palácio da Alvorada, neste domingo, Bolsonaro afirmou “Eu vou para os Estados Unidos. Eu vou para os Estados Unidos”, rapidamente ao ser questionado sobre o tema por jornalistas.

O Congresso em Foco procurou a assessoria de imprensa do Palácio do Planalto nesta segunda-feira, que disse que ainda não há confirmação sobre a viagem. Na sexta-feira, o Palácio divulgou nota à imprensa informando que o Bolsonaro havia decidido pelo cancelamento da viagem e da agenda que cumpriria na cidade de Miami, em função da “pressão de grupos de interesses sobre as instituições que organizam, patrocinam e acolhem em suas instalações o evento anualmente”, o que, segundo a nota, caracterizou “ideologização da atividade”.

O evento em que o presidente brasileiro seria homenageado começou a ser alvo de resistência no mês passado, quando o Museu de História Natural de Nova York se recusou a receber o jantar da Câmara de Comércio. Seguiram-se manifestações pressionando patrocinadores e marcas a não destinarem dinheiro para o evento.

No sábado (4), o democrata e prefeito de Nova York, De Blasio, crítico do presidente americano Donald Trump, que já havia dirigido críticas a Bolsonaro, chamou-o de “valentão”, e disse que o brasileiro “fugiu” ao cancelar a viagem.

Fonte: Congresso em Foco
Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

Festival do Jeans de Toritama comemora recorde de público em sua 18ª edição

Entre 2 e 4 de maio, a cidade de Toritama, no Agreste de Pernambuco, passou a ser, também, a “Capital da Moda”. Isso porque a 18ª edição do Festival do Jeans de Toritama (FJT) mostrou à região as principais tendências para o outono-inverno e as cerca de 60 marcas parceiras levaram aos visitantes suas novas coleções.

A edição deste ano bateu recorde de público, estimado em 20 mil pessoas nos três dias de evento. Confeccionistas, atacadistas, representantes, influencers e estilistas prestigiaram o maior encontro de moda do estado. “O evento está lindo, muito bem organizado, com uma grande e ótima estrutura. É realmente inspirador. Com certeza, não pode sair do nosso calendário. Fomenta a economia local e leva nossos produtos para todas as regiões”, elogiou Alanne Lopes, empresária no ramo de confecção.

Patrocinadora master do Festival pelo quarto ano consecutivo, a Santana Textiles realizou dois desfiles, uma na quinta (03) e outro no sábado (04), no qual carregou a bandeira de Toritama, uma forma de demonstrar o valor que tem o município, o maior produtor de peças de jeans do Brasil. “É o maior evento da região, sem dúvida. A gente não entra no Festival em benefício próprio, entra para dar um suporte ao nosso cliente, para que ele consiga conquistar vendas e, assim, a gente conquista nosso objetivo, que nosso cliente chegue ao sucesso. Se nosso cliente está satisfeito, a gente está satisfeito”, comentou Antônio Manzarra, diretor comercial da indústria cearense, que já se propôs a ser patrocinadora em 2020 e 2021. “Entendemos a importância do evento e temos total interesse em continuar patrocinando. Já oferecemos a proposta e aguardamos o feedback”, completou.

Quem realiza o Festival do Jeans garante que o sucesso é resultado, principalmente, da força empreendedora do povo, que tem buscado sempre fazer o melhor. “Este ano, o Festival trouxe uma magnitude muito forte. O que vimos nas passarelas mostra a importância que tem o jeans e o crescimento da cidade em termos de produção, evidenciando isso durante todo o ano. Porque o Festival não são apenas três dias de negócios, mas o ano inteiro”, destacou Douglas Costa, presidente da Associação Comercial e Industrial de Toritama, realizadora do FJT.

Para o prefeito da cidade, Edilson Tavares, o Festival consolida a atração de novos negócios e agora, em sua maioridade, mostra para que veio. “Esse é o maior evento de moda da nossa região e ele é uma coroação, uma plataforma extraordinária de promoção da nossa imagem. Eu fico muito satisfeito de, este ano, termos superado todas as nossas metas, com recorde de público e de empresas participantes”, ressaltou. A Prefeitura de Toritama é um dos apoiadores do Festival.

À frente da direção do evento pelo terceiro ano consecutivo, o produtor Thiago Alexandre frisa que o sucesso é resultado de muitas mãos trabalhando juntas pelo crescimento do Festival. “É preciso agradecer muito o apoio de todo o mundo que deu as mãos para que tudo isso desse certo; a todos que investiram no evento, que acreditaram no projeto, levando o nome de Toritama, e a potência que a cidade e o estado têm, não só para o Brasil, mas para o mundo”, concluiu.

Este ano, o Festival do Jeans de Toritama contou com o patrocínio master da Santana Textiles e com o apoio da Prefeitura de Toritama, Covolan Têxtil, Jolitex Denim, Secretaria de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco e AD Diper. Com realização da Associação Comercial e Industrial de Toritama (Acit) e direção de Thiago Alexandre, o FJT teve quase 60 marcas participantes e mais de 15 atrações musicais.

Em Caruaru, Humberto afirma que Bolsonaro comete crime contra o ensino superior

Cumprindo agenda no município de Caruaru, no Agreste do Estado, na sexta-feira (03), o líder do PT no Senado, Humberto Costa (PE), afirmou que o presidente Jair Bolsonaro (PSL) está cometendo um crime gravíssimo contra o ensino superior ao impor um corte de 30% nos recursos das universidades federais, anunciado pelo Ministério da Educação por suposta má avaliação e “balbúrdia” das instituições.

“Este corte orçamentário no ensino superior é mais uma atitude criminosa desse governo. É um movimento fundamentalmente político para enfraquecer as universidades. Só aqui em Pernambuco, os cortes vão superar os R$ 83 milhões. Pesquisas importantes serão interrompidas, o calendário acadêmico será ameaçado e tudo isso sob uma alegação de ‘balbúrdia’. É um escárnio”, criticou o senador.

Na agenda, o parlamentar deu entrevista a um programa de rádio de uma emissora local, ao lado do deputado estadual João Paulo (PCdoB), que também fez duras críticas ao governo Bolsonaro. À noite, o senador participou de um debate acalorado sobre a Reforma da Previdência na faculdade ASCES/UNITA, que contou com a participação dos alunos da Pós-Graduação em Direito Público. Humberto aproveitou a oportunidade e fez diversos alertas aos formadores de opinião presentes no debate.

“Nós conhecemos a realidade do sertanejo, do nordestino e sabemos como é a vida de quem está de, sol a sol, com uma enxada nas mãos. O texto da reforma é profundamente raso e opressor. É preciso olhar o déficit da previdência de outra forma, é preciso gerar emprego para que mais pessoas possam contribuir com o regime previdenciário. Não só isso: a Reforma simplesmente esqueceu os sonegadores de impostos que levam bilhões dos nossos cofres todos os anos. Jogaram a conta nas costas do trabalhador e erraram feio. Acho muito difícil, do jeito que está, algum parlamentar botar a cara pra votar a favor de medidas tão monstruosas”, pontuou Humberto Costa.

O deputado federal Fernando Rodolfo (PR), que hoje faz parte da base do governo Bolsonaro, fez duras críticas à interlocução feita pelo governo com os parlamentares aliados e se posicionou contra diversos pontos da reforma.

“Praticamente, não tem conversa com a base. Teve deputado que passou 60 dias tentando uma conversa com Onyx Lorenzoni, chefe da Casa Civil, e não conseguiu. Sobre a questão da previdência, quero deixar clara a necessidade de se fazer uma reforma, mas não nesses termos. Nós conhecemos a realidade do Nordeste e não vamos aprovar do jeito que está, precisa de mudança”, disse o deputado.

Humberto ainda relembrou o governo Lula (PT), onde a Previdência esteve em superávit graças à expressiva geração de empregos, e também criticou a condução do país por Jair Bolsonaro e seus aliados.

“Não só falta diálogo, como, também, o rumo do país me preocupa muito. Podem ter certeza que, infelizmente, este ano de 2019 vai ser muito pior do que anos anteriores. Venderam uma ideia de que a Reforma Trabalhista iria gerar 9 milhões de empregos e nós estamos vendo o resultado aí, os números de desempregados está aumentando. Essa Reforma da Previdência, se aprovada, terá consequências irreversíveis. No governo Lula, quando se pensava no emprego, no trabalhador, essa mesma previdência era superavitária”, lembrou o Senador.

Nota de esclarecimento

A Prefeitura de Caruaru, através da Secretaria da Fazenda (SEFAZ), informa que a emissão/pagamento do alvará de funcionamento dos bancos da feira não tem relação com o recadastramento que está sendo realizado no Espaço Cultural Tancredo Neves, devendo os feirantes que receberam as fichas cadastrais comparecerem ao local citado, a fim de realizarem o procedimento.